DISCOS
The Swamps
ROCKIN'MESS​!​!
· 31 Mar 2017 · 14:58 ·
The Swamps
ROCKIN'MESS​!​!
2017
Groovie Records


Sítios oficiais:
- The Swamps
- Groovie Records
The Swamps
ROCKIN'MESS​!​!
2017
Groovie Records


Sítios oficiais:
- The Swamps
- Groovie Records
Sem cura.
O rock é tudo para mim! 24hs por dia! Eu vivo rock! Respiro rock! Transpiro rock! Como rock! Assoo rock! Cuspo rock! Urino rock! Sangro rock! Defeco rock! Ejaculo rock!... ~ Adão Iturrusgarai

O rock n' roll é um vírus para o qual ainda não foi descoberta uma cura. Afecta milhões de pessoas por todo o mundo, sem discriminação de classe, de género, ou de raça; apodera-se do corpo como uma onda viva, faz dele um condutor para toda a electricidade que provém das cordas de uma guitarra. Tem um forte impacto ao nível mental e social. Expande-nos, aviva-nos, enlouquece-nos. Gera na alma um bichinho tímido que se torna num monstro gigante de vício, o vício pela procura incessante do próximo ruído, na Europa ou na América, nas selvas mais distantes ou nos néons japoneses.

É do Japão que se fala ao falarmos dos The Swamps, banda nativa de Hokkaido, a mais fria das regiões daquele país pela sua proximidade com o círculo Árctico. Não que haja algo de frio ou de calculista nas canções presentes em ROCKIN'MESS!!!, álbum editado este ano e que, segundo o Discogs, é o seu segundo. Mas a urgência que aqui demonstram - garageira e feérica - quase nos faria apostar que são uma banda a dar o primeiro passo à conquista não do mundo, mas da sua própria febre. Assim é a doença: afecta ao ponto de exalar por todos os poros, procurando um novo hóspede que possa parasitar.

Primeiro é "Swamp Rism", rock do pântano de voz rasgada e batida gingando pela estrada fora. Depois é a versão de "Short Shorts", hino ao calção curto que foi um dos grandes êxitos dos Royal Teens, em 1958. Passamos pelo refrão sujo de "God Bless You!", hosanna no meio de esgotos punk, pelo surf eléctrico de "Rockin' Die!" e atinge o êxtase bad boy com a bateria de "Acid Wrey Men", que também nos dá a entender aquilo que faz mover os Swamps: o rock dos tempos em que ainda era perigoso. "Smokestack Lightnin'", no final, esclarece-o de vez. Não há realmente cura para a doença.
Paulo Cecílio
pauloandrececilio@gmail.com
ÚLTIMOS DISCOS
Thievery Corporation
The Temple Of I & I
· POR Paulo Cecílio ·
Não passarão.
ÚLTIMAS

Parceiros