RETRO MAN√ćA
A três milhas do espaço
· 19 Out 2012 · 15:24 ·
Se o rock n' roll n√£o houvesse sofrido qualquer evolu√ß√£o estil√≠stica para al√©m do aumento do volume dos amplificadores em que √© tocado, Ladies And Gentlemen We Are Floating In Space seria, sem sombra de d√ļvida, a sua express√£o m√°xima.


Se o rock n' roll não houvesse sofrido qualquer evolução estilística para além do aumento do volume dos amplificadores em que é tocado, Ladies And Gentlemen We Are Floating In Space seria, sem sombra de dúvida, a sua expressão máxima. Fruto do amor de Jason Pierce pelo gospel e pelo ruído, é um álbum que incide, particularmente, sobre o amor - quer este seja aquele que se sente pelo objecto da nossa afeição, pela mulher perfeita, pelas drogas puras e pela sensação de abandono oferecida pelas mesmas, ou por Deus, seja Ele qual dos Deuses for - ou até, quem sabe, por todas essas coisas misturadas. Do tema-título à raiva de "Come Together" e "Electricity", da afeição religiosa de "I Think I'm In Love" e "Cool Waves" ao estado absolutamente fodido de ser em modo free jazz de "No God Only Religion" e "Cop Shoot Cop...", Ladies And Gentlemen não é um disco que possa ser simplesmente escutado; é absolutamente necessário ter fé. Um Evangelho desta categoria nada pode contra as forças do ateísmo, por mais que se seja céptico. Medicamento certeiro para se re-ouvir com gosto em tempos de crise espiritual, ou para se sonhar/admirar o homem que na semana passada flutuou no espaço.

Paulo Cecílio
pauloandrececilio@gmail.com

Parceiros