Mayra Andrade
Centro Cultural de Belém, Lisboa
5- Nov 2015
Integrado no festival Misty Fest, Mayra Andrade apresentou-se perante um Centro Cultural de Belém cheio. O público mostrava já estar conquistado à partida, revelando entusiasmo desde o primeiro momento. Para a cantora este era um concerto especial, emotivo e simbólico: tratou-se do primeiro concerto de Mayra em Lisboa, após a mudança da cantora para a cidade, vinda de Paris, onde morou nos últimos anos.

No grande auditório do CCB Mayra apresentou desde logo a sua voz ampla e poderosa, cantou as suas músicas em crioulo cabo-verdiano, em francês, em português e em inglês. A interpretação instrumental era irrepreensível, por um grupo músicos competente. A sua música assenta na herança cabo-verdiana, numa versão polida e sofisticada, e na bagagem a cantora trazia Lovely Difficult, o mais recente disco. Mas também não faltaram temas mais antigos, satisfazendo os desejos do público.

Mayra levou ao palco dois cantores convidados: Sara Tavares e Pedro Moutinho. Com Sara Tavares, muito ovacionada pelo público, cantou duas canções em duo – na parte final de um dos temas mostrou uma improvisação interessante. Com Pedro Moutinho, acompanhado pelos seus guitarristas, Mayra Andrade cantou um o “Alfama”, mostrando a versatilidade e amplitude da voz.

A voz da cantora, que apesar da idade jovem já será quase-diva, mostrou-se versátil, adequando-se a cada tema, a cada: forte, dengosa, equilibrada. Pela setlist passaram alguns dos temas mais memoráveis do seu repertório, como “Dimokránsa”, “Tunuka” e “Ilha de Santiago”. Já no encore, obrigatório, além de uma canção dedicada à sua mãe “Meu Farol”, não faltou a muito desejada “Lua”.
· 12 Nov 2015 · 22:18 ·
Nuno Catarino
nunocatarino@gmail.com

Parceiros