Lee Ranaldo & Raül Refree: o namoro acabou em casamento
· POR Fernando Gonçalves · 15 Nov 2019 · 16:13 ·


Depois de uma colaboração bem-sucedida com Raül Refree no seu último álbum a solo, Electric Trim (2017), Lee Ranaldo tira o seu parceiro da sombra e trá-lo para a ribalta com o novo projecto intitulado, muito a propósito, Lee Ranaldo & Raül Refree.  Surgido durante aquilo que seria a continuação de Electric Trim, a dupla casou tão bem que a sequela ficou para trás e, em sua vez, nasceu Names of North End Women, disco de estreia do duo que será editado a 21 de Fevereiro de 2020 via Mute.

Com a guitarra atirada para um plano secundário, a dupla focou-se mais na utilização de instrumentos como a marimba, vibrafone, samplers ou um vintage 2-inch Studer tape recorder de modo a conseguir imprimir a Names of North End Woman a vibração típica das antigas cassetes de fita.

Para amostra, fiquem com o tema que dá nome ao álbum:

Niki Moss faz luz sobre a escuridão
· POR Fernando Gonçalves · 15 Nov 2019 · 15:42 ·


Apesar de continuar a assinar cheques como Miguel Vilhena (para bem da sua liberdade), no palco e em álbum é como Niki Moss que se dá ao mundo. E é a esse mundo que Moss apresenta hoje o seu mais recente EP Standing in the Dark EP, colecção de reinterpretações de “Standing In The Dark” (canção que integra o seu primeiro álbum Gooey) sob uma capa mais psicadélica, electrónica e sombria.

Standing In The Dark EP verá a luz do dia a 15 de Novembro e será lançado pela Street Mission Records / [PIAS] e pontiaq.



Tour Moss com Standing in the Dark EP:

22 de Novembro/ Super Bock Em Stock 2019, Lisboa
28 de Novembro/ Wurlitzer Ballroom, Madrid
29 de Novembro/ Carpe Diem, Santo Tirso
30 de Novembro/ Porta 253, Braga
30 de Novembro/ Ferro, Porto
6 de Dezembro/ Rock With Benefits 2019, Fafe
7 de Dezembro/ Quina das Beatas Fest 2019, Portalegre
20 de Dezembro/ Oficina Os Infantes, Beja
21 de Dezembro/ SHE, Évora
Snarky Puppy de regresso
· POR Paulo Cecílio · 14 Nov 2019 · 13:55 ·


Os Snarky Puppy irão reencontrar-se com o público português em 2020. A mega-jam-jazz-band-norte-americana virá apresentar os temas de Immigrance, o seu novo álbum, editado em Março.

Este reencontro será duplo: primeiro no Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa, a 22 de Março, e depois no Coliseu do Porto, a 24. Bilhetes à venda brevemente.

Brancos, gordos e maus
· POR Paulo Cecílio · 14 Nov 2019 · 13:50 ·


Os Fat White Family irão regressar a Portugal em 2020. A banda britânica virá apresentar o seu último trabalho, o excelente Serfs Up!, editado este ano.

Esta será a sua estreia em Portugal em nome próprio, e será em data dupla: primeiro no Hard Club, a 4 de Fevereiro, e depois no Lisboa Ao Vivo, a 5. Os bilhetes serão colocados à venda amanhã.

Sentem-se, ó minha gente
· POR Paulo Cecílio · 14 Nov 2019 · 13:48 ·
Kamaal Williams

Tudo a postos para nova edição do Festival para Gente Sentada, que volta a sentar (eheh) arraiais em Braga. Ao longo do próximo fim-de-semana, passarão pela cidade dos arcebispos nomes como Kamaal Williams (que substituiu Jonathan Wilson), Sensible Soccers, O Terno, John Grant, Little Friend ou Homem Em Catarse.

O Festival para Gente Sentada irá realizar-se entre o Theatro Circo e o gnration, havendo bilhetes à venda a preços que vão dos 25€ (diário) aos 40€ (passe).

Game, set, match
· POR Paulo Cecílio · 14 Nov 2019 · 13:43 ·


A dupla norte-americana Tennis anunciou o lançamento de um novo álbum. Swimmer será o título do seu quinto LP, a sair no dia 14 de Fevereiro através da Mutually Detrimental.

Swimmer foi produzido por Claudius Mittendorfer e, como a carreira dos Tennis ou o título poderão indicar, conterá canções pop de travo indie e um intenso cheio a maresia. "Runner", o primeiro single, já se encontra disponível para escuta.

Alceu Valença regressa a Portugal no próximo ano
· POR Fernando Gonçalves · 13 Nov 2019 · 14:41 ·


Se em 2017 veio a solo, no ano passado apresentou-se em trio (com Elba Ramalho e Geraldo Azevedo), o homem que lançou este ano Cinema na Música (ao vivo), regressa ao nosso país em Janeiro de 2020 com a companhia da Orquestra Ouro Negro para dois concertos onde será levado a palco uma reedição do espectáculo “Valencianas”.

Os concertos terão lugar a 20 e 21 de Janeiro na Casa da Música no Porto e no Casino Estoril em Lisboa, respectivamente. O preço dos bilhetes varia entre os 25 e os 30 euros.

Black Bass mete a 6ª
· POR Paulo Cecílio · 13 Nov 2019 · 14:15 ·
Palmers

Falta pouco para mais uma edição do Black Bass, o festival que leva música a Évora, sobretudo aquela que é gostosamente com guitarras e sem prestar cavaco a ninguém.

Este ano, passarão pelo Alentejo nomes como os Palmers, El Señor, Favx, Bad Pelicans, Vaiapraia ou Powerplant, entre muitos outros, e DJs como Tiago Castro ou Nuno Dias. Os bilhetes estão à venda e podem saber mais aqui.

Ex-Klaxons estreia-se a solo
· POR Fernando Gonçalves · 12 Nov 2019 · 23:49 ·
© Hugo Camparn

Co-fundador e líder dos Klaxons, James Righton deixou os Klaxons para trás e aventura-se, agora, a solo. O primeiro registo neste género chama-se The Performer e resgata o classicismo de bandas como Roxy Music, R.E.M. ou Beach Boys para dar corpo a nove temas onde exorciza a chancela eletro-hedonista com que se identifica o trabalho dos Klaxons.

O álbum será editado no dia 20 de Março via Deewee, mas acaba de nos presentear com a faixa que dá nome ao registo, “The Performer”:

Cage The Elephant confirmados no NOS Alive 2020
· POR Fernando Gonçalves · 12 Nov 2019 · 23:30 ·


Mais do que uma confirmação, Cage The Elephant e NOS Alive é sinónimo de regresso. Depois de terem andado por Portugal em 2017 com concertos no Coliseu do Porto e neste mesmo NOS Alive, os americanos estão de volta e trazem consigo o seu último trabalho Social Cues, quarto disco da carreira que foi editado em Abril passado.

Para além de Cage, sobem ao palco no dia 10 de Julho, o NOS Alive conta já com as confirmações de Billie Eilish, Caribou, Hobo Johnson and The Lovemakers, Taylor Swift, Da Weasel, Two Door Cinema Club e Wolf Parade que se reúnem no Passeio Marítimo de Algés entre os dias 9 e 11 de Julho do próximo ano.

Em matéria de bilhetes (já disponíveis), o preço da entrada no festival varia entre os 69 euros (bilhete diário) e os 159 euros (passe geral).

Quatro anos de Quântica com uma caixinha boa
· POR Paulo Cecílio · 12 Nov 2019 · 15:02 ·
Bleid

A Rádio Quântica celebra o seu quarto aniversário e a prenda (como costuma acontecer nestes casos) é nossa: uma compilação que reúne alguns dos artistas que mais contribuem para a programação da Quântica.

IV conta com faixas de gente como Bleid, Violet, Photonz ou Odete e está disponível para download gratuito através do Bandcamp. Caso queiram contribuir com qualquer coisinha, os €£$ arrecadados servirão para que a Quântica se mantenha de pé. Para ouvir em baixo:

A Bee Keeper vive
· POR Paulo Cecílio · 12 Nov 2019 · 14:57 ·
The Pastels

A mítica Bee Keeper vai voltar a respirar durante o tempo que durar esta compilação. Teenagers From Outer Space Comeback é um tributo à editora que tanto fez pela música independente e DIY portuguesa, que reúne alguns dos artistas e músicos que fizeram parte do seu catálogo, e inclui também os escoceses Pastels, a melhor banda da qual nunca ouviram falar.

A compilação será editada no dia 16 de Novembro, limitada a 300 exemplares (vinil vermelho), em exclusivo na Groovie, Louie Louie e Flur (Lisboa) e Porto Calling, Louie Louie e Matéria Prima (Porto). Saibam mais aqui.

Um certo Micro Clima volta a atacar a Parede em 2020
· POR Fernando Gonçalves · 12 Nov 2019 · 00:53 ·


Três anos depois de ter acometido pela primeira vez a Parede, Cascais, de música e arte, o Micro Clima continua sem anticiclone que o afecte e já tem garantido o seu regresso em 2020.

A edição número três acaba e vai fazer chover na Sociedade Musical União Paredense (SMUP) nos dias 14 e 15 de Fevereiro do próximo ano os corpos e almas de Alek Rein, Luís Severo, Sensible Soccers, Cave Story, Allen Halloween, Candy Diaz ft Wize e Pedro Tudela (Dj set) a que se juntam as instalações dos artistas plásticos Berru, Plasticus Maritimus, Rappepa Bedjo Tempo e Notfromthisbox.

Quanto a entradas, os bilhetes já se encontram à venda (SMUP, Tabacaria Martins e POP Skate Shop) com o preço a variar entre os 12 euros (diário) e os 20 euros (geral). Os sócios do SMUP têm um desconto de 2 euros no caso de o seu bilhete ser adquirido na sociedade musical.

Whales: volta ao mundo em remisturas
· POR Fernando Gonçalves · 08 Nov 2019 · 15:41 ·


Num ano e meio apenas, a vida dos leirienses conheceu uma volta de 180 graus. De promissora banda vencedora do Termómetro, os Whales meteram a quinta e dispararam para o lançamento do seu álbum de estreia (Whales) a que se seguiu uma digressão europeia e a participação em festivais como o francês MaMA ou o holandês Eurosonic. Como a caixa ainda lhes tinha reservado uma sexta velocidade, a banda engrena nova velocidade e arranca com o projecto Remixes, conjunto de remisturas de músicas suas feitas por bandas que foram encontrando ao longo deste ano e meio de estrada.

Fieis a este carácter universalista, as primeiras remisturas pertencem, respectivamente, aos indonésios Bottlesmokers para o tema “How Long” e aos franceses Fragance para “Ghost”. Nos próximos capítulos destas remisturas aparecerão um americano que os conheceu através da editora Omnichord Records em pleno South By Southwest, uma banda actualmente em digressão europeia e uma outra que trará uma abordagem africana à música dos Whales.

How Long” pelos indonésios Bottlesmokers:



“Ghost” pelos franceses Frangance:

Ary pedem que alguém os leve para casa
· POR Fernando Gonçalves · 08 Nov 2019 · 15:09 ·


Depois do lançamento do seu álbum de estreia, Drowning Inside, e de duas extensas digressões europeias, os viseenses Ary só pedem que alguém os leve para casa. É este é o mote que serve de ponto de partida para a edição do seu novo single “Bring Me Home”, tema que reflecte sobre a imperiosidade de um porto seguro nos momentos de maior dificuldade e que, em termos estritamente musicais, representa um ponto de viragem da banda a nível sónico (pop/house/dark-pop) depois de um inicio marcado pelo rock de cariz electrónico.

“Bring Me Home” está aqui, mas os Ary já estão a pensar em andar por ali, com este “ali” a representar uma tournée pelo Brasil…

ARQUIVO

Parceiros