bodyspace.net


Listas dos melhores 2008



© Teresa Ribeiro

Top 2008 · Top Portugueses 2008 · Momentos 2008 · Tops Ilustres

Ah, a época maravilhosa dos topes que coincide – e sabemos todos que não é por acaso – com algumas das grandes celebrações/festividades deste planeta. Acordar cedinho pela manhã e saber o que nos reservam as publicações em termos de balanços musicais e cuidadosamente – e a talhe de foice – convocar tormentas e tempestades justificadas pelas escolhas diabólicas para aquele ano específico. É um trabalho difícil mas alguém tem de fazê-lo. O Bodyspace conquistou paulatinamente e esforçadamente um espaço neste nicho de mercado impenetrável que são os Topes e, cada ano, mais tarde ou mais cedo, com mais ou menos impetuosidade, com uma certa dose de agressividade é certo, tem vindo a tornar públicas as suas postas de pescada em duas ou três categorias mais prementes. E 2008 não havia de ser excepção. A decisão final tardou horas, dias, envolveu reuniões dia sim, dia não, mas acabou por sair: quisemos nós deliberar e legislar sobre os melhores discos do ano (que como sempre inclui os discos aqui da Lusitânia), os melhores registos portugueses e os melhores momentos – assim porque sim; quisemos ainda, e numa secção que se tornou favorita, convidar de novo ilustres músicos desta e doutras praças para que escolhessem os melhores discos do ano que agora termina. Não queremos arriscar, incorrer em mentiras e muito menos deixar ninguém pendente, mas quer-nos parecer que para o ano haverá mais.
André Gomes



09/12/2008