DISCOS
Veados com Fome
Veados com Fome
· 29 Dez 2006 · 08:00 ·
Veados com Fome
Veados com Fome
2006
Lovers & Lollypops


Sítios oficiais:
- Veados com Fome
- Lovers & Lollypops
Veados com Fome
Veados com Fome
2006
Lovers & Lollypops


Sítios oficiais:
- Veados com Fome
- Lovers & Lollypops
O último registo da banda com selo de 2006 é ao mesmo tempo o melhor até à data. Estes Veados revelam-se finalmente, ao dobrar da esquina.
Parece seguro dizer-se que 2006 foi um ano forte para os Veados com Fome. O ainda jovem trio dos arredores de Santo Tirso editou uma série de discos, deu uma porrada de concertos e evoluiu significativamente em termos sonoros – pelo menos é isso que este novo disco parece querer afirmar. Não lhe quiseram dar nome mas há que chamar os bois pelos nomes: Veados com Fome, na falta de mais referencias, aparentemente com edição limitada a 100 exemplares. O primeiro tema parece contrariar a ideia, mas este disco é um marco na ainda curta carreira da banda: é um disco onde os Veados Com Fome encontram a coragem para se tornar mais interessantes, mais aventureiros, mais perigosos – em ultima instancia, mais ameaçadores.

Como já foi dito, o primeiro tema do disco, “Cachalote” (a fazer justiça à regra de palavra única para os títulos das canções da banda), apesar de se fazer de guitarras reluzentes e polidas, não significa especial avanço na estratosfera sonora dos Veados Com Fome. É com “Comando” que as coisas começam a ganhar forma: é no riff algo diabólico inicial que se percebe que este Veados estão renovados para melhor. Há sério perigo a correr por aqui. As guitarras seguem um guião mais abstracto que o costume e a bateria surge em ritmo curta-metragem. Logo a seguir, “Merche” - Romero, com toda a certeza - é o seguimento da viagem por terrenos férteis e repentinos – é curta e directa, certeira e precisa. Merche Romero já tem aqui um hino do qual se pode orgulhar.

Em “Ultramar” já Veados com Fome tem reunidos todos os argumentos necessários para valer como álbum, para afirmar-se com segurança como o melhor lançamento até à data da banda. Esta é música firmemente aprofundada, fruto de um auto-conhecimento superior. E essa certeza parece ser reforçada em “Melro”, provavelmente a exploração mais ruidosa do disco. No último tema os Veados com Fome quebram a lei da palavra única para titulo apenas para uma inesperada versão (ou talvez nem tanto para quem teve a oportunidade de assistir a um concerto recente da banda): “Eléctrica Cadente”, dos Dead Combo. Uma versão conseguida, diga-se.

Em suma, Veados com Fome parece finalmente apontar, para os de Santo Tirso, as coordenadas sonoras firmes para o futuro; este é curiosamente um disco onde se reflecte muito mais aquilo que os Veados com Fome são ao vivo. Das raízes de busca e descoberta dos primeiros CD-Rs nasceu uma orientação mais interessante para os Veados Com Fome. E se 2007 for para o trio um ano tão prolífico como o que acaba agora foi, será com certeza de esperar mais uma mão cheia de discos e pelo menos um onde se possa reclamar avanços e progressões. Esta é a magia do formato. E esta é uma das bandas em Portugal que mais reclamam – e bem - o CD-R como fiel (e depositário) tubo de ensaio.
André Gomes
andregomes@bodyspace.net
RELACIONADO / Veados com Fome
Entrevistas
O rock vem em volumes
04 Fev 2006
Ao Vivo
Veados com Fome - Lobster
09 Mar 2006: Maus Hábitos, Porto
ÚLTIMOS DISCOS
Gabriel Ferrandini
Volúpias
· POR Nuno Catarino ·
Free condensado.
ÚLTIMAS

Parceiros