DISCOS
Arborea
Wayfaring Summer
· 23 Fev 2007 · 08:00 ·
Arborea
Wayfaring Summer
2006
Summer Street
Arborea
Wayfaring Summer
2006
Summer Street
Buck e Shanti Curran, duas criaturas da natureza num disco tão simples quanto mágico.
As paisagens do Maine deram-lhes a coragem para produzir um documento auto-produzido no seu essencial: a música (apenas contam com colaborações isoladas em dois temas), o artwork, a edição – também orgulhosamente própria. Buck e Shanti Curran descobriram primeiramente o afecto um pelo outro e daí nasceu a música como espelho daquilo que lhes vai nas almas – conhecedoras e conscientes do mundo que os rodeia. Wayfaring Summer é o resultado dessa união - belo. A abrir, o familiar e acolhedor riff de guitarra acústica a que se junta mais tarde o banjo na puríssima “Wayfaring Summer”; de raízes seguras, o tema mostra somente um defeito: findar demasiado cedo.

Apesar de se fazer de menos de trinta minutos, Wayfaring Summer não parece de todo uma obra inacabada – e muito menos desenraizada. Os Arborea são autores de uma folk saudavelmente dividida entre o território norte-americano e o britânico, a lembrar John Fahey e a espiritualidade de Marissa Nadler por um lado e a delicadeza etérea de uma Vashti Bunyan por outro. Dividem-se também entre os instrumentais cuidados e as canções com “c” maiúsculo. Na primeira, “River and Rapids”, quase lhes basta um banjo, palmas e percussão escassa para dar à voz de Shanti a porção de energia suficiente para se elevar – da simplicidade ao misticismo.

Quando em “Dance, sing, fight” Buck e Shanti cantam juntos “Black, beige, white / Green, red, blue” são criaturas da natureza, conscientes do universo; quando logo a seguir falam de armas e mudanças também o são – há uma mensagem de tranquilidade neste disco que transparece mesmo quando não se escutam palavras. Em “Dance, sing, fight” os Arborea estão então especialmente próximos da perfeição que tão afincadamente buscam nas restantes nove composições, mas este é definitivamente um percurso que merece ser percorrido atentamente do início ao seu fim.
André Gomes
andregomes@bodyspace.net
RELACIONADO / Arborea
Discos
Arborea
2008
Fortress Of The Sun
2013
Entrevistas
As paisagens do Maine chegam a Serralves
23 Mai 2011
O mundo, em estado natural
26 Mar 2007
ÚLTIMOS DISCOS
Gabriel Ferrandini
Volúpias
· POR Nuno Catarino ·
Free condensado.
ÚLTIMAS

Parceiros