DISCOS
Animal Collective
Water Curses EP
· 02 Mai 2008 · 08:00 ·
Animal Collective
Water Curses EP
2008
Domino / Edel


Sítios oficiais:
- Animal Collective
- Domino
Animal Collective
Water Curses EP
2008
Domino / Edel


Sítios oficiais:
- Animal Collective
- Domino
Grão-a-grão enche a galinha o papo, ou o saudável engordar do maravilhoso mundo do colectivo animal.
Se em Strawberry Jam os Animal Collective quiseram explorar as canções como quem gere uma companhia de compotas (com a aposta nos sabores tradicionais, neste caso a continuidade de Feels), no EP Water, aquela que é uma das bandas mais importantes da década, quis centrar-se numa temática concreta e a partir daí chegar a novas roupagens para continuar o seu caminho. Os Animal Collective tiveram sempre uma visível adoração por aquilo que pertence à natureza (o próprio nome o diz) e neste lançamento, resultado sobretudo de temas que não chegaram a ser incluídos no último álbum, não se cumpre excepção.

Como o próprio nome indica, em Water Curses, os Animal Collective, depois de colocadas as respectivas máscaras (de oxigénio, entenda-se), levaram toda a parafernália, todas as vozes e desejos, toda a criatividade para o fundo do oceano. Em menos de 20 minutos, os quatro construtores, montam o estaminé ao lado de umas conchas uma dúzia de cavalos-marinhos e trataram de criar 4 temas que os retiram por momentos do mundo partilhado por Feels e Water Curses. “Water Curses”, a mais luminosa e preenchida canção do disco, é maravilhosa tela subaquática a explodir em cores a cada canto. A estranheza de certos elementos é o lembrete que recorda (passe a redundância) porque é que os Animal Collective se tornaram motivo de felicidade para tantos. Há por aqui um órgão fugidio que se recusa a juntar ao rebanho – e ainda bem. É como um jogo animalesco sem soluções no final.

Em “Street Flash” os Beach Boys vão a banhos – mais profundos do que nunca. A pop chega aqui filtrada ao seu indispensável, a auto-suficiência é a forma de ataque e defesa. A doçura das vozes e das melodias fundem-se com os gritos e com o ruído e criam uma imprevisível banda-sonora do fundo dos mares. “Cobwebs”, gentil e suavemente celebratória, constrói-se lentamente até ao ponto de produzir e soltar uma dose de beleza em forma de bolhas de água que lentamente chegam à superfície. Aquela que não foi gravada durante as sessões de Strawberry Jam, “Seal Eyeing”, não ousou fugir ao tema e fecha este Water Curses com aquela que curiosamente é a menos recompensadora de todas as faixas. Independentemente disso os Animal Collective cumprem-se aquilo que se exigia depois do último disco: dar um passo em frente, curiosamente aos olhos de Strawberry Jam, mas de forma camuflada. Algo verdadeiramente típico vindo de quem vem.
André Gomes
andregomes@bodyspace.net
RELACIONADO / Animal Collective
Discos
Spirit They’re Gone, Spirit They’ve Vanished / Danse Manatee
2003
Sung Tongs
2004
Feels
2005
Merriweather Post Pavilion
2009
Painting With
2016
Entrevistas
Ondas de Paixão
23 Fev 2009
Sentir sem sentenciar
17 Out 2005
Ao Vivo
Animal Collective
20 Out 2005: Ginjal, Almada
Animal Collective
19 Out 2005: Casa da Música, Porto
Animal Collective / Atlas Sound
28 Mai 2008: Lux, Lisboa
All Points West Music & Arts Festival
8-10 Ago 2008: Liberty State Park, New Jersey
Animal Collective, "ODDSAC"
02 Jun 2010: Auditório da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, Lisboa
Animal Collective
25 Jul 2011: Centro Cultural de Belém, Lisboa
Animal Collective
21- Jun 2018: Cineteatro Capitólio, Lisboa
ÚLTIMOS DISCOS
Gabriel Ferrandini
Volúpias
· POR Nuno Catarino ·
Free condensado.
ÚLTIMAS

Parceiros