√öLTIMAS
Noite de cinema celebra também o regresso de uma das nossas maiores imigrantes
· 23 Jun 2010 · 09:37 ·
Agora que o calor se instalou definitivamente na rotina lisboeta, as sess√Ķes de cinema no terra√ßo da galeria da Z√© dos Bois tornam-se, cada vez mais, no melhor plano poss√≠vel para uma quarta feira. Nesta terceira sess√£o √© projectada uma dessas p√©rolas da Sublime Frequencies que urge descobrir. Focado em aspectos culturais da Ilha de Sumatra na Indon√©sia, "Sumatran Folk Cinema" d√° particular √™nfase ao riqu√≠ssimo esp√≥lio musical da ilha, numa colagem de efeito quase psicad√©lico. Mas a sess√£o de hoje tem ainda o acr√©scimo de contar com a presen√ßa de um dos nomes mais importantes da m√ļsica improvisada destas duas √ļltimas d√©cadas em Portugal. Actualmente a viver nos Estados Unidos, Margarida Garcia tem vindo a tocar com algumas das mentes mais queridas do pa√≠s que a acolheu (Loren Connors, Marcia Bassett ou Matt Valentine) e aparece na ZDB na bela companhia de Barry Weisblat (membro desse colectivo fulcral, entretanto extinto, que foi a Tower Recordings) para uma actua√ß√£o obrigat√≥ria, como que a relembrar o seu papel central em toda a m√ļsica libert√°ria. Agora que a podemos ver t√£o raramente. A entrada ser√° de cinco euros e ter√° in√≠cio pelas 22 horas.
Bruno Silva
celasdeathsquad@gmail.com

Parceiros