Julho 2019
O Rodellus não é um festival, é um estilo de vida
· POR Paulo Cecílio · 17 Jul 2019 · 23:38 ·
Solar Corona

O festival para quem não tem medo do campo está de volta. O Rodellus regressa a Ruílhe para aquela que será a sua 5ª edição, levando até ao charmoso minho nomes que já são de lá, como os Solar Corona, Gator, The Alligator e dois dos Gin Party Sound System.

Mas não é tudo. Pelo festival passarão também os Cosmic Mass, Sun Blossoms, Mars Red Sky, Democrash, Paraguaii ou Candy Diaz, entre muitos, muitos outros. O Rodellus arranca esta quinta-feira e decorre até sábado, com os bilhetes à venda a preços que vão dos 12€ aos 20€ (diário / passe, yada yada yada). Não é para quem é da poda, é para quem é foda. E agora eis uma versão stoner de uma das grandes malhas do Morrissey:

Super Bock Super Rock: Regressa Onde Foste Feliz
· POR Paulo Cecílio · 17 Jul 2019 · 23:29 ·
Lana Del Rey

Data redonda. O festival Super Bock Super Rock cumpre este ano a sua 25ª edição e irá regressar a um sítio onde já foi muito feliz (e os festivaleiros com ele): a Herdade do Cabeço da Flauta, no Meco, após alguns mal-amados anos na Altice Arena.

Entre os destaques da edição deste ano contam-se Lana Del Rey, que está de volta a Portugal, ao festival e ao Meco para levantar o véu sobre alguns dos temas de Norman Fucking Rockwell, o seu quinto álbum de estúdio, com edição prevista para agosto deste ano (lamentavelmente, do alinhamento não deverá constar "Freak", que é não só a sua melhor canção como o seu vídeo é a melhor coisa que o Father John Misty já fez).

Para além dela há ainda Migos (skkkrt skkkrt!), Charlotte Gainsbourg, os sempre óptimos Phoenix e ainda muitas e boas propostas em bom português: Conjunto Corona, Conan Osiris, Glockenwise, Fugly ou Galgo são só algumas delas. E - já nos íamos esquecendo! - a grande Janelle Monáe. Tudo somado, eis três dias bem passados sob o sol, a música e a cerveja.

Os passes gerais para o Super Bock Super Rock estão à venda em todos os locais habituais e custam 110€. Fiquem com a playlist habitual nestes casos:

Milhões de Festa 2019 cancelado
· POR Fernando Gonçalves · 17 Jul 2019 · 14:47 ·


A Câmara Municipal de Barcelos e a promotora Lovers & Lollypops chegaram a acordo para a não realização do Milhões de Festa 2019. Os responsáveis afirmam “ter chegado o momento de reflectir sobre o espaço que o evento ocupa no panorama nacional e, com base nisso, redefinir a sua missão e estratégia”.

Apesar do cancelamento da edição 2019, município e promotora garantiram que o festival regressará em 2020.
Tom de Festa: 29 anos a abraçar o mundo
· POR Fernando Gonçalves · 17 Jul 2019 · 00:53 ·


Tondela volta hoje, pelo vigésimo nono ano consecutivo, a abrir as suas fronteiras à música que se faz por esse mundo fora. O Tom de Festa – Festival Músicas do Mundo realiza-se entre hoje e 20 de Julho nas instalações da Associação Cultural e Recreativa de Tondela (ACERT) e vai contar, entre outros, com Nação Vira Lata, B Fachada, The Led Farmers (Irlanda), Tiwiza (Argélia/França), Branko Galóic Quartet (Croácia/França) e Selma Uamusse (Moçambique) num rodízio musical que ultrapassa as margens e fronteiras do rótulo “músicas do mundo” para se transformar numa zona franca aberta ao rock, à folk, à música urbana e contemporânea e a uma plêiade de outras formas e expressões artísticas.

Em relação a bilhetes, as crianças até aos 14 anos não pagam enquanto para os restantes a entrada faz-se mediante a aquisição de uma pulseira (para todo o festival) que custa 5 euros.

Cardápio completo da experiência “Tom de Festa – Festival Músicas do Mundo” aqui.

Joan Shelley anuncia novo álbum
· POR Fernando Gonçalves · 17 Jul 2019 · 00:50 ·


Like The Rivers Love The Sea. Está assim apresentado o nome do novo longa-duração, de travo islandês, da cantautora americana Joan Shelley. Gravado inteiramente em Reykjavík, o sucessor de Joan Shelley (2017) tem estreia prevista para dia 30 de Agosto e traz-nos contribuições de Bonnie “Prince” Billy, Nathan Salsburg, James Elkington e das irmãs islandesas Sigrún Kristbjörg Jónsdóttir e Þórdís Gerður Jónsdóttir.

Este anúncio vem acompanhado do novo single “Cycle”, quarto tema no alinhamento de Like The Rivers Love The Sea e sucessor do recente “Coming Down For You”:

Guimarães Jazz regressa em Novembro (e já há cartaz)
· POR Fernando Gonçalves · 16 Jul 2019 · 16:18 ·


A música feita “inquietação acelerada”, tal como escrevia a escritora Françoise Sagan a respeito do jazz, está de regresso a Guimarães entre os dias 7 e 16 de Novembro com um cartaz que terá, entre outros, como protagonistas os músicos Charles Lloyd, Eric Harland, Joe Lovano, Vijay Iyer, Craig Tabern, Lina Nyberg (com a Orquestra de Guimarães), Rudy Roystne  Andrw Rathbun.

Para além da amplitude na representação das diferentes gerações e estilos que marcam o jazz do Presente, o programa da 28ª edição do Guimarães Jazz continua a alargar os seus horizontes para músicas exteriores ao jazz e latitudes distantes do solo nativo americano de que são exemplo a presença da histórica ICP Orchestra, representante da vanguarda do jazz holandês dos anos 60 e 70 ou a comunhão entre a sueca Lina Nyberg e a Orquestra de Guimarães num concerto que se apresenta como um “pertinente manifesto em defesa da Natureza”. Ligado a esta ideia de jazz de largo espectro, a organização estabeleceu, ainda, uma nova parceria com o colectivo de músicos e construtores musicais Sonoscopia que se lançam na persecução de um projecto (ikizukuri) que usa o jazz não como linguagem, mas como atitude artística.

Os bilhetes para a vigésima oitava edição deste certame que se dividirá entre os palcos do Centro Cultural Vila Flor (Pequeno e Grande auditório), o Centro Internacional das Artes José de Guimarães (Black Box) e o Convívio Associação Cultural variam entre os 5-15 euros (por concerto) e os 90 euros de passe geral.

Toda a programação e informação relativa a bilhetes aqui.

E Pang... fez-se um novo álbum de Gruff Rhys!
· POR Fernando Gonçalves · 16 Jul 2019 · 15:30 ·

© Mark James

Entre as várias onomatopeias disponíveis, o líder dos Super Furry Animals decidiu-se por um redondo Pang! para baptizar o seu novo álbum a solo que será alvo de Clap! Clap! Clap! ou de Bah! Bah! Bah! lá para Setembro. Enquanto espera que esta aventura resulte em muito Plim! Plim! nos bolsos e o Trriim! Trriim! do telefone se faça ouvir com mais insistência para que Pás!, os concertos apareçam, o galês Rhys lá vai explicando que “Pang!” é um álbum pop proeminentemente galês a que juntou umas pitadas de versos zulu e um titulo onomatopeico inglês.

Bum chiki bum bum, eis o homónimo tema de apresentação de Pang!:

Galgo espalham a sua nova panca
· POR Fernando Gonçalves · 16 Jul 2019 · 15:03 ·


Um ano depois de se elevarem às alturas com o pungente Quebra Nuvens, os Galgo estão de regresso à Terra para espalharem a sua boa nova panca aos filisteus sob a forma de “Panca Espalha”, single de apresentação do novo álbum (ainda sem nome conhecido) da banda que se apresentará em toda a sua glória lá para o final do ano.

Descrito como o início da “segunda parte” de Quebra Nuvens, “Panca Espalha” abre a porta a mundo povoado de personagens electrónico-dançantes que, aparte a metáfora, dão expressão à vontade dos Galgo e explorarem novas sonoridades.

Fiquem com “Panca Espalha”, tema que fará parte do alinhamento do concerto da banda no concerto de dia 19 de Julho no Super Bock Super Rock:

Sonic Blast 2019: cartaz fechado
· POR Fernando Gonçalves · 16 Jul 2019 · 14:47 ·


Stoned Jesus, Giӧbia, Viaje a 800, Solar Corona, O Bom O Mau E O Azevedo, Mr. Mojo e Here The Captain Speaking. The Captain Is Dead são os sete magníficos com que a organização do Sonic Blast 2019 dá por encerrado o seu cartaz. Este septeto junta-se a um line-up onde já pontuam nomes como OM, Graveyard, Earthless ou Orange Goblin, mas de onde saem The Obsessed e Harsh Toke devido a razões que a organização se diz alheia.

O 9º Sonic Blast realiza-se entre os dias 8 e 10 de Agosto (adição de um dia em relação a 2018) na “Biarritz do Minho” aka Moledo do Minho. Com os passes gerais e os bilhetes diários para dia 10 já esgotados, sobram apenas os ingressos diários para os dias 8 e 9 a 35 euros a peça.

Vampire Weekend: há mar e mar, há ir e voltar
· POR Fernando Gonçalves · 16 Jul 2019 · 14:23 ·


Estiveram e vão voltar a estar. Depois da actuação de dia 12 de Julho no NOS Alive 2019, os Vampire Weekend confirmaram o seu regresso a Portugal no próximo dia 26 de Novembro para uma actuação, única, no Coliseu de Lisboa.

Este concerto insere-se na digressão mundial de apresentação de Father of the Bride (2019), quarto álbum de originais da banda, e tem um custo por bilhete que varia entre os 30 e os 36 euros.

Bon Iver chega ao NOS Alive com dois temas novos
· POR Fernando Gonçalves · 12 Jul 2019 · 13:57 ·


Parece que a antecipação do novo álbum dos Bon Iver se faz aos pares. Depois de no inicio de Junho nos ter dado com “Hey Ma” e “U (Man Like)”, Justin Vernon e seus compagnons de route acabam de nos espetar com “Jelmore” e “Faith” nos ouvidos e elevar para quase um terço o número de faixas conhecidas a i,i, quarto álbum de originais da banda com edição prevista para dia 30 de Agosto via Jajaguwar.

Descrito por Vernon como o disco “mais completo e adulto” da discografia dos Bon Iver, i,i será, certamente, um dos pontos fortes do concerto da banda amanhã no palco NOS do NOS Alive 2019.

Fiquem com “Jelmore”…



... e "Faith":

Dedos Biónicos puxa o lustro às matinés de domingo
· POR Fernando Gonçalves · 12 Jul 2019 · 13:54 ·


Há alguns anos, ainda Marcelo apanhava doenças de pele no poluído Tejo e via Belém por um canudo, as tardes domingueiras por esse país a fora eram pontuadas por uma espécie de desafio à iminente chegada das sanguinolentas segundas-feiras. Davam pelo nome de matinés e serviam como uma espécie de after aos sábados de faca na liga e sífilis à descrição. A promotora Dedos Biónicos recupera o conceito para dar a seis domingos brigantinos entre Julho e Setembro uma renovada aura de pós-sábado. O evento dá pelo nome de “Matinés Ao Domingo” e leva ao jardim do Museu Abade de Baçal em Bragança bandas provenientes de vários géneros e espectros a começar pela pop dos Unsafe Space Garden que abrem o certame já no dia 21 de Julho.

Para além do colectivo vimaranense, o line-up do “Matinés Ao Domingo” contempla, ainda, a presença da electrónica melancólica de IVY, o psicadelismo rock dos Here The Captain Speaking. The Captain Is Dead, o punk dos Cuello, a electrónica beat polirrítmica dos Deux Boulles Vanille e a pop dos Iguana, banda que fecha o certame no domingo de 28 de Setembro.

A entrada fica à distância de um donativo consciente. Fiquem com os espanhóis Here The Captain Speaking. The Captain Is Dead:



Programa do “Matinés Ao Domingo”:

21 de Julho
Unsafe Space Garden

28 de Julho
IVY

11 de Agosto
Here The Captain Speaking. The Captain Is Dead

8 de Setembro
Cuello

15 de Setembro
Deux Boulles Vanille

28 de Setembro
Iguana
Villagers têm single novo e Portugal na agenda
· POR Fernando Gonçalves · 12 Jul 2019 · 13:49 ·


Um ano depois de terem editado o aclamado The Art Of Pretending To Swim, os irlandeses Villagers estão de volta com o, diga-se, muito sazonal novo single “Summer’s Song” e uma paragem neste jardim à beira-mar plantado no dia 2 de Agosto para um concerto no festival N2 em Chaves.

Escrita e produzida pelo vocalista e guitarrista Conor O’Brian, “Summer’s Song” ou, como afirma Conor, “o mais próximo que alguma vez estive de escrever uma canção puramente pop”, segue no espírito da estação que lhe dá o nome e tem num coro de seis fliscornes (instrumento de sopro semelhante a um trompete) que soam a “raios de sol” (palavra do seu criador) a sua pièce de résistance.

Nérija partilham novo single
· POR Fernando Gonçalves · 12 Jul 2019 · 13:46 ·
© Clare Shilland

Já vos tínhamos dado nota de que o septeto jazz londrino Nérija iria, finalmente, levar a ideia de um longa-duração à prática.

Se na altura, o anúncio da edição de Blume foi regado com o single “Riverfest”, a menos de um mês do lançamento do disco (2 de Agosto via Domino Records) os Nérija continuam a regar a sua flor e, desta feita, fazem-no com o mais dancefloor friendly “Last Straw”, single que captura alguma da magia dos live sets do grupo:

Junno: Middle abre caminho ao EP de estreia
· POR Fernando Gonçalves · 12 Jul 2019 · 13:44 ·


A terceira mana Falcão (as” Golden Slambers” Catarina e Margarida são as outras), sem qualquer pretensão hierárquica, acaba de pavimentar o caminho que a conduzirá, lá para o final do ano, ao seu EP de estreia com a introspectiva “Middle”.

Aparte de servir como single de apresentação do primeiro extended-play de Marta Falcão como Junno, este tema, que faz da metáfora ferramenta num jogo sonoro que vai do jazz à electrónica, está também incluído na colectânea "Novos Talentos FNAC 2019”.

Ider: uma estreia chamada Emotional Education
· POR Fernando Gonçalves · 11 Jul 2019 · 14:41 ·


Falta pouco mais de que uma semana para que do duo pop londrino Ider (Megan Markwick e Lily Somerville), de quem nós pedimos que decorassem o nome, se possa dizer que conta com, pelo menos, um longa-duração no currículo. O disco de estreia dá pelo nome de Emotional Education e vai versar sobre temas como a ansiedade, identidade e saúde mental. Tudo regado a indie-pop. Fiquem com “Wo Baby”, terceiro tema extraído a Emotional Education depois de “Mirror” e “Body Love”:

Julho é de Jazz arranca hoje no gnration
· POR Fernando Gonçalves · 11 Jul 2019 · 14:15 ·


A quinta edição do ciclo “Jazz é de Julho” arranca hoje no pátio exterior do gnration e prolonga-se até ao próximo dia 13 de Julho. A abertura deste evento dedicado à promoção dos nomes emergentes do jazz mundial estará entregue ao baterista português Mário Costa que, a partir das 22 horas, dará a conhecer o disco e o projecto Oxy Patina. Amanhã, à mesma hora, será a vez da estrela emergente do jazz britânico Nubya Garcia subir a palco (concerto esgotado) antes do ciclo se fechar no sábado, também às 22h, com o projecto Bunky Swirl do americano Jim Black (bateria e samplers) e do austríaco Elias Stemeseder (piano e sintetizadores) que, para este concerto, convidaram um terceiro elemento: o virtuoso trompetista Peter Evans. Nesse mesmo dia, mas um pouco mais cedo, Jim Black terá a seu cargo uma masterclass (das 14h30 às 16h30) onde se debruçará sobre o improviso livre e a composição na bateria.

Com os passes gerais e o concerto de Nubya Garcia esgotados, restam, ainda, bilhetes para os concertos de Mário Costa e Bunky Swirl (9 euros) e para a masterclass (7 euros).

O MultiVerso de Lia Paris no país dos poetas
· POR Fernando Gonçalves · 11 Jul 2019 · 13:48 ·


Foi trapezista de circo durante dez anos, e só isto já valia um poema, mas agora a poesia, mais do que imagética, é sonora. Falamos da brasileira Lia Paris e do seu, acabado de estrear, novo trabalho MultiVerso com que aporta este mês no país de poetas chamado Portugal.

A tournée de apresentação do mpb moderno salpicado de sedução e delicadeza de MultiVerso começa a 19 no Musicbox (Lisboa) e passará pela Casa da Música (Porto) a 20, Texas Bar (Leiria) a 21 e culmina com um concerto em Ponte de Sor a 26.

Entrem no trapézio sem rede de Lia Paris chamado MultiVerso:



e o vídeo para o primeiro single "Noite:

Velvet Negroni desvela sucessor de Confetti e mete-se com os Tame Impala
· POR Fernando Gonçalves · 11 Jul 2019 · 13:43 ·


Depois de no final de Maio anunciar o lançamento do álbum de estreia Neon Brown (30 de Agosto) com “Confetti” (single), o principe do r&b de Minneapolis Velvet Negroni acaba de partilhar a negra e narcótica “Wine Green”.

A par do lançamento do segundo tema do pessoal e transmissível Neon Brown, Negroni começa hoje uma tournée (americana) com os Tame Impala que se prolongará pelo mês de Agosto dentro.

Sem mais delongas, eis “Wine Green”:

Kastrup: digressão portuguesa já dá frutos
· POR Fernando Gonçalves · 11 Jul 2019 · 13:38 ·


Ainda a minidigressão lusa de Guilherme Kastrup vai em semente e já dá frutos. Do primeiro dos três concertos agendados para solo português (6 de Julho no Centro Cultural Fábrica Braço de Prata em Lisboa) nasceu “Bora Bora”, single criado no encontro entre o percussionista e produtor brasileiro e o também produtor e Dj pernambucano Rodrigo Coelho aka grassmass que se estreou no palco lisboeta e agora debuta nas plataformas digitais.

A ideia de criarem algo em conjunto medrou há cerca de dois anos durante as sessões de gravação de improviso livre que iriam dar origem ao álbum de Kastrup Ponto de Mutação (2018). Com ambos os músicos em digressão em Portugal surge a vontade de criara algo especial e foi, então, no depósito de material não editado durante as citadas sessões de gravação de improviso livre (mais de duas horas regadas com os synths modulares, guitarra e baixo de grassmass) que encontraram as bases daquilo que viria a ser, em Lisboa, o nascimento da afro-electrónica “Bora Bora”.

Depois da frutuosa actuação de 6 de Julho com grassmass, Kastrup tem, ainda, concertos marcados para dia 14 de Julho com Selma Uamusse no Lounge (Lisboa) e a 16 de Julho com Mila Dores no Crew Hassan (Lisboa). Entre os dias 21 e 24 de Julho, Kastrup veste a pele de professor para uma masterclass (formato de palestra/debate, dia 21) no Anjos70 seguida de um curso prático de produção musical (de 22 a 24) no Estúdio Haus.

"Bora Bora:

No princípio era o verbo e no fim era o frio
· POR Paulo Cecílio · 10 Jul 2019 · 15:23 ·


A Melhor Banda do Mundo™ irá editar este ano um novo álbum de originais. Intitulado No Fim Era O Frio, o disco sairá a 27 de Setembro pela Rastilho e é descrito como «uma narrativa distópica, onde conceitos como aquecimento global ou subida das águas do mar servem de ponto de partida e cenário para um questionar e decompor de diferentes paradigmas do quotidiano».

O sucessor de Pelo Meu Relógio São Horas De Matar ainda não tem singles mas já tem concertos de apresentação marcados: a 28 de Setembro, no Hard Club, a 11 de Outubro, no Lisboa Ao Vivo, a 31 de Outubro, no Cineteatro Louletano e a 9 de Novembro, no Kulturfabrik (Luxemburgo). Podendo, é ir para as grades. Em todos.
Metaleiros em vias de extinção
· POR Paulo Cecílio · 10 Jul 2019 · 15:19 ·
Skull Fist

Há um novo festival para metaleiros ("em vias de extinção", conforme se lê na tagline) a nascer em Lisboa. A primeira edição do Headbangers Meet n' Mosh terá lugar a 30 de Agosto no Theatro Club, no Cacém, e foram para já anunciados dois nomes: os Skull Fist, que virão apresentar os temas de Way Of The Road (2018), e os Toxikull.

O festival é organizado pela Amazing Events e os bilhetes já se encontram disponíveis pelo preço de 15€, 10€ caso já tenham entrada para o Vagos Metal Fest. Saibam mais aqui.

Já há nomes para o Urban Routes
· POR Paulo Cecílio · 10 Jul 2019 · 15:14 ·
Altin Gün

Foram revelados os primeiros nomes para o cartaz do Jameson Urban Routes, que regressa ao Musicbox entre os dias 22 e 26 de Outubro.

Os turcos Altin Gün, que editaram este ano o seu segundo trabalho de estúdio, Gece, são para já o grande destaque de um alinhamento que também conta com os Carne Doce e Bruno de Seda. Já há bilhetes à venda e podem ir sabendo mais aqui.

O que faz falta é um Szalazar em cada esquina
· POR Paulo Cecílio · 10 Jul 2019 · 15:08 ·
© Monique Poirier

A dupla Szalazar, baseada em Berlim, está a preparar-se para editar aquele que será o seu EP de estreia, Grace. O disco caminha por águas synthpop de toada negra e será lançado esta sexta-feira, com um concerto de apresentação marcado para o mesmo dia, no bar Acud Macht Neu, na capital alemã.

"Palisander", um dos temas presentes em Grace, já se encontra disponível para escuta e pode ser picado aqui:

Lower Dens: entre a polémica e a família
· POR Fernando Gonçalves · 10 Jul 2019 · 14:45 ·


Já vos tínhamos dado conta de que a banda liderada por Jana Hunter se preparava para dar um sucessor a Escape From Evil no final do Verão e que esse novo trabalho se tinha apresentado através do single “Young Republicans”. Hoje esse controverso single (banido em algumas rádios americanas) dá lugar a “I Drive”, tema de matiz synth-pop em que Jana aproveita para questionar a noção tradicional de família naquilo que é uma espécie de manifesto em prol da liberdade de escolha.

Quarto álbum da história discográfica dos Lower Dens, The Competition com estreia a dia 6 de Setembro via Ribbon Music, baseia-se no mindset competitivo que a família de Jana lhe inculcou desde tenra idade e que se veio a reflectir, para o bem ou para o mal, ao longo de toda a vida da artista.

Para já, eis “I Drive”:

Blood Orange lança nova mixtape
· POR Fernando Gonçalves · 10 Jul 2019 · 14:28 ·


“Chamo-lhe uma mixtape”. As palavras pertencem a Devonté “Dev” Hynes aka Blood Orange e dizem respeito ao lançamento, já esta sexta-feira, do seu novo trabalho Angel’s Pulse, álbum/mixtape inteiramente realizado, produzido e misturado pelo músico americano que já trabalhou para nomes como Sky Ferreira, Blondie ou Kylie Minogue.

Descrito por Blood Orange como “um epílogo” de tudo o que fez anteriormente, em especial do seu último trabalho de originais Negro Swan (2018), Angel’s Pulse vai soar mais ou menos assim:

À Roda de Papisa
· POR Fernando Gonçalves · 10 Jul 2019 · 14:05 ·


Depois de “Velha”, Papisa anda à “Roda”. “Tudo podia ser diferente”, diz-nos a brasileira Papisa, mas o mundo pula e avança como bola colorida entre as mãos de uma criança, afiança-nos Gedeão. Entre uma e outra asserção existe este “Roda”, single que sucede a “Velha” nesse caminho que do EP de estreia PAPISA (2016) nos conduzirá, no dia 2 de Agosto, à luz do primeiro longa-duração, ainda sem nome, da carreira de Rita Oliva aka Papisa.

Aninhado entre o indie-rock e uma sonoridade tipicamente brasileira, o novo single desfia de forma leve, ao contrário da dor e perda que, de acordo com Papisa, serão as temáticas basilares do LP,  um mantra lírico em que a autora reflecte sobre as possibilidades, caminhos e tentativas diante das mudanças. Vitória, Vitória e não, não se acabou a história porque o livro de Rita Oliva ainda vai na introdução… Eis “Roda”:

Ben Harper partilha novo single
· POR Fernando Gonçalves · 10 Jul 2019 · 14:04 ·


Exploração das profundezas das dependências emocionais, senso de integridade e estabilidade servem de premissas ao novo tema que Ben Harper acaba de partilhar. “Uneven Days” de sua graça, a canção surge depois do compositor americano ter escrito e produzido as músicas de We Get By, décimo segundo álbum de estúdio da lenda viva Mavis Staples que foi lançado a 24 de Maio último.

Sem muito mais a acrescentar, a não ser que Ben Harper & The Innocent Criminals andam em tournée pela Europa sem Portugal no gps, eis “Uneven Days”:

Türküm: uma odisseia emocional turca
· POR Fernando Gonçalves · 10 Jul 2019 · 14:03 ·


Depois de anos de luta contra o álcool e a humanidade (quem nunca?), o músico e produtor turco Türküm pegou no caleidoscópico tecido emocional que se lhe colou à pele durante esses anos e verteu-o no seu álbum de estreia Anti-Sober.

Cinemático e complexo como só uma vida no fio da navalha consegue talhar, eis uma odisseia emocional turca chamada Anti-Sober:

Rosa Neon “vai devagar” até Portugal
· POR Fernando Gonçalves · 09 Jul 2019 · 15:19 ·


O desafio de lançarem um single por mês que se iniciou em Novembro de 2018 com o tema “Fala Lá Pra Ela” acaba de chegar ao fim com “Vai Devagar”, mas eis que uma outra aventura se afigura no horizonte. Depois de oito singles, os mineiros Rosa Neon (Luiz Gabriel Lopes, Marcelo Tofani, Mariana Cavanellas e Marina Sena) vêm a Portugal apresentar o resultado desta sementeira num périplo que se inicia já esta sexta-feira (dia 12) com um concerto no Festival do Intendente em Lisboa.

Depois do Intendente, o quarteto abandona, momentaneamente, Lisboa para, no sábado, dar um saltinho ao Salão Brazil em Coimbra. De regresso à capital após desvio coimbrão, os Rosa Neon actuam no dia 19 no Valsa e encerram a sua minidigressão lusa no dia seguinte com um concerto no Luzboa #1 Jardim do Toral.

Fiquem com os Rosa Neon e este “Vai Devagar”, single onde contaram com a participação especial de Gustavin Djonga:

Sam The Kid volta aos concertos em nome próprio
· POR Fernando Gonçalves · 09 Jul 2019 · 15:17 ·


Sam The Kid vai voltar aos palcos. Não parece grande novidade se a isto não adicionarmos a informação de que o “pai espiritual” do hip-hop português já não sobe a um palco em nome próprio há dez anos. Esse status quo está prestes a ser modificado com o anúncio de concertos comemorativos dos seus vinte anos de carreira nos Coliseus de Lisboa e Porto no dia 18 de Outubro e 8 de Novembro, respectivamente.

Para estes dois concertos de celebração, Sam The Kid vai contar com os “seus” Orelha Negra (Fred Ferreira, Francisco Rebelo, João Gomes e Dj Cruzfader), mas, também, com uma orquestra de 24 elementos dirigida pelo maestro Pedro Moreira.

Os bilhetes para estes dois concertos variam entre os 20 e os 25 euros.

César Lacerda regressa a Portugal em Outubro
· POR Fernando Gonçalves · 09 Jul 2019 · 15:16 ·


O cantor e compositor brasileiro César Lacerda vai regressar ao nosso país no próximo mês de Outubro para concertos no pequeno auditório do Centro Cultural de Belém em Lisboa (dia 17) e na Sala 2 da Casa da Música do Porto (dia 25). As duas actuações, com participação especial de Tiago Nacaratu, serão em formato voz e violão e serão uma viagem, para além das paragens obrigatórias no seu repertório, pelas canções de nomes como Caetano Veloso, Rita Lee ou Angela Ro Ro.

Em termos de bilhetes, as entradas no concerto da capital variam entre os 15 e os 20 euros. Na Invicta, o assunto arruma-se por 20 euros.

Fiquem com o mais recente trabalho de originais de César Lacerda, Tudo Tudo Tudo Tudo:

Souto Rock arranca esta quinta
· POR Paulo Cecílio · 08 Jul 2019 · 16:08 ·
Putan Club

O Souto Rock regressa esta semana para aquela que será a sua 15ª edição e já depois de terem actualizado o website. Agora podem, antes de os acolher, dar a dica aos Putan Club para fazerem o mesmo, porque a porra das fotos oficiais estão todas em baixo.

Para além dos Putan Club, banda de enorme culto por cá (e bem o merecem: são do caraças), o Souto Rock irá acolher concertos de Mr. Gallini, Solar Corona, Johnny Sem Dente & os Jatfodo e Gator, the Alligator, entre outros. Este ano, o festival irá angariar fundos para a escola da Associação Cultural e Recreativa de Roriz, que organiza o festival desde 2005 e que ajuda a formar jovens ciclistas. Um dia, e podendo, estes mesmos jovens irão ganhar o Tour de France pelo Mágico W52, por isso é ajudar.

O Souto Rock decorre em Barcelos de 11 a 13 de Julho e a entrada é livre. Mais aqui.

Jessica Pratt volta para encantar
· POR Paulo Cecílio · 08 Jul 2019 · 16:00 ·


Jessica Pratt vai voltar a Portugal este ano. A cantautora norte-americana virá mostrar os temas de Quiet Signs, o seu terceiro LP, num concerto único que terá lugar no Musicbox.

O espectáculo está marcado para o dia 29 de Outubro e os bilhetes já se encontram disponíveis, pelo preço de 17€. O concerto é único e a oportunidade de sentir algo semelhante a amor também.

Nubya Garcia, agora a solo
· POR Paulo Cecílio · 08 Jul 2019 · 15:52 ·


Poucas semanas após ter actuado no NOS Primavera Sound, Nubya Garcia (que se lê "Nu-Baia" e não "Núbia") está de regresso a Portugal para apresentar o seu jazz com dança lá dentro.

A saxofonista britânica subirá ao palco do Musicbox, em Lisboa, na próxima quinta-feira (bilhetes a 10€), deslocando-se no dia seguinte para Braga, para um concerto no gnration (9€).

How does it feel to be Alive?
· POR Paulo Cecílio · 08 Jul 2019 · 15:48 ·
The Cure

Chegou aquela altura do ano: a semana do NOS Alive. A 13ª edição do festival arranca esta quinta-feira, juntando no Passeio Marítimo de Algés nomes de topo do pop/rock e da electrónica e outros que vocês deviam - mesmo - conhecer.

O grande destaque vai para o regresso dos Cure a Portugal, para uma vez mais apresentar os clássicos que deprimiram gerações inteiras, num concerto onde ainda não deverá ser possível escutar os temas do seu próximo álbum, a sair (possivelmente) este ano. E, porque a depressão nunca vem só, à banda de Robert Smith juntam-se os Smashing Pumpkins, que trarão a sua digressão de reunião - e as canções de Shiny And Oh So Bright... - a Algés.

Pelo festival passam também os Vampire Weekend, Primal Scream, Perry Farrell, Weezer, Ornatos Violeta, Mogwai, Bon Iver, Thom Yorke e a enormíssima Grace Jones, para um espectáculo que deverá ser imperdível (ao contrário do dos Greta Van Fleet, que só deverão espalhar a náusea). O NOS Alive decorre de 11 a 13 de Julho, divide-se por vários palcos (um deles dedicado exclusivamente à comédia e onde actuarão os Ena Pá 2000) e os bilhetes estão à venda em todos os locais habituais, a preços que vão dos 60,98€ (diário) aos 139,77€ (passe). Fiquem com a playlist que se impõe:

Roots Bloody Roots
· POR Paulo Cecílio · 08 Jul 2019 · 13:57 ·


Os enormes The Roots e a enorme afro de ?uestlove regressam esta terça-feira a Portugal, para um concerto que dará o tiro de partida para a edição deste ano do EDP Cool Jazz. Os norte-americanos deverão trazer consigo não só o groove e os ritmos do hip-hop, mas também - espera-se - alguns dos temas de End Game, o seu novo álbum, a ser editado no futuro.

A primeira parte do concerto estará a cargo do Palheta Jazz Trio e dos HMB e os bilhetes custam entre 40€ e 55€. As portas abrem às 19h.

ZigurFest com cartaz fechado
· POR Paulo Cecílio · 08 Jul 2019 · 13:51 ·
Glockenwise

Está fechado o cartaz do ZigurFest. Aos nomes anteriormente anunciados, dos quais faziam parte Filipe Sambado ou Adolfo Luxúria Canibal, juntam-se agora os dos Glockenwise, Algumacena, Terebentina, IVY e Dada Garbeck, entre muitos outros.

O ZigurFest volta a tomar conta da cidade de Lamego entre os dias 21 e 24 de Agosto e desta feita passará também pelo Castelo de Lamego, onde se situará um dos palcos. Para além da música, contem com várioas exposições, instalações, workshops e bebedeiras em afters. O ZigurFest é completamente gratuito e se quiserem reservar um espaço no parque de campismo é melhor fazerem já a inscrição.

Chinaskee compra no Ikea
· POR Paulo Cecílio · 08 Jul 2019 · 13:45 ·
© Leonor Neto

Já se encontra disponível para escuta o novo single de Chinaskee, que abandonou os Camponeses e conta agora com uma nova formação, da qual fazem parte Bernardo Ramos (guitarra), Ricardo Oliveira (bateria), João Figueiras (baixo) e Primeira Dama (teclas e coros).

O tema tem como título "Mobília" e é o primeiro avanço para Bochechas, o novo álbum do projecto, que será lançado pela Revolve. Algo daquilo que aí vem será apresentado em dois concertos no dia 24 de Agosto, primeiro a solo, no Vai-m'à Banda (Guimarães), e depois com banda, no ZigurFest (Lamego), à tarde e à noite respectivamente.

Blues à solta na Maia
· POR Fernando Gonçalves · 05 Jul 2019 · 15:39 ·


A Maia vai ter um festival de Blues. Lapidar e sem volta a dar. Entre os dias 20 e 22 de Setembro, o auditório exterior do Fórum Maia vai ser palco da primeira edição do Maia Blues Fest – Festival Internacional da Maia.

O evento, organizado pelo município em parceria com a produtora Trovas Soltas e enquadrado nas comemorações dos 500 anos da atribuição da carta de foral à Maia, terá cariz gratuito e vai contar com a presença da cantora americana Shanna Waterstown, do britânico Julian Burdock, do espanhol Danny del Toro e dos portugueses Budda Power Blues & Maria João e Delta Blues Riders.



Programação:

Auditório exterior do Fórum Maia

20 de Setembro
Shanna Waterstown, 18h30

21 de Setembro
Julian Burdock & Danny del Toro, 18h
Budda Power Blues & Maria João, 21h30

22 de Setembro
Delta Blues Riders, 16h
S. Pedro e os Passarinhos
· POR Fernando Gonçalves · 05 Jul 2019 · 15:34 ·


Nada tem de litúrgica ou ornitológica a ideia contida no título desta notícia. A razão é bem mais prosaica e dá-nos conta que S. Pedro decidiu revelar-nos o primeiro single do sucessor (ainda sem nome) de O Fim (2016), álbum que será editado em Setembro via Valentim de Carvalho.

Canção sobre o amor e a paixão surgida já as canções do novo disco estavam definidas, “Passarinhos” é uma espécie de celebração do momento em que S. Pedro foi pai e de toda a alegria que se lhe seguiu como confessa o autor: “nessa altura, tudo para mim eram arco-íris e passarinhos a cantar”.

Este tema e o que mais haverá por vir com o novo álbum de S. Pedro poderão ser apreciados ao vivo e a cores a 14 de Setembro no Centro Cultural de Belém (Lisboa) e a 29 do mesmo mês na Casa da Música (Porto).
Para já, eis S. Pedro e os “Passarinhos”:

Forte fechado: line-up da edição 2019 definido
· POR Fernando Gonçalves · 05 Jul 2019 · 15:14 ·
© Kasia Zacharko

Entre os dias 22 e 25 de Agosto, o castelo de Montemor-O-Velho vai voltar a encher-se electrónica com mais uma edição do Festival Forte e já há line-up definido. Os últimos cortesãos a garantirem um lugar no interior das muralhas dão pelos nomes de Adam Mccrorie b2b Billy Iland, Alfonso Macedo, Courtesy, Justine Perry, Kids on Acid, Lamim, Marcus Henriksson aka Minilogue, Paula Temple, Ricardo e Vélez.

Conheça todo o cartaz aqui.

Em relação a bilhetes, encontram-se à venda, de forma limitada, 1000 passes gerais por 120 euros (incluem campismo) e ingressos diários por 60 euros. Passada esta fase excepcional, os valores relativos a passes gerais e bilhetes diários sofreram um aumento para 160 e 80 euros, respectivamente. A lotação do recinto está limitada a 5 mil pessoas. Toda a informação relativa a bilhetes aqui.

Vai uma sesta?
· POR Paulo Cecílio · 05 Jul 2019 · 09:07 ·


O festival Les Siestes Électroniques está de regresso a Portugal. A Casa das Artes Bissaya Barreto, em Coimbra, volta a ser ponto de passagem para todos aqueles que gostam da sua electrónica bem frita, e não apenas mal passada.

O Les Siestes Électroniques realiza-se de 30 de Agosto a 1 de Setembro e o cartaz está ainda por anunciar, mas há para já uma certeza: a entrada será gratuita, free, etc. Vão acompanhando mais aqui.
Terra chama Aline Frazão
· POR Fernando Gonçalves · 04 Jul 2019 · 17:03 ·


E a cantora angolana respondeu afirmativamente tornando-se a primeira voz a fazer-se ouvir no novo Terra, ciclo de músicas do mundo dinamizado pela associação cultural vimaranense Capivara Azul em parceria com o CIAJG (Centro Internacional de Artes José de Guimarães) em Guimarães. Este ciclo, cujo intuito é colocar a música em dialogo com a arte de todo o mundo, abre, como referimos, com um concerto de Aline Frazão no próximo dia 20 de Julho na Black Box do CIAJG a que se seguirá, a 28 de Setembro no mesmo local, o ugandês Otim Alpha e o seu “patenteado” género Acholitronix (fusão de música tradicional da região de Acholi no Uganda com ritmos electrónicos).

O encerramento do Terra acontecerá a 23 de Novembro, igualmente no Black Box, com a actuação dos espanhóis Zulu Zulu, banda que vai passar a semana anterior ao concerto em residência artística no Centro de Criação de Candoso a preparar novo materal que o Terra será o primeiro a receber.

Programação e bilhetes:

Passe Terra (3 concertos) – 20 euros

23 de Julho, Black Box CIAJG
21h30 – Aline Frazão, 10 euros (7,5 euros c/d)

28 de Setembro, Black Box CIAJG
21h30 – Otim Alpha, 7 euros (5 euros c/d)

23 de Novembro, Black Box CIAJG
21H30 – Zulu Zulu, 7 euros (5 euros c/d)
Mn'JAM experiment regressam a uma das suas casas
· POR Fernando Gonçalves · 04 Jul 2019 · 16:32 ·


O colectivo “experimental” Mn’JAM experiment está de regresso a casa. Bom, pelo menos a parte lusa do grupo está. Os Mn’JAM experiment são um colectivo luso-australiano que faz do palco um ninho de experimentação onde as artes visuais se cruzam e confundem com a experimentação sonora e vêm a Portugal para uma minidigressão que englobará três concertos. O primeiro terá lugar a 8 de Julho no MAAT (Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia) em Lisboa e contará com a presença galardoado Casey Benjamin, o segundo acontecerá a 12 de Julho no “Noites Azuladas - O Jazz faz amigos” no Anfiteatro ao ar livre do Museu Cargaleiro em Castelo Branco e o terceiro, e último, acontecerá no dia seguinte no âmbito do “Electronic & Experimental Days” que decorrerá no CCC – Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha.

Em paralelo ao concerto marcado para o MAAT, decorrerá nas instalações do museu um workshop de especialização em técnicas de criação de material audiovisual/efeitos sonoros e práticas de performance dinamizado pelos Mn’JAM, duo constituído por Melissa Oliveira (M, vozes, Austrália/Portugal) e João Artur Moreira (JAM, artista visual e electrónica, Portugal) que funciona como braço pedagógico do colectivo.

Para além destes dois elementos, os Mn’JAM experiment completam-se com Virxilio da Silva (guitarra, Espanha) Contrabaixo Matt Adomeit (contrabaixo, Estados Unidos), Péter Somos (bateria, Hungria), José Carlos Barbosa (contrabaixo, Portugal), Miguel Amaral (guitarra portuguesa, Portugal), Joris Roelofs (clarinete baixo, França), Rogério Santos (beatbox, Portugal) e Tuur Moens (baterista, Bélgica), membros que dão corpo a uma filosofia identitária fortemente marcada pela ideia de englobar jovens músicos de diferentes proveniências e influências nas suas fileiras.

Fiquem com Live With a Boom (2016), primeira experiência discográfica do colectivo:

Eis o cardápio completo do Semibreve
· POR Paulo Cecílio · 04 Jul 2019 · 11:00 ·
Kode9

Já é conhecida a programação completa do Semibreve, festival que volta a levar até Braga o que de melhor se faz nas margens da música electrónica. E até o que de melhor se fez no passado, já que um dos grandes destaques é a presença de Morton Subotnick, autor de Silver Apples of the Moon, e que regressa a Portugal acompanhado pelo artista vídeo alemão Lillevan.

Para além de Subotnick, passarão ainda pelo Semibreve Kode9, fundador da Hyperdub e peça fundamental para se perceber o que é ou foi o dubstep, Suzanne Ciani, Oren Ambarchi com Robert Aiki Aubrey Lowe, Felicia Atkinson e Drew McDowall com Florence To, entre muitos outros.

O Semibreve realiza-se de 25 a 27 de Outubro em Braga, e os passes estão à venda pelo preço de 39€. Mais informações aqui.

Explosions in the Sky celebram 20 anos com concerto em Lisboa
· POR André Gomes · 04 Jul 2019 · 10:43 ·


Entre outras cidades, claro está. Uma das bandas de referência do vai-acima-vai-abaixo vem até Portugal no próximo dia 1 de Fevereiro para um concerto na Aula Magna, em Lisboa. Próximo no sentido em que não é o anterior, claro, porque até Fevereiro ainda muita água vai passar por baixo da ponte.

Isto para dizer que é melhor apressarem-se na compra dos bilhetes que isto é coisa para esgotar. Há bilhetes entre os 28 e os 35 euros. Alguém se lembra daquele concerto no Mercedes, no Porto?

Ecos do Lima dá eco ao Lima
· POR Paulo Cecílio · 03 Jul 2019 · 20:16 ·
Cave Story

O festival Ecos do Lima regressa este ano para mais uma edição, que terá lugar no Choupal de Ponte de Barca, vila que pode, ou não, ter uma rivalidade feérica com Ponte de Lima. No cartaz estão bandas como os Cave Story, Grand Sun, Cosmic Mass, Moon Preachers ou os norte-americanos Naked Giants, entre outros.

O Ecos do Lima realiza-se de 12 a 14 de Julho e é organizado pela Associação Juvenil do Lima e tem como mote «ser mais do que um concerto de rock, propondo-se como um espaço de intervenção cultural que dá palco a artistas que estão a emergir no panorama musical e das artes plásticas, a nível nacional e internacional». Os bilhetes estão à venda em bué de sítios (comprem-nos ao Kevin a ver se ele paga finos) e custam entre 5€ a 7,5€. Mais informações aqui.


Queriam hinos, era?
· POR Paulo Cecílio · 03 Jul 2019 · 20:09 ·


Enquanto milhares de pessoas estarão encafuadas no NOS Alive para ver geriatria e uma ou outra cena fixe, os que sobrarem poderão ir ao Lux sentir a juventude pelos dedos de James Murphy, que regressa a Portugal e aos pratos da icónica discoteca lisboeta para uma longa sessão de dança.

A acompanhá-lo estarão Mário Valente e Trol2000, numa noite em que também se poderão ouvir as escolhas de Rui Vargas, Switchdance, Leonaldo de Almeida e Bill Onair. Mais aqui.

Paus com novo EP
· POR Paulo Cecílio · 03 Jul 2019 · 20:05 ·


Pouco mais de um ano após o lançamento de Madeira, os PAUS estão de volta aos lançamentos com LXSP, EP que é fruto de uma estadia em São Paulo, onde o quarteto diz ter ido para se perder, "mas não nos encontrámos - encontrámos nós". O EP, gravado no Red Bull Music Studios de São Paulo, conta com a presença de amigos como Guilherme Kastrup, Dinho Almeida (Boogarins), Maria Beraldo e Edgar.

A apresentação de LXSP está marcada para o dia 25 de Julho, no Musicbox, numa noite que servirá também para celebrar os 10 anos de carreira da banda (que bem merece ser celebrada). Os bilhetes estão à venda e custam 10€. Visto que ainda não há single de avanço para LXSP, voltemos 10 anos no tempo:

Oh meu Deus, Kevin Morby
· POR Paulo Cecílio · 03 Jul 2019 · 18:12 ·


Faltam poucos dias para que Kevin Morby esteja novamente entre nós. O norte-americano mais portuense de sempre virá apresentar os temas do seu novo álbum, Oh My God, editado em Abril deste ano.

Morby tem reencontro marcado com o público nacional no próximo domingo, no Teatro São Luiz, em Lisboa (bilhetes entre os 15€ e os 25€, organização ZdB), seguindo-se o jardim do Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa, em Braga (gnration, já esgotado). Podendo, é ir.

Verão, festivais, Summer Fest
· POR Paulo Cecílio · 03 Jul 2019 · 18:00 ·
Young Thug

Tem lugar este fim de semana nova edição do Sumol Summer Fest, festival que levará até à Ericeira algo daquilo que se tem feito ao nível do hip-hop e da música mais ou menos urbana. O grande destaque será a presença do rapper Young Thug, que chega a Portugal a um mês do lançamento do seu álbum de estreia, Goldmoufdog.

Para além do norte-americano, actuarão também o colectivo Brockhampton, que alguns putos dizem ser a melhor cena do universo, Deejay Telio, Holly Hood e Sam the Kid, que se rodeará de convidados especiais para Mechelas. Os bilhetes estão à venda nos locais habituais a preços que vão dos 37€ aos 45€ - mas só até esta quinta. Corram!

Vai voar sangue
· POR Paulo Cecílio · 03 Jul 2019 · 17:50 ·
Slayer

Já falta pouco para o VOA - Heavy Rock Festival, e houve uma alteração de última hora: devido a uma falha de segurança detectada na estrutura do palco, o festival passará do Estádio do Restelo para a Altice Arena. Tudo o resto manter-se-á sem alterações: o VOA será, muito provavelmente, o último palco que os Slayer terão em Portugal, para um concerto inserido na sua digressão de despedida e onde não faltarão clássicos como "Raining Blood".

Para além dos Slayer, passarão também pelo VOA os Slipknot, Lamb Of God e Gojira, entre outros. Os bilhetes estão à venda em todos os locais habituais a preços que vão dos 50€ (diário) aos 75€ (passe). Eis os horários:

4 de Julho
16h00 Rasgo
16h45 While She Sleeps
17h45 Thormentor
19h15 Trivium
21h00 Arch Enemy
23h00 Slipknot
 
5 de Julho
16h00 Wako
16h45 Cane Hill
17h45 Moonspell
19h15 Gojira
21h00 Lamb of God
23h00 Slayer
 
João Werneck vaza uma Maré Cheia
· POR Fernando Gonçalves · 03 Jul 2019 · 16:00 ·
© Heitor Muniz

Depois de colaborações com Rubel, Gus Levy e Breno Goes, o guitarrista, compositor e produtor carioca João Werneck está completamente imerso na persecução do seu projecto a solo que culminará, ainda este ano, com o lançamento de um álbum. Antes, porém, que o álbum seja realidade visível e palpável, Werneck dá-nos um vislumbre daquilo que é a sua identidade com o imagético single de estreia “Maré Cheia”.

Entre influências de violão e Radiohead, Werneck procura, acima de tudo, acentuar os contrastes entre o harmónico e o dissonante e encontrar texturas/ambiências etéreas numa sonoridade que, como podem ouvir a partir de agora, carrega peso e reflexividade:

Alessandro Cortini em Volume Massimo antes do Semibreve
· POR Fernando Gonçalves · 03 Jul 2019 · 15:55 ·
© Emilie Elizabeth

Dois anos depois da aclamação global por Avanti, o feiticeiro do som italiano Alessando (Muse, Nine Inch Nails) está de regresso com Volume Massimo. O álbum, sétimo a solo e o primeiro pela editora Mute, tem estreia prevista para dia 27 de Setembro e combina composição analógica e dissonância com o objectivo de levar o ouvinte a entrar num processo meditativo que, através de sintetizadores e guitarras, distorce o tempo e a memória.

Esta amálgama de tempo e memória estão bem presentes em “Amore Amaro”, single de apresentação e primeira faixa do alinhamento de Volume Massimo que nos traz as vozes sibilinas da família de Cortini, retiradas a um antigo vídeo caseiro, em forma de ponte entre o “velho” Avanti e o novo álbum.

Para além de ouvirem “Amore Amaro” no vídeo que disponibilizamos, o público português terá a oportunidade de degustar o novo trabalho de Alessandro Cortini em Braga no próximo dia 25 de Outubro num concerto inserido na programação do Semibreve 2019.

Mob Bounce: a transformação começa agora
· POR Fernando Gonçalves · 03 Jul 2019 · 14:50 ·


Os canadianos Mob Bounce acabam de partilhar o single que abre as hostilidades do seu EP de estreia Transformation (26 de Julho via RPM). O tema com que iniciam esta viagem chama-se “Journey to the Cave” e apresenta-se como um denso “mergulho” num mundo dominado por temas como o espírito, a introspecção, o poder da cura ou o interminável ciclo de transformação da morte em renascimento.

A este património que os Mob Bounce bebem da espiritualidade indígena da Colúmbia Britânica, o colectivo junta um hip-hop hipnótico e imersivo numa mistura de sons analógicos e digitais que, para já, podem ser apreciados através de “Journey to the Cave”:

No!On: “Evil Fate” e um destino não tão cruel como isso
· POR Fernando Gonçalves · 02 Jul 2019 · 16:16 ·
© Ana Carvalho dos Santos

Os bracarenses No!On (Marco Pereira e Márcio Alfama) acabam de partilhar “Evil Fate”, single de apresentação de EP6 (estreia brevemente), extended-play que fecha um ciclo iniciado em 2017 com EP7 e em cujo cerne esteve a obra-prima de Dante Alighieri “A Divina Comédia”. Se o tema hoje apresentado indica um destino cruel, a outra notícia relativa aos NO!ON apresenta-nos um cenário bem diverso. A dupla de Braga acaba de ver assegurada a sua presença no primeiro dia do “Festival Sobe À Vila” em Paredes de Coura, evento que se realiza entre os dias 11 e 13 de Agosto e que serve de warm-up ao Vodafone Paredes de Coura 2019.

Fiquem com o punk noise/ska/glitch industrial de “Evil Fate” e as datas dos próximos concertos de NO!ON:



Concertos NO!ON:

3 de Agosto - em local a anunciar, Arcos de Valdevez
11 de Agosto – Festival Sobe À Vila, Paredes de Coura
24 de Agosto – Soundville, Barroselas
Line-up do “Noites de Verão by Filho Único” sofre uma alteração
· POR Fernando Gonçalves · 02 Jul 2019 · 15:42 ·


Ao contrário do que estava previsto, Sho Madjozi já não vai marcar presença na décima edição do ciclo de concertos “Noites de Verão” organizada pela Filho Único. A cantora sul-africana cancelou grande parte da sua tour europeia e será substituída no evento da capital portuguesa por Lula Pena e convidadas.

Apesar do contratempo, o “Noites de Verão” inicia-se esta sexta-feira com o concerto Vado Más Ki Ás (Cabo Verde/ Portugal) no Jardim dos Coruchéus em Alvalade, Lisboa, e prolongar-se-á por todas as sextas-feiras dos meses de Julho e Agosto. A entrada é gratuita.



Programa:

Julho – Jardim dos Coruchéus, Alvalade

5 – Vado Más Ki Ás (Cabo Verde/ Portugal)
12 – Curl (Reino Unido)
19 – HHY & The Macumbas
26 – Lula Pena e convidadas

Agosto – Jardim das Esculturas do Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado

2 – Raw Forest
9 – Maria Reis
16 – Oren Ambarchi (Austrália)
23 – Peter Evans (Estados Unidos)
Belle & Sebastian dão música ao filme “Days of the Bagnold Summer”
· POR Fernando Gonçalves · 02 Jul 2019 · 15:11 ·


O colectivo escocês está de volta aos álbuns depois de How to Solve Our Human Problems (2018) e fá-lo em grande estilo com a banda sonora para o filme “Days of the Bagnold Summer” do realizador, e assumido fã da banda, Simon Bird. O álbum estreia no dia 13 de Setembro e é constituído onze temas inéditos e duas novas versões para “Get Me Away From Here I’m Dying” (pedido expresso do realizador) e “I Know Where the Summer Goes”.

“Days of the Bagnold Summer”, o filme, é uma adaptação da novela gráfica do mesmo nome da autoria de Jeff Winterhart e tem estreia prevista em 2020.

De regresso a Belle & Sebastian resta-nos referir que a banda estará por cá no próximo dia 6 de Novembro para um concerto na Aula Magna em Lisboa.

Fiquem com “Sister Buddha”, single de apresentação de Days of the Bagnold Summer OST:

Soulfly em dose dupla
· POR Paulo Cecílio · 02 Jul 2019 · 13:13 ·


Semana em grande para o pessoal do metal. Para além dos Tool e do VOA, o público afecto ao género poderá ver de perto os Soulfly, que estão de regresso a Portugal para mostrar, ao vivo, os temas de Ritual, álbum editado em 2018.

Max Cavalera y sus amigos actuam esta noite no Hard Club, seguindo-se o Lisboa Ao Vivo, amanhã, estando os bilhetes à venda por 26€.

Molly Burch para ver e ouvir
· POR Paulo Cecílio · 02 Jul 2019 · 13:08 ·


É já hoje que Molly Burch volta a pisar um palco português, com uma actuação no Pérola Negra, no Porto. A cantautora norte-americana irá apresentar os temas de First Flower, álbum editado em 2018.

Para amanhã está agendada novo concerto de Burch, desta feita em Lisboa, no Musicbox. Os espectáculos têm a assinatura do Gig Club e os bilhetes para o público em geral estão à vena por 15€.

Caetano, o Veloso que importa
· POR Paulo Cecílio · 01 Jul 2019 · 19:55 ·


Caetano Veloso inicia esta noite uma digressão por Portugal, na qual se fará acompanhar pelos seus filhos, Moreno, Zeca e Tom. O mote será o de «um show familiar, nascido da minha vontade de ser feliz», conforme explicado pelo próprio, e incluirá alguns dos temas que fizeram de Veloso um ícone da música brasileira e mundial - incluindo "Leãozinho".

O primeiro de seis concertos qie Caetano & Filhos darão em Portugal tem lugar já esta noite, no Coliseu do Porto, seguindo-se o CAE da Figueira da Foz (quarta), o Coliseu de Lisboa (sexta), o Teatro Micaelense (Ponta Delgada, 7 e 8 de julho) e o Teatro das Figuras (Faro, 10 de julho).

Guilherme Kastrup anuncia três espectáculos em Portugal
· POR Fernando Gonçalves · 01 Jul 2019 · 15:54 ·


Quando, no próximo dia 17 de Julho, Elza Soares subir ao palco do Capitólio não trará somente as canções de Deus é Mulher. Para além dos temas do seu último registo de originais, a diva brasileira virá acompanhada por Guilherme Kastrup, percussionista e produtor brasileiro que aproveitará a estadia em Portugal para realizar três espectáculos e um workshop/masterclass de produção em Lisboa.

O primeiro dos concertos acontecerá no dia 6 deste mês numa apresentação especial que o juntará com o Dj e produtor pernambucano Rodrigo Coelho aka grassmass no Centro Cultural Fábrica Braço de Prata. Oito dias depois, a 14, Kastrup estará no Lounge com Selma Uamusse e, para finalizar, a 16, andará pelo Crew Hassan com a portuense Mila Dores.

Quanto à vertente formativa, Kastrup vai estar no Anjos 70 com uma masterclass (formato de palestra/debate) no dia 21 de Julho (25 euros) a que se segue um curso prático (produção musical de uma faixa, pré-produção, arranjo de base, gravação, edição, mixagem e masterização) nos dias, 22, 23 e 24 de Julho no Estúdio Haus (100 euros com masterclass incluída). Demais informações aqui.

Nepaulo: uma viagem ao coração do Nepal
· POR Fernando Gonçalves · 01 Jul 2019 · 15:14 ·


Foi sob os bons auspícios de Chomolungma (“Deusa Mãe das Montanhas” aka Everest) que o músico Paulo Vicente (Claxon) encontrou as sementes de que brota, agora o seu primeiro trabalho em nome próprio Nepaulo. Descrito como “um mergulho no manto bucólico e urbano do Nepal”, Nepaulo foi criado através da colagem de vários field recordings efectuados ao longo de uma viagem que se estendeu ao longo de 600 quilómetros em território nepalês. O resultado é um retrato de 36 minutos (quase em tempo real) evocativo, espiritual e com uma matriz espectral que nos pretende lançar directamente no centro da vida nepalesa.

Segundo edição da combustão lenta records, eis a antropologia sonora de Nepaulo (estreia oficial dia 14 de Julho):

Miguel Ramos: a história de uma estória mal contada
· POR Fernando Gonçalves · 01 Jul 2019 · 14:41 ·
© Juliana Constantino

Nasceu no Porto e do Porto se lançou numa carreira que conta com colaborações com nomes como Supernada, Jorge Palma & Os Demitidos, Live Low, Retimbrar ou Old Jersusalem e os discos em nome próprio Nunca Acordo Como Ontem (2013) e Limão Preto (2018). O homem de quem falamos é Miguel Ramos e em 2019 tem uma nova, e mal contada, estória para nos contar. Uma estória mal contada, terceiro registo de originais, será editado neste mês de Julho e é um disco onde o músico portuense entra, pela primeira vez, no campo da manipulação/conjugação dos sons com as palavras.

O primeiro avanço para esta estória mal contada, edição de autor de 250 exemplares em vinil, dá pelo nome de “Para Deixar Respirar” e já anda à solta por aqui:



Primeiros concertos Uma estória mal contada:

6 de Julho – Cidade Mais, Palácio de Cristal (Porto), 18h30
7 de Julho – Frenesim no Jardim, Casa das Artes do Porto, 19h30
ARQUIVO

Parceiros