√öLTIMAS
Guimar√£es Jazz 2018: volta ao mundo do jazz em 10 dias
· 21 Set 2018 · 14:35 ·


Entre 8 e 17 de Novembro, a cidade berço irá voltar a acolher mais um Guimarães Jazz. Depois de em 2017 ter assinalado os mais de cem anos deste género musical, a edição 27 do festival propõe aos melómanos uma viagem aos meandros da longa história do jazz o que implicará explorar geografias alternativas ao seu território nativo, divulgar o trabalho de músicos jovens que nasceram quando o jazz se tinha já implementado plenamente na cultura moderna, dar espaço a músicos que se distinguiram em territórios musicais mais próximos das correntes experimentais e vanguardistas da música contemporânea e, por último, programar músicos menos mediáticos e inseridos em circuitos mais informais e artisticamente flexíveis.

Da teoria à prática, ao 27º Guimarães Jazz consubstanciar-se-á em 13 concertos em 10 dias com um plantel de guias em que se contam os nomes de Dave Holland, Steven Bernstein, Matt Ulery (além do concerto com o projeto Delicate Charms, orientará as oficinas de jazz e as jam sessions e dirigirá a Big Band e o Ensemble de Cordas da ESMAE), projeto “Cartas Brasileiras”(Léa Freire acompanhada pela Orquestra de Guimarães), Pablo Held Trio, Random/Control ou os The Mingus Big Band que fecharão o festival com um concerto de homenagem a Charles Mingus.

Os concertos irão repartir-se entre o Centro Cultural Vila Flor (Grande e Pequeno Auditório) e a Black Box do Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG) enquanto as jam sessions decorrerão no Café Concerto do CCVF. Em relação a bilhetes o preçário é variado consoante o número de concertos a que se queira assistir indo desde os 2 euros (jam sessions) até aos 80 de passe geral. Programação completa aqui.

Fernando Gonçalves
f.guimaraesgoncalves@gmail.com

Parceiros