ETC.
DVD
Don't Look Back
Bob Dylan
· 07 Ago 2007 · 08:00 ·
Don't Look Back
Bob Dylan
2006
Sony BMG
Don't Look Back
Bob Dylan
2006
Sony BMG
Nova edição do DVD que mostrou ao mundo as faces de Bob Dylan é mais uma forma de entrar na história de um dos cantautores lendários dos nossos tempos.
Dificilmente um documentário sobre Bob Dylan poderia começar melhor. Nos anos 60, o então jovem músico segura cartões gigantes com palavras retiradas de “Subterranean Homesick Blues” numa sequência que sublinha a perspicácia e premência do Bob Dylan de então. Publicado originalmente em 1967, e agora reeditado, o DVD Don’t Look Back, a preto e branco, segue Bob Dylan na digressão de 1965 pela Inglaterra pela mão de D. A. Pennebaker (que assina o documento), numa altura especialmente conturbada da sua carreira: a altura em que o músico consuma a mudança entre o acústico e o eléctrico.

Além de mostrar o que aconteceu então em cima dos palcos, Don’t Look Back mostra aquilo que acontece por detrás das luzes. As entrevistas, o aeroporto, os hotéis, os bastidores, o pré-concerto, as conversas, as perseguições e o histerismo dos fãs, os pensamentos do trovador e até o mau génio de Bob Dylan (especialmente no que diz respeito aos jornalistas). Mostra também a sua relação com dois outros músicos: Joan Baez e Donovan, companhias de relevância distinta (com destaque para a primeira). Também Albert Grossman, manager de Bob Dylan, é merecedor de algum destaque, na sua frontalidade.

Don’t Look Back é por isso mais do que um retrato da música de Bob Dylan. É uma radiografia das ideias do songwriter na altura em que Bob Dylan se tinha tornado já numa lenda. Essas intenções ficam esclarecidas na forma como responde às perguntas que lhe são feitas, às provocações que o rodeiam, aos fãs que o acusam de traição. Ele que diz não ser um cantor folk (nem pop), ele que diz não precisar da Time Magazine, ele que não acredita na religião e na fé, ele que acusa os Beatles de serem uns queridinhos da imprensa, ele que não perde a oportunidade para ser polémico. Don’t Look Back mostra aquilo que todos sabem acerca de Bob Dylan e aquilo que muitos desconhecem do cantautor.

A existência de "Blowin’ in the Wind" tem tanta importância na carreira de Bob Dylan como no decorrer do DVD. É impossível ficar indiferente à interpretação daquela que é uma das mais representativas canções do songwriter. Nos extras, faixas áudio adicionais: “It ain’t me babe”, “It’s all over now, baby blue”, “Love minus zero/No Limit”, “The lonesome death of Hattie Carroll” e “To Ramona”. Por tudo isto, Don’t Look Back é um documento interessante para o melómano comum, e um registo indispensável para fãs.
André Gomes
andregomes@bodyspace.net

Parceiros