DISCOS
Sharon Van Etten
Tramp
· 22 Fev 2012 · 22:50 ·
Sharon Van Etten
Tramp
2012
Jagjaguwar / Popstock


Sítios oficiais:
- Sharon Van Etten
- Jagjaguwar
Sharon Van Etten
Tramp
2012
Jagjaguwar / Popstock


Sítios oficiais:
- Sharon Van Etten
- Jagjaguwar
Terceiro disco da norte-americana confirma-a enquanto turbilhão de emoções e escritora de canções a ter definitivamente em conta a partir de agora. Não necessariamente por esta ordem.

Aos primeiros minutos, Tramp mostra desde logo que é muito mais do que aquilo que aparenta ser. Mostra, quanto mais não seja, que ao terceiro disco, Sharon Van Etten chegou ao ponto de ebulição: não quer dizer que não possa chegar mais além, mas chegou muito certamente a um ponto onde se espera muito de cada conjunto de canções que entenda resolver por agora na sua cabeça e entregar ao mundo de forma acabada. Ou perto disso. Não fosse a música para Sharon Van Etten uma espécie de auto-terapia.

Tramp, produzido por Aaron Dessner dos The National, é um disco de canções muito bem apuradas esteticamente mas suficientemente livres para não parecerem fruto de demasiada ponderação. Apesar de ser um disco imaculado na produção e nos arranjos, Tramp é um disco onde se nota a presença de uma certa inquietude; um disco onde as canções gozam de uma determinada qualidade daquilo que ainda está por terminar. Talvez porque Sharon Van Etten vai deixando uma parte de si em cada disco, porque o envolvimento emocional que dedica a cada conjunto de canções tem um limite auto-imposto.

Tramp é um disco onde as canções são mais do que parecem ser e, no entanto, ainda não são tudo aquilo que podem ser. E essa ânsia move e motiva. É certo que “Serpents” é a canção mais forte de Tramp, mas também é verdade que existe em toda a sua extensão, para além de uma beleza indesmentível, uma qualidade difícil de explicar mas nem por isso complicada de absorver. É uma questão de canções de guitarras - tanto eléctricas como acústicas - com poesia e alguma magia. Há alguma coisa no ar. Ao terceiro disco, Sharon Van Etten dá um chega para lá nos seus pares – ouvindo o disco é fácil identificá-los – e diz: cuidadinho que eu também estou aqui.
André Gomes
andregomes@bodyspace.net
RELACIONADO / Sharon Van Etten
Discos
Remind Me Tomorrow
2019
ÚLTIMOS DISCOS
2 Chamadas Não Atendidas
2 Chamadas Não Atendidas
· POR Paulo Cecílio ·
'Tou sim?
ÚLTIMAS

Parceiros