DISCOS
Four Tet
My Angel Rocks Back and Forth [Single]
· 26 Fev 2005 · 08:00 ·
Four Tet
My Angel Rocks Back and Forth [Single]
2004
Domino


Sítios oficiais:
- Four Tet
- Domino
Four Tet
My Angel Rocks Back and Forth [Single]
2004
Domino


Sítios oficiais:
- Four Tet
- Domino
Muito tem contribuído a electrónica vai-a-todas para o dissipar das fronteiras que separam as estações do ano. Tenho adormecido ao som de Pause - lançado em 2001 – na incerteza do seu enquadramento estacional. Em vez de carneiros, conto folhas secas, que – numa compassada sucessão - se transformam em flocos de neve, pétalas de malmequer, fragmentos de luz solar. A matéria “Tetrateteana” desdobra-se em combustões multi-coloridas ao mesmo ritmo que Sonic aglutina anéis dourados – ganha o balanço necessário no “loop” (extraído à orgânica da guitarra, piano, etc.) para, logo que armazenada suficiente energia cinética, explodir num irresistível “groove” solarengo. Four Tet, a par dos Boards of Canada, pontifica uma electrónica caleidoscópica, a que os escribas gostam de chamar folktronica. O single (com dois discos e quase cinquenta minutos de material?!) My angel rocks back and forth serve de extensão a Rounds e faculta preciosas coordenadas a quem por aqui se quiser aventurar.

Digressões percorridas ao lado de santos cá da casa como os Radiohead (que acompanhou durante a mini-digressão que os trouxe até aos nossos Coliseus) ou o Animal Collective, servem de credencial capaz de colocar os sentidos em continência perante o que Kieran Hebden – o nome que os pais escolheram para o mago do laptop – tiver a acrescentar à electrónica actual.

Estabelecida a sintonia, desobstruam-se os canais cognitivos para que o fluir surta os efeitos mais eficazes. Four Tet compõe baladas de amor para dois extremos opostos de um mesmo espaço amplo preenchido por pontuais focos de luminosidade, caracteres japoneses escritos a néon cinzento e um mar de variantes existencialistas de Pokemons. Cabe a cada um estabelecer silogismos entre os diversos cenários meteorológicos (de discos como Pause e Rounds) e o ideário Manga-filosófico que Four Tet explora essencialmente nos telediscos "My angel rocks back and forth" e "No more mosquitoes" (ambos incluídos no lote de quatro videos que compõe o DVD incluído em anexo). Admito que os resultados adquiridos possam ser tão variados como a música que os instiga.

Venha então até à minha à lupa essa música que por aí chamam de folk futurista – epíteto esse que, desde que alguém ganhou barba até aos pés, é suspeito. Apesar de servir apenas como amostra de um trabalho bem mais abrangente, My angel rocks back and forth revela – além da ternamente dócil faixa que lhe serve de título – Four Tet perante uma encruzilhada que o mantém à mesma distância da folk manipulada que o trouxe até aqui e do sussurro aos poucos intensificado que o deixa mais próximo das sonoridades ambientais.

“I’ve got viking in me” e “All the chimers” (espiritualmente folk, ainda assim) – os inéditos incluídos - servem de prognósticos ao que pode vir a ser Everything Ecstatic (com lançamento previsto para Maio). Ambas as faixas não destoariam como banda-sonora de documentários a serem exibidos na filial do “National Geographic” que conhece transmissão exclusiva na Quinta Dimensão. Melodias adequadas ao fundo sonoro de rituais de acasalamento entre anfíbios e alforrecas, geishas reencarnadas em pandas, vidas perdidas no registo de anomalias genéticas durante a desova da truta mutante. Durante todo o ano, faça sol ou faça chuva.
Miguel Arsénio
migarsenio@yahoo.com
RELACIONADO / Four Tet
Discos
Dialogue
1999
Rounds
2003
Everything Ecstatic
2005
There Is Love In You
2010
Beautiful Rewind
2013
Entrevistas
Expectativas Estáticas
10 Abr 2005
ÚLTIMOS DISCOS
Gabriel Ferrandini
Volúpias
· POR Nuno Catarino ·
Free condensado.
ÚLTIMAS

Parceiros