ÚLTIMAS
ÚLTIMAS
Arquivo ÚLTIMAS
We Bless This Mess encontraram monstros alegres no armário
· POR Fernando Gonçalves · 24 Mai 2020 · 23:07 ·


Enquanto andavam em busca de inspiração para um novo álbum, os We Bless This Mess encontraram monstros felizes dentro do armário. Esses monstros viraram canção, “Happy Monsters In My Closet”, e o álbum, Enlightened Fool, forma. Enquanto o single é para consumo imediato, o novo disco dos portuenses We Bless This Mess chegará lá para Outubro.

“Happy Monsters In My Closet”:

ÚLTIMAS
Arquivo ÚLTIMAS
Thunderbird inaugura Obra de protesto
· POR Fernando Gonçalves · 24 Mai 2020 · 23:02 ·

© André Peniche
O Brasil é um imenso incêndio com um comandante dos bombeiros de lança-chamas a tiracolo. Mas, como sempre, há sempre alguém que resiste, há sempre alguém que diz não. Entre aqueles que o fazem está o projecto solo Thunderbird. Liderada por Luiz Thunderbird, esta guerrilha sonora prepara-se para dar à luz o rebelde Pequena Minoria de Vândalos, disco ácido e energético para balançar consciências neste 2020 distópico.

A primeira amostra chama-se “A Obra” e bate assim:

ÚLTIMAS
Arquivo ÚLTIMAS
Foxes ama-te, só que não
· POR Fernando Gonçalves · 24 Mai 2020 · 22:27 ·
© Hollie Fernando

Três anos depois de aclamações e prémios, Foxes (Louisa Rose Allen) está de regresso com o single “Love Not Loving You”, tema em que a artista, como ela própria explica, faz uma espécie de declaração de amor a si mesma.

Dinâmico e ousado, eis o regresso de Foxes com “Love Not Loving You”

ÚLTIMAS
Arquivo ÚLTIMAS
IDLES: não lhes falta motivação, nem novo single, nem álbum
· POR Fernando Gonçalves · 20 Mai 2020 · 14:34 ·


“…manos arriba y abajo/Arriba y abajo/Arriba, abajo/Arriba y abajo/Todo el mundo una mano arriba/Solo una mano arriba/Nos vamos a la izquierda, a la derecha/Izquierda, derecha/Izquierda, derecha (vamonos)/Izquierda, derecha/Izquierda, derecha (sigame, sigame)…”, assim seguem os SBS que, hoje, encontram nos IDLES motivadores à altura, não nas aulas de zumba, mas como um ariete de positividade no meio da depressão generalizada que se abateu sobre o mundo.

Esta é a base de “Mr. Motivator”, single de apresentação do novo álbum dos IDLES, ainda sem nome, que deverá ser editado este ano. Para conhecer mais em pormenor este “Mr. Motivator”, passamos a palavra ao vocalista, Joe Talbot: “Queríamos começar esta viagem (do novo álbum) com um tema que, não só encapsulasse o sentimento do álbum, como também encorajasse a nossa audiência a dançar como se ninguém os estivesse a ver de modo com uma catana de dois tons feita canção e com a mais bela comunidade de sacanas que jamais se reuniu. Vamos lá. Tudo é amor”.

Belo, sem dúvida. Fiquem com os IDLES e este ”Mr. Motivator”:

ENTREVISTAS
Arquivo Entrevistas
Milton Gulli
Maningue nice Milton, maningue nice
· POR Fernando Gonçalves · 20 Mai 2020 · 00:17 ·
Não há acácias onde nos resguardarmos de uma pandemia que nos obriga à distância dos abraços, dos beijos, enfim, do toque e presença do outro na sua total plenitude. Tudo é sol abrasador que, onde toca, tudo queima. Dizemos tudo, mas não seriamos verdadeiros se, com este pronome indefinido, insistíssemos em catalogar a verdadeira dimensão da natureza humana que, ainda que por força maior, viva aprisionada. Esta dimensão ganha força e cor quando nos guiamos em direcção ao hemisfério sul, onde na mágica Maputo encontramos quem, por vontade e necessidade, ou necessidade da vontade, fez a viagem de Lisboa até à capital de Moçambique para, durante nove anos, tentar tirar do opróbrio a música moçambicana. Sem ilusões e com pele bem forte para amparar os golpes que África pode infligir nos mais impreparados, Milton Gulli, músico dos pés à cabeça, deixou para trás, mas não definitivamente, projectos como Cacique’97 ou The Grasspoppers para fazer nascer, entre outras coisas, a Kongoloti Records, editora que se dedica à cartografia, e amplificação, da cena musical moçambicana. Desta e de outras pérolas nascidas nas cálidas águas do Índico se faz esta conversa com que vos deixamos. Kanimambo Milton.
Ler entrevista
ÚLTIMAS
Arquivo ÚLTIMAS
Fools lança álbum de estreia
· POR Fernando Gonçalves · 19 Mai 2020 · 14:57 ·


Assim, no singular. O homem que dá vida à bateria de Grizzly Bear achou-se sozinho durante o Verão passado e o resultado é Fools’ Harp Vol. 1, LP acabadinho de sair sem aviso prévio que nos mostra Christopher Bear aka Fools em dança sensual com uma plêiade infindável de instrumentos em “alcatifa” ambiente.

Muita exploração instrumental, uma forte pitada de intuição e um descontraído “vamos ver no que tudo isto dá” resultou em Fools’ Harp Vol. 1, álbum para ouvir na integra a partir de agora:

ÚLTIMAS
Arquivo ÚLTIMAS
No Age servem novo single em prato de reverb
· POR Fernando Gonçalves · 19 Mai 2020 · 14:34 ·


Estão mais rápidos, furiosos e misteriosos. O colectivo dreamy californiano No Age regressa aos discos no próximo dia 5 de Junho com Goones Be Gone, mas hoje, 19 de Maio do ano sem lá grande graça de 2020, atira com mais um single do novo trabalho para a fogueira.

O tema chama-se “Head Sport Full Face” e está recheado de reverbs e feedbacks, estes últimos que dão a ideia de uma persistente sirene da polícia ao longo de toda a faixa:

ÚLTIMAS
Arquivo ÚLTIMAS
Lavender Diamond: um certo olhar
· POR Fernando Gonçalves · 19 Mai 2020 · 14:13 ·


Depois dos oito anos de silêncio que se seguiram ao lançamento de Incorruptible Heart, o trio (Becky Stark, Steve Gregoropoulos e Ron Regé, Jr.) de art-pop orquestral está de volta, mas em formato mais indie. Os Lavender Diamond acabam de lançar o single “Look Through The Window”, canção que reflecte sobre o isolamento profundo, a depressão e o renascimento e que soa assim:

ÚLTIMAS
Arquivo ÚLTIMAS
MOMO: amor em tempos de mudança de estação
· POR Fernando Gonçalves · 19 Mai 2020 · 13:45 ·


Com o Inverno a aproximar-se a passos largos do hemisfério sul, o brasileiro MOMO saca uma história de amor em tempos de mudança de estação que serve de antecipação a um novo EP que deverá sair lá para Agosto.

“Till the End of Summer Time” é o seu nome e inspira-se, musicalmente, nos clássicos de jazz de nomes como George Gershwin e Irving Berlin, e em compositores da bossa nova como Tom Jobim. "A letra fala de um amor que não funcionou, deste o primeiro encontro até à última despedida” – explica o músico que reside em Lisboa. O título remete para a canção pop de 1945 "Till the End of Time", gravada por Perry Como, Doris Day e outros artistas e que inspirou um filme com o mesmo título.

Para ouvir “Till the End of Summer Time”:

ÚLTIMAS
Arquivo ÚLTIMAS
Um toque de The New Morning
· POR Fernando Gonçalves · 15 Mai 2020 · 13:42 ·


Veículo de simplicidade, os The New Morning nasceram do desejo do músico e engenheiro de som austríaco Thomas Pronai de criar uma banda que fizesse do palco um lugar para um rock sem merdas nem achaques de vedetismo. Depois de um single de estreia, e a meio de uma tournée pelos países vizinhos, os The New Morning fecharam-se durante dois dias em estúdio e criaram o que, em breve, será o seu primeiro álbum de originais.

Deste tomo que me breve verá a luz do dia, escapa-se hoje o single de apresentação “The Touch”, tema escrito há dois anos que, de uma forma quase premonitória, antecipava um mundo em crise. Há falta de um abraço de carne e osso, fiquem com este “The Touch”:

LER MAIS

Parceiros