Janeiro 2017
Kraftwerk (e outros, que nos desculpem) no NEOPOP
· POR André Gomes · 31 Jan 2017 · 14:54 ·


Chegou assim com a força toda. E agora vamos todos a Viana, evidentemente. Dax J, DJ stingray, Kraftwerk (3D live), Moderat (live), Sonja Moonear. Assim mesmo. Está tudo no site do festival, que não nos deixa certamente mentir.

São estes então os primeiros nomes confirmados para a próxima edição do NEOPOP Electronic Music Festival, que acontece nos dias 3, 4 e 5 de Agosto, em Viana do Castelo. O passe para três dias custa 65 euros. Que luxo.

Nota de redacção [15:48]: a confirmação do concerto de Kraftwerk no NEOPOP acaba de ser removida do site oficial do festival.

MagaSessions regressam com ciclo de piano
· POR Fernando Gonçalves · 31 Jan 2017 · 14:32 ·
© Vera Marmelo

Depois do último festival Magafest realizado em Setembro do ano passado, as MagaSessions estão de regresso com um ciclo de piano que se realizará de Fevereiro até Maio e em que estarão presentes, entre outros, Bruno Pernadas e Joana Gama. O primeiro concerto deste ciclo está agendado para dia 26 de Fevereiro com a presença em placo do músico Tiago Sousa.

Em Março o dono daquilo tudo será Marco Franco, enquanto Abril verá um Bruno Pernadas a solo com música improvisada e Maio a dupla Joana Gama e Ricardo Jacinto. Este ciclo terá, em todos os seus concertos, entrada gratuita. Fiquem com Bruno Pernadas e esta “Anywhere In Spacetime”. Programa ali em baixo.



Tiago Sousa, 26 de Fevereiro
Marco Franco, 12 de Março 
Bruno Pernadas, 2 Abril
Joana Gama e Ricardo Jacinto, 21 de Maio
Bonga vai pôr tudo a tremer
· POR Fernando Gonçalves · 31 Jan 2017 · 14:28 ·


O músico africano é o cabeça de lista de mais uma fornada de confirmações para o Tremor 2017. A Bonga, embaixador maior do semba em Portugal, juntam-se os Camera, os Ghost Hunt, os 3rd Method e os The Quiet Bottom. Estes cinco nomes passam, a partir de hoje, a fazerem parte de um alinhamento que já conta com Beak>, Mão Morta, Yves Tumor e Circuit des Yeux.

A quarta edição deste festival insular realiza-se entre os dias 4 e 8 de Abril em Ponta Delgada e terá uma lotação limitada a 1500 pessoas. Os bilhetes custam entre os 25 (até dia 3 de Abril) e os 30 euros (durante os dias do festival). Fiquem com Bonga e esta “Comeram a Fruta”:

Wire com novo álbum
· POR Paulo Cecílio · 31 Jan 2017 · 13:58 ·


Os Wire não param, nem querem. A lendária banda britânica está a preparar o lançamento daquele que será o seu 16º álbum de estúdio, que é também o terceiro em três anos.

Silver/Lead tem data de edição marcada para o próximo dia 31 de Março através da sua própria editora, a habilmente intitulada Pinkflag, e promete "um novo estilo e uma nova direcção", isto numa banda que tem evoluído constantemente. O primeiro single do disco, "Short Elevated Period", já se encontra disponível para escuta.

A decadência chega aos 50
· POR Paulo Cecílio · 31 Jan 2017 · 12:53 ·


O Estrela Decadente, nome dado ao ciclo de concertos que tem ocupado o espaço Estrela, no bairro da Graça (Lisboa), celebra esta quinta-feira a sua 50ª edição - e, para tal, já está a preparar uma noite especial.

Para além de uma exposição com todos os cartazes das edições anteriores, da autoria de Xavier Almeida, o espaço acolherá uma actuação do Ensemble Decadente formado por Luís Vicente, Maria Radish, João Paulo Daniel, Bernardo Álvares, Diogo Vouga, Benja, Yedo Gibson, Manel Lourenço, Petiz, António Sumo e Xavier Almeida, um concerto "madrigal" do Sar e um DJ set do seu mais icónico residente, o Xico da Ladra. Será também lançada uma fanzine comemorativa das 50 edições. Saibam mais aqui.
O pinguim que sabe voar traz álbum no bico
· POR Fernando Gonçalves · 31 Jan 2017 · 11:23 ·
© João Teixeira

Esta ave da família Spheniscidae não está especialmente preparada para voar, as asas atrofiadas não ajudam particularmente, sentindo-se mais confortável em meio aquático ou terrestre. Contudo, há sempre excepções, e estes This Penguin Can Fly (Miguel Azevedo, Márcio Ferreira e José Gomes) desafiam a anatomia e a própria Natureza voando para a metáfora Caged Birds Think Flying Is A Disease, disco com que o trio de pinguins voadores portugueses fará, em Abril, a sua estreia nos longa-duração.

Cruzamento de ambiências post-rock com a agressividade de riffs de guitarra melódicas embutidas em ritmos dançáveis esta bicada denominada Caged Birds Think Flying Is A Disease, acaba de dar à luz o seu primeiro single “Ailisi”, tema com que estes pinguins voadores nos levam até ao continente asiático. Enquanto interrogam a Internet sobre a capacidade dos pinguins para voar, fiquem com esta “Ailisi”.

Paguem finos aos The Homesick
· POR Fernando Gonçalves · 31 Jan 2017 · 11:16 ·
© Isolde Woudstra

Se há três anos, altura em que se estrearam nas lides discográficas com o EP Twst Yr Wrsts, o trio holandês The Homesick ainda não tinha idade legal para beber, agora, mais maduros e “legais”, a banda prepara-se para se estrear nos longa-duração com Youth Hunt, LP com lançamento previsto para dia 10 de Março.

Tido como mais noisy e experimental do que o seu irmão mais velho, Youth Hunt promete riffs de guitarra inesquecíveis e um caleidoscópio de ritmos capazes de fazerem chorar as pedras da calçada como aqueles que se podem encontrar no novo single “St. Boniface”, tema que presta homenagem ao missionário do mesmo nome que foi linchado pela população de Dokkum (terra natal dos The Homesick) por, alegadamente, ter cortado a árvore sagrada do vilarejo. Fiquem com os The Homesick e esta “St. Boniface” (já podem pagar finos aos rapazes).

Orchestra Baobab prestam tributo a Ndiouga Dieng
· POR Fernando Gonçalves · 31 Jan 2017 · 11:12 ·
© Youri Lenquette

Dez anos depois do lançamento do seu último trabalho de originais, os icónicos senegaleses Orchestra Baobab estão de regresso com Tribute To Ndiouga Dieng.

Este álbum, em forma tributo, pretende homenagear Ndiouga Dieng, membro fundador dos quase “cinquentões” Orchestra Baobab que morreu no final do ano passado, e fá-lo através da fusão entre ritmos afro-cubanos e música tradicional africana. O disco estará disponível a partir do dia 31 de Março e vem com este “Foulo”, revisitação do tema “Kanoute”, canção de amor que retrata a forma como o vocalista Balla Sidibe conheceu a sua mulher. Eis “Foulo”.

Chick Quest: a demanda chegou ao fim
· POR Fernando Gonçalves · 31 Jan 2017 · 10:20 ·


Não propriamente a deles, enquanto banda, mas a demanda por um segundo álbum. Depois de se terem atirado aos leões com Vs. Galore, 2015, os Chick Quest estão de regresso com o “negro” Model View Controller, disco com estreia marcada para dia 24 de Fevereiro.

Nascidos da vontade de fazer renascer das cinzas o chord prog dos westerns italianos dos anos 60 juntando-o ao post-punk dançável do final da década de 70, os Chick Quest criaram um álbum que, de acordo com a sua editora, se pauta por trazer “um som mais negro que desafia categorização, mas sem perder a identidade da banda”. Model View Controller que já deu de si em “Savante Garde”, primeiro single do álbum, e que, agora, dá a conhecer um novo capítulo com o balcânico “Down in a Crypt”, tema escrito pelo vocalista Ryan White e que vai buscar a sua inspiração ao tempo em que este expatriado norte-americano viveu em Belgrado.

Silverio: tu casa, mi casa
· POR André Gomes · 30 Jan 2017 · 16:10 ·


Silverio, o mexicano louco, força da natureza, espécie de lenda viva da auto-destruição, conhecido pelas suas intensas actuações ao vivo regadas a tequila e genitais, acaba de lançar uma nova canção e, como não, um novo vídeo.

Julian Lede, assim é o nome verdadeiro de ​Su Majestad Imperial, aproveita a canção e o video para mandar alguns recados á classe política mexicana.

Pond lançam The Weather
· POR Alexandra João Martins · 30 Jan 2017 · 12:16 ·


Os australianos Pond regressam aos álbuns no próximo dia 5 de maio com o lançamento de The Weather com o selo da Kobalt (Popstock por cá). O vídeo para o single de avanço, "Sweep Me off My Feet", já se encontra disponível e pode ser visto aqui em baixo.

Por trás da produção deste disco está Kevin Parker, dos Tame Impala, como aliás tem vindo a ser hábito. A banda já tem um concerto marcado para Portugal, mais precisamente no Porto, dia 9 de Junho, a propósito do festival Primavera Sound.

Arcade Fire lançam documentário e concerto ao vivo
· POR Alexandra João Martins · 30 Jan 2017 · 12:12 ·


Os Arcade Fire lançaram no passado dia 27 as versões DVD e Blu-ray do documentário The Reflektor Tapes, realizado por Khalil Joseph, e do concerto Live At Earls Court.

O filme retrata o processo de gravação do álbum Reflektor, lançado em 2013, e reúne registos mais íntimos mas também atuações ao vivo. Já o concerto ao vivo no Earls Court, em Londres, realizado em Junho de 2014, serve como complemento ao filme. Ambos os registos estarão disponíveis em formato digital a partir de 17 de fevereiro,

Jethro Tull em Gouveia
· POR Paulo Cecílio · 30 Jan 2017 · 10:29 ·


Os lendários Jethro Tull, que fizeram da flauta um instrumento fixe e que "roubaram" um Grammy aos Metallica, estarão em Portugal no próximo mês de Maio. A banda de Ian Anderson passará pelo renascido Gouveia Art Rock, sendo para já a primeira banda confirmada para o cartaz do festival.

O concerto terá lugar no Teatro Cine Gouveia no dia 7 de Maio (o festival decorre a 6 e a 7) e os preços dos bilhetes deverão ser anunciados em breve.

Lux acolhe Youandewan, Bloom, Roman Flügel
· POR · 30 Jan 2017 · 10:24 ·


A icónica discoteca lisboeta irá receber, no próximo dia 9 de Fevereiro, a presença de JP Simões, alias Bloom (na foto), que irá apresentar as canções do álbum de estreia com este moniker, Tremble Like A Flower. A acompanhá-lo estarão Miguel Nicolau (Memória de Peixe) e Marco Franco, com o concerto a ter lugar pelas 22h30. Na mesma noite, o escocês Youandewan ocupar-se-à dos pratos, em estreia absoluta no Lux, meses após a edição do seu álbum de estreia, There Is No Right Time.

No dia seguinte, será a vez do alemão Roman Flügel se apresentar na pista, e James Monro e Man Power fá-lo-ão a 11 de Fevereiro. Mais informações aqui, aqui, aqui e aqui.

A Xita ocupará a ZdB
· POR Paulo Cecílio · 30 Jan 2017 · 10:20 ·


A Xita Records está a preparar-se para aquela que será a sua segunda grande festa, ocupando para esse efeito a Galeria Zé dos Bois, em Lisboa, no próximo sábado, dia 4 de Fevereiro.

A Noite Xita 2017 contará com a presença de vários artistas ligados à editora, casos de Lucía Vives, João Raposo, Grand Sun, Ninaz e Primeira Dama, entre outros, estando também confirmados concertos especiais de Coelho Radioactivo, João Dória, Hipster Pimba (DJ set), Sun Blossoms, Afonso Simões e Miguel Mira e DJ NinOo. A festa terá lugar a partir das 17h e estender-se-à até de madrugada. Os bilhetes custam 6€ em pré-venda e 8€ no dia e podem saber mais informações aqui.

Teengirl Fantasy deitam-se mais tarde
· POR Paulo Cecílio · 30 Jan 2017 · 10:17 ·
© Erez Avissar

Sete anos após o seu álbum de estreia, 7AM, os Teengirl Fantasy irão editar, este ano, a sequela - habilmente intitulada 8AM.

O disco, que é também o primeiro em cinco anos (Tracer, de 2012, foi o último) será editado no dia 24 de Março pela Planet Mu, e pretende replicar "aquele espaço que existe desde o momento em que se vê o sol nascer, mas o sono ainda não bateu" - pós-rave, portanto. 8AM terá um convidado especial, Le1f, numa das faixas, e o single de avanço, "Star-Rise", já se encontra disponível para escuta.

Gabriella Cohen: a que soa “pink”?
· POR Fernando Gonçalves · 27 Jan 2017 · 18:13 ·


A resposta estará no álbum de estreia de Grabriella Cohen Full Closure and No Details, disco cujo lançamento ocorrerá no próximo dia 3 de Março. “Pink”, que nada tem a ver com a cor ou com uma estética, está, no vocabulário muito idiossincrático de Cohen, a uma vontade, anseio ou coisa de que a compositora goste verdadeiramente.

Gostos e vontades que a compositora australiana transferiu para um disco que se move entre os universos da nostalgia, da tristeza e do triunfo, com o rock, o blues e o indie folk a fazerem as honras do convento. Fiquem com “Downtown” por Gabriella Cohen.

Caetano Veloso no Coliseu do Porto
· POR Fernando Gonçalves · 27 Jan 2017 · 18:11 ·


Depois de já ter andado por cá no ano passado, Caetano Veloso está de regresso a terras lusitanas e não vem sozinho. Desta feita, com ele, traz a cantora de samba Teresa Cristina para a primeira parte de um concerto, integrado na digressão “Caetano Apresenta Teresa”, marcado para dia 25 de Abril no Coliseu do Porto.

Qual “Júlio Isidro” brasileiro, Caetano fará as honras do concerto apresentando Teresa Cristina (acompanhada por Carlinhos 7 Cordas ao violão)ao público e deixando-lhe, simultaneamente, a responsabilidade de fazer a primeira parte com os temas do seu mais recente trabalho Teresa Cristina Canta Cartola, álbum em que a cantora presta homenagem a Cartola, um dos nomes mais conceituados no universo do samba. Os bilhetes custam entre 20 e 70 euros. Fiquem com Caetano Veloso e Teresa Cristina em “Festa Imodesta”.

Sai um “Panado em dois”
· POR Fernando Gonçalves · 27 Jan 2017 · 18:07 ·


Um Panado, “dois pães”. Num, o álbum de estreia cozinhado nos estúdios Hey!Pachuco de Nick Suave ainda sem data de lançamento ou nome, no outro um concerto com as músicas novas marcado para dia 4 de Fevereiro no Musicbox.

Os Panado, banda descoberta por Cláudio Fernandes (Pista) durante o montijense Festival Bistroteca 2015, procura, de acordo com a sua descrição no Facebook, “sexo, drogas e estabilidade política” fazendo do “roque felino” o seu modus vivendi. Modus vivendi que já produziu músicas como o single “Charopes” com que vos deixamos por agora.

O Paraíso segundo Anohni
· POR Fernando Gonçalves · 27 Jan 2017 · 17:38 ·


Depois do lançamento do muito aclamado Hopelessness no ano passado, o alter-ego feminino de Antony Hegarty volta a dar de si. Desta feita, o “evangelho musical” dá pelo nome de Paradise, vem em formato extended-play, e tem estreia maracad para dia 17 de Março.

O novo EP alimenta-se, sobretudo, de novas músicas e temas recentemente estreados ao vivo e contou com a colaboração de Oneohtrix Point Never e Hudson Mohawke. Na sua génese está a vontade de Anohni em quebrar as ideias feitas em relação à música pop fazendo colidir, no processo, a electrónica com letras altamente politizadas. Fiquem com o single que dá nome ao EP “Paradise”. Alinhamento logo depois.



1. In My Dreams
2. Paradise
3. Jesus Will Kill You
4. Enemy
5. Ricochet
6. She Doesn’t Mourn Her Loss
Musa volta aos palcos
· POR Fernando Gonçalves · 27 Jan 2017 · 17:25 ·
© Marta Pina

Um regresso da “cerveja” aos palcos com a sua “invenção musical” Musa Mash, evento marcado para dia 11 de Fevereiro no Café Au Lait, que contará com Gala Drop, Palmiers e Black Sea Não Maya como mestres-de-cerimónias.

A produção estará a cargo da Lovers & Lollypops e a entrada será totalmente gratuita. Fiquem com os Gala Drop e esta “You And I”.

Lambchop “ressuscitam” Prince
· POR Fernando Gonçalves · 27 Jan 2017 · 17:21 ·


Depois do aclamado FLOTUS, editado em Novembro passado, os Lambchop reencarnaram Cristo e decididos a levantar “Lázaro” do seu esquife. “Lázaro” que é nada mais, nada menos do que Prince e a sua “When You Were Mine”, tema que, agora, adquire uma nova roupagem na versão destes norte-americanos de Nashville, Tennessee.

A cover segue na corrente exploratória do r&b seguida pelo “frontmen” Kurt Wagner em FLOTUS, tendência assumida nas contraposições de linhas de piano e ecos subtis a que a voz distorcida de Wagner dá coerência. Fiquem com “When You Were Mine” de Prince sob a visão dos Lambchop.

Morby, McMorrow e Pernadas: as novidades do Super Bock
· POR André Gomes · 27 Jan 2017 · 12:00 ·


Kevin Morby, James Vincent McMorrow e Bruno Pernadas. São os três nomes mais frescos apontados ao cartaz do Super Bock Super Rock. Actuarão todos no Palco EDP. O primeiro no dia 13, o segundo e terceiro no dia 15 de Julho.

Estes três nomes juntam-se aos já confirmados Red Hot Chili Peppers, Capitão Fausto, Boogarins, Deftones e Foster the People. Bilhetes? O passe de três dias custa 109 euros, o diário fica por 55. 

Principe Valiente em Portugal
· POR Paulo Cecílio · 26 Jan 2017 · 16:40 ·


Os Principe Valiente, banda sueca cuja sonoridade aproxima os mundos do pós-punk e do shoegaze, estão de regresso a Portugal para apresentar o seu terceiro álbum, ainda sem título anunciado, e que será o sucessor de Choirs Of Blessed Youth, editado em 2014.

Os Principe Valiente actuarão primeiro em Lisboa, no Sabotage, já esta sexta-feira (com os Rainy Days Factory), seguindo-se o Porto, no Hard Club (na companhia dos Dominus Mortalis & Dark Occvltation). Os bilhetes para cada um dos concertos custam 12€. Mais informações aqui e aqui.

SOM de GMR: nascer e criar em Guimarães
· POR Fernando Gonçalves · 26 Jan 2017 · 16:23 ·
© Margarida Ramos

Serão, no total, sete os projectos musicais nascidos em Guimarães que o ciclo “SOM de GMR” se pretende levar ao palco do CCVF – Centro Cultural Vila Flor - durante os próximos cinco meses. Captain Boy, Hot Air Ballon, Gobi Bear, Toulouse, Lince, El Rupe e Paraguaii são os “sete magníficos” escolhidos pelo programador do “SOM de GMR” Rui Torrinha, responsável que explica, deste modo, a génese e objectivos do projecto: “Decidimos mapear um primeiro conjunto de músicos e bandas que está a inscrever na identidade cultural da cidade e do país uma assinatura contemporânea forte e muito diversificada. Uma mostra de 7 projectos que corporiza a visão do paradigma de cidade de criação, no qual Guimarães se está gradualmente a converter. Uma mostra que começa a alicerçar a ideia de music city cuja primeira base é naturalmente a emergência e afirmação do talento local”.

A inauguração deste ciclo acontecerá amanhã com o cantautor Captain Boy e a estreia do seu primeiro LP 1 no Café Concerto do CCVF a partir das 24 horas. 1 aparece depois de, em 2015, Captain Boy ter lançado o seu primeiro e homónimo artefacto discográfico em formato EP Captain Boy, e é, de acordo com a informação que nos foi facilitada, um “álbum sobre fragilidades” despido de tudo quanto seja acessório e gravado da forma mais nua e crua possível. Fiquem com Captain Boy e esta "Sailorman", segundo single retirado a 1. ​E fiquem com a programação completa do ciclo logo depois.


 
Captain Boy
Sexta 27 Janeiro
CCVF / Café Concerto / 24H00/ 3 euros
 
Hot Air Balloon
Sexta 17 Fevereiro
CCVF / Café Concerto / 24H00
 
Gobi Bear
Sexta 03 Março
CCVF / Café Concerto / 24H00
 
Toulouse
Sexta 17 Março
CCVF / Café Concerto / 24H00
 
Lince
Sábado 08 Abril
CCVF / Pequeno Auditório / 21H30
[Concerto inserido no WESTWAY LAB FESTIVAL]
 
El Rupe
Sexta 28 Abril
CCVF / Café Concerto / 24H00
 
Paraguaii
Sexta 05 Maio
CCVF / Café Concerto / 24H00
Ryley Walker em dose dupla por terras lusas
· POR Fernando Gonçalves · 26 Jan 2017 · 16:12 ·


Depois de, no ano passado, ter estado por cá para actuações no Vodafone Paredes de Coura e numa das sessões do Vodafone Music Sessions o músico norte-americano Ryley Walker está de regresso para nova dose dupla de concertos. O primeiro acontecerá no dia 12 na ZDB, Lisboa, enquanto o segundo exigirá do artista uma viagem até ao Norte do país, mais concretamente ao gnration bracarense, local onde actuará no dia seguinte.

Quem se deslocar à ZDB vai encontrar bilhetes a 8 euros. Já na cidade dos arcebispos a entrada ficar-se-á pelos 7 euros. Fiquem com “The Roundabout”, tema extraído ao mais recente álbum do compositor Golden Sings That Have Been Sung.

SMUP vai acolher a primeira edição do FEM Fest
· POR Nuno Catarino · 26 Jan 2017 · 16:09 ·


Numa co-produção com a Cultura no Muro, nos dias 16, 17 e 18 de Fevereiro realiza-se a primeira edição do FEM Fest na SMUP - Parede. O programador, Rui Eduardo Paes, explica o conceito do festival: "As músicas urbanas do nosso tempo não só são dominadas por homens como se tornaram tendencialmente machistas, misóginas e chauvinistas. Neste cenário, formar uma banda feminina é por si só um acto de denúncia e de emancipação. O FEM Festvem demonstrar que há um outro modo de estar na música, reunindo alguns dos projectos que em Portugal estão a mudar o ADN do rock e da pop."

No dia 16 de Fevereiro, quinta, há concertos de Izzy Bunny e Ninaz; a 17 actuam dois duos: Tender Bender e Clementine; e no sábado, 18, a SMUP acolhe as actuações de Surma (na foto) e Panelas Depressão. O festival é complementado com actividades paralelas: no dia 15 de Fevereiro o Clube de Leitura da SMUP aborda o tema "Feminismos" e no dia 18, às 15h00, há um workshop de Autodefesa Feminina.

Bodyspace leva libanesa Nadine Khouri ao Maus Hábitos (Porto) em Fevereiro
· POR André Gomes · 26 Jan 2017 · 14:34 ·
© Sofia Miranda

Bodyspace apresenta:
Nadine Khouri
 
Maus Hábitos, Porto
16 de Fevereiro, quinta-feira
22h00
 
5 euros
 
O trabalho da libanesa Nadine Khouri, a viver actualmente em Londres, tem vindo a criar fascínio e admiração desde os seus primeiríssimos passos. E isso não passou despercebido ao sempre atento John Parish, colaborador habitual de PJ Harvey, que a convidou para cantar no seu último disco, Screenplay, editado em 2013. Mas a relação entre ambos não se ficou por aí. John Parish acabaria mesmo por produzir aquele que é o disco de estreia de Nadine Khouri, o muito esperado The Salted Air, um registo que mostra uma artista influenciada pelo dream pop, pelas bandas-sonoras de Barry Adamson e pelo spoken word. A sua voz, próxima da de Hope Sandoval ou Stina Nordenstam, quente, delicada, é certamente uma das vozes mais singulares da actualidade. É o momento certo para ver uma artista que está no caminho óbvio e natural do reconhecimento do grande público. Este concerto marca a estreia nacional absoluta de Nadine Khouri em Portugal. Absolutamente imperdível.
Mario Batkovic: acordeão mágico em novo disco
· POR André Gomes · 26 Jan 2017 · 11:58 ·


Em Março, o acordeonista suíço (nascido na Bósnia) lançará um novo disco com o selo da Invada. Depois da inacreditável "Quatere" (pela vossa saúde, ouçam aqui), o músico acaba de mostrar mais um dos temas que farão parte desse disco.

"Semper", o tal novo tema, pode ser ouvido - e visto - aqui em baixo. E continua a contribuir para aumentar as expectativas acercas deste seu novo trabalho. Estejamos todos muitos atentos.

Mount Eerie anuncia novo disco
· POR Paulo Cecílio · 25 Jan 2017 · 23:55 ·


Infelizmente, o novo disco de Phil Elverum enquanto Mount Eerie vem carregado de mágoa, sucedendo à morte da mulher, Geneviève Castrée, em Julho passado, devido a um cancro.

A Crow Looked At Me foi composto no mesmo quarto onde esta faleceu, utilizando os seus instrumentos e, até, escrevendo as letras nos seus cadernos. Não será um álbum fácil. À semelhança de "Real Death", single de avanço para o mesmo. A data de lançamento é a 24 de Março.

Um mundo Bonito, é o que queremos
· POR Paulo Cecílio · 25 Jan 2017 · 23:51 ·


Na próxima sexta-feira, os Kero Kero Bonito regressam a Portugal para apresentar a sua j-pop indie, todo um conceito maravilhoso, num concerto que terá lugar no Musicbox, em Lisboa, a partir da 1h30 - o que vos dá tempo de ir beber uns canecos antes.

Com os britânicos virá o seu último álbum Bonito Generation, editado em 2016. Na mesma noite, no mesmo espaço, os Mundo Segundo subirão a palco para mostrar os temas de Sempre Grato, ao passo que os Kero Kero Bonito sucederão a Catxibi - ficando o fecho nas mãos dos Afrokillerz. Respectivamente: 10€, 8€ e 9€.

Não estamos preparados para isto
· POR Paulo Cecílio · 25 Jan 2017 · 23:50 ·


De um lado, Bonga: homem que lutou por liberdades e que ainda teve tempo para fazer alguns dos discos mais essenciais da música africana dos anos 70. Do outro, B Fachada: homem que já não precisou de lutar por assim tantas liberdades mas que fez alguns dos discos mais essenciais da música portuguesa dos últimos dez anos. O que irá suceder quando ambos pisarem, na mesma noite, o palco da Galeria Zé dos Bois - para além de mandarem a casa abaixo?

Ainda não se sabe. O que se sabe é que o concerto está esgotado, pelo que a vossa melhor hipótese será tentar a candonga. Mas, valha a verdade, quem seria estúpido o suficiente ao ponto de vender a sua entrada para este espectáculo único? Bonga e B Fachada estarão na Zé dos Bois esta sexta-feira, a partir das 22h. Mesmo sendo inverno apostamos que todos os que ali forem irão suar em bica.

Nome hindu para retro-experimentação checa
· POR Fernando Gonçalves · 25 Jan 2017 · 23:48 ·


Vem da República Checa mas o nome parece retirado de uma lista do registo civil indiano ou bangla. Romjbor Klanglabor é a assinatura musical do artista checo Jan Hájek e foi com ela que acabou de lançar a sua obra primeira III-timed Esoteric.

Depois de muita experimentação, Jan Hájek decidiu explorar as bandas sonoras de filmes de instrução, em 16mm, dos anos 60 e 70. Aos áudio originais, o músico juntou guitarras eléctricas, sintetizadores analógicos e samplers de velhas K7s áudio checas. O resultado foi este III-timed Esoteric, álbum no qual se encontra o tema “Information Thaw”:

British Sea Power têm disco novo no forno
· POR Fernando Gonçalves · 25 Jan 2017 · 23:47 ·


Let The Dancers Inherit The Party
é a fornada de música nova, lançamento a 31 de Março, que os British Sea Power estão a preparar na sua “padaria” musical.

O novel álbum, que aparece depois de quatro anos depois de Machineries Of Joy, assenta sobre pressupostos rock que se estendem até á imediata pop. Desta “fusão” resulta, para já, o single de avanço para este Let The Dancers Inherit The Party “Bad Bohemian”, música que podem ouvir desde já:

Orquestra Jazz de Matosinhos celebra 20 anos em casa
· POR Nuno Catarino · 25 Jan 2017 · 23:47 ·


No início de 1997, por iniciativa de Pedro Guedes, nasceu a Héritage Big Band, que se iria transformar na Orquestra Jazz de Matosinhos. Celebrando 20 anos, a Orquestra vai actuar no dia 20 de Janeiro na cidade onde surgiu.

Ao longo destas duas décadas a big band tem exibido qualidade irrepreensível e uma lata amplitude estilística, colaborando com gente como Carla Bley, Lee Konitz, Kurt Rosenwinkel, João Paulo Esteves da Silva, Chris Cheek ou Sérgio Godinho, entre outros. Após viajar pelo mundo, a Orquestra Jazz de Matosinhos vai festejar no dia 30 de Janeiro, às 21h30, na sua casa, no renovado edifício da Real Vinícola​ (Av. Menéres, Matosinhos).

Um Ao Molhe, todos a ir
· POR Paulo Cecílio · 25 Jan 2017 · 23:45 ·
 
Está quase a começar uma nova edição do Um Ao Molhe, festival itinerante composto exclusivamente por one man/woman bands que percorrerá praticamente todo o país a partir do dia 3 de Fevereiro.

A primeira sessão ocorre na Associação Cultural Zona Livre, em Vila Real, e conta com a presença de nomes como Gobi Bear (na foto), Coelho Radioactivo e Daniel Catarino, entre outros, seguindo depois para Lamego, Bragança, São Pedro Do Sul, Tondela, Viseu, Leiria, Fátima, Pombal, Caldas Da Rainha, Famalicão, Barcelos, Roriz e Esposende e, uff!, acho que é tudo. Ou talvez não. Saibam mais aqui.

Niagara com novo EP
· POR Paulo Cecílio · 25 Jan 2017 · 23:44 ·


O trio lisboeta irá editar, na primeira semana de Fevereiro, um novo EP através da sua nova label, a Ascender. 37 estará disponível numa edição de 250 vinis de 12'' carimbados à mão e, também, para download digital, sendo desde já possível escutar "Paradela", o primeiro single. O disco conterá quatro faixas e é o sucessor de São João Baptista, editado o ano passado.

Entretanto, a FACT pediu aos Niagara que lhe fizessem um mix bonito, o qual pode ser ouvido aqui e que contém temas de La Düsseldorf, Gal Costa, Cluster e dos próprios.

Ryan Adams dá tudo em nova box set
· POR Paulo Cecílio · 25 Jan 2017 · 23:43 ·


Ainda mal Prisoner se instalou de forma definitiva no nosso 2017, e já o seu autor se encontra a preparar uma gigantesca box set em torno do mesmo. Ryan Adams irá editar em Fevereiro, para além da versão "normal" de Prisoner, uma "caixa" que conterá não só o disco em questão - dividido por 12 discos de 7'', tantos quantos as faixas que o compõem - como também nada menos que 17 lados B e artwork diferente para cada um deles.

E não é só; os fãs terão também a oportunidade de possuir um modelo, em 2D, do seu cenário em palco, incluindo figurinhas da banda (e do próprio, o que dará para acalmar alguns fetiches mais estranhos). Prisoner: END OF WORLD já está disponível em regime de pré-venda, e 12 compradores sortudos e aleatórios poderão ainda vir a receber, dentro da caixa, um 7'' com uma versão acústica de um dos temas do álbum. Tudo aqui.

Mew com novo disco
· POR Paulo Cecílio · 25 Jan 2017 · 23:41 ·


Enquanto o outro Mew não dá um ar da sua graça no Pokémon Go, valham os dinamarqueses para acalmar a mágoa. Os Mew estão a preparar-se para lançar um novo álbum, Visuals, que assim sucede a +- (2015) e que tem data de lançamento marcada para o dia 28 de Abril.

Segundo o vocalista, Jonas Bjerre, Visuals nasce da digressão efectuada pela banda em apoio ao seu antecessor: «Alcançámos um pico de criatividade, compusemos na estrada e a chama acendeu», explica, acrescentando que a banda quis «fazer um álbum de forma espontânea, que mantivesse a energia gerada por essa digressão». O primeiro single, "Carry Me To Safety", já está disponível para escuta, e em Maio os Mew andarão numa nova digressão pela Europa. Concertos em Portugal é que parece que nada. É pena.

Moledo avança a todo o vapor
· POR Paulo Cecílio · 25 Jan 2017 · 23:39 ·
 
O festival minhoto continua a revelar grandes e boas surpresas a todos os que decidirem rumar, em Agosto, até uma das mais pesadas praias do país. O Sonicblast anunciou, esta semana, mais uma série de nomes para a sua edição de 2017, entre eles o dos Orange Goblin (na foto), que assim regressam a Portugal depois de um belo concerto no Milhões.

Mas não só; também os Kadavar, Sasquatch, Yuri Gagarin, The Well e Mammoth Weed Wizard Bastard passarão por Moledo do Minho a 11 e 12 de Agosto, juntando-se assim aos anteriormente confirmados Elder, Kikagaku Moyo e Monolord para sessões de pancadaria ríffica. Os bilhetes para o Sonicblast já se encontram à venda em todos os locais habituais, ao preço de 35€ até final de Fevereiro. Visto que depois aumentam, é melhor ir a correr.

Peter Broderick regressa com projecto a dois
· POR Fernando Gonçalves · 25 Jan 2017 · 15:27 ·


Broderick uniu esforços com David Allred, companheiro de muitas viagens musicais, e dessa sinergia fez-se Allred & Broderick, duo que se apresta para editar o seu álbum de estreia Find The Ways no próximo dia 7 de Abril.

Vozes, violino e baixo são os ingredientes de um álbum em que o duo se esforçou por ser o mais minimalista, rude e honesto possível sendo, deste modo, uma espécie de ode às coisas simples e fundamentais que dão sentido à vida. Entretanto, o primeiro single desta odisseia a dois já está disponível para escuta. Chama-se “The Ways” e podem encontra-la aqui em baixo.

"Novo" Father John Misty é “pura comédia”
· POR Fernando Gonçalves · 24 Jan 2017 · 16:44 ·


Não, não falamos da propensão de Father John Misty para ser “o Jim Morrison possível” mas sim do seu novo e muito esperado álbum Pure Comedy, disco com estreia prevista par dia 7 de Abril, e do single que lhe dá nome, tema acabado de sair do forno.

Escrito durante o ano de 2015, Pure Comedy deambula por entre os universos da tecnologia, fama, política, ambiente e a natureza humana fazendo da força delicada da voz de Josh Tillman aka Father John Misty o seu ponto referencial. Fiquem com “Pure Comedy”.

Coisas que vocês querem ouvir: música nova de Real Estate
· POR André Gomes · 24 Jan 2017 · 15:24 ·


Está sol. São os Real Estate, que acabam de anunciar um novíssimo álbum. E novo single, claro está. O disco chama-se In Mind e será lançado a 17 de Março com o seço abençoado da Domino. O primeiro single chama-se “Darling”  e pode ser ouvido - e visto - ali em baixo.

A canção propriamente dita, continua a explorar os mesmos ambientes a que os Real Estate nos habituaram nos últimos (bons) anos: indie rock clássico com guitarras na dianteira. Algo que cai sempre bem, não?


Thrills & The Chase e a sua banda sonora para segundas à noite
· POR Fernando Gonçalves · 24 Jan 2017 · 15:02 ·


Depois de dois EP (2012 e 2014) o quinteto paulista Thrills & The Chase acaba de estrear o seu primeiro longa-duração Original Monday Night Soundtrack, disco que foge da criação de géneros ou subgéneros novos como o Passos Coelho foge dos pagamentos à Segurança Social e se debruça afincadamente sobre o rock saído do ventre negro dos blues.

Pensado como OST para um filme fictício, onde as ruas sujas de São Paulo serviriam de cenário e os passantes de actores quase principais numa controversa segunda-feira, Original Monday Night Soundtrack é rock que passa harmonicamente os olhos pelo jazz e pelo soulfunk e de cujo o exemplo maior é o single “Ballad Of The Underworld”.

Methyl Ethel anuncia novo álbum com surrealista “Ubu”
· POR Fernando Gonçalves · 24 Jan 2017 · 15:00 ·


A tripla de Perth, Austrália, está de volta aos discos com Everything Is Forgotten, álbum que surge depois do lançamento, em 2015, de Oh Inhuman Spetacle,

Com estreia marcada para o dia 3 de Março, este novo trabalho dos australianos Methyl Ethel faz-se anunciar através do single Ubu, tema que tem como fonte de inspiração o francês Alfred Jarry, conhecido como Ubu Rei e um dos “pais” do surrealismo. Surrealismo que acompanha o vídeo para “Ubu”, música cujas margens acomodam um “rio” de dream pop. Fiquem com Methyl Ethel e o novo “Ubu”.

R. Stevie Moore faz acontecer novo álbum
· POR Fernando Gonçalves · 24 Jan 2017 · 14:47 ·


Make It Be
é o seu nome e foi criado em parceria com Jason Falkner na “fancy” Hollywood. Este novo trabalho da “lenda” do lo-fi R. Stevie Moore tem estreia prevista para dia 7 de Abril via Bar None Records.

Desta surpreendente colaboração já se pode ouvir o single de avanço “I H8 Ppl”, tema-jornada pelo universo do rock, do pop e da música experimental para ouvir a partir de agora.

Internacionalização da Música portuguesa em debate na Casa da Música
· POR Fernando Gonçalves · 24 Jan 2017 · 14:33 ·


A AMAEI (Associação Profissional de Músicos Artistas e Editoras Independentes) vai, no próximo dia 28 de Janeiro, promover nas instalações (Sala de Ensaios 10) da Casa da Música, Porto, o debate/workshop “Internacionalização da Música Portuguesa”.

A ideia deste debate/workshop passa, de acordo com a associação, por “proporcionar um melhor entendimento da experiência na Holanda, assim como a possibilitar o diálogo com agentes culturais, profissionais da música e artistas que trabalhem para levar a sua música para além de Portugal” e contará com a presença de Pedro Nascimento (Turbina) e João Afonso (Exclusiph, Beats per Image e Tomorrow Comes Today) como representantes da indústria e Ed Rocha Gonçalves (Best Youth), Pedro Rodrigues (Holy Nothing) e Nuno Rodrigues (Glockenwise) do lado dos artistas.

A participação nesta acção carece de inscrição que poderá ser efectuada aqui (ana@amaei.org) até dia 27 de Janeiro com o custo de 5 euros (não associados). Os sócios têm entrada livre. Fiquem com os “internacionais” (acabados de chegar do Eurosonic) Glockenwise e esta “Heat”.

Eleanor Friedberger no Musicbox com disco novo
· POR Fernando Gonçalves · 24 Jan 2017 · 14:16 ·


Será no próximo dia 11 de Fevereiro que a cantora e compositora nova-iorquina Eleanor Friedberger subirá ao palco do Musicbox com o seu novo trabalho de originais New View. Álbum de costa-a-costa (pensado em Los Angeles e gravado em Nova Iorque), New View é o terceiro registo a solo de Friedberger e vem catalogado como um “disco emocionalmente directo e humano” em que o tom melancólico e a voz terna da cantora continuam como pilar de toda a criação.

Nessa noite de 11 de Fevereiro Eleanor vai dividir o palco com o português King John, músico açoriano que faz do blues a sua energia vital. Os bilhetes custam 12 euros. Fiquem com Eleanor Friedberger e um teaser do que se pode esperar deste novo New View.

José James tem um novo amor
· POR Fernando Gonçalves · 24 Jan 2017 · 14:10 ·


Os tempos seguem conturbados, política, social e economicamente, nem o tempo meteorológico escapa. José James vendo tudo isto não ficou quieto e lançou-se na consumação de um novo álbum, Love In Time Of Madness cuja edição está prevista para dia 24 de Fevereiro.

“Amor criador feito ”de r&b repleto de soul, pop electrónica, beats trap, com ocasionais influências da folk africana, do gospel americano e do funk de Minneapolis, Love In Time Of Madness faz-se anunciar através do single “Always There”, tema com que vos deixamos por agora.

A Pointlist celebra no Damas
· POR Paulo Cecílio · 23 Jan 2017 · 16:33 ·


A Pointlist, promotora e editora sediada em Évora, irá viajar até ao Damas, em Lisboa, para celebrar o seu terceiro aniversário.

Consigo virão, também, os The Sunflowers, Fugly, 800 Gondomar, o supergrupo Dinozorg e DJ sets de Balboas Connection e Pointboys. A entrada é, como de costume no Damas, livre - sendo que a festa faz-se no dia 18 de Fevereiro, a partir das 22h30. Soprem-se as velas.

O Ministerium vai dar em label
· POR Paulo Cecílio · 23 Jan 2017 · 16:30 ·


Quatro anos após a sua abertura ao público, e após acolher alguns dos nomes mais sonantes da electrónica mundial, o Ministerium Club, em Lisboa, vai voltar agulhas para a edição.

A Ministerium Records nasce "oficialmente" no próximo mês de Março, com o lançamento daquele que será o primeiro EP da label, com temas de Jorge Caiado, Phil Evans, Markus Sommer, Michael Melchner & Patrick Klein, mas antes disso haverá festa de lançamento, a 3 de Fevereiro, que contará com a presença de Fumiya Tanaka, Markus Sommer & Phil Evans, Jorge Caiado e João Maria, DJ e gestor da editora - que apostará exclusivamente no vinil. Sigam aqui.

Human Tetris em Portugal
· POR Paulo Cecílio · 23 Jan 2017 · 15:53 ·


Após uma paragem de quatro anos, os russos Human Tetris - e faz sentido que sejam russos, com este nome - estarão por Portugal no início de Fevereiro para apresentar os temas de River Pt. 1, mini-álbum editado o ano passado ao qual, pressupõe-se, se seguirá uma segunda parte.

O primeiro encontro dos Human Tetris com o povo português far-se-à no Hard Club, no Porto, a 3 de Fevereiro (12€), seguindo-se o Stairway Club, em Cascais, no dia seguinte (10€ antecipado, 12€ na porta). Mais aqui e aqui.

Omar-S em Portugal
· POR Paulo Cecílio · 23 Jan 2017 · 15:31 ·


Ainda com The Best!, disco editado o ano passado, a bater forte, Omar-S estará de regresso a Portugal para apresentar a sua visão do house em duas datas, em Lisboa e Porto.

A primeira mesa a acolhê-lo será a do Lux, em Lisboa, no dia 3 de Fevereiro (na companhia de Suzanne Kraft e Terzi), seguindo-se o Indústria, no Porto, no dia seguinte. Mais informações aqui e aqui.

Our First 100 Days ou como chorar sobre Trump derramado
· POR Fernando Gonçalves · 23 Jan 2017 · 15:11 ·


Depois de casa arrombada, trancas à porta. O mundo ainda não percebeu que as votações/revoluções não se fazem via Facebook ou Twitter e que as indignações per si não ganham eleições. Trump presidente continua a ser um dos baluartes deste estado de coisas e Our First 100 Days é a mais recente “indignação”.

Esta compilação Secretly Canadian que engloba nomes como Angel Olsen, Mitski, Whitney, Toro Y Moi, Jens Lekman, Tim Heidecker e Will Oldham entre outros, propõe-se contestar a “nova ordem política” norte-americana lançando, por dia, um tema original anti-Trump criado por cada um dos artistas que a compõem (a compilação terá um preço unitário de 30 dólares). Esta tarefa terá o seu término no fim dos cem primeiros dias do mandato do presidente eleito.

E é tudo, como tal, já podem voltar para os vossos muito estéticos e “revolucionários” posts no vosso Facebook e pensar em novas indignações para quando Le Pen for eleita em França ou quando o inefável Coelho vos voltar a “aconselhar” a emigrar. Porque, afinal de contas, são todos iguais e o que interessa é ser “thug” ou “unicorn” e não ir votar é muito “overrated”. Fiquem com Angel Olsen e “Fly On Your Wall”, primeiro de uma série de 100 temas anti-Tump e que foi libertado no dia da tomada de posse do 45º presidente dos EUA.

Sandy Kilpatrick homenageia Portugal em disco
· POR Fernando Gonçalves · 23 Jan 2017 · 14:53 ·


A viver há mais de uma década no nosso país, o escocês Sandy Kilpatrick prepara-se para lançar um disco que servirá de homenagem ao país que lhe serve de casa. Confessions From The South é o nome desta ode à portugalidade e verá a luz do dia no próximo dia 17 de Março.

Apesar de cantado em inglês, Confessions From The South o disco, de acordo com o músico, procura reflectir a portugalidade que já está inerente à sua criação musical e do qual salta como exemplo o single de apresentação deste álbum “Whispering Wind”.

Em relação a este tema, “nascido” em Sagres e que serve de mote para todo o álbum, Kilpatrick explica: “primeira canção lançada do álbum Confessions from The South que nasceu nas selvagens paisagens desta vila (...) a ponta mais ocidental do continente europeu com os seus ventos fortes e que foi o palco para o início dos descobrimentos portugueses vai revelando a sua beleza e dureza de vida, e é esta dicotomia que serve como ponto de partida para este meu novo álbum".

Confessions from The South é o primeiro de um conjunto de quatro álbuns homenagem a diferentes países que, de alguma forma, marcaram a vida de Sandy Kilpatrick. Portugal é o primeiro deles sucedendo-lhe a Irlanda, a Escócia e a Noruega. Fiquem com “Whispering Wind”.

Jake Xerxes Fussell está de regresso aos discos
· POR Fernando Gonçalves · 23 Jan 2017 · 14:50 ·



O cantautor natural da Carolina do Norte anunciou o seu regresso aos discos com What In The Natural World, álbum com edição mundial marcada para o dia 31 de Março.

Depois de se ter estreado em 2014 com o homónimo Jake Xerxes Fussell, álbum em que a veia tradicionalista do folk da Georgia e do Alabama convergiam, este segundo full-lenght, não desprezando o folk, segue uma linha mais “negra” e “blues”, linha da qual o primeiro single “Have You Ever Seen Peaches Growing on a Sweet Potato Vine?” (um tema tradicional recriado) é um dos exemplos.

“O melhor” da nova MPB de visita a Portugal
· POR Fernando Gonçalves · 23 Jan 2017 · 14:43 ·


A promotora Uguru vai estender, pela segunda vez, uma passadeira pintada a amarelo e verde entre o Brasil e Portugal através da “Avenida Paulista - O Melhor da nova geração da Música Popular Brasileira”, tournée que trará, no próximo mês de Fevereiro e tal como o nome indica, artistas emergentes no cenário da MPB. O pontapé de saída dar-se-á nas noites de dia 10 e 11 de Fevereiro no Teatro São Luíz, Lisboa, com os concertos de MOMO (artista radicado na capital portuguesa) e Dom La Nena (dia 10) e Mariana Aydar & Dani Black e Márcia Castro (dia 11).

No mesmo dia 11, o Cine-Teatro Louletano, Loulé, receberá, por sua vez, MOMO e Dom La Nena para no dia seguinte chegar a vez de Mariana Aydar & Dani Black e Márcia Castro pisarem solo algarvio. Os preços para as apresentações na capital variam entre os 8 e os 15 euros, enquanto para Loulé se ficam pelos 15. Fiquem com Mariana Aydar e este “Samba Triste/Saiba Ficar Quieto”.

Novo tema dos Arcade Fire morde os calcanhares a Trump
· POR Fernando Gonçalves · 23 Jan 2017 · 14:30 ·


Trump no Capitólio e os Arcade Fire a morderem-lhe os calcanhares com mais uma ode à sua imbecilidade. “I Give You Power” é o nome da música nova lançada pelos canadianos Arcade Fire em forma de protesto pela eleição do multimilionário e perito em bancarrotas Donald Trump.

Com o lançamento do tema, os Arcade Fire fizeram chegar, via Twitter, a seguinte nota: “Nunca, como agora, foi tão importante que nos mantenhamos unidos e olhemos uns pelos outros”. Dados consumados, o lançamento da música e a tomada de posse de Trump, fiquem com o som desta “I Give You Power”.

1º samba registado celebra 100 anos de existência
· POR Fernando Gonçalves · 23 Jan 2017 · 14:26 ·


“Pelo Telefone” é o nome daquele que ficou gravado na História como o primeiro samba registado de sempre. A composição, registada por Ernesto dos Santos a 27 de Novembro de 1916 e lançada a 20 de Janeiro de 1917, ganha hoje, 100 anos depois desse marco, uma nova roupagem com a sua recriação em dez partes por produtores da nova vaga da música brasileira através da colectânea Desde que o Samba era Samba — Pelo Telefone Revisitado.

Este álbum, com o selo da editora Solta, é dedicado à natureza mestiça e desafiadora do género, que hoje pode ser compreendida dentro do prolífico (e internacionalmente reconhecido) cenário da "bass music" — subcultura representada por estilos como trap, drum and bass, footwork e dubstep e contou com a colaboração dos músicos Giana Viscardi (voz), João Parahyba (do Trio Mocotó, nas percussões) e Janja Gomes (violão). Fiquem com a centenária “Pelo Telefone” recriada por Master Rylle Bahia Bass Remix e, ali em baixo, com o alinhamento de Desde que o Samba era Samba — Pelo Telefone Revisitado.



01. Pelo Telefone (5ierra Remix)
02. Pelo Telefone (JLZ Remix)
03. Pelo Telefone (Piskksels X DKVPZ Remix)
04. Pelo Telefone (FURACÃO 5555 Remix)
05. Pelo Telefone (Master Rylle Bahia Bass Remix)
06. Pelo Telefone (Rafareis Remix)
07. Pelo Telefone (Arcade Fighters Remix)
08. Pelo Telefone (Jeff Remix)
09. Pelo Telefone (DJ Flavya Remix)
10. Pelo Telefone (Poligamyk & Imaginary Frank Remix)
Disco de estreia de Joe Goddard (Hot Chip / The 2 Bears) aterra em Abril
· POR André Gomes · 23 Jan 2017 · 12:27 ·


Ouvimos um novo single em Dezembro. E agora ouvimos o novo single que oficializa a chega do disco de estreia a solo. Falamos de Joe Goddard, membro dos Hot Chip e ​metade dos The 2 Bears. E falamos de Electric Lines, o disco.

Enquanto o álbum não chega, o que acontecerá a 21 de Abril via Greco-Roman/Domino, é possível já ouvir então "Music Is The Answer". Sobretudo nestes tempos. "I tried really hard to make it as strong and beautiful as I could, and I tried to follow my intuition and instincts, rather than overthinking and ironing out the soul. I'm excited for you to hear it", disse o próprio, assim em inglês e tudo. 

Goldfrapp: novo disco chega em Março
· POR André Gomes · 23 Jan 2017 · 12:20 ·


Eles andam aí. "Anymore" é o primeiro single da nova vida dos Goldfrapp. O sétimo disco da banda que já nos fez sonhar tantas vezes chama-se Silver Eye e será lançado a 31 de Março com o selo discográfico da Mute.

Boas notícias: já podem encomendar o disco em questão. Em versão CD (os primeiros 1000 são assinados pela banda) ou em vinil. Tratem disso desde já aqui. Ouçam o single de avanço do novo disco aqui em baixo.

Brasileira Luana Carvalho lança disco (duplo) de estreia
· POR André Gomes · 23 Jan 2017 · 11:54 ·
© Tati Domais

A brasileira Luana Carvalho, filha da sambista Beth Carvalho, acaba de lançar o seu primeiro disco. Que na verdade até são dois. Sul | Branco (com o selo da Coqueiro Verde) sai em formato físico como um álbum duplo mas nas plataformas digitais têm vidas separadas.

Enquanto que em Branco Luana tem uma extensa lista de convidados (e autores), Sul tem apenas Luana, Domenico Lancellotti, Pedro Sá e Moreno Veloso (que produziu o disco). Sul chegou depois para completar Branco. Podem ouvir os dois discos aqui em baixo.




Half Waif apresentam disco novo em Vila Real
· POR Fernando Gonçalves · 20 Jan 2017 · 12:10 ·


Os norte-americanos Half Waif estão de armas e bagagens aviadas para Portugal. Vila Real e o seu Club são o local de destino. No dia 2 de Fevereiro, data única em Portugal, os Half Waif andarão por Trás-Os-Montes a apresentar o seu novo trabalho de originais Probable Dephts, álbum lançado em Maio do ano passado.

Os bilhetes para este concerto custam a módica quantia de 5 euros. Fiquem com a bela “Nest”, música com que Probable Dephts se deu a conhecer ao mundo. https://www.youtube.com/watch?v=tmF2ClznAso

Spoon: Hot Thoughts a caminho
· POR Fernando Gonçalves · 20 Jan 2017 · 12:05 ·


Já não são só pensamentos mas também ainda não são coisa palpável. Falamos do novo disco dos Spoon Hot Tougts cuja estreia está marcada para dia 17 de Março via Matador Records.

Dez temas, entre os quais o single que dá nome ao álbum e que hoje se dá a conhecer, multifacetados e “corajosos” que a assessoria de imprensa da banda descreve como o trabalho “mais inventivo” da banda até à data. Eis a primeira amostra para Hot Toughts.

Blossoms no Alive’17
· POR Fernando Gonçalves · 20 Jan 2017 · 12:01 ·


Confirmação e estreia absoluta dos Blossoms nos palcos portugueses. A debute acontecerá a 6 de Julho no palco Heineken e terá como foco principal o primeiro álbum da banda Blossoms editado no ano passado.

Para além dos Blossoms, a organização já tinha confirmado as presenças dos Alt-J, Depeche Mode, Foo Fighters, Imagine Dragons, Kodaline, Parov Stelar, Phoenix, Ryan Adams, The Kills, The Weeknd, The xx, Wild Beasts e Warpaint. O festival realiza-se entre os dias 6 e 8 de Julho com o preço dos bilhetes a variar entre os 59 (diários) e os 129 euros (passe geral). Fiquem com os Blossoms e o single “Cut Me And I’ll Bleed”.

Ryan Adams acha que hoje é o dia do Juízo Final
· POR André Gomes · 20 Jan 2017 · 11:22 ·


"Doomsday”. É assim que se chama a novíssima canção de Ryan ADams, retirado do seu próximo disco, Prisoner, que será lançado a 17 de Fevereiro. E, claro, não deve ser obra do acaso. Não fosse hoje o dia da tomada de posse do próximo presidente dos Estados Unidos, Donald J. Trump.

Recordamos que Ryan Adams volta a Portugal a 6 de Julho para actuar no NOS Alive. O novo disco estará disponível em vários formatos: standard digital, HD digital, vinil de 180 gramas, CD, uma edição limitada em vinil vermelho que estará disponível nalgumas lojas de discos independentes e ainda a “Prisoner Mystery Box” (os pormenores quando a esta serão revelados em breve).

Coura vai ter Future Islands
· POR André Gomes · 20 Jan 2017 · 10:05 ·


Não, não estamos a falar de um investimento imobiliário no Minho. Estamos a falar da banda de Samuel T. Herring, os Future Islandas, que tem presença marcada na 25ª edição do Vodafone Paredes de Coura, festival que se realiza de 16 a 19 de Agosto no sítio que vocês sabem.

Os Future Islands juntam-se aos já confirmados At the Drive-In, Foals, Beach House, BadBadNotGood, Benjamin Clementine, !!! (Chk Chk Chk), Car Seat Headrest e Ty Segall. Os passes gerais para a 25ª edição do festival podem ser adquiridos no site oficial do festival e ainda em BOL.pt, Ticketea, Festicket e locais habituais (FNAC, CTT, El Corte Inglés, Worten,...) pelo preço de 90 euros.

Bloop: 10 anos, 10 festas, 10 cidades
· POR Fernando Gonçalves · 20 Jan 2017 · 00:11 ·


Se para os pitagóricos o dez simbolizava a perfeição para a Bloop Recordings, tão redondo número simboliza celebração. A editora está a comemorar o seu décimo aniversário e para quê o “bolo” chegue a todos decidiu meter os pés ao caminho e realizar festas de Norte a Sul do rectângulo com os seus músicos como anfitriões.

A primeira ocorreu no passado sábado em Lisboa mas a segunda vem a caminho. No próximo dia 21 de Janeiro a Bloop vai aterrar de armas e bagagens em Braga no Club del Mar com os artistas “Bloop” Magazino e Kaesar a juntarem-se a Miguel Rendeiro e Soundprofile. A festa inicia-se às 15h e prolongar-se-á até às 22h. A grande festa de aniversário final ocorrerá no dia 25 de Março em Lisboa. Fiquem com Magazino e esta “Shadows”.



Braga – 21 de Janeiro
Leiria – 28 de Janeiro
Setúbal – 4 de Fevereiro
Porto – 11 de Fevereiro
Faro – 18 de Fevereiro
Covilhã – 25 de Fevereiro
Aveiro – 4 de Março
Vila Real – 11 de Março
Coimbra – 18 de Março
Lisboa – 25 de Março
O regresso dos Slayer faz-se em Junho
· POR Paulo Cecílio · 20 Jan 2017 · 00:07 ·


Uma das quatro grandes do thrash tem reencontro marcado com Portugal e os portugueses em 2017.

Os Slayer virão ao Coliseu de Lisboa, no dia 5 de Junho, para apresentar os temas do seu último álbum, Repentless, editado em 2015 - sem descurar aqueles velhos clássicos, como a obrigatória "Angel Of Death", a melhor malha que já se compôs sobre um nazi. Os bilhetes custam 32€ e chegarão esta sexta-feira a todas as lojas.

A dissonância faz-se a norte
· POR Paulo Cecílio · 20 Jan 2017 · 00:05 ·


Arranca esta sexta-feira nova edição do North Dissonant Voices, festival que ocupará, durante dois dias, o Cave 45 - Porto - para horas e horas de peso.

O nome mais sonante desta edição será porventura o de Gnaw Their Tongues, projecto holandês que editou o ano passado Hymns For The Broken, Swollen And Silent, mas não esqueçamos Dolentia, LVTHN e Turia, entre outros. Saibam tudo a partir daqui.

Relatos de uma Sacavém interestelar
· POR Paulo Cecílio · 20 Jan 2017 · 00:03 ·


Realiza-se este sábado o primeiro evento da promotora Hey You!, em parceria com a Cooperativa A Sacavenense, intitulado Interstellar Beta Project.

A noite será feita em tons psicadélicos, stoner e doom e contará com a presença de valores nacionais como os FEMUR, Desert Mammooth (na foto) e Son Doong, tendo lugar na Cooperativa a partir das 20h30 de sábado. Os bilhetes custam 4€ para não-sócios em regime de pré-venda, aumentando para 5€ no próprio dia.

State Champs em Portugal
· POR Paulo Cecílio · 19 Jan 2017 · 23:46 ·


A banda pop/punk norte-americana estará em Portugal no próximo mês de Fevereiro, para apresentar os temas de Around The World And Back, o seu segundo álbum, que só por acaso os levou a tocar pelo mundo fora.

Juntamente com os State Champs virão os britânicos As It Is, com novo álbum - okay., que será lançado esta sexta-feira - e o português We Bless This Mess, para uma noite de concertos que terá lugar no RCA, em Lisboa. Os bilhetes já se encontram à venda e custam 15€. Sigam aqui o evento.

Plaid com novo single
· POR Paulo Cecílio · 19 Jan 2017 · 23:41 ·


A dupla da Warp acaba de lançar um single à borliú, como dizem as pessoas que querem estereotipar os franceses. Os Plaid disponibilizaram para download gratuito "Bet" e "Nat", dois lados de um single digital que pode ser obtido por troca com o vosso endereço de e-mail - basta clicarem aqui.

Este lançamento sucede a The Digging Remedy, álbum editado o ano passado, e marca o início da sua digressão pela América do Norte, não existindo datas para os Plaid em Portugal. É pena, não?

Timber Timbre com novo álbum
· POR Paulo Cecílio · 19 Jan 2017 · 14:31 ·


A banda canadiana está de regresso, com aquele que será o seu sexto álbum de estúdio. Sincerely, Future Pollution, que como o título poderá indicar é um álbum de cariz mais político, será editado no dia 7 de Abril pela City Slang e já há primeiro single passível de ser escutado: "Sewer Blues".

Espere-se um álbum negro. «Quando estávamos a gravar, a premonição era a de que aquilo a que estávamos a assistir era uma partida. Mas o gozo que fizeram dos nossos sistemas de poder resultou numa série de ideias e pensamentos negros e distópicos», afirmou Taylor Kirk, frontman. Tenham medo. Tenham muito medo.

Mika Vainio em Portugal
· POR Paulo Cecílio · 19 Jan 2017 · 14:29 ·


Um dos homens responsáveis pela fenomenalidade dos Pan Sonic irá actuar em Portugal no início de Fevereiro. Mika Vainio passará por Lisboa, Porto e Viseu para, provavelmente, apresentar os temas de Mannerlaatta, o seu último trabalho a solo - mas nunca fiando; pode sempre sair dali uma surpresa.

O músico finlandês estará, primeiro, pelo Musicbox, a 9 de Fevereiro e na companhia de Folclore Impressionista
(10€), passando depois pelo Passos Manuel, no Porto, e pela organização Venha A Nós A Boa Morte, em Viseu, para um espectáculo de entrada limitada a 60 pessoas (10€). Podendo, é ir.

Esta semana, na Zaratan
· POR Paulo Cecílio · 19 Jan 2017 · 12:34 ·


O espaço Zaratan - Rua de São Bento, Lisboa - será palco, este fim-de-semana, para várias propostas musicais de relevo. Se o aquecimento é feito pelas escolhas que se ouvirão no ciclo Ñ-DJ*s, esta sexta-feira (18h-22h, entrada livre), o exercício em si será composto pelos a-nimal (na foto), que ali irão para tocar novos temas, e pela dupla Projéctil, naquela que é uma residência d'A Besta, no sábado (19h, 3€ para não-sócios).

No dia seguinte, será a Xita a tomar conta das operações, com concertos de João Raposo, Migas e Tomás Varela e DJ set do DJ Meiaz (17h, entrada livre). Mais informações aqui.

Joan Shelley lança novo disco em 2017
· POR André Gomes · 19 Jan 2017 · 12:06 ·
© Ebru Yildiz

A norte-americana Joan Shelley, uma jóia que muitos tardam em descobrir, lança novíssimo disco em 2017. Ainda não há título, single, capa ou alinhamento, mas sabe-se desde já que o sucessor de Over and Even foi gravado com Jeff Tweedy (dos Wilco), que produziu e tocou estas canções.

O disco conta igualmente com a colaboração de Nathan Salsburg, parceiro habitual de Joan Shelley nestas andanças. Podem Joan Shelley e Nathan Salsburg neste episódio da Videoteca Bodyspace.

OST de Trainspotting 2 a caminho
· POR Fernando Gonçalves · 19 Jan 2017 · 11:48 ·


Tudo a ser posto à prova. Desde o filme à banda sonora. O icónico “Trainspotting” e as loucas correrias de “Renton” estão de volta. O desafio foi lançado e a malta de Glasgow, gente de faca na boca e sangue na guelra, disse presente. “T2 Traisnpotting” está prestes a estrear (23 de Fevereiro) e a sua banda sonora vai pelo mesmo caminho (17 de Janeiro).

O elogio à loucura representado pela banda sonora do primeiro “Trainspotting” ficou gravado na memória de todos. Lou Reid, Iggy Pop, Primal Scream ou Underworld e a sua lendária “Born Slippy” deixaram uma forte marca que, agora, os produtores desta sequela tentam, no mínimo, não envergonhar. Assim, para este T2 Trainspotting OST, teremos os Prodigy a fazer a remistura do original “Lust For Life”; os Underworld de regresso com um “Born Slippy” transformado em “Slow Slippy” e o original “Eventually But”; novos temas de bandas como Young Fathers e High Contrast; e alguns consagrados como os RUN-DMC (“I’ts Like That”) ou os Clash (“(White Man) In Hammersmith Palais”). Como esta OST ainda não se encontra disponível para escuta (só fazendo o download através do iTunes ou Google Play) fiquem com o trailer oficial deste “T2 Trainspotting”. Alinhamento de T2 Trainspotting OST ali em baixo.



01 “Lust For Life (The Prodigy Remix)” - Iggy Pop
02 “Shotgun Mouthwash” - High Contrast
03 “Silk” - Wolf Alice
04 “Get Up”- Young Fathers
05 “Relax” - Frankie Goes To Hollywood
06 “Eventually But” - Underworld and Ewen Bremner
07 “Only God Knows” - Young Fathers
08 “Dad’s Best Friend” - The Rubberbandits
09 “Dreaming” - Blondie
10 “Radio Ga Ga” - Queen
11 “It’s Like That” - RUN-DMC vs. Jason Nevins
12 “(White Man) In Hammersmith Palais” - The Clash
13 “Rain or Shine” - Young Fathers
14 “Whitest Boy on the Beach” - Fat White Family
15 “Slow Slippy” - Underworld
O “Bardo” tem uma nova história para contar
· POR Fernando Gonçalves · 19 Jan 2017 · 11:44 ·


No caso o contador de histórias (bardo) apresenta-se sob o plural Bardo Pond e vêm dos Estados Unidos da América com um tomo de seis músicas debaixo do braço intitulado Under The Pines, disco novo com estreia marcada para dia 24 de Março.

Compêndio de pós-rock cósmico, Under The Pines desenvolve-se ao longo de 41 minutos sob uma manta catártica de dream pop (violino, flauta e a melódica voz de Isobel Sollenberger fazem as honras do género) que se derrama num intrincado enredo rude e cheio de groove. Fiquem com “Crossover”, single de avanço para Under The Pines.

Galos e anjos cantam às duas
· POR Fernando Gonçalves · 19 Jan 2017 · 11:42 ·
© Joana Linhares

Às duas por três temos um disco com origens em Viseu a caminho e um single acabado de estrear. Falamos do projecto viseense Galo Cant'às Duas e do seu disco de estreia O s Anjos Também Cantam, álbum com edição para breve e do qual salta a primeira amostra em tom de single-teaser “Marcha dos Que Voam”.

Pós-rock para um lado, space rock para outro, nestas linhas, nem sempre e deliberadamente rectas, se cose o som “cerebral” de Gonçalo Alegre e Hugo Cardoso, som com que vos deixamos por agora.

A Ana tem um disco
· POR Paulo Cecílio · 19 Jan 2017 · 10:23 ·


A Planalto acaba de editar o primeiro disco de Ana, one man band que se estreia com Abril, curto EP de cinco faixas, sendo que três delas podem desde já ser ouvidas no Bandcamp - as outras são exclusivas para quem for aos seus concertos ou comprarem o CD.

No caso dos primeiros, saibam onde estar: 19 de Janeiro no Pátio da Casa, em Portalegre; 20 no SHE, Évora; 21 na FNAC de Faro e 22 na FNAC do Algarveshopping. Entretanto, façam a revolução a partir deste link.

Roberto Carlos virá viver mais momentos lindos
· POR Paulo Cecílio · 19 Jan 2017 · 10:13 ·


O Rei já ia voltar a Portugal para dois concertos, mas agora por cá ficará para outros dois. Roberto Carlos virá espalhar charme e - wishful thinking - algum rock n' roll a Lisboa e Gondomar em Abril, estando já esgotadas as primeiras datas anunciadas: 19 e 24, na MEO Arena e Pavilhão Multiusos, respectivamente.

A estas juntam-se os dias 21 e 25 de Abril (idem), com os bilhetes à venda em todos os locais habituais, a partir dos 38€ (Lisboa) e 25€ (Gondomar). E quem não gostar, que vá para o inferno.

Novas confirmações para o Lisbon Dance Festival
· POR Paulo Cecílio · 19 Jan 2017 · 09:58 ·


O Lisbon Dance Festival anunciou, esta semana, mais uma fornada de nomes para o cartaz da edição de 2017. DJ Glue, Harold, Ghost Hunt (na foto) e Lince juntam-se, assim, aos artistas anteriormente confirmados, ocupando o Clube Antena 3, palco que se localizará na livraria Ler Devagar, na LX Factory. Para além destes, foram anunciados mais três "duelos" para a sala b2b: Rita Maia vs Satelite, Nitronious vs Darksunn e Dupplo vs Señor Pelota.

Em conferência de imprensa, a organização do festival revelou também os espaços que o acolherão: Fábrica XL, Zoot, Ler Devagar, The Dorm e Fábrica L. O Lisbon Dance Festival realiza-se a 10 e 11 de Março, estando os bilhetes à venda em todos os locais habituais, ao preço de 45€ até dia 9 de Março.

Duquesa regressa aos discos
· POR Fernando Gonçalves · 19 Jan 2017 · 09:56 ·
© Filipe Ribeiro

Norte Litoral é a mais recente criação de Nuno Rodrigues aka Duquesa. Será a 6 de Fevereiro que este documento popetnográfico em jeito de cartografia da alma do seu criador terá a sua estreia e com ele toda uma história pessoa passada em revista.

Deste novo álbum acaba de ver a luz do dia o single que lhe dá nome. “Norte Litoral” explora as paisagens do Minho e os amores e desamores que lá deixou. Revisitação feita em português e à la anos 80. “Norte Litoral” para ouvir a partir de agora.


oLUDO e aquele “Abraço”
· POR Fernando Gonçalves · 19 Jan 2017 · 09:10 ·
© Ricardo Bernardo

“Abraço” single e um abraço à nova aventura discográfica dos portugueses oLUDO denominada exactamente Abraço.

Disco que se move entre o indie pop e rock, Abraço, 4º álbum de originais da banda com estreia prevista para Março, vem, de acordo com os oLUDO, “com uma atitude musical desconstruída do inecessário, forjada na pele, no coração e na resiliência”. “Abraço”, o tema, segue essa linha adicionando-lhe o “fogo da paixão e da descoberta”. Aquele “Abraço” pelos oLUDO.

At The Drive In confirmados em Coura
· POR Fernando Gonçalves · 18 Jan 2017 · 22:02 ·


Foi, literalmente, na janela da Câmara Municipal de Paredes de Coura que se anunciou a mais recente confirmação para o PdC 2017. Nas letras, em relevo, lia-se singelamente “At The Drive In”.

A confirmação dos texanos At The Drive In soma-se aos já anunciados Foals, Beach House, Ty Segall, Benjamin Clementine, BADBADNOTGOOD, Car Seat Headrest e !!! (CHK, CHK, CHK). O PdC 2017 realiza-se entre os dias 16 e 19 de Agosto. Os passes gerais para a 25ª edição do festival já se encontram à venda por 90 euros. Fiquem com os At The Drive In e esta “One Armed Scissor”.

Single novo para Archivo Pittoresco
· POR Fernando Gonçalves · 18 Jan 2017 · 17:58 ·


A celebrar 20 anos sobre o lançamento do seu primeiro disco, Lula Pena está de volta com Archivo Pittoresco, álbum com estreia marcada par dia 27 de Janeiro e que se dá um pouco mais a conhecer com o novo single “Pes Mou Mia Lexi”. Esta novel música é uma composição original do grego Manos Hatzidakis criada em 1961 para o filme “Alloimono Stous Neos”.

O título do single quer dizer algo como “dai-me a palavra” e surgiu a Lula Pena quando a Grécia sofreu os impactos da crise económica global e serve para relembrar que, nas palavras de Pena, “lexicamente somos todos gregos”. Eis “Pes Mou Mia Lexi” pela inconfundível Lula Pena.

Sensible Soccers ft Valhelhas no 85º aniversário do Rivoli
· POR Fernando Gonçalves · 17 Jan 2017 · 12:06 ·


Teatro, Dança, Literatura, Exposições e, claro está, Música. Artes belas e Belas Artes, com os Sensible Soccers ao despique com a percussão tradicional portuguesa, que se juntam à festa do 85º aniversário do imortal Teatro Rivoli no próximo sábado. No que concerne à Música, o multifacetado programa oferece, para abrir o dia, o projecto interdisciplinar de criação musical (experimental, improviso e electroacústico) Sonoscopia (11h no Sub-palco) com o seu “Das Gavetas nascem Sons”.

No mesmo Sub-palco, mas a partir das 15 horas, é tempo dos Drumming Grupo de Percussão tomarem conta do assunto e, simultaneamente, estenderem a passadeira aos “herdeiros de Satie” Joana Gama, Luís Fernandes & Ricardo Jacinto com o seu projecto “Harmonies” (título de um conjunto de estudos harmónicos da autoria de Satie), actuação que ocorrerá pelas 18h30 no Auditório IAC. Depois desta oferenda em modo trindade, eis que uma outra se aproxima. Pelas 23h30, o Sub-palco do Rivoli receberá os estudos de percussão tradicional portuguesa pela mão de Tiago Pereira a que se segue o Grupo de Percussão de Valhelhas, projecto comunitário que nasceu em Valhelhas – Guarda, que junta diferentes gerações em redor da percussão tradicional cabendo aos homens que abrem o título desta notícia fecharem as festividades.

Os donos de Villa Soledade juntam-se aos seus antecessores no Sub-palco do Rivoli Grupo de Percussão de Valhelhas para uma versão do tema “Sofrendo Por Você” com cerca de 20 minutos. Todos os eventos desta comemoração têm entrada gratuita. Os bilhetes, limitados a dois por espectáculo, podem ser levantados na bilheteira do Rivoli a partir das 10 horas de sábado. A programação completa do 85º aniversário do Rivoli poderá ser consultada aqui. Fiquem com os Sensible Soccers e a sua “Sofrendo Por Você”.

Terry Lee Hale em Portugal
· POR Fernando Gonçalves · 17 Jan 2017 · 12:02 ·
© Franck Betermin

Porto, Portalegre, Luso, Lisboa, Vila Real e Loulé são os seis locais eleitos pelo texano Terry Lee Hale para a sua digressão “portuguesa”, tournée consagrada ao novo álbum do cantautor intitulado Bound, Chained, Fettered.

A primeira cidade a acolher este norte-americano a viver em Marselha será o Porto com um concerto agendado para dia 26 de Janeiro no Candelabro, fechando-se a tournée com uma actuação no dia 2 de Fevereiro em Loulé no espaço Bafo de Baco. Fiquem com Terry Lee Hale e esta “Jawbone” extraída a Bound, Chained, Fettered.



Porto – 26 de Janeiro, Candelabro
Portalegre – 27 de Janeiro, Centro de Artes e Espectáculo de Portalegre
Mata do Bussaco/Luso – 28 de Janeiro, Sons do Bussaco/Convento de Santa Cruz
Vila Real – 29 de Janeiro, Club de Vila Real
Lisboa – 1 de Fevereiro, Sabotage
Loulé – 2 de Fevereiro, Bafo de Baco
28 de Janeiro é pró “Engate”
· POR Fernando Gonçalves · 17 Jan 2017 · 11:51 ·


Forrobodó valente, aquele que a Companhia João Garcia Miguel em parceria com o Teatro Ibérico vão organizar no próximo dia 28 de Janeiro. Concertos, vaudeville, circo, cabaet, striptease, exposições, instalações e vídeo são o menu degustação proposto para a 4ª edição do “Baile do Engate”, evento “all night long” a ter lugar no Teatro Ibérico (Lisboa) onde tudo, literalmente tudo, é possível. No campo referente á Música o “Baile do Engate” contará com Tércio Borges & Democratas do Samba em concerto, The Incredible Padrada BoyzGang Sound System, Blood Drinking (música/performance) com Edie Lapore e o DJ El Grand Pecador !.

A estes nomes juntam-se as performances de Witching de Mariana Tengner Barros, Jogo Sujo, Fogo Fujo! com Titz Vagabond, I’m a Good Boy com Hugo Correia, os espectáculos de burlesco Take it All e The White Life of Marie Antoniette com Louise L’amour e uma “Tattoo Run” dinamizado pelas tatuadoras Charleine B e Catherina Cardoso. Para além dos nomes confirmados, a organização está disponível para receber propostas de artistas que se queiram juntar a este “Baile do Engate”. Os bilhetes para este evento custam 10 euros. Fiquem com Tércio Borges & Democratas do Samba e este “Jura”. Ali em ~baixo fica o alinhamento (para já).



22h00 às 1h30: The Incredible Padrada BoyzGang Sound System
+ Sara Ribeiro e Paula Ribeiro Danças Colectivas
22h30: Take it All com Louise L’amour (Burlesco)
23h00: Jogo Sujo, Fogo Fujo! Com Titz Vagabond (Performance)
23h30: “Blood Drinking” com Edie Lapore (Música/Performance)
00h00: The White Life of Marie Antoniette com Louise L’amour
(Burlesco).
00h30: Witching, performance de Mariana Tengner Barros
01h00: I’m a Good Boy com Hugo Correia (Performance)
01h30: Tércio Borges & Democratas do Samba (Concerto)
03h30: El Grand Pecador ! (Dj)
Eventos de Longa Duração:
23h30 às 3h00: Tattoo Run com Charleine B e Catherina
Cardoso.
01h30 às 03h30: Parangolé com Rita Duarte e Bruno Silva.
23h30 - 03h00: Bitch Face Brechó!
O Gato Mariano leva amigos ao Damas
· POR Paulo Cecílio · 17 Jan 2017 · 11:43 ·
Maria © Von_Snows

Por esta altura do campeonato já deverão saber que o Gato Mariano é uma das melhores coisas que aconteceu à Internet nos últimos anos.

No próximo sábado, o felino que uma vez compararam a Pedro Mexia irá levar amigos ao Damas, para uma festa de arromba. Mas deixem que seja ele a explicar-vos melhor a coisa.



Emma Ruth Rundle em Portugal
· POR Paulo Cecílio · 17 Jan 2017 · 11:37 ·


A cantautora norte-americana irá fazer a sua estreia em Portugal no mês de Abril, e logo em dose tripla. Emma Ruth Rundle virá a Lisboa, Porto e Vila Real apresentar os temas de Marked for Death, álbum editado no ano passado.

Começa tudo no Sabotage a 20 de Abril (6€, 8€ no próprio dia), passa pelo Understage (Teatro Rivoli) no dia seguinte e termina a 22 no CLUB de Vila Real (6€). O agenciamento está a cargo da Amplificasom.

As 15 barras de Nigga Fox
· POR Paulo Cecílio · 17 Jan 2017 · 11:28 ·
© Diogo Simões

Nigga Fox irá regressar aos 12'' já no final deste mês. A 30 de Janeiro, a Príncipe irá editar 15 Barras, composição de longa-duração criada pelo produtor para uma instalação artística da editora. O disco estará disponível através do Bandcamp da Príncipe, numa edição limitada a 500 cópias.

Antes disso, a 21 de Janeiro, o Musicbox será novamente palco para mais uma Noite Príncipe, com a animação a cargo de DJ Problemas, Bubas Produções, DJ Marfox e DJ NinOo + Puto Anderson + MC K30.

Tudo a postos para Lambchop
· POR Paulo Cecílio · 16 Jan 2017 · 20:54 ·


A banda de Kurt Wagner estará esta semana em Portugal para apresentar ao vivo os temas de FLOTUS, o seu último álbum, editado em 2016. Os Lambchop passarão primeiro por Lisboa, já amanhã, para um concerto que terá lugar no Teatro Maria Matos, e no dia seguinte chegarão ao Auditório de Espinho.

Tanto um como outro já se encontram esgotados - prova da qualidade da banda e do culto que criou -, pelo que as vossas hipóteses de arranjar bilhete são no mínimo altamente escassas.

A quase transparência de Björn Magnusson chega em disco
· POR Fernando Gonçalves · 16 Jan 2017 · 20:51 ·


Depois de dois álbuns e muitas tournées depois, momentos passados sob o moniker Great Black Waters ou em colaboração com outros músicos, o “experimentalista” Björn Magnusson assina o seu primeiro álbum em nome próprio: Almost Transparent Blue. Com estreia prevista para dia 3 de Fevereiro, Almost Transparent Blue foi escrito e criado entre Nova Orleães e Nova Iorque com o epílogo de tal epopeia criativa a ter lugar num silo datado da Segunda Guerra Mundial localizado nos Alpes suíços.

Encimado pela voz de Björn e carregado de psicadelismo e poesia, o álbum corre, de acordo com a informação que nos chegou, assente na estranha e frágil confiança que, por vezes, a incerteza traz. Dividido em Lado A e B, apesar de uma só rodela, Almost Transparent Blue vem com este “TV Lights” lá dentro. Single com que, por agora, vos deixamos.

Sampha: novo single para Process
· POR Fernando Gonçalves · 16 Jan 2017 · 20:44 ·


O novo álbum de originais do original Sampha está aí ao virar da esquina. Process estreia dia 3 de Fevereiro e acaba de dar à luz mais um single, o frágil “(No One Knows Me) Like The Piano”, faixa-tributo ao piano que marcou a infância de Sampha passada na casa de família do músico no Sul de Londres.

“(No One Knows Me)Like The Piano” e Process que estarão com o artista na sua visita a Portugal a 10 de Junho próximo num concerto inserido no alinhamento da edição de 2017 do festival NOS Primavera. Fiquem com “(No One Knows Me) Like The Piano”.
 
Dollkraut: Holy Ghost People a caminho
· POR · 16 Jan 2017 · 15:43 ·


Filmes dos anos 60 e 70, synths e o “abismo existencial” de Velvet Undreground e Joy Division são a marca d’água do novo álbum de Dollkraut Holy Ghost People, disco com esteria marcada para Março.

Desta experiência sonora que Dollkraut caracteriza como “existencialista” e cheia de simpatia e humor, salta o tema “Oblivion”, single de avanço para o novo registo do produtor holandês.

Pharmakon está de volta
· POR Paulo Cecílio · 16 Jan 2017 · 14:54 ·


O nosso projecto de noise no feminino favorito está de regresso com um novo álbum. Margaret Chardiet, ou Pharmakon, está a preparar o lançamento daquele que será o seu terceiro álbum de estúdio, que tem como título Contact, e que sai no último dia de Março através da Sacred Bones.

O primeiro single, "Transmission", já está disponível para escuta nos sítios do costume. E aqui em baixo, também. 

Best Youth no Lux
· POR Paulo Cecílio · 16 Jan 2017 · 14:50 ·
© João Sousa

A dupla portuguesa apresentar-se-à ao vivo e a cores na discoteca lisboeta no dia 26 de Janeiro, para celebrar o lançamento de Highway Moon, o seu último trabalho. Nessa mesma noite, o Lux será igualmente palco para vários talentos emergentes da electrónica nacional: Lake Haze, azul-revolto, Mind Safari e Pal+, numa noite em que será proibido não dar tudo.

Por ali passarão também, a 27 e 28 de Janeiro, Abdulla Rashim, Dr. Rubinstein e Gerd Janson, para agitar a pista e as ancas. Mais informações a partir daqui.

Já é conhecida a programação por dias do Primavera Porto
· POR André Gomes · 16 Jan 2017 · 14:34 ·


É isso mesmo. Já é possível consultar a programação por dias da sexta edição do NOS Primavera Sound, que se realiza de 8 a 10 de Junho no Parque da Cidade, no Porto. Podem encontrar a mesma ali em baixo.

A organização avisa que até ao dia 31 de Janeiro, terça-feira, está disponível, em exclusivo no site e lojas Fnac de Portugal, o Fã Pack Fnac NOS Primavera Sound 2017 - Voucher diário, pelo preço promocional de 50 euros. A partir de 1 de Fevereiro, os bilhetes diários ficam disponíveis por 55 euros no site da bol, Ticketea, portal NOS Primavera Sound e nos locais habituais (FNAC, CTT, El Corte Inglés, Worten, etc.). O passe geral para o NOS Primavera Sound 2017 e o Fã Pack Fnac - Passe Geral continuam disponíveis por 100 euros.



Quinta-feira, dia 8 de Junho: Cigarettes After Sex, Flying Lotus, Grandaddy, Justice, Miguel, Rodrigo Leão & Scott Matthew, Run The Jewels, Samuel Úria
Sexta-feira, dia 9 de Junho: Angel Olsen, Bon Iver, Cymbals Eat Guitars, First Breathe After Coma, Hamilton Leithauser, Jeremy Jay, Julien Baker, King Gizzard & The Lizard Wizard, Mano Le Tough, Nicolas Jaar, Nikki Lane, Pond, Richie Hawtin, Royal Trux, Skepta, Sleaford Mods, Swans, Teenage Fanclub, Whitney
Sábado, dia 10 de Junho: Against Me!, Aphex Twin, Bicep, The Black Angels, Death Grips, Elza Soares, Evols, The Growlers, Japandroids, Lady Wray, The Make-Up, Metronomy, Mitski, Núria Graham, Operators, Sampha, Shellac, Tycho, Wand, Weyes Blood
Tomorrow Comes Today: conferência internacional sobre música chega ao Porto em Outubro
· POR André Gomes · 16 Jan 2017 · 12:24 ·


Boas notícias para o Porto e para Portugal. No site do Município portuense é possível ler-se que ​"chegou a estar pensada para cidades como Barcelona ou Londres" mas será no Porto que se "realizará, em Outubro próximo, a primeira edição do Tomorrow Comes Today".

O evento acontece então nos dias 12 e 13 de Outubro e juntará, diz-se no mesmo site, "alguns dos principais e mais influentes protagonistas da indústria mundial da música, entre bandas, editoras discográficas, empresários, promotores, investidores e marcas".

O objetivo do encontro é "reflectir sobre o passado, discutir abertamente sobre o presente e imaginar o futuro da indústria da música, em todas as suas vertentes". Os painéis da conferência vão ser "bastante ecléticos, juntando sempre um artista a um empresário, a uma editora ou a uma empresa tecnológica". Para além dos painéis de debate, haverá palestras, workshops e muita música, quer no local da conferência, quer um pouco por toda a cidade. Mas há mais: exposições, showcases e outras exibições, a revelar em breve pela organização.

O projeto, de cariz independente, é liderado pelo empreendedor português João Afonso, fundador e CEO da Musikki, uma startup nascida no Porto e hoje sediada em Londres.
A “miragem” tornada realidade de Frànçois & The Atlas Mountains
· POR Fernando Gonçalves · 16 Jan 2017 · 11:47 ·


Bem real, uma vez que, ao contrário de carregar a palavra miragem no nome o novo álbum de Frànçois & The Atlas Mountains é um dado que será consumado a 3 de Março. Solide Mirage de sua graça, o disco é tido pela banda como o mais forte, belo e profundodos seus trabalhos até à data.

Prova disso parece ser “Grand Dereglement”, primeiro single a saltar de Solide Mirage e em cujo o vídeo intervém o bailarino palestiniano Mohamed Okal que se viu obrigado a fugir de Gaza (entre a dança conduzia ambulâncias) com a família devido ao conflito que opõem o Hamas ao exército de ocupação israelita. Frànçois conheceu Okal num centro de acolhimento de refugiados em Bruxelas e deu corpo a este manifesto humanista. Fiquem com “Grand Dereglement”, single cujo vídeo foi gravado no Palácio da Justiça de Bruxelas.

ISO: a orquestra espacial que faz covers dos Sigur Rós
· POR Fernando Gonçalves · 16 Jan 2017 · 11:25 ·
© Neil Berrett

Literalmente espacial, sem clickbaits nem merdas do género. A ISO – International Space Orchestra – composta por cientistas da NASA e do SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence Institute) em parceria com Alex Somers (colaborador de longa data dos Sigur Rós) acaba de lançar uma versão de “Viðrar vel til loftárása” em jeito de homenagem à actuação da orquestra com a banda islandesa no Hollywood Bowl em Setembro deste ano.

Refira-se que, entre outras parcerias, a International Space Orchestra já trabalhou com os Savage. Enter the void with ISO e a sua cover de “Viðrar vel til loftárása” a partir deste link para download gratuito (não colocaram a música em nenhuma plataforma de difusão) aqui. Fiquem com “Staralfur” gravada durante o concerto com a ISO no Hollywood Bowl.

Novos nomes para o SBSR
· POR Fernando Gonçalves · 16 Jan 2017 · 11:19 ·


O alinhamento para a 23ª edição do Super Bock Super Rock vai-se compondo. Depois de confirmadas as presenças de Red Hot Chilli Peppers e Deftones, a organização lança para cima da mesa mais três nomes: Foster The People, Boogarins e Capitão Fausto. Enquanto os norte-americanos e a banda coqueluche do Verão de 2016 irão actuar no palco Super Bock, aos brasileiros Boogarins fica reservado um lugar no palco EDP.

Tal como no ano passado, o SBSR realiza-se no Parque das Nações em Lisboa entre os dias 13 e 15 de Julho. Em relação a bilhetes, o passe geral de 3 dias custa por 109 euros enquanto o ingresso diário se fica pelos 55 euros. Fiquem com os Foster The People e a sua “Pumped Up Kicks”.

Vessel por cá
· POR Paulo Cecílio · 13 Jan 2017 · 15:18 ·


A electrónica de Vessel chega já esta noite aos ouvidos nacionais com um live do músico na Galeria Zé dos Bois, em Lisboa, na companhia dos visuais de Pedro Maia e com primeira parte de MMMOOONNNOOO. Na bagagem estão os temas de Punish, Honey, disco editado pela Tri Angle em 2014.

E, amanhã, será a vez da Black Box do Gnration, em Braga, acolher a música de Sebastian Gainsborough. Bilhetes à venda por 8€ (Lisboa) e 5€ (Braga).

Clássico de Midori Takada reeditado em vinil
· POR André Gomes · 12 Jan 2017 · 16:12 ·


É um clássico absoluto, à venda no Discogs a valores próximos dos 700 euros. Through the Looking Glass, da japonesa Midori Takada, vai ser reeditado em vinil em 2017. A edição, a meias entre a Palto Flats e a WRWTFWW Records (que significa We Release Whatever the Fuck We Want, a sério), chega em Março.

Midori Takada vai promover o lançamento com alguns concertos na Europa durante Abril. As datas estão ali em baixo depois do vídeo.


 
4 de Abril – Copenhaga @ Copenhagen Jazzhouse
6 de Abril – Glasgow @ Counterflows Festival
7 de Abril – Amesterdão @ Dubbelconcert
9 de Abril – Vooruit, Bélgica @ Full Moon Healing Festival
11 de Abril – Londres @ Cafe OTO

Pára tudo: olhem os Slowdive
· POR Paulo Cecílio · 12 Jan 2017 · 14:16 ·


22 anos depois, os Slowdive estão finalmente de regresso à música - embalados, também, pela reunião recente que os levou a dar um concerto maravilhoso no NOS Primavera Sound. "Star Roving" é o título da nova canção da banda britânica e o primeiro material que lançam desde Pygmalion, de 1995, tendo sido disponibilizada através do Bandcamp e também no YouTube, com vídeo a condizer.

Fará, ao que tudo indica, parte de um novo álbum, o que já é motivo mais que suficiente para babar a camisola toda. Para ouvir aqui em baixo.

Death Valley Girls no Sabotage
· POR Paulo Cecílio · 12 Jan 2017 · 14:15 ·


As punk rockers Death Valley Girls estarão em Portugal no próximo dia 25 de Janeiro para apresentar, no Sabotage (Lisboa), os temas do seu último álbum, Glow In The Dark, editado em 2016.

Esta será a estreia da banda de Los Angeles no país e insere-se na segunda Cool Trash Club, que - citamos - «traz a Lisboa as bandas internacionais mais surpreendentes que podemos encontrar no espectro do rock 'n' roll mais puro, primitivo e selvagem - do garage rock ao blues passando pelo punk». O final da noite estará a cargo dos DJs A boy named Sue e Nuno Rabino. Os bilhetes custam 6€ até ao dia 24.

Minus the Bear de regresso
· POR Paulo Cecílio · 12 Jan 2017 · 14:13 ·


Os Minus the Bear partilharam esta semana aquele que é o primeiro tema do seu primeiro álbum em cinco anos, VOIDS, o sucessor de Infinity Overhead, de 2012. VOIDS será editado através da Suicide Squeeze e tem data de lançamento prevista para o dia 3 de Março.

"Invisible" foi mostrada através do Soundcloud da editora e a opinião do Nuno Dias da Internet, que é basicamente o único fã da banda em Portugal, ainda não é conhecida. Ouçam-na aqui.

strctrs estreia-se com Juno 1991
· POR Fernando Gonçalves · 12 Jan 2017 · 14:11 ·


É português e no seu Cartão de Cidadão consta o nome de Pedro Pissarra. O caso, contudo, muda de figura quando se lhe pergunta pelo seu “aliás” musical. Aí é de strctrs de que temos de falar. E é deste domínio que sopram boas novas. O produtor acaba de lançar ao mundo, apesar do seu projecto existir há um ano, o seu primeiro EP Juno 1991.

Fazendo da experimentação e da conceptualidade traves mestras desta obra, strctrs faz deste extended-play o seu “Era uma vez…”, dado tratar-se do primeiro tomo daquilo que o produtor espera ser uma trilogia. Uma vez acabada, este tríptico contará a história sonora do músico. Fiquem com Juno 1991 na integra.

L´Ocelle Mare regressa a Portugal
· POR Fernando Gonçalves · 12 Jan 2017 · 14:06 ·
© Hrvoje Goluza

Será no próximo dia 19 de Janeiro que o francês Thomas Bonvalet regressará a terras lusas, desta feita, com o seu projecto a solo L’Ocelle Mare para uma tournée que passará por Lisboa, Coimbra, Vila Real e Porto.

Como referimos, dia 19 de Janeiro arranca a tour com um concerto no Damas em Lisboa, seguindo-se o Pinga Amor em Coimbra (dia 20), Club Vila Real na cidade que lhe dá o nome (21) e, por fim, o Sonoscopia portuense no dia 22. Este último, um palco que dividirá com Pamelia Kurstin e Fuego. Fiquem com L’Ocelle Mare e esta performance no Ateliers Claus em Bruxelas.

Lydia Ainsworth: novo álbum na forja
· POR Fernando Gonçalves · 12 Jan 2017 · 13:56 ·


Depois de se estrear nas lides discográficas em 2014 com Right From Real, a bela canadiana Lydia Ainsworth está de regresso com o seu segundo full-lenght Darling Of The Afterglow, álbum cujo lançamento ocorrerá a 31 de Março.

Electrónico de base ornamentado com arranjos de cordas e letras a pender para o imaginário gótico/místico, Darling Of The Afterglow acaba de dar a conhecer o seu primeiro single “The Road”, um dos onze temas (onde ainda se encontrará uma versão do clássico de Chris Isaak “Wicked Game”) que estão incluídos no novo disco.

Blanck Mass: uma vaga de violência está a caminho
· POR Fernando Gonçalves · 12 Jan 2017 · 13:52 ·


Violência, raiva, confusão e frustração tudo ingredientes que Benjamin John Power colocou na nova “panela” intitulada World Eater, disco com estreia prevista para dia 3 de Março via Sacred Bones.

Os agressivos adjectivos utilizados por Benjamin para descrever o novo álbum são, no fundo, e ainda de acordo com o músico, a forma encontrada para descrever o “acordar da besta interior escondida no interior de cada ser humano”. Besta que passa para a música através de beats furiosos e texturas pungentes. Porém, como nem tudo é vortex de abismo, este novo World Eater vem acompanhado de uma solução para este lado sombrio: o amor. Fiquem com “Please”, tema extraído a World Eater.

Volcano expele novo single
· POR Fernando Gonçalves · 11 Jan 2017 · 17:51 ·


“Strange Or Be Forgotten” é o mais recente single a saltar de Volcano, novo álbum dos Temples que tem edição marcada para dia 3 de Março via Heavenly Recordings.

O novo single sucede a “Certainty” e foi produzido e gravado pelos próprios Temples no seu caseiro estúdio de Kettering. Para além deste lançamento, a banda aproveitou para anunciar uma tournée europeia que, contudo, não passará por Portugal. Fiquem com “Strange Or Be Forgotten”.

Anna veio do Norte com Oslo na bagagem
· POR Fernando Gonçalves · 11 Jan 2017 · 17:49 ·


Para além deste estranho calor que acomete Portugal, a fria Escandinávia acaba de nos dar o duo electrónico Anna Of The North (Anna Lotterud & Brady Daniell-Smith) e o seu novo single “Oslo”.

Synth-pop reflectiva e ambivalente, o novo single pretende levar o ouvinte a uma viagem pelas ruas frias ruas de Oslo através de um calor melódico com cheiro a “casa”. Eis “Oslo”.

Lomboy aterram no primeiro EP
· POR Fernando Gonçalves · 11 Jan 2017 · 17:43 ·


Oito anos e três LP depois os austro/franceses Lomboy acabam de lançar o primeiro extended-play da sua carreira.

South Pacific é o seu nome e traz pop cujas influências remontam a Nancy Sinatra e Lee Hazelwood embalsamados em melodias japonesas e ritmos bossa nova. Fiquem aqui em baixo com o tema que dá nome ao EP “South Pacific”.

E se Hauschka não fosse enorme?
· POR Paulo Cecílio · 11 Jan 2017 · 17:22 ·


...a nossa vida seria bem aborrecida. Mas Hauschka é enorme, e irá editar um novo disco já este ano, com o título What If? - que serve para questionar muita, muita coisa. O álbum será editado através da City Slang no próximo dia 31 de Março e conterá, glória, glória, aleluia, mais noise e elementos electrónicos por oposição ao piano que o tornou conhecido.

"Familiar Things Disappear", o primeiro tema a ser retirado a What If?, já está disponível para escuta, sendo acompanhado do seu respectivo vídeo. E se estiver aqui o álbum do ano? Teremos de esperar para ver, não é?

Ariel Pink e Weyes Blood choram juntos
· POR Paulo Cecílio · 11 Jan 2017 · 17:01 ·


No próximo dia 27 de Janeiro, Ariel Pink e Weyes Blood irão lançar um EP em conjunto, intitulado Myths 002, através da Mexican Summer. O primeiro resultado dessa colaboração, "Tears On Fire", está já disponível para escuta, fazendo parte de uma espécie de antevisão para o festival Marfa Myths, que se realiza de 9 a 12 de Março.

2017 verá, também, Ariel Pink regressar aos discos em nome próprio; o sucessor de pom pom sairá, segundo o próprio, «algures este ano».

Thievery Corporation com novo álbum
· POR Paulo Cecílio · 11 Jan 2017 · 16:58 ·


Depois de visitarem o Brasil para conhecerem de perto a Saudade, os Thievery Corporation viajaram até à Jamaica para construir o seu novo álbum, The Temple of I & I, o primeiro em três anos. O disco representa «um local de culto que existe apenas na nossa imaginação, um lugar onde todos são os eleitos e a união entre todas as coisas viventes é possível», conforme explicou Eric Hilton.

"Ghetto Matrix" é o primeiro tema retirado a The Temple of I & I e conta com a colaboração de Mr. Lif, podendo desde já ser ouvido aqui. O álbum sai a 10 de Fevereiro pela ESL e a banda estará por Portugal cinco dias depois, actuando no Coliseu de Lisboa.

Mais nomes para o Tremor
· POR Paulo Cecílio · 11 Jan 2017 · 16:53 ·


O festival açoreano, que se realiza de 4 a 8 de Abril, anunciou esta semana mais uma fornada de nomes que assim se juntam aos anteriormente confirmados Flamingods, Mão Morta e Norberto Lobo. Yves Tumor (na foto), BEAK>, Circuit Des Yeux, Conjunto Corona, We Sea e Filipe Furtado irão, também eles, passar por São Miguel.

A lotação do festival é limitada a 1500 pessoas e os bilhetes encontram-se à venda em todos os locais habituais, ao preço de 25€ até ao dia 3 de Abril (aumenta depois para 30€).

ATR celebra 10 anos com a energia de sempre
· POR Paulo Cecílio · 11 Jan 2017 · 16:50 ·


A Associação Terapêutica do Ruído e o seu "génio siamês", os dUASsEMIcOLCHEIASiNVERTIDAS (na foto), irão celebrar dez anos em 2017 com vários concertos e actividades, começando já esta quinta-feira com o início do Versus - Ciclo de Música Antagónica, em parceria com a Zaratan. O espaço lisboeta acolherá o noise de Horacio Pollard, a música electro-acústica de Giulio Aldinucci e a pop pós-moderna de Manu Louis, num evento que começará pelas 19h (entrada livre para sócios, sendo a quota anual 3€).

No dia 17 de Janeiro, será o Disgraça a receber o francês Sheik Anorak, que apresentará o seu trio black metal, Neige Morte, na companhia de Traumático Desmame (mínimo 3€). A 19, a ATR iniciará uma nova residência mensal no Damas com uma palestra de l'ocelle mare, uma conferência sobre ruído tradicional brasileiro de São Bernardo, o novo projecto a solo de Bernardo Álvares e ainda os DJs da associação, os Kafunfo noSoundsystem. Finalmente, a 28, os dUASsEMIcOLCHEIASiNVERTIDAS deslocam-se à À da Maxada (Setúbal) para participarem no Espaço, encontro de artes e técnicas que aqui decorre de 21 a 29 deste mês. Para saberem mais é só irem até aqui.

Vem aí uma box set dos Buzzcocks
· POR Paulo Cecílio · 11 Jan 2017 · 16:41 ·


40 anos após Spiral Scratch, EP que ensinou a toda a gente - e não só aos punks - que era possível fazer e lançar um disco sem recurso a uma editora, os Buzzcocks irão celebrar a efeméride com uma nova box set da qual fará parte não só este como também Time’s Up, uma bootleg que contém a primeira gravação de estúdio da banda de Manchester.

A caixa conterá igualmente vários bónus para os fãs e historiadores como fotografias da banda, cartazes de concertos, pins e uma reimpressão da zine Shy Talk. Buzzcocks (mk.1) Box sai a 10 de Março pela Domino.

Cachupa Tour: um prato de lusofonia servido em bandeja de música
· POR Fernando Gonçalves · 09 Jan 2017 · 22:47 ·


Genes (Luís D'alva Teixeira, Portugal/São Tomé e Príncipe) e Shaka Lion (Raul Windson, Brasil) conheceram-se por tortas travessas. Travessas do destino que levaram este duo a engendrarem (com o angolano Mean Will à mistura) a Cachupa Tour.

Cachupa, nome de iguaria gastronómica típica de São Tomé e Príncipe, que os vai levar a palco três vezes. A tour começará no próximo dia 3 de Fevereiro na Casa Independente em Lisboa, data em que dividirão o palco com a modelo da Calvin Klein e rapper em ascensão na cena internacional Tommy Genesis. O segundo concerto, dia 9 de Fevereiro, terá, igualmente, lugar na capital. Desta feita, as honras serão feitas pelo Copenhagen. A terceira e última data retira o duo do seu habitat natural (eixo Lisboa-Montijo-Barreiro) e leva-os até ao Porto para uma actuação no Plano B dia 3 de Março.

Atirando a dois alcances, o Bodyspace deixa-vos com o EP de estreia de Genes,extended-play que plagia o nome do projecto, e o lado B de Águas de Março por Shaka Lion.



London Grammar regressam com novo single
· POR Fernando Gonçalves · 09 Jan 2017 · 22:44 ·


Depois de aclamados, adorados, bajulados e outras coisas mais, com o lançamento de If You Wait (2013) os britânicos London Grammar estão de volta. Este bilhete de regresso vem sob o nome “Rooting For You” e, apesar da, ainda,imberbe idade já ultrapassou o milhão de visualizações no YouTube.

Este lançamento será, de acordo com a Universal (editora da banda) o inicio de uma série de surpresas que o trio Hannah Reid, Dan Rothman e Dominic “Dot” Major preparam para o ano de 2017. Fiquem com “Rooting For You” e dêem notícias.

Carl Sagan como novo
· POR Fernando Gonçalves · 09 Jan 2017 · 22:42 ·
© Bryan Derballa

Apesar do título (isso, reclamem do clickbait) não será com Cosmos que, desta feita, Sagan se fará ouvir novamente.

Carl Sagan é, tão somente, o nome do novo EP dos norte-americanos Night Moves, extended-play que recupera o tema de abertura do mais recente full-lengt da banda lançado em 2016 e ao qual junta quatro músicas inéditas. EP hoje libertado e que poderá ser escutado, na íntegra, a partir deste link.

Musicbox revela programação para os próximos meses
· POR Paulo Cecílio · 09 Jan 2017 · 22:39 ·
Silver Apples © Rita Sousa Vieira

O Musicbox anunciou esta semana as muitas coisas bonitas que poderemos ver ao vivo em 2017, naquele espaço de passagem obrigatória. À cabeça, está o regresso dos Silver Apples, de Simeon Oliver Coxe III, que depois de um belo concerto no Reverence voltará a Portugal para mostrar os temas de Clinging To A Dream, álbum editado o ano passado.

O histórico Simeon actuará só em Maio, no dia 19 (12€), mas ainda este mês o Musicbox acolhe os Kero Kero Bonito, também eles de regresso após uma aparição fugaz no NOS Alive (27 de Janeiro, 8€), os The Poppers (28 de Janeiro, 8€), Alek Rein + April Marmara (21 de Janeiro, 6€), Throes + The Shine (20 de Janeiro, 10€) e a dupla Mike El Nite + Nerve (13 de Janeiro, 10€). E ainda falta muita coisa. Aguardemos.

Casa Independente pinta-se de incêndio
· POR Paulo Cecílio · 09 Jan 2017 · 22:36 ·
Filipe Sambado © Miguel Estrada

A Casa Independente será palco, na segunda metade deste mês, de duas sessões organizadas pela Produções Incêndio, sob o título "Casa Ardente", que até ali levará uma exposição da ilustradora Mafalda Pestana e, também, muita música.

A dia 21 de Janeiro o espaço lisboeta acolhe concertos de Jasmim e Filipe Sambado e, ainda, um DJ set de Eixo do Mal e, uma semana depois, a 27, será a vez de Arcanjo, Lourenço Crespo e um DJ set de Tomás Wallenstein fazerem a festa de encerramento. Os bilhetes para cada uma das sessões custam 5€. Saibam mais aqui.

Underground Youth com nova malha
· POR Paulo Cecílio · 09 Jan 2017 · 22:33 ·


A banda britânica de pós-punk com laivos psicadélicos está de regresso aos álbuns em 2017. What Kind Of Dystopian Hellhole Is This? é o novo álbum dos Underground Youth, o seu oitavo, e a julgar pelo título aborda aquilo que se passou em 2016 e aquilo que se passará no nosso funesto futuro próximo.

Como que para provar o que estamos a dizer, o segundo single daqui retirado tem como título "Amerika", sendo que podemos desde já salientar que não se trata de uma versão dos Rammstein. Ouçam-no em baixo. What Kind Of Dystopian Hellhole Is This? tem data de edição marcada para o dia 15 de Fevereiro na Fuzz Club.

Sai música nova para Dirty Projectors
· POR Fernando Gonçalves · 09 Jan 2017 · 22:32 ·


Depois de em Setembro do ano passado a banda de Brooklyn ter quebrado com um jejum de quatro anos com o lançamento do tema “Keep Your Name”, eis que no advento do novo ano os Dirty Projectors voltam a atacar com “Little Bubble”.

Canção de amor e perda, metáfora de um planeta Terra cheio de vida num universo frio e solitário, “Little Bubble” é, tal como “Keep Your Name”, prenúncio de novo álbum para os nova-iorquinos, apesar de tal ainda não ter sido oficialmente anunciado. Fiquem com “Little Bubble”.

Mão Verde estreia-se em formato banda na Casa da Música
· POR Fernando Gonçalves · 09 Jan 2017 · 22:31 ·


Aquilo que começou por ser apenas um concerto e que, mais tarde, evoluiu para disco-livro volta agora à casa de partida. O projecto Mão Verde, nascido do esforço criativo de Capicua e Pedro Geraldes, vai, pela primeira vez, ser apresentado ao vivo em formato banda.

Aos pais do projecto juntam-se, agora, Francisca Cortesão (baixo e teclas) e António Serginho (percussões) para a performance de Mão Verdes formato banda na Casa da Música (Sala 2) no próximo dia 5 de Fevereiro.

Disco-livro que encontra na temática ecologista a sua primária fonte de inspiração, Mão Verdes faz das rimas, histórias, rap e jogos de palavras o sustento de canções alegres em que a educação para uma cidadania “mais verde” é o seu pilar fundamental.

O preço dos bilhetes para este espectáculo varia entre os 15 (individual) e os 50 euros (familiar). Fiquem com o single “Erva-de-cheiro”.

The Flaming Lips trouxeram música nova (e Miley Cyrus) ao menino
· POR Fernando Gonçalves · 09 Jan 2017 · 16:37 ·


Apesar de não serem reis de facto nem andarem carregados de ouro, incenso ou mirra, os The Flaming Lips trouxeram uma prenda formato música nova ao menino álbum que ainda está por nascer.

Chama-se “We A Family” e é o novo single extraído a Oczy Mlody, disco com nascimento previsto para dia 13 de Janeiro. Mas o tema não fez o caminho sozinho. Atrás da voz de Wayne Coyne em “We A Family” está a carcaça vocal de Miley Cyrus que dá corpo às back vocals nesta música. Eis “We A Family”.

Old Yellow Jack acabam no palco
· POR Fernando Gonçalves · 09 Jan 2017 · 16:33 ·


Cinco depois o fim. Os Old Yellow Jack decidiram, amigavelmente, colocar um ponto final na sua aventura musical. Muitos concertos, demos, um EP e um longa-duração recentemente lançado (Cut Corners) a banda lisboeta vais despedir-se dos estúdios e dos palcos em beleza com um concerto no dia 21 de Janeiro no “seu”, deles, Sabotage.

“Continuamos tão amigos como sempre fomos, o que para nós é o mais importante. Old Yellow Jack foi a nossa banda de secundário, que felizmente acabou por durar até hoje. Sentimos que é hora de acabar, explorar novos rumos e dedicar a nossa atenção a outros projectos que nos estão a dar mais gozo”, justifica o grupo a uma só voz. De referir que, apesar deste ponto final, a vida artística de cada um dos elementos dos Old Yellow Jack continua a marcar vírgulas.

Guilherme e Miguel com os seus NOOJ lançarão novo trabalho já em Março; Filipe e Henrique têm ambos novos projectos já em desenvolvimento, mas sem previsão de lançamento ao público; e a Colado, label fundada pelo grupo, continuará em grande força em 2017 com festas regulares e edição de discos de bandas como Reis da República, NOOJ e Alex Chinaskee & Os Camponeses. Fiquem com os Old Yellow Jack e esta “Glimmer”.

O Salgado faz anos e o Maus Hábitos serve o bolo
· POR Fernando Gonçalves · 09 Jan 2017 · 14:55 ·


E que bolo. Três palcos, catorze bandas, nove DJ set, duas exposições fotográficas e uma instalação. Serão estes os ingredientes da quarta festa de aniversário/festival de Luís Salgado, orgia artística marcada para dia 21 de Janeiro no lugar de sempre, Maus Hábitos.

O início das festividades, que terão como convidados bandas como os Galgo, Lince, Memória de Peixe ou os Throes + The Shine está dado como certo para as 21h30 enquanto o fecho só a polícia o saberá. O preço dos bilhetes varia entre os 8 (pré-venda) e os 12 euros (dia do evento). Fiquem com a élfica LINCE e o seu sublime “Earth Space”.



PALCO “O SALGADO”
CONCERTOS:
22h30 - LINCE
23h30 - Memória de Peixe
00h30 - Guerrera
01h45 - Throes + The Shine
DJsets
03h00 - Nuno Dias
04h00 - Gin Party Soundsystem
05h00 - Alfredo
06h00 - Bent
 
PALCO SUPER NOVA
CONCERTOS:
22h00 - Baleia Baleia Baleia
22h45 - Galgo
23h45 - Vaiapraia e as Rainhas do Baile
00h30 - Fugly
01h30 - 800 Gondomar
DJsets:
02h30 - A Boy Named Sue
03h30 - Nitronious
04h30 - Sérgio Hydalgo
 
PALCO STOCKHAUSEN
CONCERTOS:
22h00 - Volsk
22h45 - Bezbog
23h15 - ocp + Angélica Salvi
00h15 - Acid Acid
01h15 - Um gajo que não posso dizer o nome
DJset:
02h30 - Gvernkha
03h30 - Tanz Arbeiter
EXPOSIÇÃO FOTOGRAFIA
 
Wandson Lisboa - Mupi Gallery
Pedro MKK - Hall Entrada
 
INSTALAÇÃO - Escadas
Maria Subtil
Kehlani com novo single
· POR Paulo Cecílio · 09 Jan 2017 · 14:51 ·


A poucos dias de editar SweetSexySavage, o seu álbum de estreia, Kehlani decidiu antecipar as comemorações com um tema novo. "Undercover" é o terceiro single a ser retirado deste disco - após "CRZY" e "Distraction" - e já está disponível para escuta após ter sido estreado na Beats 1.

Há uma guitarrinha acústica, há batida, há Akon e há uma letra sobre o amor ou o que valha. Para conferir aqui em baixo, claro está.

Filho Único entra em 2017 com força
· POR Paulo Cecílio · 09 Jan 2017 · 14:48 ·


A promotora lisboeta irá dar as boas vindas ao novo ano com duas sessões duplas, em dois locais distintos da capital. A 19 de Janeiro, a Filho Único levará até ao Lounge a electrónica de Jejuno, a dança dos Niagara e ainda a selecção musical de DJ Khabal, co-fundador da Golden Mist, que se encarregará de pôr toda a gente a dançar. A entrada é livre.

E, porque a dança não morre, dois dias depois será o Musicbox a acolher mais uma noite Príncipe com DJ Problemas, Bubas Produções, DJ Marfox (na foto) e DJ NinOo + Puto Anderson + MC K30. Entrada: 8€. Podendo, é ir.

New Street Adventure: na teimosia está o ganho
· POR Fernando Gonçalves · 09 Jan 2017 · 14:46 ·


Quase quatro anos depois de se terem estreado com No Hard Feelings, o quinteto londrino ganhou um álbum novo com muita política lá dentro. Stubborn Sons é o prémio e tem lançamento marcado para dia 24 de Março.

Disco que, de acordo com a informação que nos chegou, “reflecte a evolução e persistência da banda na exploração de novos ritmos” abrangendo um maior leque de sonoridades do que o seu antecessor. A par desta fértil “teimosia”, os NSA pensam, em Stubborn Sons o turbulento momento sociopolítico actual fazendo, simultaneamente, a crítica à falta de consciencialização das massas. Eis “What’s So Good About Happiness”, single de avanço para o novo Stubborn Sons.


JFDR: novo single, disco mais próximo
· POR André Gomes · 09 Jan 2017 · 14:41 ·


Jófríður Ákadóttir está em grande. A islandesa que fundou Pascal Pinon, Samaris ou Gangly, elogiada por gente tão distinta como Björk, prepara-se para lançar o seu primeiro disco a solo e mostrou hoje o segundo single, "Airborne", para ouvir ali em baixo.

O seu disco de estreia em nome próprio - assina JFDR - chama-se Brazil e chegará até nós na Primavera com o selo da sua própria editora, a White Sun Records. Nunca mais chega a Primavera.


Meije: um guia para gravar o Verão
· POR Fernando Gonçalves · 09 Jan 2017 · 14:27 ·


Meije é uma montanha na França onde quem assina agora também com este nome nunca esteve. A informação sobre a artista é pouca, quase inexistente. sabemos que vem de Tallinn, na Estónia, e que quis gravar o Verão em disco.

Longing For Summer é o título do EP com quatro temas que agora chega até todos nós. Quatro temas de experimentação, vozes angelicais e paisagens melancólicas. Ficamos curiosos para saber qual o seu próximo passo.

ADULT. têm álbum colaborativo na calha
· POR Fernando Gonçalves · 06 Jan 2017 · 18:07 ·


A ideia de criar um álbum colaborativo nasceu na mente dos norte-americanos ADULT. no inicio do século mas constrangimentos financeiros impediram que a mesma fosse concretizada. Em 2014, o projecto Detroit House Guests ganhou finalmente ímpeto quando a Fundação John S. and James L.Knight decidiu apoiar a sua concretização. Depois deste aval, a banda de Detroit meteu mãos à obra, obra entretanto finalizada e pronta a estrear no dia 17 de Março.

Detroit House Guests que recebeu nos seus aposentos nomes como os Michael Gira, Shannon Funchess ou de Douglas J MacCarthy, este último que dá ser ao primeiro single retirado a este duplo vinil e CD “They’re Just Words”.

The Shins com disco novo em 2017
· POR Paulo Cecílio · 06 Jan 2017 · 18:03 ·


Foram vocês que pediram um disco novo de Shins? Não esperem mais. A banda de James Mercer irá editar este ano o seu quinto álbum de estúdio, Heartworms, cinco anos depois de Port Of Morrow.

O disco terá edição da Columbia e sairá no dia 10 de Março, estando desde já disponíveis dois singles: "Dead Alive", mostrado no Halloween, e "Name For You", partilhado esta semana. Confiram esta última em baixo, bem como o alinhamento.



01 Name for You
02 Painting a Hole
03 Cherry Hearts
04 Fantasy Island
05 Mildenhall
06 Rubber Ballz
07 Half a Million
08 Dead Alive
09 Heartworms
10 So Now What
11 The Fear
Jens Lekman: a vida trouxe-lhe um novo disco, é a vida
· POR Fernando Gonçalves · 06 Jan 2017 · 17:58 ·


O sueco preferido do Nuno Dias da Popstock (é o próprio que o diz) fez-se á vida e a vida, não se fazendo rogada, atirou-lhe com um disco novo para o colo. Life Will See You Now de sua graça, a nova rodela musical de Lekman será lançada às feras no próximo dia 17 de Fevereiro via Secretly Canadian. Quase cinco anos depois de se ter esvaído em desgostos e desilusões amorosas em I Know What Love Isn’t o sueco deixou-se de merdas e seguiu com a sua vida.

Vida que também sabe ser generosa e o agraciou com um camarote no jogo do amor, permitindo-lhe ver, agora, os diferentes tipos de relacionamentos com o terno olhar que um pai deita ao filho enquanto ele se diverte no recreio, sem mágoa mas com muita magia. Todo este encantamento em formato álbum vem embrulhado num sortido de géneros que vão desde a disco à bossa nova, passando pelo samba e pelo calypso. Deste novo paradigma filosófico e musical de Lekman acaba de ser lançado o primeiro single “What’s That Perfume That You Wear?”, tema que se anuncia como “um pesadelo amoroso dançável”. Do, agora, cientista do amor (ao invés de cobaia) Jens Lekman, eis “What’s That Perfume That You Wear?”.

Georgia regressa com “Feel It”
· POR Fernando Gonçalves · 06 Jan 2017 · 17:55 ·


Depois de se ter estreado em 2015 com o longa-duração Georgia, disco que a levou a abrir concertos de Hot Chip, a britânica recolheu ao conforto do estúdio. Desse quente ninho criativo trouxe música nova.

“Feel It” é o seu nome e, até prova em contrário, é um “lonely ranger” na discografia de Georgia. Solidão, porém, é palavra que não assentará arraiais no cardápio da britânica, uma vez que, durante o próximo mês, estará em tournée com os Flaming Lips. Uma tournée que, no entanto, não passará por Portugal. Fiquem com o novo single “Feel It”.

Phoenix no Alive
· POR André Gomes · 06 Jan 2017 · 10:15 ·


Assim curto e grosso: os franceses Phoenix (lembram-se deles e das suas canções pop orelhudas?) são a mais recente confirmação do cartaz do NOS Alive'17. Juntam-se aos já confirmados The Weeknd, The xx e alt-J no Palco NOS do dia 6 de Julho.

Os bilhetes para o festival já estão à venda nos locais habituais e em nosalive.com/bilhetes. Por esta altura já devem ter material suficiente para que possam fazer a vossa escolha em consciência, não?

Pallbearer anunciam novo álbum
· POR Paulo Cecílio · 05 Jan 2017 · 15:02 ·


A banda norte-americana, um dos baluartes do doom moderno, irá editar no próximo dia 24 de Março aquele que será o seu terceiro álbum de estúdio e o sucessor de Foundations Of Burden, de 2014.

Heartless terá o selo da Profound Lore e é inspirado, dizem, pela "realidade": «As nossas vidas, as nossas casas e o nosso mundo estão a cair nas profundezas da escuridão, à medida que procuramos uma réstia de esperança que seja». Por outras palavras, é muito provavelmente um álbum sobre o Trump. Eis o alinhamento.



01 I Saw the End
02 Thorns
03 Lie of Survival
04 Dancing in Madness
05 Cruel Road
06 Heartless
07 A Plea for Understanding
Mute Swimmer: novo álbum (quase) a caminho
· POR Fernando Gonçalves · 05 Jan 2017 · 11:40 ·
© Lea Fabrikant

Guy Dale está prestes a lançar um novo álbum. Já baptizado como Air Itself, o novo álbum pode ser lançado amanhã ou depois. Estranho? Nós explicamos. A criação propriamente dita já está acabada e as máquinas de produção dos CDs e vinis também se encontra a postos. O problema está no financiamento. Dado que se trata de uma obra independente, sem qualquer tipo de apoio à edição através de uma editora, Guy Dale pretende que os interessados em receber a obra, física ou digitalmente, façam a pré-encomenda para com o dinheiro recolhido as máquinas possam fazer o seu trabalho e o disco ver a luz do dia. A dez dias do final do prazo, Mute Swimmer e este Air Itself já recolheram 44% (1547 euros) do dinheiro necessário.

Apesar dos problemas técnico-financeiros que ilustram a dificuldade em lançar uma data de estreia para o novo Air Itself hoje é dia de festa para Guy Dale. Nesta quarta-feira os Mute Swimmer acabam de lançar o primeiro vídeo para o, também ele primeiro, single “Enemy (One Of Us III)”. Fiquem com esta pérola de sensibilidade retirada a Air Itself:

Afinal havia mais, disse Elliott Smith
· POR Paulo Cecílio · 05 Jan 2017 · 11:28 ·


Foi em 2003 que Elliott Smith se despediu do mundo de forma trágica, não sem ter deixado uma legião de fãs que, ainda hoje, continuam a chorar as mágoas presentes nas suas canções, ou potenciadas pelas suas canções.

20 anos após o lançamento de Either/Or, um dos seus álbuns mais vitais, vem aí uma reedição de luxo que contém vários presentes para os acólitos de Smith: cinco temas gravados ao vivo e quatro inéditos, incluindo "I Figured You Out", canção gravada em 1995 e já disponível para escuta. A reedição de Either/Or estará a cargo da Kill Rock Stars e sairá a 10 de Março.

O “fantasminha” dos Clã assombra TNSJ a partir de amanhã
· POR Fernando Gonçalves · 04 Jan 2017 · 15:55 ·
© João Tuna

A banda liderada por Manuela Azevedo será a responsável pela interpretação das canções (libreto de Regina Guimarães) do musical infanto-juvenil “Fã”, a nova produção do Teatro Nacional de S. João que faz a sua estreia amanhã no Teatro Carlos Alberto e continuará pelo palco desta nobre sala portuense até dia 29 de Janeiro.

Se ver os Clã tocar não será grande surpresa, já de vê-los como actores não se poderá dizer o mesmo. Para além de darem corpo musical ao espectáculo, os elementos da banda irão vestir o papel de actor e ajudar a contar a história deste “Fã” que mais não é do que um “fantasminha” que se apaixona por uma cantora debutante e que a partir desse momento, começa a pregar partidas e ensaiar assombrações.

De referir que no dia 29 de Janeiro, dia da última apresentação, o espectáculo contará com uma sessão em Língua Gestual Portuguesa e com Audiodescrição. Fiquem com os Clã e este “Asas Delta”, tema integrado no álbum Disco Voador, disco em que o público mais jovem foi o grande homenageado.



Horários e bilhetes:
 
Quarta e quinta-feira: às 11h00 (excepto dia 5, que a récita está agendada para as 21h00); 
Sexta-feira: às 21h00; 
Sábado: às 16h00 e às 21h00; 
Domingo: às 16h00
Local: Teatro Carlos Alberto, Porto
Preços: 10 euros (adultos) e 5 euros (crianças)
Jenny Hval de regresso a Portugal
· POR Paulo Cecílio · 04 Jan 2017 · 15:33 ·


Após editar o aclamado Blood Bitch, no ano passado, Jenny Hval voltará a pisar palcos portugueses no final de Abril, para aquela que será a festa de encerramento da BoCA Bienal, que se estreia em Lisboa a partir de 17 de Março e se arrastará até dia 30 de Abril.

É este o dia em que a norueguesa estará pelo Lux, para mostrar não só as canções desse disco como também as de, espera-se, Apocalypse, Girl, o anterior, que a colocou nas bocas do mundo indie. Um dia antes, Hval também estará por Braga, para celebrar o 4º aniversário do GNRation. Mais informações? Em breve, em breve.

ZdB entra com tudo no novo ano
· POR Paulo Cecílio · 04 Jan 2017 · 15:25 ·


Está na altura de encarar 2017 de frente, até porque o ano reserva-nos muita coisa boa - sendo que grande parte dela passará pela Galeria Zé dos Bois, espaço que é um dos muitos pulmões da cultura não só em Lisboa como em Portugal. Já este sábado, o "aquecimento" para os restantes doze meses é feito pela mão de Vaiapraia (na foto), que irá ali apresentar o seu álbum de estreia, 1755, verdadeiro terramoto na pop independente nacional.

Uma semana depois, a electrónica de Vessel juntar-se-à aos visuais de Pedro Maia para uma noite em cheio, e até final do mês ainda haverá concertos de Filipe Felizardo & The Things Previous (o guitarrista com Gabriel Ferrandini, Tiago Silva e Yuri Antunes), Galgo c/ Alex Chinaskee & Os Camponeses, a última Volúpia das Cinzas de Ferrandini, Phill Niblock e ainda um encontro de sonho: Bonga e B Fachada. Para Fevereiro, o cardápio não será menos gostoso. A Noite Xita abrirá as hostes a 4 desse mês, seguindo-se os majestosos Xiu Xiu, para a apresentação do seu novo álbum. É mesmo só para quem tem uma fome de boi.

Ra-Fa-El estreia-se a solo
· POR Fernando Gonçalves · 04 Jan 2017 · 15:06 ·


O guitarrista Rafael Ferreira, membro da trindade Glockenwise, vai estrear-se a solo com o single “Caught By Chance”, tema que contou com a colaboração de Duquesa na letra e voz e de Pedro Oliveira (peixe : avião e Green Machine) na bateria.

Esta estreia a solo dá-se sob o nome de Ra-Fa-El e terá como marca d’água, nos próximos temas, a presença de um convidado para “tratar” da parte vocal. Duqesa, como referimos, foi o primeiro deles. Rafael Ferreira que participou, recentemente, com os Glockenwise na regravação do seu mais recente Heat com a Orquestra Juvenil da Bonjóia nos estúdios Sá da Bandeira, Porto. Um trabalho que, em breve, verá luz do dia. Fiquem com Ra-Fa-El e a sua primeira aventura “Caught By Chance”.

Sleater-Kinney ao vivo dentro de um disco
· POR Fernando Gonçalves · 04 Jan 2017 · 15:03 ·


Live In Paris é o nome desta “rosa” gravada ao vivo na capital francesa a 20 de Março de 2015 no emblemático La Cigale. Agora, quase dois anos depois do acontecimento, o registo deste concerto chega através de uma rodela, digital e analógica, que estará disponível a partir de dia 27 de Janeiro.

Nessa “quase-primavera” de 2015, as Sleater-Kinney traziam consigo o seu oitavo álbum de originais No Cities To Love, disco que tocaram na integra e do qual faz parte esta “Surface Envy”, aqui na versão “Live In Paris”.

The KLF de volta? Sim, por favor
· POR Paulo Cecílio · 04 Jan 2017 · 14:59 ·


Depois de um ano que falhou a todos os níveis, a notícia de que o caos, a anarquia e a mais pura das diversões poderá estar de regresso aos grandes palcos mediáticos deve ser encarada com alguma desconfiança - até porque rumores do género circulam há anos. Mas, em 2017, tudo parece conjugar-se para que os KLF, responsáveis por um dos grandes discos desta vida - Chill Out - e por terem basicamente criado não só o trance mais pop como a sonoridade claqueira dos Scooter, regressem ao activo para, uma vez mais, disparar balas contra multidões anímicas.

De que forma se fará este regresso? Não interessa. Para já, existe um vídeo de 46 minutos (23 + 23, portanto, e procurem vocês a razão pela qual o 23 é importante na dupla) a relembrar a sua história e um post críptico de DJ Food a indicar que os escoceses poderão voltar ao activo... Mas, mesmo que não voltem, isto é sempre bom de ver.

Desperate Journalist de volta às canções
· POR Paulo Cecílio · 04 Jan 2017 · 14:57 ·


A banda com um dos nomes mais interessantes dos últimos tempos - mesmo que tenha sido gamado a uma canção dos Cure - entrou a pés juntos em 2017.

Depois de um óptimo álbum de estreia, homónimo, os Desperate Journalist irão editar este ano o seu segundo disco, Resolution, que sairá pela Fierce Panda já no próximo dia 24 de Fevereiro. Se no final do ano passado partilharam "Hollow", o primeiro single do mesmo, esta semana voltaram à carga com "Resolution", barulho fofinho a roçar o shoegaze. Ouçam o tema aqui.

FLeUR: um tratado de paz entre o digital e o analógico
· POR · 03 Jan 2017 · 14:43 ·


De um lado dois laptops, do outro um piano e uma guitarra, juntos são FLeUR, duo experimentalista italiano constituído por Francesco Lurgo (Tacuma Electronic Orchestra e Daniele Brusaschetto, entre outros) e Enrico Duto que se apresta para lançar o seu primeiro longa-duração Space Between em Fevereiro.

Mescla de IDM com post-rock em que o choque entre a programação e a improvisação humana são a razão da sua existência, Space Between traz, para além do duo criador, as vozes de Daniele Brusaschetto e Costanza Bellugi. Fiquem com a música e imagem do single “Aborter”.

FLeUR - Aborter from Francesco Lurgo on Vimeo.

Fee Reega lança novo disco em 2017
· POR André Gomes · 03 Jan 2017 · 10:09 ·
© Rui Oliveira

Começou 2017. E com ele as notícias de novos discos. Fee Reega, alemã a viver em Espanha, prepara-se para lançar novo registo este ano. O disco chega em Fevereiro e vai chamar-se SONAMBULANCIA. Terá o selo da editora asturiana HUMO.

O primeiro single acaba de ser apresentado. Chama-se "Tequila" e pode ser ouvido e visto (e os vídeos de Fee Reega são sempre óptimos para amantes de fetichismos) aqui em baixo.

BeWider estão de regresso aos discos
· POR Fernando Gonçalves · 02 Jan 2017 · 23:41 ·


Depois de se terem estreado nas lides discográficas em 2015 com A Place To Be Safe, os italianos BeWider, nascidos da mente do produtor Piernicola Di Muro, estão de regresso com Dissolve.

Miscelânea de referências e texturas, com o electro e o new wave à cabeça, Dissolve move-se entre diferentes atmosferas sem que o cunho cinematográfico que acompanha a banda desde o seu inicio seja desvirtuado. A acompanhar o anúncio deste lançamento vem o single “Shaping Lights”, primogénito filho deste novo disco que poderão degustar a partir de agora.

FERE abrem as portas do seu mundo no Cave
· POR Fernando Gonçalves · 02 Jan 2017 · 23:40 ·


Novo ano, nova banda, novo disco, primeiro concerto. Os FERE (Jaime Manso, João Pedro Amorim, Pedro Alves e José Pedro Alves), banda que assume os God Speed You Black Emperor ou os Russian Circles como principais influências, estão prestes a subir a palco pela primeira vez. O “local do crime” será a Cave 45, Porto, no próximo dia 7 de Janeiro num concerto que dará a conhecer as músicas do seu primeiro trabalho discográfico (ainda sem nome) que estreará brevemente.

Colectivo formado em 2015, os FERE, apesar de só agora se lançarem na feitura de um disco, já tiveram a seu cargo a banda sonora da peça de teatro “Não Mates o Mandarim” (Teatro Nacional de S.João), obra executada ao vivo pela banda durante as apresentações do espectáculo.

Sem temas completos para apresentarmos, os FERE deixam-nos com um pequeno teaser dos temas que integrarão o seu disco de estreia. Para ouvir a partir de agora.

The xx a caminho de I See You com “Say Something Loving”
· POR Fernando Gonçalves · 02 Jan 2017 · 23:39 ·


A onze dias do lançamento do seu terceiro álbum de originais I See You, os The xx acabam de lançar ao mundo mais um dos temas que integram o novel registo. “Say Something Loving” é o nome do single que substitui o primogénito “On Hold”, tema que anunciou a vinda do terceiro rebento da banda britânica ao mundo.

The xx que levarão I See You até Oeiras e ao seu NOS Alive no próximo dia 6 de Julho. Fiquem com a simpática “Say Something Loving”:

Laurus Nobilis 2017 apresenta primeiros nomes
· POR Fernando Gonçalves · 02 Jan 2017 · 23:37 ·
© Ricardo Filho de Josefina.

Amorphis, Linda Martini, PAUS, Killlimanjaro e GrandFather’s House são as primeiras confirmações para a terceira edição do festival de música famalicense Laurus Nobilis, evento que decorrerá entre os dias 27 e 29 de Julho deste ano.

Depois de um primeiro dia totalmente gratuito, a entrada no recinto do festival passará a custar entre os 15 (dia) e os 25 euros (os primeiros 500 bilhetes de cada dia e os primeiros 500 passes terão um desconto, passando a custar 12,50 e 20 euros respectivamente). Fiquem com os Linda Martini e esta “O Dia em que a Música Morreu”:

Topes Ilustres 2016 - Bruno Guichon | Octa Push
· POR Bruno Guichon · 02 Jan 2017 · 15:31 ·

 
Morreu muita gente fixe mas também se fizeram muitos bons discos. Aqui vai a minha lista (vou-me esquecer de coisas):
 
Anohni, Bruno Pernadas, Cacique 97, Capitão Fausto, Corona na Casa, David Bowie, DJ Nervoso ,DJ Satélite, Dengue Dengue Dengue, Elza Soares, Imarhan, Izem, Jessy Lanza, Kano, Karlon, King, Kornél Kovács, Medeiros/Lucas, Mike El Nite, Nerve, Nery, Prequel, Rastronaut, Romare, Rye Lane Shuffle, Rádio Quantica, Salto, Sensible Soccers, Skepta, Solange, Steven Julien, Terrace Martin, Throes+The Shine, Youthless, Yussef Kamaal, os regressos de  A Tribe Called Quest, Azymuth, De La Soul..
 
Concerto do ano: Kamasi Washington
 
2017:  Cachupa Psicadélica, Cátia Sá, Gorillaz, Mai Kino, Meu Kamba, Nigga Fox, Q-Tip, Sinkane, Sweat & Smoke
Topes Ilustres 2016 - Ora Cogan
· POR Ora Cogan · 02 Jan 2017 · 12:28 ·
© Stasia Garraway

Some of the amazing live artists i snooped while on the road this year... 
 
Bomba Estereo
Asuna
Uni Ika Ai
Destruction Unit
Paul Stewart 
Jozef van Wissem
Malcolm Jack
The Burying Ground
Umer Piracha
Frank LoCrasto
Minka
 
Recorded music i got into (although not all released this year)
 
Patrick Watson - Love Songs for Robots
Terry Riley - Les Yeux Fermés
Grouper - Paradise Valley
Marin Patenaude & The Follow Through - S/T
Terry Riley - Les Yeux Fermés
Hope Sandoval - Until The Hunter
Savages - Adore Life
Thundercat - Apocalypse
And Also The Trees - Born Into The Waves
Retribution - Tanya Tagaq
YG & Nipsey Hussle's  "FDT (Fuck Donald Trump) was basically on repeat on tour for the past little while... 
BranMorrighan celebra o 8º aniversário
· POR Paulo Cecílio · 02 Jan 2017 · 12:17 ·


O palco será o do Musicbox, a anfitriã e aniversariante será a Sofia e os bilhetes já se encontram à venda ao preço de 7,5€.

O blogue BranMorrighan cumpre oito anos de existência e organizou uma festa naquele espaço do Cais do Sodré, convidando não só a nova coqueluche do pós-rock nacional - os First Breath After Coma (na foto), que contarão com a presença de Noiserv -, como ainda lhes juntando Mira Un Lobo! e Daily Misconceptions para fazer a festa em grande. E, se calhar, também haverá bolo. Ou não. Mas era fixe que houvesse.

Lisbon Psych Fest anuncia primeiros nomes
· POR · 02 Jan 2017 · 12:13 ·


O Lisbon Psych Fest regressará em Abril para aquela que será a sua terceira edição, levando uma vez mais ao Teatro do Bairro aquilo que de mais interessante se tem feito no campo do rock psicadélico - e não só.

Entre as primeiras confirmações para o cartaz deste ano, contam-se os noruegueses Electric Eye (na foto), os Dead Rabbits, Orval Carlos Sibelius, Josefin Öhrn + The Liberation e o muito nosso Acid Acid, com muitos nomes ainda por confirmar. O Lisbon Psych Fest tem lugar a 7 e 8 de Abril e já existem bilhetes à venda, ao preço de 20€, numa oferta limitada. Corram, corram.

Bodyspace leva brasileiro Marcelo Perdido ao Café au Lait (Porto) no próximo sábado
· POR André Gomes · 02 Jan 2017 · 12:03 ·
© Sofia Miranda

BODYSPACE AU LAIT:
Marcelo Perdido
 
Café au Lait, Porto
7 de Janeiro, sábado
23h00
 
Entrada livre
 
"Marcelo Perdido está encontrado, não há razões para preocupação – ele é emigrante, imigrante, refugiado e um cidadão de todos os lugares. E é bom tê-lo aqui ao pé de nós, mesmo que para ele isso signifique estar a um oceano de distância do mundo que ele viu primeiro". Quem o diz é o "nosso" Benjamim. Marcelo Perdido acaba de lançar um novo disco intitulado Bicho. Produzido por Filipe Sambado, e sucede a Inverno, lançado em 2015, e Lenhador, em 2014. Marcelo Perdido é brasileiro mas mora em Portugal. Diz escrever músicas para aqueles que se sentem perdidos com uma sonoridade que transita entre o folk e o tropicalismo. Começou a sua carreira com o desafio de lançar quatro discos, um para cada estação do ano. E agora já só lhe falta mais um, um disco de Verão. Naquele que será o seu primeiro concerto em Portugal, Marcelo Perdido mostrar-nos-à as canções de Bicho e outras que o passado acolheu. Imperdível, claro está.

Parceiros