√öLTIMAS
Guimar√£es Jazz regressa em Novembro (e j√° h√° cartaz)
· 16 Jul 2019 · 16:18 ·


A música feita “inquietação acelerada”, tal como escrevia a escritora Françoise Sagan a respeito do jazz, está de regresso a Guimarães entre os dias 7 e 16 de Novembro com um cartaz que terá, entre outros, como protagonistas os músicos Charles Lloyd, Eric Harland, Joe Lovano, Vijay Iyer, Craig Tabern, Lina Nyberg (com a Orquestra de Guimarães), Rudy Roystne  Andrw Rathbun.

Para além da amplitude na representação das diferentes gerações e estilos que marcam o jazz do Presente, o programa da 28ª edição do Guimarães Jazz continua a alargar os seus horizontes para músicas exteriores ao jazz e latitudes distantes do solo nativo americano de que são exemplo a presença da histórica ICP Orchestra, representante da vanguarda do jazz holandês dos anos 60 e 70 ou a comunhão entre a sueca Lina Nyberg e a Orquestra de Guimarães num concerto que se apresenta como um “pertinente manifesto em defesa da Natureza”. Ligado a esta ideia de jazz de largo espectro, a organização estabeleceu, ainda, uma nova parceria com o colectivo de músicos e construtores musicais Sonoscopia que se lançam na persecução de um projecto (ikizukuri) que usa o jazz não como linguagem, mas como atitude artística.

Os bilhetes para a vigésima oitava edição deste certame que se dividirá entre os palcos do Centro Cultural Vila Flor (Pequeno e Grande auditório), o Centro Internacional das Artes José de Guimarães (Black Box) e o Convívio Associação Cultural variam entre os 5-15 euros (por concerto) e os 90 euros de passe geral.

Toda a programação e informação relativa a bilhetes aqui.

Fernando Gonçalves
f.guimaraesgoncalves@gmail.com

Parceiros