DISCOS
Toro Y Moi
Causers of This
· 25 Fev 2010 · 09:20 ·
Toro Y Moi
Causers of This
2010
Carpark / Flur


Sítios oficiais:
- Toro Y Moi
- Carpark
- Flur
Toro Y Moi
Causers of This
2010
Carpark / Flur


Sítios oficiais:
- Toro Y Moi
- Carpark
- Flur
Jovem produtor da Carolina do Sul dá asas a uma pop arejada que nunca cumpre totalmente o que prometia.
Insistir em Causers of This leva-nos a uma série de caças aos gambuzinos - algumas delas positivas, outras nem por isso. A primeira, pertencente ao primeiro grupo, passa pela dificuldade em enumerar pontos desprezíveis no disco. Naturalmente, isso equivale a um mais espontâneo discurso sobre as qualidades de Chad Bundick (ele próprio Toro Y Moi) como produtor de pop trespassada por um arco-íris de electrónica, que invade o ar como a água pulverizada pelo polegar sobre o bebedouro. Chamam-lhe chillwave e é natural que o sub-género já tenha feito uns quantos bebés em dormitórios cheios de hipsters.

Mesmo assim, não deve ser estranhado o tónico sexual na música de Toro Y Moi, quando podemos identificar por aqui a micro-circularidade sensorial de The Field ou aquele empurrão muito New Order que segreda ao ouvido:atira-te à miúda ou acaba o teu copo e vai para casa. Esta electrónica sacode alegremente o pêlo, move-se como uma truta que sobe o rio para desovar, mas nunca chega a casa (talvez porque vive naquela difusão da memória – um emaranhado Duran Duran? - que afecta tantos discos idênticos).

E é pela mão das últimas comparações que chegamos à segunda busca, que, por sua vez, não favorece muito a originalidade de Toro Y Moi, pois obriga a recorrer a uma série de nomes para preencher a legenda do seu mapa estético. Para tal efeito, podemos pegar nuns Passion Pit sem a luxúria e a estridência, ou nos canadianos The Most Serene Republic encapsulados num só cérebro empenhado em apanhar um dos muitos comboios que a central Animal Collective (e família Paw-Tracks) disponibilizou para novos maquinistas da canção. Depois de entornado o caldo, mais vale pecar duas vezes pelo preço de uma e sublinhar que Toro Y Moi também não é muito discreto no saque que faz da música de Panda Bear.

Ou seja, tudo isto mói de facto, sem nunca marrar de frente naquele nervo que gostamos de ver atacado pelos grandes discos. O problema talvez seja esse: Causers of This soava muito melhor como promessa envolta em hype do que soa agora como disco enamorado pela sua própria perdição.
Miguel Arsénio
migarsenio@yahoo.com
RELACIONADO / Toro Y Moi
Discos
Underneath The Pine
2011
Anything In Return
2013
Entrevistas
Pop qualquer coisa
15 Mar 2010
ÚLTIMOS DISCOS
2 Chamadas Não Atendidas
2 Chamadas Não Atendidas
· POR Paulo Cecílio ·
'Tou sim?
ÚLTIMAS

Parceiros