Abril 2018
Agora a sério: Semibreve anuncia primeiros nomes
· POR Paulo Cecílio · 20 Abr 2018 · 12:19 ·


Após a Quietus fazer merda pelo segundo ano consecutivo, o Semibreve anunciou os primeiros nomes para o seu cartaz.

O destaque natural vai para o regresso de William Basinski a Portugal, para a apresentação ao vivo de A Shadow In Time, obra editada o ano passado, e para uma raríssima aparição dos Telectu, para um espectáculo especial que servirá para resgatar Belzebu (1983), a pedido do Semibreve e do Teatro Maria Matos. Jlin, Keith Fullerton Whitman, Pierce Warnecke, Caterina Barbieri e SØS Gunver Ryberg fecham o lote de confirmações.

Será seguro dizer que, este ano, o Semibreve vai voltar a ser deslocação obrigatória para todos aqueles que gostam realmente de música. O festival realiza-se de 26 a 28 de Outubro e os passes gerais já estão à venda. Mais informações aqui.

Princess Nokia, Parcels e The Alchemist confirmados no SBSR 2018
· POR Fernando Gonçalves · 19 Abr 2018 · 23:08 ·


Depois de fechado o alinhamento do palco destinado ao talento nacional, a organização da 24ª edição do SBSR acaba de confirmar três novos nomes para o cardápio.

Princess Nokia e Parcels para o palco EDP e The Alchemist no palco Somersby são as mais recentes aquisições para um elenco ecléctico de que já constam nomes como The XX, Julian Casablancas & The Voidz, Benjamin Clementine, Justice ou Anderson .Paak & The Free Nationals.

O vigésimo quarto Super Bock Super Rock realiza-se entre os dias 19 e 21 de Julho no Parque das Nações com os bilhetes a variarem entre os 55 euros (diário) e os 109 euros (passe três dias). A partir de 1 de Julho, o preço dos bilhetes sofre um aumento de 5 euros.

Acid Acid e Vítor Rua juntos em disco
· POR Paulo Cecílio · 19 Abr 2018 · 23:05 ·
© Rita Sousa Vieira

O concerto que Acid Acid (Tiago Castro) deu com Vítor Rua no Sabotage, em 2016, irá agora resultar em disco. Acid Acid & Vítor Rua estará disponível em edição digital e nas plataformas de streaming, tendo sido o resultado de um encontro em que ambos os músicos partilharam "afinidades musicais e universos artísticos".

O selo será o da Nariz Entupido e o álbum chega aos ouvidos de quem queira já esta sexta-feira, 20 de Abril. Não havendo música, fiquem com a capa.


Peter Murphy e John Cale no Vilar de Mouros
· POR André Gomes · 19 Abr 2018 · 17:53 ·


O EDP Vilar de Mouros acaba de anunciar mais dois nomes para o seu já bem recheado cartaz de 2018. São eles Peter Murphy (a celebrar 40 anos de Bauhaus com a ajuda de David J) e John Cale.

Nos dias 23, 24 e 25 de Agosto há estes dois nomes e ainda Pretenders, PIL, Los Lobos e The Human League. Ainda precisam de mais argumentos para celebrar aquele passado gostoso?

Daxuva? Não, é mesmo o sol
· POR Paulo Cecílio · 19 Abr 2018 · 17:40 ·
© Cat Rain

Daxuva é o nome artístico de um músico portuense que já deveria saber que iríamos fazer um trocadilho parvo com ele.

E que se estreou recentemente nestas andanças com "Hummingbird", tema trip-hop que conta com a preciosa ajuda da voz de Nina Miranda (Smoke City). "Hummingbird" é descrito como "um mantra urbano" e serve mesmo de banda-sonora para as dezenas de pôres do sol que iremos presenciar ao longo dos próximos cinco/seis meses. Para conferir aqui.

Aires e Luís Pestana nas Damas
· POR Paulo Cecílio · 19 Abr 2018 · 17:36 ·
Aires © Pedro Jafuno

É hoje que Aires, nome forte do Colectivo Casa Amarela, se irá apresentar ao vivo no Damas naquela que será a apresentação ao vivo de Naturalismo, o álbum que editou o ano passado e que o gajo que lhe escreveu a press release diz que é óptimo.

Juntamente com Aires estará Luís Pestana, também ele um discípulo do ruído, que assegurará a primeira parte. A entrada é livre.

Jim James agarra-se à ecologia
· POR Paulo Cecílio · 19 Abr 2018 · 17:00 ·


Um homem que escreve uma canção intitulada "Holdin' On To Black Metal" irá sempre merecer o nosso respeito. Assim é Jim James, o líder dos My Morning Jacket ou o tipo que emprestou a voz a um episódio assaz divertido do American Dad, e que irá lançar em breve o seu terceiro álbum a solo.

Uniform Distortion sairá a 29 de Junho através da ATO Records e foi inspirado por uma revista da década de 70 sobre o ambiente, a cultura DIY e modos sustentáveis de vida intitulada The Last Whole Earth Catalog, e mais especificamente na forma como a tecnologia e a desinformação têm moldado a sociedade para pior. O primeiro single chama-se "Just A Fool" e já tem vídeo oficial.

Miles Kane em estado de graça
· POR Paulo Cecílio · 19 Abr 2018 · 16:52 ·


Vai haver um novo álbum a solo de Miles Kane. O músico britânico anunciou esta semana o lançamento de Coup De Grace, o sucessor de Don't Forget Who You Are, de 2013.

O disco já tem primeiro single, de seu título "Loaded", que nada tem a ver com o épico dos Primal Scream e que foi co-escrito com Lana Del Rey. Para além do disco novo, Miles Kane irá andar em digressão pelo Reino Unido de Maio a Julho, havendo ainda duas datas na Grécia e na Rússia. "Loaded" está aqui.

Lotic anuncia o primeiro álbum
· POR Paulo Cecílio · 19 Abr 2018 · 16:50 ·


Nascido em Houston, residente em Berlim, Lotic anunciou esta semana o lançamento do seu álbum de estreia, Hunted, através da Tri Angle.

O que começou como um álbum sobre "empoderamento", acabou por ser um trabalho em que o produtor - que agora também canta - teve de se redescobrir. "Incorporei todos os meus 'eus' musicais" neste disco, contou.

Uma identidade que está bem presente no single de avanço, com título igual ao do álbum, e o qual podem ouvir aqui em baixo.

Mazzy Star anunciam novo EP
· POR Paulo Cecílio · 19 Abr 2018 · 16:49 ·


Choremos, senhores; os Mazzy Star irão editar um novo EP este ano. Junho é o mês a ter em conta, o mês em que chegará aos nossos ouvidos Still, o primeiro lançamento da dupla em quatro anos e que conterá quatro faixas, incluindo uma versão alternativa de "So Tonight That I Might See".

O EP chega logo no primeiro dia de Junho e serve para antecipar o concerto dos Mazzy Star no VIVID, festival que se irá realizar em Sidney, Austrália. Trazê-los cá outra vez é que 'tá quieto. Uma das canções incluídas será "Quiet, The Winter Harbor", que está já disponível para escuta.

4º Guitarras Ao Alto dedilha-se no feminino
· POR Fernando Gonçalves · 19 Abr 2018 · 00:28 ·
© Vera Marmelo

A quarta edição do festival itinerante Guitarras Ao Alto já está preparado e pronto a arrancar, desta feita, inteiramente no feminino.

Entre os dias 30 de Maio e 3 de Junho, o festival que junta em dupla, todos anos, alguns dos melhores guitarristas nacionais como Tó Trips, Peixe ou Norberto Lobo para concertos inéditos abre, este ano, as suas portas à dupla Francisca Cortesão e Mariana Ricardo. As duas terão a seu cargo cinco concertos em outros tantos locais emblemáticos do Alentejo.



Itinerância Guitarras Ao Alto 2018 com Francisca Cortesão e Mariana Ricardo:
 
30 de Maio – Estremoz, Convento das Maltezas/Centro Ciência Viva
31 de Maio – Avis, Claustro do Convento de S. Bento de Avis
1 de Junho - Beirã/Marvão , Antiga estação de comboios da Beirã-Marvão
2 de Junho – Redondo, Herdade de São Miguel
3 de Junho – Crato, Pousada Flor da Rosa
MUMA 2018: bom tempo no canal
· POR Fernando Gonçalves · 19 Abr 2018 · 00:01 ·
© Vera Marmelo

Ao contrário da narrativa do romance escrito pelo saudoso Vitorino Nemésio, prevê-se bom tempo para o braço de mar que separa o Faial do Pico no próximo mês de Maio. A razão de tanto bem-estar? Música, pois claro. Entre 16 e 19 de Maio surgirá, qual bem-aventurada bonança, mais uma edição do MUMA, um festival organizado pela associação cultural Música Vadia que se realiza no Teatro Faialense, Horta, e cujo objectivo é promover a nova música nacional.

Da indie-pop dos You Can’t Win Charlie Brown à ginga funáná do veterano Julinho da Concertina, da introspecção que sai dos dedos de Filho da Mãe à electrónica quente dos Octa Push, ou do rock’n’roll à séria dos Stone Dead e de Tigra ao rock’n’roll de espírito das festas tropicais de DJ Quesadilla, o alinhamento desta nova edição, revista e aumentada, do MUMA será assim um imenso oceano de espécies e subespécies daquilo que a produção nacional melhor trama.

Os bilhetes variam entre os 9 euros (diário) e os 18 euros (passe geral – 15 euros para menores de 20 anos).

SBSR 2018: programação “nacional” fechada
· POR Fernando Gonçalves · 18 Abr 2018 · 23:54 ·


A programação do palco dedicado à nova música nacional já está completa e pronta a ser consumida na 24ª edição do SBSR. Entre os dias 19 e 21 de Julho deste ano o Parque das Nações receberá no seu “nacional” palco LG by Rádio SBSR os nomes de Ermo, Filipe Sambado & Os Acompanhantes de Luxo, Keep Razors Sharp, Pop Dell’Arte, Luís Severo, Mirror People, Sunflowers,Vaiapraia e as Rainhas do Baile e Virtus.

Até 30 de Junho, o bilhete diário custa 55 euros enquanto os passes gerais custam 109 euros. A partir de 1 de Julho, o preçário é actualizado para 60 e 114 euros respectivamente.



Programação (até à presente data) da 24ª edição do SBSR:
 
19 de Julho
Palco Super Bock – The xx, Justice
Palco EDP – The Vaccines, Lee Fields & The Expressions, TORRES
Palco Somersby – Mahalia
Palco LG by Rádio SBSR – Mirror People, Filipe Sambado & os Acompanhantes de Luxo, Vaiapraia e as Rainhas do Baile
20 de Julho
Palco Super Bock – Travis Scott, Anderson .Paak & The Free Nationals, Slow J
Palco EDP – Tom Misch, Oddisee & Good Company, Olivier St. Louis
Palco Somersby – Pierre Kwenders
Palco LG by Rádio SBSR – Ermo, Luís Severo, Virtus
21 de Julho
Palco Super Bock – Julian Casablancas & The Voidz, Benjamin Clementine
Palco EDP – Jorja Smith, Baxter Dury, Sevdaliza
Palco Somersby – Sofi Tukker
Palco LG by Rádio SBSR – Pop Dell’Arte, Keep Razors Sharp, Sunflowers
Kevin Morby e Imarhan em Coura
· POR André Gomes · 17 Abr 2018 · 22:06 ·


Kevin Morby e Imarhan são as duas mais recentes confirmações para o cartaz do Vodafone Paredes de Coura, que acontece entre os dias 15 a 18 de agosto.

Estes nomes juntam-se a um cartaz onde estão já Arcade Fire, Fleet Foxes, Skepta, King Gizzard & The Lizard Wizard, Slowdive e Pussy Riot, entre outros. Os passes gerais para isto e muito mais custam 100 euros. Vemo-nos por lá?

Uma salva de palmas para as Damas
· POR António M. Silva · 17 Abr 2018 · 16:30 ·


Ou três, não versasse este texto sobre o terceiro aniversário das Damas. Espaço absolutamente fundamental na capital portuguesa, prepara-se para celebrar mais um ano de vida com uma série de propostas inescapáveis entre os dias 18 e 24 de Abril.

As primeiras movimentações iniciam-se já esta quarta-feira (dia 18), com Folclore Impressionista e uma série de convidados a apresentar Campos Espectrais, continuando no dia seguinte com Aires e Luís Pestana em representação do Colectivo Casa Amarela. Seguem-se duas jornadas de 'Speed Dating' maestradas por Raquel Castro, que vão levar à sala dos fornos Tiago Sousa, Marco Franco e Celeste Mariposa (dia 20), seguidos por Rabu Mazda, Vive Les Cônes e dj set de Stasera b2b Black (dia 21). Mas há mais, e no dia 22 as portas abrem-se em modo matiné para a apresentação do novo álbum dos Beautify Junkyards, com Candy Diaz e María P a ficarem responsáveis pelos pratos.

Por fim, as velas do bolo sopram-se a 24 de Abril com um alinhamento que apregoa a liberdade total. As hostes abrem-se com um concerto do Mestre Galissá ao cair da tarde e dj-set do João Moço a abrir a pista, seguidos de concertos da Maria Reis, Menino da Mãe, Captain Casablanca e Garcia da Selva. Os corpos mais resistentes celebram em uníssono com dj-sets de Alcides e Sabre. E já vos dissemos que a entrada é livre?

Yawning Man no Porto
· POR André Gomes · 17 Abr 2018 · 16:22 ·


A Wav magazine foi à frente e deu a notícia primeiro. E muito bem. Os Yawning Man têm um concerto marcado na cidade do Porto em Setembro, mais precisamente no dia 11. Onde? No Woodstock 69.

Parece que ainda não há preços de bilhetes mas, ei, o que é que isso importa? Este vídeo aqui em baixo é o mais próximo de fumar um charro que alguma vez estarão sem fumar realmente um charro. Que pedra, senhoras e senhores.

Há uma nova promotora portuense; e a primeira prenda são os KNOWER
· POR André Gomes · 17 Abr 2018 · 10:02 ·


Chama-se Outside In e é uma nova promotora de concertos com sede no Porto. E acaba de anunciar o seu primeiro concerto de sempre. Os KNOWER, de Louis Cole e Genevieve Artadi, actuam no Hard Club, no Porto, no próximo dia 10 de Julho.

Os bilhetes encontram-se já à venda nos locais habituais. Custam 22 euros. Entretanto, vejam esta pequena maravilha em forma de vídeo.

The Parkinsons: o fatalismo segundo The Shape of Nothing to Come
· POR Fernando Gonçalves · 16 Abr 2018 · 16:15 ·


“Título fatalista e com uma carga e uma narrativa de sufoco, ansiedade e frustração”, e assim nos é apresentado o novo disco dos The Parkinsons. Canção no limite, crueza no modo e na forma, é deste modo que nasce um álbum que serve, em bandeja de metáfora, uma crítica à vida moderna, o amor à cidade, os sonhos perdidos e recuperados ou os sinais de esperança num presente negro nas suas políticas e liberdades.

O novo disco é editado no dia 27 de Abril pela Rastilho Records e apresentado pela primeira vez num concerto de celebração na noite da liberdade: 25 de Abril, no Titanic Sur Mer, Lisboa. Mais datas ali em baixo. Fiquem com o single de avanço “See No Evil”.



25/04 - Lisboa - Titanic Sur Mer
26/04 - Cangas, Vigo – Salason (Esp)
27/04 - Benavente - Sala Buda (Esp)
28/04 - Santurtzi - La Kelo Gaztetxean (Esp)
29/04 - Capbreton - Le Circus (Fr)
01/05 - Angouleme (Fr)
02/05 - Rennes - Mondo Bizarro (Fr)
05/05 - Portsmouth - The Old Barn (RU)
06/05 – Margate - Hipsville Festival (RU)
07/05 - Londres - New Cross Inn (RU)
12/05 - Barcelona - Sardina Fest (Esp)
The Walks iniciam caminhada que os levará ao novo álbum
· POR Fernando Gonçalves · 16 Abr 2018 · 16:12 ·
© Ana Claudia Silva

E tudo começa com “Sunny Side Up”. A banda conimbricense acaba de lançar o single de apresentação do disco que vem substituir Fool’s Gold de 2015 e cuja edição está marcada para Setembro deste ano via Lux Records.

Ainda sem nome, e a fazer fé neste novel “Sunny Side Up”, o novo registo trará uma nova identidade sonora aos The Walks em que se notará uma forte presença de ritmos ondulantes e dançáveis. Sem mais delongas, eis “Sunny Side Up”.

Bush Tetras de volta
· POR Paulo Cecílio · 16 Abr 2018 · 16:08 ·


A dinastia Bush já lá vai, o tetra também, restam as Bush Tetras. A banda norte-americana, ícone do pós-punk nova-iorquino de inícios dos anos 80, acaba de editar um novo EP intitulado Take The Fall através da Wharf Cat.

O disco contém cinco temas e é o primeiro desde a morte de Laura Kennedy, baixista original das Bush Tetras, em 2011. E está disponível nas plataformas de streaming, sendo altamente recomendável.

Prefuse 73 volta em 2018
· POR Paulo Cecílio · 16 Abr 2018 · 16:06 ·


Guillermo Scott Herren, produtor e músico mais conhecido como Prefuse 73 e homem que ajudou a popularizar (looool) o glitch, irá editar um novo álbum este ano.

Sacrifices irá ser lançado no dia 25 de Maio através da Lex Records e já há single, "Basinskitarian", para ouvir. O álbum é o primeiro de Prefuse 73 desde Rivington Não Rio (2015) e conterá ao todo 17 faixas. Ouçam "Basinskitarian" aqui.

A Princess Nokia tem uma nova mixtape para nós
· POR João Morais · 16 Abr 2018 · 16:04 ·


A nossa princesa com nome de marca de telemóveis favorita trouxe-nos uma prenda para espantar azares da passada sexta-feira 13.

Essa prenda é uma mixtape, A Girl Cried Red, lançada hoje e já disponível para compra e escuta nas principais plataformas digitais e de streaming, via Rough Trade. O registo sucede assim a 1992 Deluxe, versão expandida de 2017 da sua mixtape 1992 (lançada no ano anterior de forma independente), e apresenta-se, segundo lemos por aí, como uma carta de amor da rapper nova-iorquina ao pop-punk/emo que a jovem ouviu durante a sua adolescência.

O alinhamento do disco pode ser conferido mais abaixo, logo a seguir ao teledisco do single “Your Eyes Are Bleeding”.



1. Flowers and Rope
2. Your Eyes Are Bleeding
3. For the Night
4. Look Up Kid
5. Interlude
6. Morphine
7. At The Top
8. Little Angel
A música vai invadir os museus de Leiria
· POR João Morais · 16 Abr 2018 · 16:01 ·


É hoje que tem início a Festa dos Museus de Leiria. O evento irá levar, como o próprio nome indica, a sete museus da zona de Leiria uma série de propostas culturais, numa iniciativa que durará até dia 22 de Abril.

Numa lista de actividades que inclui, entre outras coisas, workshops, sessões de cinema e visitas guiadas nocturnas, o nosso destaque vai, como é óbvio, para os concertos: B Fachada (na foto) no Museu de Leiria (dia 22, entrada livre), LaBaq no m|i|mo – museu da imagem em movimento (dia 21, entrada livre) ou Dirty Coal Train, Killimanjaro e Victor Torpedo Karaoke no Moinho de Papel (dia 20, 5 euros) são apenas alguns dos nomes inseridos na componente musical do certame. Para mais informações sobre o cartaz, preços e horários, basta clicar aqui.

METZ aceleram até nós
· POR Paulo Cecílio · 16 Abr 2018 · 14:10 ·


É já amanhã que os METZ regressam a um país onde já foram muito felizes, fazendo muitas outras pessoas felizes nesse mesmo processo. O trio canadiano virá apresentar o seu último álbum, Strange Peace, editado o ano passado em duas noites de sangue, suor e cacetada (não há espaço para lágrimas).

O regresso dos METZ a Portugal passa primeiro pelo Musicbox, em Lisboa, esta terça-feira (bilhetes a 20€), seguindo-se o Hard Club, no Porto, na quarta (idem). Em ambas as datas estarão acompanhados pelos Moaning, que também sabem bem o que é uma descarga eléctrica a sério.

Omar Souleyman em Lisboa a 11 de Maio
· POR André Gomes · 13 Abr 2018 · 10:47 ·


Omar Souleyman está de regresso a Portugal. O cantor de casamentos favorito da Síria actua nas Musicbox Heineken Series do mês de Maio. O músico lançou em 2017 To Syria, with Love (Mad Decent), que deverá servir de prato principal dessa noite.

O concerto acontece a 11 do referido mês. Os bilhetes têm um custo de 20€ c/ uma Heineken e já se encontram disponíveis para venda em bol.pt. Vamos todos?

As saudades que as Señoritas não sentem
· POR Fernando Gonçalves · 13 Abr 2018 · 10:22 ·
© Nuno Carvalho

As Saudades que eu não tenho são afirmação de Sandra e Mitó, a dupla de Señoritas que com este compêndio de retratos a preto e branco regressam aos álbuns dois anos depois da estreia com Acho que é meu dever não gostar.

Dez faixas, dez histórias, duas mãos-cheias de inquietação e transparência que arrastam dentro de si o tango, a electrónica, o fado e o trip-hop. Para consumir a partir de 4 de Maio.

Em relação a palcos, esta dezena de temas já tem onde poisar como abaixo podeis confirmar. Ainda sem single de apresentação, fiquem com Acho que é meu dever não gostar. Encontram as datas dos próximos concertos ali em baixo.



10 Maio - Porto (Maus Hábitos)
18 Maio - Aveiro (Mercado Negro) 
19 Maio - Coimbra (Salão Brazil)
24 Maio - Lisboa (Lux Frágil)
25 Maio - S. João da Madeira (Paços de Cultura)
I Wear* Experiment soltam os cães
· POR Fernando Gonçalves · 13 Abr 2018 · 10:18 ·


Demoraram dois anos a soltarem os cães mas conseguiram fazê-lo. Falamos da banda estónia I Wear* Experiment e do single Dogs, tema que dá inicio à caminhada que os conduzirá a um novo álbum.

Entre 2016, data em que lançaram o seu último LP Patience, e a concretização deste novo single, os I Wear* Experiment andaram por meio mundo coleccionando histórias de gente que remava contra a maré e desafiava as probabilidades. O resultado é este “Dogs” em forma de singela homenagem a todo esse potencial humano que não se quer sumir em pleno areal a poucos metros de desaguar. Eis “Dogs”.

O regresso do herói
· POR Fernando Gonçalves · 13 Abr 2018 · 00:14 ·


O autor de obras tão emblemáticas da discografia nacional como Não Há Nada P’ra Ninguém (1981), Não Mata Mas Mói (1982) ou Deixa-os Poisar (1986, contou com a colaboração de Jorge Palma) está de regresso com um novo espectáculo intitulado “Música Prapular Portuguesa”.

A rebeldia, o sarcasmo, a inquietação, mas também a esperança, o sonho e muita vontade de gerar cumplicidades são as bases em que Mário Mata lança um espectáculo que subirá ao palco de três cidades portuguesas: Porto (4 de Maio, Passos Manuel), Coimbra (10 de Maio, Conservatório) e Lisboa (25 de Maio, LAV – Lisboa Ao Vivo). Os concertos “Música Popular Portuguesa” trazem músicas antigas com roupagem nova e novas canções, sempre com enfoque na Música Popular Portuguesa.

Mário Mata traz também a palco convidados de luxo. No Porto, José Cid e João Grande (Táxi) enquanto em Coimbra participam, entre outros, Fausto Bordalo Dias, José Cid e Né Ladeiras. Para os duetos de Lisboa, voltam a palco com Mário Mata, Fausto, José Cid, juntando-se-lhes Sebastião Antunes (Quadrilha), entre outros participantes. Fiquem com o inigualável “Não Há Nada P’ra Ninguém”.

Rodrigo Leão “totalmente reeditado” em vinil
· POR Fernando Gonçalves · 13 Abr 2018 · 00:06 ·


No ano em que completa 25 anos de carreira a solo, Rodrigo Leão vai ver toda a sua discografia reeditada em vinil. Os autores do desiderato são a Universal Music Portugal e a Sony Music Portugal que dividirão a operação entre elas.

De destacar que alguns dos álbuns serão alvos de edição em vinil pela primeira vez (o totalmente reeditado leva aqui uma estocada) tais como Theatrum, Alma Matter, Cinema, A Mãe, A Montanha Mágica ou A Vida Secreta das Máquinas.

Kadhja Bonet: deixem passar a rainha-criança
· POR Fernando Gonçalves · 13 Abr 2018 · 00:03 ·


Dois anos depois da estreia com The Visitor, a multi-instrumentista californiana Kadhja Bonet acaba de anunciar o seu regresso aos álbuns com o misticismo monárquico de Childqueen (sai dia 8 de Junho).

Dentro desta demanda heróica transformada em álbum por Bonet encontra-se o single de avanço “Maybe Mother”, tema para ouvir de seguida.

Stuart Staples sai da toca com Arrythmia
· POR Fernando Gonçalves · 12 Abr 2018 · 23:57 ·


Doze anos guardado numa lura. Este foi o tempo que Stuart demorou a libertar o Staples que nele vive e aventurar-se, novamente, a solo. O resultado é o provocativo mui electronicamente experimental Arrythmia, álbum que o frontman dos Tindersticks edita a 10 de Junho via City Slang.

Dividido em dois lados, Arrythmia assenta, sobretudo, numa experimentação electrónica entrecortada por uma miríade de instrumentos (a maior parte tocados por Staples) e por uma estrutura de canção, tudo menos convencional, onde a noção de tempo do músico se debate com a abundância dos ritmos mecânicos. O primeiro excerto desta obra é “Memories of Love” e soa assim. Depois vem o alinhamento.


Lado 1
1. A real new (5.13 minutos)
2. Memories of love (10.34 minutos)
3. Step into the grey (7.28 minutos)
Lado 2
1. Music for ‘A year in small paintings’ (30.52 minutos)
A maldição de Laura Marling
· POR Paulo Cecílio · 12 Abr 2018 · 23:51 ·
© Mathew Parri & Esteban Diacono

Apenas um ano após lançar o óptimo Semper Femina, Laura Marling está de volta com um projecto novo. LUMP é o nome com o qual passará a assinar canções na companhia de Mike Lindsay (Tunng, Throws), uma das quais, "Curse Of The Contemporary", já se encontra disponível para escuta.

Este é o primeiro single para um álbum homónimo a sair dia 1 de Junho pela Dead Oceans. Para ouvir aqui aqui em baixo.

Marcelo Tofani: o Nada azul de um primeiro Ser
· POR Fernando Gonçalves · 12 Abr 2018 · 23:47 ·
© Gabriela Perez Cordeiro

O Ser é tudo porque existe enquanto o Nada nada é porque, simplesmente, não existe e o vocabulário é demasiado limitado para não lhe darmos existência com as palavras de que dispomos.

Posto isto, há um mineiro para quem o Nada é azul e, como é óbvio, temos que falar do assunto. Sem grandes ontologias de base ou rodeios de retórica, o caso aqui é, tão-somente, o lançamento de Nada é Azul, álbum que no próximo dia 27 de Abril passará a constar da História como o primeiro longa-duração do mineiro Marcelo Tofani. Sucessor do EP homónimo de 2014, o disco funde as diferentes influências musicais do artista que começam em Caetano Veloso, passam por Tim Bernardes e alcançam Mac Demarco assumindo-se como “disco de canção brasileira”, mas que extravasa ontológica, metafísica e realisticamente para o pop psicadélico.

Eis o primeiro capítulo desta aventura existencial de Marcelo Tofani que vai carimbada com o nome do disco, “Nada é Azul”.

MOLLY à conquista de Guimarães com novo single à cinta
· POR Fernando Gonçalves · 12 Abr 2018 · 23:44 ·


Antes de banquetearem D. Afonso Henriques com um concerto (inserido na programação do Westway LAB) no salão de festas do Centro Cultural Vila Flor (CCVF)já amanhã, os austríacos MOLLY acabam de lançar o novíssimo single “No Soul Will Remember”.

A um mês de entrarem estúdio para a gravação do seu primeiro longa-duração e com o último EP de nome Glimpse ainda a ecoar no espaço, a banda de Innsbruck meteu mãos à obra e serve em bandeja de shoegaze experimental o aperitivo para o que o resto do ano poderá trazer através deste, para nunca mais lembrar ou nunca mais esquecer, “No Soul Will Rememeber”.

Damien Jurado com novo álbum
· POR Paulo Cecílio · 12 Abr 2018 · 23:40 ·


Vem aí um disco novo de Damien Jurado. The Horizon Just Laughed será o título do 13º álbum de estúdio do cantautor norte-americano, e que sucede a Visions Of Us In The Land, disco de 2016 que pôs fim a uma trilogia iniciada com Maraqopa (2012).

O primeiro avanço já aí está para escuta; chama-se "Allocate" e encontra-se disponível online. The Horizon Just Laughed sairá a 4 de Maio.

Jenny Hval anuncia novo EP
· POR Paulo Cecílio · 12 Abr 2018 · 23:38 ·


Jenny Hval tem andado ocupada a escrever um romance, a colaborar com Lindstrøm e Kelly Lee Owens e a formar um novo projecto com Volden intitulado Lost Girls, mas isso não quer dizer que se tenha esquecido da sua carreira solo.

A artista norueguesa irá editar a 25 de Maio um novo EP intitulado The Long Sleep, através da Sacred Bones, e partilhou esta semana o primeiro single, "Spells", que mostra uma toada mais jazzística da sua música. Para conferir aqui.

O baixista da pior banda do mundo encontra a Angel Olsen num bar, e
· POR Paulo Cecílio · 12 Abr 2018 · 23:26 ·


Pearl Jam é merda. O baixista dos Pearl Jam tem uma canção nova com a Angel Olsen. É tudo.

Saudades dos R.E.M.? Nada temam
· POR Paulo Cecílio · 12 Abr 2018 · 22:14 ·


Das cinzas dos R.E.M. nasceram os Arthur Buck, nome que não podia ser mais óbvio: Joseph Arthur e Peter Buck, juntos num só corpo, isto é, banda.

Após um encontro fortuito, não numa mesa de dissecação mas sim no México, a dupla decidiu criar algo em conjunto e é daí que nasce Arthur Buck, o seu álbum de estreia, com data de lançamento marcada para o dia 15 de Junho.

O álbum, que é descrito pela dupla como tendo partido da "liberdade de não existir qualquer expectativa" em seu redor, conterá 11 faixas e é precedido por "I Am The Moment", o single de avanço. Para ouvir aqui.

Cherry Glazerr com novo single
· POR Paulo Cecílio · 12 Abr 2018 · 22:13 ·


Os norte-americanos Cherry Glazerr estão a afastar-se cada vez mais do punk de baixa fidelidade que os deu a conhecer ao mundo em 2014, pela força e sageza de Haxel Princess.

A banda de Los Angeles partilhou esta semana um novo single, "Juicy Socks", uma canção sobre "a voz como arma, a precisar de ser escutada". Ah, e sobre espetar a cabeça do Trump contra uma parede. Bem, parece-nos que podemos todos concordar com isso!

"Juicy Socks" é o primeiro avanço para o terceiro álbum de estúdio dos Cherry Glazerr, ainda a ser gravado, e antecede uma digressão com os Portugal. The Man que, lamentavelmente, não passará por Portugal. Enfim.

Cartaz do Waking Life fechado
· POR Paulo Cecílio · 12 Abr 2018 · 22:11 ·


O festival Waking Life, que se irá realizar no Crato de 15 a 19 de Agosto, anunciou esta semana a última vaga de confirmações para o seu cartaz. Aos nomes anteriormente anunciados juntam-se agora Alfa Mist, Baby Vulture, Garçon, Hulk Hodn, Kamaal Williams (na foto), Oceanic, Paquita Gordon, Peter Van Hoesen e Priku, entre outros.

Os bilhetes estão à venda pelo preço de 95€ (passe geral) e a entrada é limitada a 3500 pessoas, por isso despachem-se antes que esgote. Mais informações no evento.

Annabel marca o regresso dos Ash às raízes
· POR Fernando Gonçalves · 12 Abr 2018 · 00:35 ·


Se o lançamento de “Buzzkill” serviu de anúncio ao regresso dos Ash aos álbuns, o novo single “Annabel” levou-os a recuperarem a sua sonoridade clássica.

Ambas, nas suas diferenças e igualdades, são expoente de um Islands ( estreia dia 15 de Maio) multifacetado e reflectivo onde às letras de “coração aberto” se juntam os não menos emocionais riffs de guitarra. Fiquem com a “Annabel” dos Ash. Encontrem o alinhamento do disco ali em baixo.



1.True Story
2.Annabel
3.Buzzkill
4.Confessions In the Pool
5.All That I Have Left
6.Don’t Need Your Love
7.Somersault
8.Did Your Love Burn Out?
9.Silver Suit
10.It’s A Trap
11.Is It True?
12.Incoming Waves
À atenção de Moisés: David Lang escreve na água
· POR Fernando Gonçalves · 12 Abr 2018 · 00:32 ·


O que um separou o outro une agora numa série de composições para grandes ensembles a que deu o nome de Writing on Water.

A estreia deste conjunto de propostas épico-dramáticas engendradas pelo compositor norte-americano e executadas por nomes tão diversos como Alarm Will Sound, London Sinfonietta, Synergy Vocals, Crash Ensemble, Real Quiet ou FLUX Quartet acontece no dia 20 de Abril e acaba de dar um ar da sua graça com a faixa-título (escrita em colaboração com o realizador Peter Greenaway) com que agora vos deixamos:

Porlolo: música contra o tédio
· POR Fernando Gonçalves · 12 Abr 2018 · 00:31 ·


Arregimentados pela prolífica Erin Roberts nos idos de 2002 em Denver, os Porlolo assumem-se como um projecto de amor pela música concebido, acima de tudo, por bons amigos.

Este esforço colaborativo já lhes rendeu uma série de EPs e tournées com Fleet Foxes ou Cass McCombs. Poderiam merecer prémios por esta abnegação mas o que fizeram foi entrega-los eles próprios com o novo extended-play Awards cuja estreia está prevista acontecer a 27 de Abril.

Combinação de indie rock e folk, Awards faz parte da fuga ao tédio iniciada em 2002 e apresenta uma colorida composição de onde acaba de sair o single “Wasting Time”.

O desabrochar de Elle Watson
· POR Fernando Gonçalves · 12 Abr 2018 · 00:29 ·


Depois de se ter dado a conhecer com o seu EP de estreia Phantom, a jovem cantautora e produtora Elle Watson acaba de lançar o novo single “Suspended”.

Escrito pela sua pena quando tinha 17 anos (Elle tem contrato com a Wolf Tone desde os 15), o tema relata o acordar existencial para a dura realidade do quotidiano corporizada no amor por alguém com um problema de adição a drogas. Sem colapsar e com muito para dar, eis a precoce Elle Watson e este “Suspended”.

Ólafur Arnalds: o poeta do piano voltou
· POR Fernando Gonçalves · 12 Abr 2018 · 00:28 ·


Voltou e trouxe com ele um novo tema. “re:member” é o seu nome e foi criado a partir do inovador software desenvolvido por Arnalds, denominado Stratus, que transforma um piano convencional num novo instrumento único.

Aos pianos Stratos semi-generativos (devido à sua natureza generativa – de cada vez que são tocados ao vivo têm um resultado diferente), Arnolds juntou neste “re:member” um quarteto de cordas, sintetizadores, electrónica e bateria que levam o tema a fluir a partir de belos acordes de piano até harmonias de cordas cintilantes, chegando a um emocionante final electrónico.

Arnolds, “re:member” e os seus pianos Stratos vão andar em tournée mundial a partir de Maio contando já mais de 40 datas aseguradas. Se Portugal está ou não entre elas logo saberemos… Eis “re:member”.

A adenda de John Maus
· POR João Morais · 12 Abr 2018 · 00:26 ·
© Shawn Brackbill

Ainda nem passou um ano desde o lançamento de Screen Memories, mas John Maus já tem novo disco na calha. O registo, Addendum de seu título, chegará às lojas no dia 18 de Maio, via Domino.

Criado a partir de canções que ficaram de fora do já referido Screen Memories (o que ajuda a explicar o título), o álbum será o quinto da conta pessoal do norte-americano. A sua edição será feita em CD e formato digital, mas existe uma opção para os fãs de Maus que sejam puristas do vinil: o registo será incluído como “bónus” na box set de retrospectiva de carreira do artista, que verá a luz do dia no próximo dia 20 de Abril.



01. Outer Space
02. Dumpster Baby
03. Episode
04. Drinking Song
05. Figured It Out
06. Middle Ages
07. Mind The Droves
08. Privacy
09. Running Man
10. Second Death
11. 1987
12. I Want To Live
MIMO 2018: estão aí os primeiros nomes
· POR André Gomes · 11 Abr 2018 · 11:24 ·


Hudson, Otto, Goran Bregovic, Noura Mint Seymali e Dead Combo. São os primeiros nomes apontados ao cartaz da versão portuguesa do Festival MIMO, que acontece em Amarante entre 20 e 22 de Julho.

A entrada para o festival é gratuita. A organização deverá anunciar novos nomes para o cardápio em breve. Até lá, tratem de fazer o vosso trabalho de casa.

Mercury Rev celebram Deserter’s Songs com concerto em Lisboa
· POR Fernando Gonçalves · 11 Abr 2018 · 10:41 ·


Os norte-americanos Mercury Rev vão passar por Lisboa, dia 27 de Setembro, com um concerto no Lux Frágil de celebração do 20.º aniversário do lançamento do quarto álbum de estúdio, Deserter’s Songs, editado em Setembro de 1998.

O concerto começa ás 22 horas e os bilhetes custam 26 euros. Fiquem com a lembrança de Deserter’s Songs.

Potatohead People fogem do puré e lançam-se à conquista da Galáxia
· POR Fernando Gonçalves · 11 Abr 2018 · 10:39 ·


Depois do opulência de Big Luxury (2015), e já quando se pensava que tinham acabado em puré, o duo Nick Wisdom e Astrological voltou à carga no inicio do ano com o single “Quest for Love”, tema que serviu de anuncio ao novo disco Nick & Astro's Guide To The Galaxy (sai 11 de Maio).

Chegados a Abril e antes que as batatas apodreçam, chegou a vez de sair do fértil solo mental do duo canadiano um novo single chamado “Morning Sun”, tema que conta com a colaboração da cantora dinamarquesa Nanna B. Fiquem com esta infusão de smooth hip-hop e funk chamada “Morning Sun”.

Jess Williamson revela novo single
· POR Fernando Gonçalves · 11 Abr 2018 · 10:37 ·
© Chantal Anderson

“Mama Proud” é o seu nome de baptismo e apresenta-se como o segundo avanço para o Cosmic Wink (estreia dia 11 de Maio), terceiro álbum da texana Jess Williamson.

Gravado inteiramente no Texas, Cosmic Wink é tido como o mais maduro e auto-consciente disco da carreira de uma texana que passou por Los Angeles, de onde trouxe algumas influências sonoras, e regressou à terra-natal para narrar através do folk o suave misticismo das suas narrativas mais profundas. Fiquem com “Mama Proud”.

Leon Vynehall anuncia disco novo
· POR Paulo Cecílio · 11 Abr 2018 · 10:35 ·


Tendo em conta que Music For The Uninvited e Rojus (Designed To Dance) são duas bombas em estado house, o anúncio de um álbum novo da parte de Leon Vynehall só nos poderá deixar a salivar.

O produtor britânico irá regressar este ano aos LPs com Nothing Is Still, álbum que sairá com o selo da Ninja Tune no próximo dia 15 de Junho. Nothing Is Still foi inspirado pela mudança dos avós, de Nova Iorque para o Reino Unido, nos anos 60 e vem acompanhado de uma curta e de um texto a contar a sua história.

Quanto à música, vai beber a fontes como Gavin Bryars, Terry Riley e Philip Glass - e já pode ser escutada, através do seu primeiro single, "Envelopes". Ouçam-no em baixo.

Gruff Rhys anuncia novo álbum
· POR Paulo Cecílio · 11 Abr 2018 · 10:34 ·


Gruff Rhys irá regressar este ano à Rough Trade para um novo álbum de originais. O músico galês está a preparar-se para editar Babelsberg, disco gravado em inícios de 2016 cujas dez canções receberam, ao longo dos últimos meses, arranjos de Stephen McNeff e da Orquestra Sinfónica da BBC.

Apesar de se descrever como ateu, Rhys não esconde que Babelsberg tem uma forte carga bíblica - e talvez, quem sabe, o disco nos ajude a chegar mais perto do Divino. Para já, há "Frontier Man", o primeiro single. O álbum sai a 8 de Junho.

As “palavras” de Dave Evans vão ganhar nova vida
· POR João Morais · 11 Abr 2018 · 00:49 ·


Quase 50 anos após o seu lançamento original, The Words In Between vai ser alvo de reedição. O disco, obra de culto do cantautor britânico Dave Evans, tem regresso às lojas marcado para 6 de Julho.

Editado em 1971, o registo marcou a estreia de Evans nas lides discográficas e apresentou ao mundo o seu talento com a guitarra acústica, digno de comparações com contemporâneos tão sonantes quanto John Fahey ou Robbie Basho. Agora, 47 anos volvidos, o álbum chega de novo até nós numa reedição em três formatos (CD, digital e vinil), via Earth Recordings.



01 Rosie
02 The Words In Between
03 Grey Lady Morning
04 Insanity Rag
05 Magic Man
06 Now Is The Time
07 Doorway
08 City Road
09 Circular Line
10 Sailor
Rare Colours nascidos para amar
· POR Fernando Gonçalves · 11 Abr 2018 · 00:47 ·


Não se sabe bem quem são mas vêm em duo e dispostos a amar. Deste desejo já nasceu o tanto a propósito “Born in Love” que enrodilhado nas suas mantas pop-electrónico algures entre Kate Bush e Fatima Yamaha deu origem ao novo single “Treat Me”.

Manifesto de amor que celebra a individualidade e deseja a compaixão, eis “Treat Me” pelo duo Rare Colours:

Gang Gang Dance regressam às canções. Oba!
· POR Paulo Cecílio · 11 Abr 2018 · 00:46 ·


Sete anos é muito tempo e, numa sociedade onde a ADHD é rainha e senhora, podem ser muitos mais. Isto para dizer que: quase nos esquecíamos dos Gang Gang Dance. Quase.

Felizmente, os norte-americanos irão regressar este ano aos discos com Kazuashita, primeiro álbum que editam desde 2011, e que já tem single, "Lotus". Single esse que podem desde já ouvir aí em baixo antes da chegada do álbum, a 22 de Junho, pela 4AD. Oba!

Nadah El Shazly em Portugal
· POR Paulo Cecílio · 11 Abr 2018 · 00:44 ·
© Alan Chies

A cantautora egípcia Nadah El Shazly irá estar esta semana em Portugal para dois concertos, que servirão para apresentar os temas do seu álbum de estreia, Ahwar, أعوار na sua escrita materna.

Nadah irá passar primeiro pela Galeria Zé dos Bois, em Lisboa, esta quarta-feira (8€), seguindo-se o Understage, no Porto, na sexta-feira (5€). Oportunidade de luxo para ver uma artista que tem dado que falar entre os meios mais conhecedores, tendo sido já comparada a gigantes como Nico, Björk e Annette Peacock. Imperdível.

Jake Meginsky em Portugal
· POR Paulo Cecílio · 11 Abr 2018 · 00:43 ·


Jake Meginsky irá estar esta semana em Portugal para três concertos. O músico e produtor, que já colaborou com nomes como Milford Graves, Alvin Lucier, Joe McPhee ou Thurston Moore, irá passar primeiro pelo Sabotage, em Lisboa, esta quarta-feira e na companhia de Serpente (6€), seguindo-se a Sonoscopia, no Porto (idem) e o Venha a Nós a Boa Morte, em Viseu (ibidem).

Citemos: «O trabalho que desenvolve não nos remete única e exclusivamente para o que actualmente se vai produzindo no outro lado do atlântico, tem fortes raízes no aventureiro e incendiário free-jazz dos anos 60, no despojado movimento da música concreta ou mesmo nas novas formas da pulsão sonora produzidas em Chicago, que tanto misturam dança como ritmos vibrantes e acelerados». E pronto.

Lou Barlow intervém no amor
· POR Paulo Cecílio · 11 Abr 2018 · 00:42 ·
© Rachel Enneking

E, ao sétimo dia (ou à sétima polegada), Lou Barlow decidiu vestir-se de cupido e deixar-nos a acreditar um bocadinho mais no amor. O homem forte dos Sebadoh e parceiro de J Mascis nos Dinosaur Jr. irá lançar um novo single esta sexta-feira, Love Intervene / Don't Like Changes, gravado com banda e após um acidente chato que provocou uma fractura numa clavícula.

O single estará limitado a 500 cópias em formato 7'' e a edição estará a cargo da Joyful Noise. Piquem "Love Intervene", aqui:

Há jazz em Ovar
· POR Nuno Catarino · 10 Abr 2018 · 10:49 ·


Vem aí um novo festival de jazz. A primeira edição do Ovar em Jazz realiza-se entre os dias 19 e 22 de Abril e terá por palco o Centro de Arte de Ovar. O grande destaque do programa é o trio Children of the Light, dos "pesos-pesados" Danilo Perez, John Patitucci e Brian Blade (dia 21).

O festival apresenta ainda actuações do trio Azul de Carlos Bica (dia 20) e da Big Band Júnior (espectáculo "Abraça Sassetti", dia 22). Somam-se ainda dois concertos no Bar do Centro de Arte: Big Band do Conservatório de Música de Aveiro e Phantom Trio (entrada livre). Além dos concertos, este novo festival apresenta também oficinas de improvisação, jam sessions e masterclasses.

Monolithic Fest derruba Barcelos
· POR Paulo Cecílio · 10 Abr 2018 · 10:47 ·


A cidade de Barcelos irá receber, no próximo sábado, uma nova edição do Monolithic Fest, festival de celebração da música psicadélica e stoner que apresenta fortes motivos para (mais uma) ida ao Minho, naquela que será a sua estreia por terras lusas.

Os holandeses Dewolff (na foto), os lendários Leaf Hound, e ainda os Black Mirrors, Black Wizards, Sulfur Giant e Her Name Was Fire completam o cartaz de um evento a ter lugar no CCOB, a partir das 18h30. Os bilhetes estão à venda e custam 30€. Mais informações aqui.

Saudemos os nossos mártires
· POR Paulo Cecílio · 10 Abr 2018 · 10:43 ·


Os Protomartyr estão de regresso a Portugal para apresentar os temas do seu último álbum, Relatives In Descent, já depois de terem conseguido criar um culto invejável à sua volta, virtude de um olhar muito pessoal sobre a música de atitude pós-punk.

O reencontro dos norte-americanos com o público nacional acontece já esta quinta-feira, no Musicbox, naquela que será a sua estreia em Lisboa. Os bilhetes (ainda) estão à venda e custam 12€.

North Music Festival: quatro novas confirmações
· POR Fernando Gonçalves · 10 Abr 2018 · 10:38 ·


Depois de The Prodigy, Gogol Bordello, Guano Apes, Linda Martini, Slow J, Da Chick e First Breath After Coma, a organização do North Music Festival, evento que se desenrolará na Alfandega do Porto nos dias 25 e 26 de Maio, acaba de confirmar as presenças de Mão Morta (com o concerto especial Mutantes S21), Ermo, Xinobi Live e DJ Ride.

O bilhete para um dia custa 35 euros enquanto o passe para os dois dias tem um custo de 59 euros. Fiquem com os Mão Morta e o álbum Mutantes S21.

Will Samson e a baleia
· POR Fernando Gonçalves · 10 Abr 2018 · 10:37 ·
© Sebastian Urzendowsky

Sem a obsessão de Ahab e com a tranquilidade que intranquilamente cria, o britânico está de regresso com o EP Baleia. Menos de uma ano depois de nos termos dado mais um capítulo de excelência musical com o belíssimo Welcome Oxygen Will Samson surge com um projecto constituído por 22 minutos de manipulação sobre ambientes sonoros diversos que terá estreia oficial dia 18 de Maio.

Baleia inclui as colaborações da violinista Beatrijs De Klerck, Matt Resovich (The Album Leaf), Brumes e Benoit Pioulard, e surge a Samson depois de uma experiência num tanque de flutuação (água aquecida altamente salgada num ambiente desprovido de luzes) que lhe provou ser uma terapia imensamente enriquecedora.

Arctic Monkeys are alive and kicking
· POR Fernando Gonçalves · 10 Abr 2018 · 10:35 ·
© Zackery Michael

E esperneiam que se farta. Depois da confirmação da banda britânica no dia 12 de Julho no NOS Alive 2018, eis a certeza de que um novo álbum de nome Tranquility Base Hotel & Casino está a caminho.

Produzido por James Ford e Alex Turner, o sexto disco (estreia dia 11 de Maio) foi gravado entre Los Angeles, Paris e Londres e apresenta-se como um catrapasso inovador que oscila entre o noir e o psicadélico com melodias inspiradas em batidas de hip-hop e r&b dos anos 90.

Fiquem com um primeiro vislumbre do que esperar com este trailer colocado a circular. O alinhamento do disco está ali em baixo.



1.Star Treatment
2.One Point Perspective
3.American Sports
4.Tranquility Base Hotel & Casino
5.Golden Trunks
6.Four Out Of Five
7.The World’s First Ever Monster Truck Front Flip
8.Science Fiction
9.She Looks Like Fun
10.Batphone
11.The Ultracheese
Um balde de Terebentina
· POR Paulo Cecílio · 09 Abr 2018 · 17:15 ·
© Raquel Pinheiro

Terebentina é o nome de um projecto novo alicerçado nos terrenos mais ruidosos do rock, e cujo álbum de estreia irá sair em breve.

Para já, há uma canção a ouvir: "O Outro", tema que não ficaria mesmo nada mal numa compilação da Ama Romanta dos anos 80, sendo este, provavelmente, o maior elogio que lhe poderemos fazer. Está tudo no Bandcamp e, no dia 14, também no Café Au Lait, no Porto. Mais info aqui.

Assim se constrói uma Colónia Calúnia
· POR Paulo Cecílio · 09 Abr 2018 · 15:53 ·


A Colónia Calúnia acaba de deitar cá para fora um novo álbum, Yarikata (ide ao Google Translate, otários), disco composto por vinte temas instrumentais e assinado por VULTO., a.k.a. Pedro, o Mau.

Yarikata diz-se «assumidamente firmado nos terrenos do hip-hop a baixas rotações», pelo que podem acender esse e passar um bonito serão. O disco já está disponível para escuta e download no Bandcamp e, se não quiserem ter muito trabalho a introduzir o endereço no Google Chrome, ei-lo aí em baixo.

Oneohtrix Point Never anuncia novo álbum
· POR Paulo Cecílio · 09 Abr 2018 · 12:59 ·


Daniel Lopatin (Oneohtrix Point Never) vai voltar este ano aos discos, três anos após Garden Of Delete, de 2015 (não contando com a banda-sonora de Good Time). Simplesmente intitulado Age Of, o álbum irá conter ao todo 13 faixas, nenhuma das quais foi para já disponibilizada.

A edição estará a cargo da Warp (lembrete: se é Warp, é bom) e marcada para o dia 1 de Junho. Vejam em baixo a capa e o alinhamento.



1. Age Of
2. Babylon
3. Manifold
4. The Station
5. Toys 2
6. Black Snow
7. Myriad.Industries
8. Warning
9. We’ll Take It
10. Same
11. Raycats
12. Still Stuff That Doesn’t Happen
13. Last Known Image Of A Song
Abril, música mil no Plano B
· POR Paulo Cecílio · 06 Abr 2018 · 15:48 ·


O Plano B, espaço portuense sobretudo conhecido por ter gente fixe a trabalhar lá, anunciou esta semana a programação para o mês de Abril com muitas propostas para aqueles que não tiverem nada que fazer ou não souberem onde ir nos próximos fins-de-semana.

O destaque vai para o DJ dos Foals, que na verdade será só do teclista Edwin Congreave, um dos fundadores da Deep Ship e dono, a solo, de uma sonoridade próxima do tech house (ainda bem, porque a música da banda dele é absolutamente execrável. Ao menos tem juízo). Pelo Plano B passarão ainda DJ Vibe, ItaloJohnson, Reporter Estrábico + Sacapelástica, os Bons Rapazes de Álvaro Costa e Miguel Quintão, Rui Vargas e Nuno Lopes. Confiram as datas em baixo e vão sabendo mais aqui.



 
6/4: DJ Vibe
13/4: Repórter Estrábico + Sacapelástica + ItaloJohnson
14/4: Bons Rapazes
20/4: Edwin Congreave (Foals DJ set)
24/4: Rui Vargas
28/4: Nuno Lopes
Rodellus desvenda primeiros nomes
· POR Paulo Cecílio · 06 Abr 2018 · 15:44 ·


O festival para quem não tem medo do campo está de volta este ano com a sua quarta edição, e anunciou há bem pouco tempo a primeira vaga de nomes para o seu cartaz. Grandfather's House (na foto), The Cosmic Dead, Baleia Baleia Baleia, The Lazy Faithful e The Cavemen são as cinco confirmações iniciais que prometem fazer de Ruílhe um lugar melhor onde se estar, ainda que ninguém fora do Minho saiba onde isso fica sem recurso ao Google Maps.

O Rodellus realiza-se de 19 a 21 de Julho e os bilhetes estarão brevemente à venda por 12€, uma promoção que não irá durar para sempre. Faites attention.

Posh Isolation finca os pés na ZdB
· POR Paulo Cecílio · 06 Abr 2018 · 15:42 ·


A editora Posh Isolation tem sido responsável por alguma da música electrónica mais estimulante dos últimos anos, tendo lançado desde 2013 discos de gente como Puce Mary, Skullflower, Varg ou Damien Dubrovnik, só para dar alguns exemplos.

Amanhã terá lugar na Galeria Zé dos Bois uma espécie de showcase da editora, com a presença de quatro dos seus maiores trunfos: Croatian Amor (na foto), Khalil, Astrid Sonne e Soho Rezanejad. Os bilhetes custam 8€ e os concertos começam pelas 22h.

Soichi Terada no Lux
· POR Paulo Cecílio · 06 Abr 2018 · 15:39 ·


O compositor japonês, conhecido pela música que fez para alguns videojogos e "ressuscitado" pela compilação Sounds Of The Far East, editada em 2015, estará em Portugal para um espectáculo a ter lugar hoje no Lux (Lisboa).

O mote será, evidentemente, dançar - ou simplesmente apreciar aqueles ritmos, aquelas melodias, aqueles poemas electrónicos oriundos do Sol Nascente. A acompanhá-lo estará Hunee, que muito ajudou Terada a reencontrar um público no Ocidente. Tudo por volta das 23h45. Mais informações aqui.

Pussy Riot em Paredes de Coura
· POR Fernando Gonçalves · 06 Abr 2018 · 15:37 ·


O grupo punk russo fundado por Nadya Tolokonnikova e amplamente conhecido pelas suas apresentações provocadoras em locais públicos e posições a favor da igualdade de género, dos direitos LGBT e de oposição ao presidente Vladimir Putin está a caminho de Coura.

As russas juntam-se ao um conjunto de nomes que já engloba, entre outros, os Arcade Fire, os Fleet Foxes, os Slowdive e os King Gizzard & the Lizard Wizard. O festival realiza-se entre os dias 15 e 18 de Agosto com os passes gerais a custarem 100 euros. Fiquem com as Pussy Riot e este “Make America Great Again”.

A boa viagem de Melody’s Echo Chamber
· POR João Morais · 06 Abr 2018 · 12:10 ·
© Diane Sagnier

A mui airosa Melody Prochet anunciou recentemente o aguardado segundo registo de originais da sua Echo Chamber . O disco, Bon Voyage de seu título, tem lançamento agendado para 15 de Junho, via Domino.

Este segundo trabalho da francesa sucederá assim a Melody’s Echo Chamber, estreia homónima de 2012. O alinhamento de Bon Voyage pode ser conferido mais abaixo, logo a seguir ao teledisco de “Breathe in, Breath Out”, seu primeiro single de avanço.



1. Cross My Heart
2. Breathe In, Breathe Out
3. Desert Horse
4. Var Har Du Vart
5. Quand Les Larmes D’un Ange Font Danser La Neige
6. Visions Of Someone Special, On A Wall Of Reflections
7. Shirim
Eleanor Friedberger aterra em Portugal
· POR Paulo Cecílio · 06 Abr 2018 · 11:10 ·


A cantautora norte-americana Eleanor Friedberger, uma das metades que compõem os Fiery Furnaces, estará esta semana em Portugal para apresentar os temas do seu novo álbum, Rebound, com lançamento marcado para o próximo dia 4 de Maio.

Friedberger dará dois concertos por cá, primeiro na Galeria Zé dos Bois (Lisboa), hoje (10€), e depois no Auditório de Espinho, amanhã (7€). Siga ver as estrelas.

BISPO e Celeste/Mariposa confirmados no Aleste
· POR Fernando Gonçalves · 05 Abr 2018 · 23:01 ·


A electrónica versão midi lo-fi dos BISPO e os afro-baile de Celeste/Mariposa são as mais recentes confirmações para o festival madeirense Aleste que se realiza no dia 26 de Maio no Complexo Balnear da Barreirinha no Funchal. Estas duas novas confirmações juntam-se aos já anunciados Bruno Pernadas, Surma e Bitchin Bajas.

Os bilhetes para a quinta edição do Aleste já estão à venda por 20 euros e podem ser adquiridos no Barreirinha Bar Café e no Museu Café.

Novo disco de Filho da Mãe chega em Maio
· POR Fernando Gonçalves · 05 Abr 2018 · 22:59 ·
© Vera Marmelo

Embalado pelas ondas do oceano Atlântico que marcam indelevelmente a sua criação surge o quarto disco de originais de Filho da Mãe. Água-Má , assim nascido e baptizado, estreia dia 4 de Maio e traz uma série de lugares e situações narrados por alguém que sabe impor o seu próprio tempo e história.

Com o anuncio do novo álbum vem o lançamento de “Nem Chuva, nem Cães”, primeira proposta a ser arrancada a esta Água-Má (sinónimo de alforreca) perdida entre Lisboa e a Madeira.

O primeiro Uivo (da) Zebra
· POR Fernando Gonçalves · 05 Abr 2018 · 22:56 ·


Do encontro promovido por Jorge Nuno (guitarra eléctrica), Hernâni Faustino (baixo eléctrico) e João Sousa (bateria), com o intuito de, partindo de uma linguagem de base rock, criar um espaço de improvisação de alta dinâmica, profundidade e exploração nasceram em Fevereiro de 2017 os Uivo Zebra.

Pouco mais de um ano depois estavam a dar o seu primeiro concerto na Zaratan – Arte Contemporânea e nas semanas seguintes partiam para a gravação do seu homónimo álbum de estreia Uivo Zebra pela polaca Bocian Records que hoje estreia. O concerto de apresentação deste tomo de improv/ rock/noise está marcado para dia 12 de Abril no Sabotage, Lisboa e vai soar a algo como isto.

Persiano: uma pessoa real disponível para conversar
· POR Fernando Gonçalves · 05 Abr 2018 · 22:50 ·


O compositor mineiro Persiano está de volta e disponível para conversar. Quatro anos depois de se ter estreado a solo com o álbum Art La Vista, o músico volta à carga com Pessoas Reais Disponíveis para Conversar, disco cuja estreia acontece já no próximo dia 24 de Abril.

Num momento em que, até, conversar pode ser perigoso num país onde a vigília militar e a sombra de uma ditadura que ensurdeça a voz do povo se vai fazendo sentir, este álbum surge, segundo o autor, como música que “brinca com o futuro próximo, onde pessoas reais disponíveis para conversar serão coisas do passado. Narra a viagem do homem com ele mesmo, a falta de tempo, o mecanismo, a máquina, a dificuldade de olhar para si.”

Da sonoridade que anda pelas referências estéticas do pop electrónico produzido no final da década de 1970 e início de 1980 acaba de saltar o single que dá nome a um disco que se consubstancia no quarto lançamento do selo mineiro Tangerina, responsável pela publicação de obras como O Novato (Nobat, 2015), Deserto (LULI, 2017) e Cavalo e Catarse (Francesco Napoli, 2017). Eis o tema que dá nome ao LP, “Pessoas Reais Disponíveis para Conversar”.

YellowStraps lançam Blame
· POR Fernando Gonçalves · 05 Abr 2018 · 21:58 ·


O trio belga YellowStraps acaba de libertar o terceiro single do seu próximo EP. Tal como extended-play, o novo single ostenta o nome de “Blame”.

De que falamos? De música indie-rock de origem mas que apresenta elementos de jazz, soul, hip-hop e electrónica que ajudam a dar corpo a uma narrativa que passa os olhos pela história de um grande amor entre duas pessoas que esbarra na incapacidade de aceitar que, mesmo apaixonados, é possível errar. E eis que nasce “Blame”.

Áustria em destaque no Westway LAB
· POR Fernando Gonçalves · 05 Abr 2018 · 21:54 ·
© Christoph Liebentritt

O Westway LAB é um festival que irá reunir, em Guimarães, vários talentos nacionais e internacionais para duas semanas de música e de tudo o que à sua volta gira - concertos, residências artísticas, conversas, conferências e muito mais.

A 5ª edição do festival irá ter a Áustria como a nação em destaque, com a presença de cinco projectos emergentes e mais ou menos firmados naquele país: Avec, Cari Cari, Molly, Motsa e Leyya, bem como a de representantes de editoras e divulgadores como a Rhythm & Clues, earcandy entertainment ou Ink Music. O Westway LAB irá realizar-se de 11 a 14 de Abril e contará ainda com a presença, entre outros, de Manel Cruz ou Isaura. Mais informações aqui.

A Carvão se (d)escreve Paulo Carvalho
· POR Fernando Gonçalves · 05 Abr 2018 · 01:36 ·
© Felipe Morozini

Amadurecido pelo trabalho feito nos seus dois álbuns anteriores, o cantor e compositor paulista Paulo Carvalho gizou, com as colaborações de Arnaldo Antunes, André Lima, Marcelo Jeneci e Bruno Moraes o seu terceiro disco de originais Carvão. Diálogo franco sobre perda, recomeço e impertinência, Carvão é tudo quanto resta depois do amor desaparecer, ou não será bem assim?

A ideia de potência criadora surge e, com ela, as composições que apontam para um presente que merece ser degustado a até à última gota de vida como as canções de índole eminentemente pop trazidas por Antunes, Lima, Jeneci e Moraes fazem entrever. Para além da colaboração destes quatro nomes nas letras, Paulo Carvalho foi acompanhado nas gravações de Carvão Kassin (baixo acústico), Stephane San Juan (bateria e percussão) e Tim Bernardes (guitarra e violões) e pelo repetente André Lima (pianos e teclados). Fiquem com Carvão na integra.

Éme no Passos Manuel
· POR Paulo Cecílio · 05 Abr 2018 · 01:33 ·


No próximo dia 6 de Abril, o Porto acolherá um inédito: as canções de Domingo À Tarde, de Éme, que ali ainda não as tinha apresentado.

O Éme far-se-à acompanhar pela sua banda, cujos membros podem discernir na foto aí em cima, e a primeira parte está a cargo de Tiago Faria, músico que a Favela recomenda. O concerto terá lugar no Passos Manuel e os bilhetes custam 5€, à venda no dia. Mais aqui.

O IndieLisboa adora bolos
· POR Paulo Cecílio · 05 Abr 2018 · 01:31 ·


Depois de ter deixado maluca muito boa gente deste nosso Portugal com Adoro Bolos, álbum lançado numa onda 'tou-me a cagar mesmo no último dia do ano de 2017, Conan Osiris não poderia seguir outro caminho que não o de o transportar para os palcos.

Foi isso que fez há uns dias na Galeria Zé Dos Bois, e é isso que fará também na Festa de Antecipação do IndieLisboa, actuando no dia 14 de Abril na Fábrica do Pão do HUB Criativo do Beato. Os bilhetes custam 6€ e, para quem quer curtir até de madrugada, ainda haverá DJ Quesadilla.

Jessica Moss estreia-se em Portugal
· POR Paulo Cecílio · 05 Abr 2018 · 01:30 ·


A violinista Jessica Moss, membro dos post-rockers canadianos A Silver Mt. Zion, irá estrear-se a solo em Portugal com uma data única na Biblioteca Municipal do Barreiro, no próximo dia 30 de Abril.

O concerto servirá para apresentar os temas do seu álbum de estreia, Pools Of Light, editado o ano passado pela inescapável Constellation. Os bilhetes têm o preço de 5€ e podem fazer as vossas reservas através deste endereço de e-mail.

Sunflowers aqui, ali, em todo o lado
· POR Paulo Cecílio · 05 Abr 2018 · 01:29 ·


Porque é Primavera, as flores começam a desabrochar. E os Sunflowers seguiram essa indicação temporal à risca, anunciando uma segunda leva de datas para a digressão em torno de Castle Spell, (mais) um álbum excelente da dupla editado este ano.

A segunda ronda da tour começa já no próximo dia 6 de Abril, na Póvoa do Varzim, e percorrerá o país de norte a sul, estando agendada uma data também em Espanha. Confiram em baixo o itinerário dos girassóis e, por amor da santa rockeira, não os percam.



06/04 - Café Schmits, Póvoa de Varzim
07/04 - SUPERNOVA @ Maus Hábitos, Porto
13/04 - Festa Sexta Feira 13, Montalegre
14/04 - SUPERNOVA @ S.H.E., Évora
20/04 - Galeria Zé Dos Bois, Lisboa
21/04 - Casa da Cultura, Setúbal
25/04 - Aniversário Canal 180, Porto
27/04 - SUPERNOVA @ Salão Brazil, Coimbra
28/04 - Club 11, Vila Pouca de Aguiar
04/05 - Club Vila Real, Vila Real
05/05 - SUPERNOVA @ Stereogun, Leiria
11/05 - Contemplarte, Joane
12/05 - TBA
18/05 - Espaço A, Freamunde
19/05 - Cave Avenida, Viana do Castelo
25/05 - TBA, Coimbra
26/05 - SUPERNOVA @ CCOB, Barcelos
01/06 - Cartaxo Sessions, Cartaxo
02/06 - SUPERNOVA @ GretUA, Aveiro
08/06 - TBA
09/06 - Chat Noir, Badajoz
15/06 - Titanic Sur Le Mer, Lisboa
16/06 - Bang Venue, Torres Vedras
O aviso de Sequin aos súbditos
· POR Paulo Cecílio · 04 Abr 2018 · 16:13 ·
© Matilde Viegas

Demorou, mas cá está: Sequin vai editar um álbum novo este ano. O sucessor de Penelope, de 2014, já tem título, Born Backwards, e irá ser editado em Maio. O álbum foi gravado juntamente com Xinobi e promete uma sonoridade mais próxima do clubbing, patente no seu primeiro single, "Queen", porque uma rainha merece poder dizê-lo.

Os concertos de apresentação de Born Backwards também já estão marcados, realizando-se em cidades como Istambul, Lisboa, Porto, Coimbra e Figueira da Foz.

Garbage reeditam Version 2.0
· POR Fernando Gonçalves · 04 Abr 2018 · 16:11 ·


Vinte anos depois de ter causado impacto significativo na vida de toda a uma geração, o mítico Version 2.0 vai voltar à vida por altura da celebração do vigésimo aniversário do seu lançamento.

A reedição acontecerá a 22 de Junho e contém todo o álbum original, mais um segundo disco bónus de dez faixas, incluindo lados B da época. De modo a apimentar um pouco a coisa, os Garbage acabam de dar um arzinho da graça deste Version 2.0 regressado dos anos 90 com a faixa “Lick the Pavement”. Alinhamento da edição comemorativa de Version 2.0 ali em baixo.



1. Temptation Waits
2. I Think I'm Paranoid
3. When I Grow Up
4. Medication
5. Special
6. Hammering in My Head
7. Push It
8. The Trick Is to Keep Breathing
9. Dumb
10. Sleep Together
11. Wicked Ways
12. You Look So Fine
Apenas para formatos Deluxe
13. Can't Seem To Make You Mine
14. 13x Forever
15. Deadwood
16. Get Busy With The Fizzy
17. Soldier Through This
18. Thirteen
19. Lick The Pavement
20. Medication (Acoustic)
21. Tornado
22. Afterglow
Bed Legs: novo álbum a caminho
· POR Fernando Gonçalves · 04 Abr 2018 · 16:08 ·
© Maria Salgado

Depois de um charmoso Black Bottle que culminou com uma grande actuação em Paredes de Coura 2016, os bracarenses Bed Legs estão de volta. Agora quinteto, com a adição do teclista Leandro Araújo, a banda liderada pelo vocalista Fernando Fernandes regressa com o homónimo Bed Legs, álbum de que acaba de saltar o primeiro single “Spillin Blood”.

Rock n´roll debruado a r&b, Bed Legs revela um desejo intenso de viver e viver desejado através de melodias de chamamento à liberdade individual, dança desenfreada e riffs de stoner. Fiquem com o eléctrico “Spillin Blood”.

Em Abril, concertos MIL
· POR João Morais · 04 Abr 2018 · 12:13 ·


Okay, talvez não sejam bem mil, mas serão certamente para cima de 60 os nomes que se irão apresentar na segunda edição do MIL – International Music Network já a partir de hoje, em vários recintos no Cais do Sodré e circundante zona ribeirinha de Lisboa. Ao longo de três dias o evento trará, para além do já referido rol de concertos, uma série de interessantes debates, masterclasses e conferências sobre o passado, presente e futuro da música e da sua promoção e divulgação.

Mas mesmo que essa coisa das palestras não desperte a vossa curiosidade (vocês é que perdem), o cartel de luxo da componente musical terá certamente duas (ou mais) mãos cheias de razões de peso para se meterem no comboio (ou qualquer outro meio de transporte da vossa preferência) em direcção ao Cais. Entre os grandes destaques, sublinhamos: Boogarins, que não só farão as honras de abertura no dia 4 como também irão actuar no Musicbox na noite seguinte; Luís Severo (na foto), num dos seus últimos concertos na capital antes da já anunciada clausura para gravar o sucessor do seu brilhante homónimo de 2017; Ermo, que virão a Lisboa para espalhar os detritos digitais de Lo-Fi Moda (aka um dos melhores discos do ano passado); ou The Legendary Tigerman, verdadeiro decano do rock com pelo na venta de fabrico luso que, convenhamos, já dispensa todo e qualquer tipo de apresentações.

Os bilhetes para o MIL estão à venda nos locais habituais e, dependendo do nível de acesso pretendido, poderão custar entre os 25 e os 60 euros. Para mais informações sobre entradas, alinhamento, recintos e horários, basta clicar aqui, de preferência enquanto ouvem a nossa playlist de antevisão do festival, que pode ser encontrada já aqui em baixo.

Bodyspace leva norte-americano House of Wolves ao Maus Hábitos (Porto) na próxima sexta-feira
· POR André Gomes · 03 Abr 2018 · 22:39 ·
© Sofia Miranda

Bodyspace apresenta:
House of Wolves
 
Maus Hábitos, Porto
6 de Abril, sexta-feira
22h00
 
5 euros
 
O projecto do músico norte-americano Rey Villalobos, House of Wolves, estreia-se em Portugal no próximo mês de Abril. E o Bodyspace vai até ao Maus Hábitos com ele para uma noite no mínimo obrigatória. Entre o classicismo de Chopin (a primeira paixão de Rey Villalobos assim como o piano) e a americana, a música de House of Wolves vive entre o som frágil da voz, os arranjos delicados como filigrana e os ambientes românticos e nocturnos. A música é-nos dada como se ouvíssemos a banda-sonora da vida de Rey Villalobos. Ao vivo, House of Wolves é ainda mais frágil, sentido e acima de tudo humano. Na simplicidade dos acordes de guitarra e em toda a humanidade na voz de Rey Villalobos. O seu último disco, homónimo, editado em 2016, é um tratado de beleza e melancolia onde apetece viver durante uns tempos. A sua voz não é apenas uma voz: é um filme a desenrolar-se à frente dos nossos olhos. Mas isto é tudo real; é tudo muito real. Nunca mais chega o dia.
 
Lisboa Electrónica arranca esta semana
· POR Paulo Cecílio · 03 Abr 2018 · 10:00 ·


Tem início já esta quarta-feira a segunda edição do Lisboa Electrónica, festival que junta alguns dos nomes mais sonantes da música electrónica da actualidade, para uma série de espectáculos que se dividirão entre o Capitólio, o Ministerium e o LX Factory. A música electrónica e toda a cultura a ela adjacente é o foco principal, não só através de live acts e DJ sets como também de palestras. Estas darão, aliás, início ao festival, reunindo nomes como Carlos Maria Trindade, Mike Grinser, Rui Vargas e Serge. no Capitólio. Ministerium e LX Factory dividirão entre si os showcases das várias editoras presentes no festival.

Quanto à música que se poderá escutar, ela partirá de artistas como Actress (na foto), de regresso a Portugal para apresentar ao vivo os temas do seu último álbum, AZD; Nina Kraviz, nome que goza de bastante popularidade não só por terras lusas como por todo o mundo; Fumiya Tanaka, DJ e produtor com mais de 20 anos carreira no techno nipónico; o "cósmico" Legowelt; e os corpos estranhos de Stellar OM Source, entre muitos, muitos outros.

Os bilhetes para o Lisboa Electrónica estão à venda em todos os locais habituais, a preços que vão dos 20€ aos 60€, entre diários e passes para dois ou três dias (sem contar com os bilhetes para as palestras). Todas as informações sobre o festival podem ser encontradas aqui e, em baixo, fica a nossa playlist alusiva ao evento. Até já.

Snail Mail estreia-se com Lush
· POR Fernando Gonçalves · 03 Abr 2018 · 00:50 ·


O primeiro longa-duração da carreira de Lindsey Jordan aka Snail Mail está aí à porta. Lush com as suas dores de crescimento narradas pela voz cristalina e poderosa de Lindsey estreia dia 8 de Junho via Matador Records.

Desta montanha russa de emoções acaba de sair o novo e labiríntico “Pristine”, tema para ouvir a partir de agora. Para ouvir aqui em baixo.

Daisy Mortem: Portugal recebe uma vida pela hora da morte
· POR Fernando Gonçalves · 03 Abr 2018 · 00:48 ·


Se Nietzsche proclamava a morte de Deus, os franceses Daisy Mortem não fazem a coisa por menos e declaram a morte da própria vida no seu novo EP La vie c'est mort. Esta declaração, porém, terá a direito de reposta no nosso país no próximo mês de Abril, altura em que a banda estará por cá a promover este novo extended-play com três concertos em outros tantos dias.

O primeiro será já no dia 10 no Ginjal Terrasse em Almada, seguindo-se-lhe a 12 o Maus Hábitos no Porto e terminando esta mini-digressão lusa no dia 13 no Bang Venue de Torres Vedras. Fiquem com La vie c'est mort na integra:

O piano volta a respirar em Braga
· POR Fernando Gonçalves · 03 Abr 2018 · 00:41 ·


A inexorável marcha do tempo que conduzirá à segunda edição do Respira! acentua-se. O ciclo de piano que vai montar arraias no Theatro Circo,Braga, durante o próximo mês de Maio (e um bocadinho de Junho) acaba de dar a conhecer o cardápio do festim deste ano. Murcof x Wagner, Lubomyr Melnyk, Bruno Bavota, James Rhodes e Grandbrothers são os pratos disponíveis para degustação ao longo dos cinco sábados de certame.

O Respira! 2018 inicia-se no dia 5 de Maio com a actuação do projecto de fusão entre música clássica e electrónica Murcof x Wagner que levará à cidade dos arcebispos o álbum colaborativo Statea, que inclui no repertório obras de artistas consagrados como John Cage, Arvo Part, John Adams, Philip Glass, Aphex Twin e Erik Satie. O festival prossegue no dia 12 com o “profeta do piano”, inventor da “música continua” Lubomir Melnyk. Para além de todos os epítetos anteriores, Melnyk é detentor de dois recordes mundiais ao tocar 19,5 notas de piano por segundo em cada mão e por tocar 13 a 14 notas por segundo durante uma hora e vai preceder Bruno Bavota e o seu Out of the Blue que subirá ao palco do Theatro Circo no dia 19 acompanhado do Michael Nicolas e o violinista J. Freivogel. O Respira! começa a fechar-se no dia 26 com o insuspeito James Rhodes e termina de vez no dia 2 de Junho com o duo Grandbrothers e o seu jazz de fusão.

Os bilhetes para os espetáculos têm um valor 12€ (6€ cartão Quadrilátero) à exceção de James Rhodes, com o valor de 15€ (7,5€ cartão Quadrilátero). Fiquem com Murcof x Wagner e Statea.

Jorja Smith confirmada no SBSR
· POR Fernando Gonçalves · 03 Abr 2018 · 00:39 ·


A britânica Jorja Smith e o seu r&b multifacetado são a mais recente confirmação para a 24ª edição do Super Bock Super Rock que se vai realizar entre os dias 19 e 21 de Julho no Parque das Nações em Lisboa.

Depois de sucessos como “Blue Lights”, “On My Mind” e “Let Me Down ft Stormzy”, Jorja Smith prepara-se para lançar no decorrer deste ano o seu primeira longa-duração do qual se espera vir a ser um disco de autodescoberta feito de músicas escritas entre os seus 16 e 19 anos e marcado pelos encontros com o amor e o ódio.

Em termos de bilhetes e respectivos preços, a tabela diz-nos que até 30 de Junho os passes gerais custam 109 euros e os bilhetes diários 55 euros. A partir de 1 de Julho cada uma destas modalidades sofre uma actualização de cinco euros. Fiquem com “Let Me Down ft Stormzy”.

Vodafone Paredes de Coura cresce à meia-dúzia
· POR Fernando Gonçalves · 03 Abr 2018 · 00:38 ·


Quatro portugueses, um neozelandês e um norte-americano perfazem a mais recente leva de confirmações para o Vodafone Paredes de Coura, festival que, entre 15 e 18 de Agosto, regressa pela 26ª vez às margens encantadas do Taboão. Trocando a meia-dúzia em miúdos temos a certeza de que The Legendary Tigerman, Surma, Keep Razors Sharp, Linda Martini, Marlon Williams e Lucy Dacus se juntam aos já anteriormente confirmados Arcade Fire, Fleet Foxes, Skepta, Jungle, King Gizzard & The Lizard Wizard, Slowdive, The Blaze, Big Thief, ... And You Will Know Us By The Trail Of Dead, Curtis Harding, Shame, The Mystery Lights, Dead Combo, Japanese Breakfast, Confidence Man e Frankie Cosmos.

Os passes gerais já estão á venda e podem ser adquiridos por 100 euros. Fiquem com a jovem norte-americana Lucy Dacus e este “Night Shift” retirado ao seu mais recente álbum de originais Historian (2018).

Virginia Wing levantam o véu do seu novo disco
· POR João Morais · 03 Abr 2018 · 00:36 ·


Primeiro veio um anúncio vago, com apenas o título e pouco mais, mas agora é a sério: os Virginia Wing revelaram recentemente mais algumas pistas para o que será o seu novo registo de originais, Ecstatic Arrow.

Para começar, já temos data de lançamento: 8 de Junho, via Fire Records. Também já temos a certeza de que haverá uma edição de luxo, em vinil azul e acompanhada por uma zine de 20 páginas, já disponível para pré-compra. E, para terminar, também já temos single (“The Second Shift”) e alinhamento (para conferir mais abaixo).



01 Be Released
02 The Second Shift
03 Glorious Idea
04 Relativity
05 For Every Window There’s a Curtain
06 The Female Genius
07 Eight Hours Don’t Make a Day
08 A Sister
09 Pale Burnt Lake
10 Seasons Reversed
Prophet voltou para ser o nosso homem
· POR João Morais · 03 Abr 2018 · 00:34 ·
© Michael Spears

Apesar de ter lançado apenas um álbum, Right On Time, no ido ano de 1984, Prophet tornou-se numa figura de culto do funk mais “subterrâneo”, tendo despertado paixões melómanas de nomes tão sonantes quanto Mndsgn ou Peanut Butter Wolf (fundador da mítica Stones Throw). E agora, mais de 30 anos volvidos desde a sua estreia em LP, o norte-americano está de volta ao trabalho, com um novo disco que, segundo dizem, promete levar-nos de volta para os anos 80.

Wanna Be Your Man de seu título, o registo tem lançamento agendado para 11 de Maio, via a já referida Stones Throw (em Portugal, a distribuição será assegurada PIAS Ibero América). No disco encontraremos participações de Dam-Funk e Mndsgn, com este último a dar também uma ajuda na produção. E se ainda tiverem dúvidas de que estamos perante um regresso que vai valer a pena, basta ouvir o single “Insanity” para as dissipar com um ou dois meneares de anca involuntários.

Carla Bozulich anuncia novo álbum
· POR Paulo Cecílio · 03 Abr 2018 · 00:33 ·


Está encontrado o sucessor de Boy, de 2014. Carla Bozulich irá editar este ano um novo álbum a solo, intitulado Quieter, e com lançamento marcado para o dia 11 de Maio, através da Constellation.

O álbum terá sido inspirado por uma lesão auditiva sofrida por Bozulich, enquanto estava em digressão, e contará com sete faixas ao todo - uma das quais, "Glass House", já se encontra disponível para escuta.

Parceiros