bodyspace.net


Alasdair Roberts Spoils

2009
Drag City / Flur


O escocês Alasdair Roberts é uma figura incontornável do neo-folk mundial, não só pelo que tem feito agora, mas pelo que vem fazendo desde há muito tempo, desde a sua anterior banda Appendix Out, confessos praticantes do revivalismo folk quando não era ainda moda. Foi com essa banda que fez um belíssimo disco de seu nome The Night Is Advancing, talvez o mais estranho e druídico de todos, plataforma para outros voos mais tarde.

E nisto, eis Spoils. Padecendo do mesmo problema que todos os seus discos sofrem, a infinita incapacidade de conseguir fazer uma obra-prima, tem ao mesmo tempo tudo o que nos faz gostar destes discos, tanto ou talvez um pouco menos do que Will Oldham, o seu mais notório fã.

Spoils √© o que √©, sem pretens√Ķes. Puro folk com oitadas de experimenta√ß√£o. Aut√™ntico. Tem um conjunto de m√ļsicas que nos transportam para paisagens long√≠nquas no tempo, escocesas em particular, com melodias em redor de fogueiras medievais de cl√£s no caso de umas, fogueiras celtas, escotos e de pictos no caso de outras. Alasdair Roberts mostra mais uma vez ser um compositor rico no detalhe, em que cada m√ļsica tem uma hist√≥ria complexa que narra cantando, qual bardo que nos entret√©m. √Č como ler v√°rios livros de contos com os ouvidos. J√° s√≥ por isso valeria a pena, mas h√° muito mais para descobrir, gota a gota, de uma qualquer chuva persistente de ‚Äúhighlands‚ÄĚ.


Nuno Leal
nunleal@gmail.com
11/09/2009