Nosso Querido Figueiredo vai a julgamento
· POR Fernando Gonçalves · 19 Jul 2019 · 00:52 ·


“Eu testemunhei um crime/que todo mundo viu/mas ninguém quis denunciar/acho que sobrou para mim”. Assim começa a estória vertida pelo brasileiro Nosso Querido Figueiredo no novo single “Tribunal”. Gravada durante as sessões do seu mais recente álbum Os Melhores Anos das Nossas Vidas (2019), o tema acabou por ficar de fora do alinhamento final porque, nas palavras do autor, “fugia à atmosfera sombria do disco”, reaparecendo agora como o “epílogo” natural de todo o processo que assistiu à composição, gravação e edição de Os Melhores Anos das Nossas Vidas.

Eis a litigância de Nosso Querido Figueiredo em “Tribunal”:

Santificado seja o nome do rock
· POR Fernando Gonçalves · 19 Jul 2019 · 00:26 ·


Alguns vociferam-lhe a falta, outros já lhe esqueceram a existência e há, em Fafe, quem faça digna justiça santificando-lhe o nome como é o caso do Santo Rock.

Organizado pela fafense Associação Recreativa e Cultural de Santo Ovídeo, o Santo Rock celebra este ano o seu décimo aniversário e, claro está, rock é coisa que não lhe vai faltar quando montar tenda no monte de Santo Ovídeo nos dias 26 e 27 de Julho. The Parkinsons, NU, The White Knifes, Jepards, Metafe e From Atomic são os beatos de serviço para uma celebração com entrada e campismo totalmente gratuitos.



Programação:

26 de Julho (a partir das 22h)

NU
Jepards
Metafe
Highander (dj, 2h da manhã)

27 de Julho (a partir das 22h)

The Parkinsons
The White Knights
From Atomic
Pedro Conde (dj, 2h da manhã)
Como se escreve krautrock em japonês?
· POR Fernando Gonçalves · 18 Jul 2019 · 00:44 ·


Segundo as indicações do tradutor Google é algo como kurautorokku (não arriscamos colocar os caracteres), mas, no próximo dia 21 de Setembro, os mais curiosos poderão perguntar aos Minami Deutsch qual a real forma. Estes embaixadores do krautrock criado no país do sol nascente vão estar pelo Musicbox, Lisboa, no próximo dia 21 de Setembro para apresentar o saldo contabilístico da sua aventura “kraurockiana”, entre os quais aquele que virá a ser, a partir de 26 de Julho, o seu novo EP Can’t Get There.

Os bilhetes para este concerto têm um custo de 8 euros.

Fiquem com o tema que dá nome ao seu novo EP, “Can’t Get There”:

Celebração dos 60 anos da bossa nova passa por Lisboa
· POR Fernando Gonçalves · 18 Jul 2019 · 00:28 ·


O projecto 60 Anos Bossa Nova dos compositores baianos Murilo Miranda e Rodolfo Carvalho vai passar por Lisboa no próximo dia 18 de Outubro.

No palco do Centro Cultural de Belém, local escolhido para este espectáculo, que se pretende de homenagem a nomes consagrados da bossa nova como Tom Jobim, Roberto Menescal, Marcos Valle ou Paulo Sérgio, estarão os músicos Roberto Menescal, Wanda Sá, Marcelo Caldi (pianista e acordeonista) e João Cavalcanti (cantor e compositor) numa referência ao encontro de Tom Jobim, Vinicius de Moraes, João Gilberto e Os Cariocas na discoteca Au Bom Gourmet em Copacabana, berço da bossa nova.

O preço dos bilhetes para o concerto deste projecto que já virou disco, varia entre os 20 e os 42,5 euros.

O Rodellus não é um festival, é um estilo de vida
· POR Paulo Cecílio · 17 Jul 2019 · 23:38 ·
Solar Corona

O festival para quem não tem medo do campo está de volta. O Rodellus regressa a Ruílhe para aquela que será a sua 5ª edição, levando até ao charmoso Minho nomes que já são de lá, como os Solar Corona, Gator, The Alligator e dois dos Gin Party Sound System.

Mas não é tudo. Pelo festival passarão também os Cosmic Mass, Sun Blossoms, Mars Red Sky, Democrash, Paraguaii ou Candy Diaz, entre muitos, muitos outros. O Rodellus arranca esta quinta-feira e decorre até sábado, com os bilhetes à venda a preços que vão dos 12€ aos 20€ (diário / passe, yada yada yada). Não é para quem é da poda, é para quem é foda. E agora eis uma versão stoner de uma das grandes malhas do Morrissey:

Super Bock Super Rock: Regressa Onde Foste Feliz
· POR Paulo Cecílio · 17 Jul 2019 · 23:29 ·
Lana Del Rey

Data redonda. O festival Super Bock Super Rock cumpre este ano a sua 25ª edição e irá regressar a um sítio onde já foi muito feliz (e os festivaleiros com ele): a Herdade do Cabeço da Flauta, no Meco, após alguns mal-amados anos na Altice Arena.

Entre os destaques da edição deste ano contam-se Lana Del Rey, que está de volta a Portugal, ao festival e ao Meco para levantar o véu sobre alguns dos temas de Norman Fucking Rockwell, o seu quinto álbum de estúdio, com edição prevista para agosto deste ano (lamentavelmente, do alinhamento não deverá constar "Freak", que é não só a sua melhor canção como o seu vídeo é a melhor coisa que o Father John Misty já fez).

Para além dela há ainda Migos (skkkrt skkkrt!), Charlotte Gainsbourg, os sempre óptimos Phoenix e ainda muitas e boas propostas em bom português: Conjunto Corona, Conan Osiris, Glockenwise, Fugly ou Galgo são só algumas delas. E - já nos íamos esquecendo! - a grande Janelle Monáe. Tudo somado, eis três dias bem passados sob o sol, a música e a cerveja.

Os passes gerais para o Super Bock Super Rock estão à venda em todos os locais habituais e custam 110€. Fiquem com a playlist habitual nestes casos:

Milhões de Festa 2019 cancelado
· POR Fernando Gonçalves · 17 Jul 2019 · 14:47 ·


A Câmara Municipal de Barcelos e a promotora Lovers & Lollypops chegaram a acordo para a não realização do Milhões de Festa 2019. Os responsáveis afirmam “ter chegado o momento de reflectir sobre o espaço que o evento ocupa no panorama nacional e, com base nisso, redefinir a sua missão e estratégia”.

Apesar do cancelamento da edição 2019, município e promotora garantiram que o festival regressará em 2020.
Tom de Festa: 29 anos a abraçar o mundo
· POR Fernando Gonçalves · 17 Jul 2019 · 00:53 ·


Tondela volta hoje, pelo vigésimo nono ano consecutivo, a abrir as suas fronteiras à música que se faz por esse mundo fora. O Tom de Festa – Festival Músicas do Mundo realiza-se entre hoje e 20 de Julho nas instalações da Associação Cultural e Recreativa de Tondela (ACERT) e vai contar, entre outros, com Nação Vira Lata, B Fachada, The Led Farmers (Irlanda), Tiwiza (Argélia/França), Branko Galóic Quartet (Croácia/França) e Selma Uamusse (Moçambique) num rodízio musical que ultrapassa as margens e fronteiras do rótulo “músicas do mundo” para se transformar numa zona franca aberta ao rock, à folk, à música urbana e contemporânea e a uma plêiade de outras formas e expressões artísticas.

Em relação a bilhetes, as crianças até aos 14 anos não pagam enquanto para os restantes a entrada faz-se mediante a aquisição de uma pulseira (para todo o festival) que custa 5 euros.

Cardápio completo da experiência “Tom de Festa – Festival Músicas do Mundo” aqui.

Joan Shelley anuncia novo álbum
· POR Fernando Gonçalves · 17 Jul 2019 · 00:50 ·


Like The Rivers Love The Sea. Está assim apresentado o nome do novo longa-duração, de travo islandês, da cantautora americana Joan Shelley. Gravado inteiramente em Reykjavík, o sucessor de Joan Shelley (2017) tem estreia prevista para dia 30 de Agosto e traz-nos contribuições de Bonnie “Prince” Billy, Nathan Salsburg, James Elkington e das irmãs islandesas Sigrún Kristbjörg Jónsdóttir e Þórdís Gerður Jónsdóttir.

Este anúncio vem acompanhado do novo single “Cycle”, quarto tema no alinhamento de Like The Rivers Love The Sea e sucessor do recente “Coming Down For You”:

Guimarães Jazz regressa em Novembro (e já há cartaz)
· POR Fernando Gonçalves · 16 Jul 2019 · 16:18 ·


A música feita “inquietação acelerada”, tal como escrevia a escritora Françoise Sagan a respeito do jazz, está de regresso a Guimarães entre os dias 7 e 16 de Novembro com um cartaz que terá, entre outros, como protagonistas os músicos Charles Lloyd, Eric Harland, Joe Lovano, Vijay Iyer, Craig Tabern, Lina Nyberg (com a Orquestra de Guimarães), Rudy Roystne  Andrw Rathbun.

Para além da amplitude na representação das diferentes gerações e estilos que marcam o jazz do Presente, o programa da 28ª edição do Guimarães Jazz continua a alargar os seus horizontes para músicas exteriores ao jazz e latitudes distantes do solo nativo americano de que são exemplo a presença da histórica ICP Orchestra, representante da vanguarda do jazz holandês dos anos 60 e 70 ou a comunhão entre a sueca Lina Nyberg e a Orquestra de Guimarães num concerto que se apresenta como um “pertinente manifesto em defesa da Natureza”. Ligado a esta ideia de jazz de largo espectro, a organização estabeleceu, ainda, uma nova parceria com o colectivo de músicos e construtores musicais Sonoscopia que se lançam na persecução de um projecto (ikizukuri) que usa o jazz não como linguagem, mas como atitude artística.

Os bilhetes para a vigésima oitava edição deste certame que se dividirá entre os palcos do Centro Cultural Vila Flor (Pequeno e Grande auditório), o Centro Internacional das Artes José de Guimarães (Black Box) e o Convívio Associação Cultural variam entre os 5-15 euros (por concerto) e os 90 euros de passe geral.

Toda a programação e informação relativa a bilhetes aqui.

E Pang... fez-se um novo álbum de Gruff Rhys!
· POR Fernando Gonçalves · 16 Jul 2019 · 15:30 ·

© Mark James

Entre as várias onomatopeias disponíveis, o líder dos Super Furry Animals decidiu-se por um redondo Pang! para baptizar o seu novo álbum a solo que será alvo de Clap! Clap! Clap! ou de Bah! Bah! Bah! lá para Setembro. Enquanto espera que esta aventura resulte em muito Plim! Plim! nos bolsos e o Trriim! Trriim! do telefone se faça ouvir com mais insistência para que Pás!, os concertos apareçam, o galês Rhys lá vai explicando que “Pang!” é um álbum pop proeminentemente galês a que juntou umas pitadas de versos zulu e um titulo onomatopeico inglês.

Bum chiki bum bum, eis o homónimo tema de apresentação de Pang!:

Galgo espalham a sua nova panca
· POR Fernando Gonçalves · 16 Jul 2019 · 15:03 ·


Um ano depois de se elevarem às alturas com o pungente Quebra Nuvens, os Galgo estão de regresso à Terra para espalharem a sua boa nova panca aos filisteus sob a forma de “Panca Espalha”, single de apresentação do novo álbum (ainda sem nome conhecido) da banda que se apresentará em toda a sua glória lá para o final do ano.

Descrito como o início da “segunda parte” de Quebra Nuvens, “Panca Espalha” abre a porta a mundo povoado de personagens electrónico-dançantes que, aparte a metáfora, dão expressão à vontade dos Galgo e explorarem novas sonoridades.

Fiquem com “Panca Espalha”, tema que fará parte do alinhamento do concerto da banda no concerto de dia 19 de Julho no Super Bock Super Rock:

Sonic Blast 2019: cartaz fechado
· POR Fernando Gonçalves · 16 Jul 2019 · 14:47 ·


Stoned Jesus, Giӧbia, Viaje a 800, Solar Corona, O Bom O Mau E O Azevedo, Mr. Mojo e Here The Captain Speaking. The Captain Is Dead são os sete magníficos com que a organização do Sonic Blast 2019 dá por encerrado o seu cartaz. Este septeto junta-se a um line-up onde já pontuam nomes como OM, Graveyard, Earthless ou Orange Goblin, mas de onde saem The Obsessed e Harsh Toke devido a razões que a organização se diz alheia.

O 9º Sonic Blast realiza-se entre os dias 8 e 10 de Agosto (adição de um dia em relação a 2018) na “Biarritz do Minho” aka Moledo do Minho. Com os passes gerais e os bilhetes diários para dia 10 já esgotados, sobram apenas os ingressos diários para os dias 8 e 9 a 35 euros a peça.

Vampire Weekend: há mar e mar, há ir e voltar
· POR Fernando Gonçalves · 16 Jul 2019 · 14:23 ·


Estiveram e vão voltar a estar. Depois da actuação de dia 12 de Julho no NOS Alive 2019, os Vampire Weekend confirmaram o seu regresso a Portugal no próximo dia 26 de Novembro para uma actuação, única, no Coliseu de Lisboa.

Este concerto insere-se na digressão mundial de apresentação de Father of the Bride (2019), quarto álbum de originais da banda, e tem um custo por bilhete que varia entre os 30 e os 36 euros.

Bon Iver chega ao NOS Alive com dois temas novos
· POR Fernando Gonçalves · 12 Jul 2019 · 13:57 ·


Parece que a antecipação do novo álbum dos Bon Iver se faz aos pares. Depois de no inicio de Junho nos ter dado com “Hey Ma” e “U (Man Like)”, Justin Vernon e seus compagnons de route acabam de nos espetar com “Jelmore” e “Faith” nos ouvidos e elevar para quase um terço o número de faixas conhecidas a i,i, quarto álbum de originais da banda com edição prevista para dia 30 de Agosto via Jajaguwar.

Descrito por Vernon como o disco “mais completo e adulto” da discografia dos Bon Iver, i,i será, certamente, um dos pontos fortes do concerto da banda amanhã no palco NOS do NOS Alive 2019.

Fiquem com “Jelmore”…



... e "Faith":

ARQUIVO

Parceiros