DISCOS
Sensible Soccers
8
· 16 Abr 2014 · 17:10 ·
Sensible Soccers
8
2014
PAD / Groovement Organic Series


Sítios oficiais:
- Sensible Soccers
- PAD
Sensible Soccers
8
2014
PAD / Groovement Organic Series


Sítios oficiais:
- Sensible Soccers
- PAD
Lembrando por você.
Falemos da memória: como nos afecta, como nos completa, informação cortada às fatias à qual acedemos vezes sem conta ao longo da vida - memórias da infância, memórias da adolescência, memórias do almoço de ontem ou, quem sabe, memórias inventadas de um futuro que está por vir, todas elas parte intrínseca daquilo que nos define enquanto seres humanos e pensantes. Seria difícil construir quaisquer ideologias ou quaisquer códigos éticos se a memória não existisse, nem existiria "civilização" tal qual a conhecemos. Falemos da memória, porque sem a memória não existiria nostalgia, e sem nostalgia não existiriam os Sensible Soccers.

Ao longo dos últimos três anos, o quarteto tem sabido construir todo um corpus de trabalho em torno dessa sensação que nós portugueses, entrando pelo lado do estereótipo, aperfeiçoámos e chamámos de saudade: "Fernanda" e "Missé-Missé" no EP, "Eurobonds" e "Zaire 1974" de seguida, um colosso intitulado "Sofrendo Por Você" antes de lançarem este 8. 8 porque são oito canções, oito memórias; e se os portugueses aperfeiçoaram a nostalgia, os Sensible Soccers aperfeiçoaram a sua sonoridade com este novo registo. Encontramo-los menos dançáveis, menos rock ao longo destes quarenta minutos, como se houvessem crescido quarenta anos num curtíssimo espaço de tempo.

Ou seja: é o disco nostálgico perfeito, porque pega no passado e escreve-o com uma sabedoria milenar através de guitarras e sintetizadores, qual diário pessoal das memórias de quatro indivíduos. Não há espaço para a voz, nem é preciso que o haja, pois os Sensible Soccers inventam uma linguagem ao tocarem, simplesmente; a cor das vogais transformando-se na cor dos acordes, a música inclassificável porque "ambiente" ou "hipnagógica" não são palavras que a consigam descrever o suficiente. E as muitas homenagens a permear o disco: "Manuel", "Paulo Firmino", "Maria Rosa" ou "Ulrike", memórias que nunca se esquecerão, cravadas que foram num objecto que é simultaneamente tão pessoal e tão universal.

Daquilo que já se conhecia anteriormente ao lançamento do disco (lá está: daquilo que mais rapidamente ficou cravado na memória), "AFG" é claramente a canção que mais se destaca - batida techno suave sobre um manto ambiente antes de entrar uma guitarra que vai crescendo até tomar conta de tudo à sua volta, a mesma guitarra que em "Sob Evariste Dibo" se transforma em sintetizadores ácidos e impela à propulsão mental e à agitação do quadril. Os melhores momentos, contudo, serão - para além da linha de baixo de "Ulrike" - a nostalgia simples de "Paulo Firmino" e de "Maria Rosa", docinhos à guitarra no meio de tanta electrónica. Memórias bonitas às quais voltaremos uma e outra vez: lembram-se de onde estavam quando ouviram pela primeira vez Sensible Soccers?
Paulo Cecílio
pauloandrececilio@gmail.com
RELACIONADO / Sensible Soccers
Discos
Sensible Soccers EP
2011
Villa Soledade
2016
Entrevistas
Crescendo por você
24 Mar 2014
Voar como o Falcao sobre os centrais
28 Dez 2011
ÚLTIMOS DISCOS
Cigarettes After Sex
Cigarettes After Sex
· POR Rafael Santos ·
Somos sonâmbulos felizes.
ÚLTIMAS
AO VIVO
Neopop
Viana do Castelo
3-5 Ago 2017
· POR Paulo Cecílio · 08 Ago 2017 · 23:45 ·

Parceiros