Abril 2016
Joana Serrat embala para novo single com álbum à vista
· POR Fernando Gonçalves · 29 Abr 2016 · 16:42 ·
® Elba Fernández

Joana Serrat embala para novo single com álbum à vista Catalã de nascimento com o folk no coração, Joana Serrat está prestes a lançar Cross The Verge, novo LP que chega a 6 de Maio e vem com este novo single “Cloudy Heart” dentro. “Cloudy Heart foi construído em parceria com David Giménez.

A canção fala do momento em que as duas partes de um casal se começam a ver como estranhos, depois de passarem por uma longa e tormentosa jornada juntos”, explica Joana. Já a fazer estragos, dos bons, pelos lados da BBC e da Mojo, Joana Serrat, agora, no vosso Bodyspace com este “Cloudy Heart”.

VIBE volta à carga
· POR Paulo Cecílio · 29 Abr 2016 · 16:40 ·


Viana do Castelo voltará a acolher grandes concertos a partir deste fim-de-semana, em mais uma edição do VIBE. O Porta 93, um bar algures (não conheço Viana), irá ser palco para M+, projecto synthpop de Márcio Paranhos e e Mónica Dias, que ali actuará pelas 22h30 (entrada livre).

Na próxima semana, serão os Bellaroush a fazer a festa no Coreto do Jardim, a 7 de Maio, e os Capitão Fausto e os Paraguaii fecharão estas sessões com chave de ouro no dia 13, sexta-feira, no castelo de Santiago da Barra (5€). Info? Aqui.

Macho Alfa da cultura barcelense apresenta-se ao público
· POR Fernando Gonçalves · 29 Abr 2016 · 15:13 ·


Seis de Maio do ano da graça de 2016 marca o arranque oficial da nova promotora cultural barcelense, Macho Alfa. E há festa. E há música, muita música. Tudo começará no Círculo Católico de Operários (CCOB) com o concerto dos portugueses Evols pelas 22 horas. Uma hora depois, é tempo dos norte-americanos The Blank Tapes e o seu california dreaming Ojos Rojos, lançado a 15 de Abril, carregado de rock e pop psicadélicos. Finda a festa, a Macho Alfa encaminha a manada do CCOB para o Bar do Xano onde, a partir da meia-noite e meia, estarão os espanhóis Vozzyow e os portugueses Toconao, duo “da casa” que faz da electrónica megafone da sua arte musical. Tudo isto por 5 euros.

Mas voltemos as agulhas, novamente, para a Macho Alfa. Esta entidade propõe-se difundir a programação regular e descentralizada do seu objecto, música moderna e suas mais variadas expressões, de forma independente, dentro e fora de Portugal. Fiquem com o sonho português da Macho Alfa e o californiano dos The Blank Tapes e este “Lover’s Lane”:

Claire Cronin lança tempestade folk
· POR Fernando Gonçalves · 29 Abr 2016 · 15:10 ·


Came Down A Storm, tempestade carregada de música que há-de vir pela voz da californiana Claire Cronin no dia 6 de Maio via Ba Da Bing! Records. Os primeiros chuviscos, no entanto, já caem sob a forma de single. “Dark Water” assim se chama essa “chuva” que cai do regaço de Claire.

Claire que não carrega este Came Down A Storm sozinha. Nele cabem, ainda, John Dieterich dos Deerhoof e as instrumentalizações de Ezra Buchla (Chelsea Wolfe) e Heather Trost (Hawk and a Hacksaw, Beirut). Fiquem com o folk tempestade melancólica de Claire Cronin e o seu single “Dark Water”:

Plages Electroniques desce até Portugal
· POR Paulo Cecílio · 29 Abr 2016 · 14:43 ·


A zona metropolitana de Lisboa vai acolher uma beach party. Nos dias 3 e 4 de junho, a Praia do Rei, na Costa da Caparica, será palco para a edição portuguesa do Les Plages Electroniques, evento dedicado à música de dança e que contará com a presença de vários DJs e produtores de renome. Entre eles, destaca-se Étienne de Crécy, nome de culto do toque francês que virá ao país com álbum novo na bagagem, Super Discount 3.

Para além deste, também Jimmy Edgar e Danny Daze, e nata nacional como Xinobi e Moullinex passarão pela Costa. E não é tudo: se a 3 e 4 é a praia a acolher a dança, no dia 5 será um dos terraços com melhor vista sobre a capital - cujo local e lineup será anunciado brevemente. Os bilhetes custam 20€ até ao dia 31 de Maio para os dois dias de praia, 15€ o diário.

Eis Demoscene Time Machine
· POR Paulo Cecílio · 29 Abr 2016 · 14:40 ·


David Whiting é um senhor britânico actualmente baseado em Berlim, metade dos duos synth Heretics e Draco Draco, e que a solo assina como Demoscene Time Machine - que, como o nome indica, é uma viagem no tempo através da 8-bit music e daqueles sons minúsculos e deliciosos que ouvimos durante horas naquela que foi a grande era dos videojogos.

No dia 9 de Maio, DTM irá editar o seu quarto álbum, Gravity, e já há temas passíveis de serem ouvidos: "Jetpack" e "Satellite". Confiram-no aí em baixo, no Bandcamp.

gnration celebra 3º aniversário com concertos
· POR Paulo Cecílio · 29 Abr 2016 · 14:37 ·


O espaço bracarense assinalará o seu terceiro ano de vida com imensas ofertas culturais ao longo deste sábado. O open day do gnration contará com concertos, DJ sets, exposições e outras coisas mais, sendo que a acção se desenrolará ao longo dia.

A parte musical está reservada para o fim de tarde: os Glockenwise abrirão hostilidades a partir das 17h, seguindo-se Sensible Soccers, Filho da Mãe e PZ, estando ainda marcados DJ sets da RUM e dos próprios Sensible. Por ser open day a entrada é, como é lógico, livre.

Chino Moreno (Deftones) cria supergrupo Saudades
· POR André Gomes · 29 Abr 2016 · 12:29 ·


É a notícia mais importante do dia em Portugal depois da guerra entre os taxistas e a Uber. Chamam-se Saudade e são uma espécie de supergrupo constituído por pelo vocalista dos Deftones Chino Moreno, Dr. Know, ​o guitarrista dos Bad Brains, o antigo baterista dos Bad Brains Mackie Jayson, Chuck Doom (dos Crosses) e o teclista John Medeski.
Their

O primeiro single também se chama "Saudades" e já pode ser ouvido aqui em baixo. É uma faixa instrumental que tem quase tantas guitarras como taxis parados em frente da Assembleia da Republica.

Secretamente She’s Mine
· POR Fernando Gonçalves · 29 Abr 2016 · 11:00 ·
© Cara Robbins

Alex Cameron, homem de incontáveis talentos, juntou-se ao saxofonista Roy Molloy e o resultado é o tema “She’s Mine”, single de avanço para o seu álbum de estreia em nome próprio que há-de sair ainda este ano pela Secretly Canadian.

“Este é um álbum de contos acerca da minha vida no showbizz. Das pessoas que conheci e das histórias que ouvi. Do amor que ganhei e do medo que desenvolvi”, explica o multifacetado Alex. Agora já não tão secretamente, “She’s Mine”:

Scott & Charlene’s Wedding não fazem por menos e lançam um álbum e um EP
· POR Fernando Gonçalves · 28 Abr 2016 · 16:01 ·


Depois de uma tournée que os levou da sua Austrália natal até aos palcos de Nova Iorque e Londres, a banda aussie atirou-se ao trabalho e de lá saíram duas novidades.

Primeiro o EP Delivered, do qual é extraída a música do mesmo nome, que será lançado a 24 de Junho e em segundo um novo álbum para Setembro que, de acordo com a informação recolhida, também incluirá “Delivered”. “Delivered” pelos neo-indie Scott & Charlene’s Wedding.

Cinema e música para ocupar o ócio em Guimarães
· POR Fernando Gonçalves · 28 Abr 2016 · 15:42 ·


Sim, porque o ócio pode e deve ser ocupado, e se com cultura, ainda melhor, alimenta a alma. Bom, é isso a que se propõe “O Ócio Ocupa”, projecto cultural multiplataformas que se pretende levar cultura a todo o Minho e que, no próximo sábado, monta tenda no Cineclube de Guimarães das 11 até às 19 horas. Quem se deslocar a este local o dia 30 poderá ver uma mostra de videoclips de bandas do Minho em formato instalação ao longo de todo o dia.

Para além da componente vídeo e de exposições (fotografia e ilustração), a iniciativa acomodará, ainda, showcases de Paraguaii, Homem em Catarse e This Penguin Can Fly no final da tarde. Tarde que anunciará uma noite de fecho com o concerto dos britânicos Sly & The Family Drone. Concerto que se realizará no Centro para os Assuntos da Arte e da Arquitectura (CAAA) situado na Rua Padre Augusto Borges de Sá, Guimarães. Vídeo e som que aqui vos deixamos com os Paraguaii e este “Scope”.

RUC em festa queima fitas com cartaz de mestre
· POR Fernando Gonçalves · 28 Abr 2016 · 15:33 ·


Trinta anos é muita fruta. Que o diga a RUC, Rádio Universidade de Coimbra, aniversariante de data redonda que tem preparada festa de arromba na Queima das Fitas de Coimbra. Responsável pela programação do palco secundário da Queima coimbrã, os responsáveis da rádio convidaram nove nomes de méritos reconhecidos, ou em processo de reconhecimento, para o colorir.

São eles os Flamingods, Pop Dell’Arte, Niagara, College+Maethelvin, Anklepants, Matias Aguayo, VULTO. c/ Secta, L-Ali, Jota e Tilt, Atila e Tessela para um ecléctico showroom que irá do hip-hop ao rock sem esquecer a electrónica. Fiquem com o francês dos synths College e este “Save the Day” com voz de Nola Wren.



6 de Maio: College+Maethelvin e Niagara
7 de Maio: Flamingods e Pop Dell’Arte
8 de Maio: Anklepants e Matias Aguayo
9 de Maio: VULTO. c/ Secta, L-Ali, Jota e Tilt, Atila e Tessela
Mais três nomes para o Milhões
· POR André Gomes · 28 Abr 2016 · 15:20 ·


Acabadinho de chegar a esta redacção: o Milhões de Festa acrescenta mais três nomes para o seu cartaz de 2016. São eles Dan Deacon, Nídia Minaj e 10 000 Russos. Estes nomes juntam-se aos 15 previamente anunciados. 

O Milhões de Festa regressa ao Parque Fluvial de Barcelos nos dias 21, 22, 23 e 24 de Julho e os bilhetes já se encontram à venda por 50 euros. A partir de 10 de Maio, os preços dos ingressos gerais sobem para as 55 euros. Apressem-se.

Orelha Negra lançam música nova
· POR Fernando Gonçalves · 28 Abr 2016 · 15:13 ·


“22:14” assim se chama e é, se assim o podemos dizer, o ponto culminante da série de concertos que a banda realizou em Lisboa e Porto. Gravada nos Estúdios Sá da Bandeira, no Porto, “22:14” representa, ainda, a primeira etapa de um tour que os levará a um novo disco, ao que tudo indica, ainda esta Primavera.

Groovy como sempre e tripalhoca como poucas, a nova música já está disponível em áudio e vídeo aqui em baixo.

Novo single de Graveola e o Lixo Polifônico
· POR André Gomes · 28 Abr 2016 · 12:28 ·
© Vania Cardoso

Os brasileiros Graveola e o Lixo Polifônico estão a preparar o lançamento do quinto disco das suas carreiras, intitulado Camaleão Borboleta. Depois de terem partilhado o primeiro single, “Talismã”, a banda mostrou ontem ao mundo “Índio Maracanã”, mais uma canção do novo disco.

De acordo com o que lemos por aí, a canção fala da luta dos indígenas da Aldeia Maracanã, no Rio de Janeiro. Podem ouvir “Índio Maracanã” aqui em baixo.

Cancelado: Julia Kent e Joana Guerra no Carpe Diem
· POR Nuno Catarino · 28 Abr 2016 · 11:46 ·


Afinal, o anunciado concerto das violencelistas Julia Kent e Joana Guerra no Carpe Diem, em Lisboa, já não vai acontecer. A produtora Nariz Entupido informa que o concerto, programado para o dia 3 de Maio, não se vai realizar.

Segundo informou, a canadiana teve uma situação de emergência que a obrigou a regressar a Nova Iorque mais cedo e diz espera poder concretizar um concerto na capital num futuro próximo.

Band Of Horses perguntam: Why Are You Ok?
· POR Fernando Gonçalves · 27 Abr 2016 · 16:16 ·


Feita a pergunta cabe-vos responder porque falamos do novo álbum dos Band Of Horses, sem ponto de interrogação, com lançamento previsto para Junho pela Interscope/American Recordings. Escrito por Ben Bridwell, fundador e vocalista da banda, no recato da sua família (mulher e quatro filhas - recato é eufemismo), ao contrário do disco anterior onde teve, literalmente, que fugir de casa para poder criar, Ben lançou-se num processo criativo que teve como epílogo este Why Are You Ok.

Para além das venturas e desventuras familiares, este registo traz, de acordo com a banda, músicas enformadas pela experiência mas a que se junta a vulnerabilidade que caracteriza as suas composições. Para tirar a limpo, desde já, com o single “Casual Party”, em estreia aqui.

Indie Music Fest avança primeiros nomes
· POR Fernando Gonçalves · 27 Abr 2016 · 16:14 ·
© Bruno Pires

Consagrado, pelo segundo ano consecutivo, como o melhor micro-festival do país, o Indie Music Fest já labora no line up da sua quarta edição com inicio a 1 e final a 3 de Setembro. Labuta que já começa a dar frutos.

Savanna, The Walks, Muay, Wilde Apes e Solution são as confirmações hoje avançadas para um festival que faz da música alternativa portuguesa motor da sua existência. Para além de bandas, também há bilhetes. Para já, confirma-se o passe geral com direito a campismo a 25 euros. Enquanto se espera, espera-se com The Walks e este a propósito “Clockwork”.

Portugal. The Man em Paredes de Coura
· POR Fernando Gonçalves · 27 Abr 2016 · 16:03 ·
© Maclay Heriot

Who’s the man? Poder-se-ia perguntar. Vêm do Alasca, com passagem por Portland, e estão a caminho do palco da 24ª edição do festival Vodafone Paredes de Coura.

Colectivo com toque luso em nome singular, os Portugal. The Man trazem na bagagem o aclamado Evil Friends, rei discográfico na linha sucessória que começou em 2005 e passou por álbuns tão sonoramente dispares como o ecléctico Censored Colors ou o mais electrónico American Ghetto. Portugal. Fiquem com os The Man e este belissimo “Modern Jesus” retirado de Evil Friends.

Julho é mês de Stephen Steinbrink
· POR Matheus Maneschy · 27 Abr 2016 · 15:09 ·
© Hannah Klein

É no dia 1 de Julho que o norte-americano Stephen Steinbrink vai lançar o seu novo álbum, Anagrams. Como prévia da novidade pop que está por vir, foi libertado o single “Absent Mind". A canção, assim como o disco, foi fruto de uma composição nómada e irrequieta do músico.

Entretanto, foi este o toque de originalidade transferido mais tarde ao estúdio UNKNOWKN, durante dois anos. A pré-venda está aberta e o single está aqui em baixo para audição.

BONS SONS 2016 revela mais nove nomes
· POR André Gomes · 27 Abr 2016 · 12:18 ·


O BONS SONS 2016 acaba de rerelar mais nove nomes para a sua edição de 2016. São eles White Haus, Tocha Pestana, Adufeiras do Paúl, Diego Armés, Tim Tim por Tim Tum, João e a Sombra e ainda Branko, Rastronaut e Dotorado Pro, nomes que aparecem no cartaz inseridos nas celebrações dos dez anos da Enchufada.

Diz a organização que a primeira fase de venda de bilhetes termina já no final de Abril e que até lá o passe de 4 dias continua a valer 25 euros.

João Barradas lança pistas para novo disco
· POR Nuno Catarino · 27 Abr 2016 · 10:44 ·


O acordeonista João Barradas, jovem virtuoso que desde muito cedo tem arrebatado todos os prémios possíveis como instrumentista, prepara-se para lançar o seu primeiro disco a sério na condição de líder, apresentando um conjunto de temas originais. O acordeonista vem colaborando com nomes grandes da cena jazz nacional e agora, com o apoio do saxofonista Greg Osby, está a ultimar o disco de estreia do seu grupo "Directions", que será editado pela label americana Inner Circle Music.

A acompanhar Barradas está um verdadeiro grupo "allstar": André Fernandes (guitarra), João Paulo Esteves da Silva (piano), André Rosinha (contrabaixo) e Bruno Pedroso (bateria); a estes juntam-se as participações dos convidados: Sara Serpa na voz, Greg Osby no saxofone - também produtor do disco. Barradas acaba de desvendar mais um aperitivo para o disco que aí vem, "Ignorance", um tema que conta com a colaboração do saxofonista americano e onde se viaja em excesso de velocidade. Depois não digam que não foram avisados.

“Over the River”: nasce novo single de Ardyn
· POR Fernando Gonçalves · 27 Abr 2016 · 10:43 ·


Katy e Rob Pearson são irmãos e, como tal, discutem fortemente de quando em vez. Se tal não acontece é porque estão a criar música. Dessas criações nasce Ardyn, nome pelo qual o duo é conhecido e que acaba de fazer luz sobre o novo single "Over The River".

Sonho dark pop, Over the River vai beber inspiração aos problemas conjugais e à forma como um casal os ultrapassa, pegando em tudo isso e “transformando-o em algo visual em conexão com o mundo natural”, assim reza o comunicado de imprensa. “Over the River” pelos irmãos Pearson.

Los Waves e um tema à antiga para tempos modernos
· POR Fernando Gonçalves · 27 Abr 2016 · 10:37 ·


E pronto. Desistimos. Ontem só deu amor e o dia de hoje parece ir pelo mesmo caminho. Agora são os Lost Waves e o seu novíssimo single “Don’t Wanna Be In Love”, avanço de alguma coisa que estará por vir, uma vez que, a banda não adiantou mais nenhuma informação.

Depois de passagens pelos mais importantes festivais portugueses, os Los Waves e os seus três anos de existência, voltam com uma canção inspirada na cultura e música dos anos 50, 60 e 70 com pitadas de surf rock e Roberto Carlos ou, como eles o definem, “um tema à antiga para tempos modernos”. “Don’t Wanna Be In Love” em escuta.

SonicBlast Moledo estoira mais três nomes
· POR Fernando Gonçalves · 27 Abr 2016 · 10:33 ·
© Joana Castelo

“So Get Up!, forget the past, go outside, have a blast, go thousand miles in a jet airplane, go outo f ypour mind, go insane”, assim cantava Ithaka com os saudosos Underground Sound Of Lisbon nos idos de 94. Este também poderia ser o mote da próxima edição do SonicBlast Moledo a realizar-se nos dias 12 e 13 de Agosto, festival que, hoje, junta mais três nomes ao seu alinhamento.

Eyehategod (Estados Unidos da América), Black Bombaim (Portugal) e Correia (Portugal) são os ilustres do dia numa mistura de hardcore punk com doom metal, blues, rock experimental e jam rock de influências psicadélicas. Estes nomes juntam-se aos já confirmados Uncle Acid & The Deadbeats, Truckfighters, Salem's Pot, Spelljammer, Stoned Jesus, Sacri Monti, Killimanjaro, Cachemira, Bala, Brain Pyramid, Jay, Possessor e Acid Mess. Bilhetes: Passe geral a 38 euros até ao dia 31 de Julho, daí em diante a 45 euros. Bilhete diário a 25 euros. Fiquem com Black Bombaim e este “Complication”.

Nite Jewel disseca o amor em “Kiss The Screen”
· POR Fernando Gonçalves · 26 Abr 2016 · 22:31 ·


Ramona Gonzalez aka Nite Jewel está de regresso aos discos quatro anos após One Second Of Love. Liquid Cool sai a 10 de Junho e fala sobre a solidão no meio da multidão num mundo desconectado. Depois de “Boo Hoo”, primeiro avanço para este novo registo já andar à solta há uns tempos, junta-se-lhe, agora, “Kiss The Screen”, segundo tema de Liquid Cool que passa os olhos sobre o paradoxo “familiar” de estabelecermos uma conexão com alguém e a dificuldade de sabermos o que lhe dizer.

Fiquem com o coração dilacerado de Nite Jewel, hoje é só amor pelos vistos, neste “Kiss The Screen” à base de synths.

Get It Right: Mais uma página na vida dos Savanna
· POR Fernando Gonçalves · 26 Abr 2016 · 22:24 ·


Novo single, novo vídeo e mais uma página virada no percurso que levará os Savanna até ao seu novo disco, coisa musical ainda sem nome ou data de lançamento. Amor, sempre ele, esse safado, a servir de tom a este novo single.

Sintetização do percurso da banda até hoje, “Get It Right” remete-nos, de acordo com a informação que nos chegou, para um fértil campo de Verão onde a melancolia parece reinar de mãos dadas com o sonho. Depois de um primeiro “Dreams To Be Awake”, eis o segundo take de um filme que está para vir, “Get It Right”.

Cerveja Musa dá música a 13 de Maio
· POR André Gomes · 26 Abr 2016 · 18:43 ·


No próximo dia 13 de Maio, sexta-feira, a futura Fábrica da Cerveja Musa abre as portas em Lisboa e nessa ocasião haverá muita música para celebrar. A marca promete "três cervejas. Três actuações. Uma grande festa". Vamos ver se cumpre.

As cervejas chamam-se Mick Lager, Red Zeppelin Ale e Born in the IPA. Os artistas são Memória de Peixe (concerto), Holy Nothing (concerto) e Moullinex (DJ Set). Acontece tudo no número 83 da Rua do Açúcar, em Lisboa, e a entrada é livre. Como dizer que não?

Twin Peaks renasce das cinzas e vem bem acompanhado
· POR Fernando Gonçalves · 26 Abr 2016 · 16:51 ·


Eddie Veder, Trent Reznor, Sky Ferreira, Sharon Van Etten (na foto) e Ruth Rudelet dos Chromatics serão alguns dos nomes que irão integrar o elenco musical da nova temporada da “fénix formato série” de culto Twin Peaks. Com estreia marcada para 2017, Twin Peaks regressa ao ecrã 16 anos depois daquele que, na altura, foi o seu episódio final.

David Lynch, entretanto, pensou melhor e decidiu que não, não era o episódio final e começou a juntar um elenco de luxo que, para além dos supracitados músicos, contará com ele próprio, David Lynch, as suas actrizes fetiche vindas de Mulholland Drive Naomi Watts e Jennifer Jason Leigh e os “originais” Ray Wise, David Duchovny, Sherilyn Fenn entre mais de 200 nomes já em carteira. Para já, fiquem com um pequeno teaser do que poderão ver.

Caxade: e é isto o amor
· POR Fernando Gonçalves · 26 Abr 2016 · 15:31 ·
© Javier Antelo Seoane

Explica através de vídeo, isto é, através do vídeo que dá imagem à música/single “E Isto é o Amor”, primeiro avanço para o segundo álbum de originais do galego Alonso Caxade E Isto é o Amor.

Depois de um primeiro A Dança dos Moscas que o colocou no panorama da música contemporânea galega, Caxade regressa já no dia 14 de Maio com este novo E Isto é o Amor, nome retirado de um poema de Séchu Sende e que, por sua vez, também foi atirado para o single de apresentação. E é isto, o amor…

Octa Push gritam “Viva a Liberdade!” pela mão de Zeca Afonso
· POR Fernando Gonçalves · 26 Abr 2016 · 12:01 ·


Ontem celebrou-se a passagem do 42º aniversário da Revolução de Abril e nada melhor do que animá-la com música. Melhor o dizendo e mais depressa o fazendo, os Octa Push aproveitaram a data para lançarem uma versão da intemporal “Galinhas do Mato”.

Original de Zeca Afonso, “Galinhas do Mato”, na versão autorizada dos Octa Push, conta com a participação do Gospel Collective fará parte do alinhamento de Língua, álbum com estreia marcada para Junho. E como a Revolução se faz todos os dias, fiquem, hoje, 26 de Abril, com esta versão aqui em baixo.

Valciãn Calixto é “Foda!”
· POR Fernando Gonçalves · 26 Abr 2016 · 11:58 ·
© Ronnyel Seed

Se o é não sabemos nem quereremos investigar, mas o que é certo é que Foda! está aí para assinalar a concretização de uma criação musical/poética pela pena, guitarra e voz de Valciãn Calixto, cantor e compositor brasileiro. Descrito como uma “imbricação ritmíca” que alia a agressividade do rock com as formas melodiosas do axá em dez faixas de poesia lamurienta que, segundo o próprio Valciãn, aponta o caminho a um novo estilo musical, embora parente do afropunk, “o axé punk”.

Semelhante a Riobaldo o “Jagunço Filósofo”, filósofo natural que explicava o mundo na forma muito sua, Valciãn resume, em Foda! toda a evolução e batalha de um compositor piauiense para colocar a sua música no cenário musical independente do Brasil, de alguém que cresceu num meio cultural quase inexistente como é o caso de Teresina, capital do Estado do Piauí, e que desse poço sem fundo tenta o salto. Se pensamos que em Portugal é complicado ser músico, no Piauí deve ser mesmo foda… que já se encontra disponível para download ou escuta, na integra, aqui: Fiquem com este “Sobre Meninas e Porcos” com a participação de Eryka Alcântara.

E quando a Primavera nasce, nasce em Coimbra
· POR Fernando Gonçalves · 26 Abr 2016 · 11:55 ·


Lugar-comum que assenta como uma luva ao “Ciclo Primavera Comum”, que se iniciará, em Coimbra, no próximo dia 30 de Abril com o concerto da britânica Kristin McClement na Galeria Santa Clara. O ciclo regressa em Maio com o dinamarquês Rolf Hansen aka Il Tempo Gigante, que levará até Santa Clara o seu novo Watch It Watch, álbum composto e executado, num resultado quase hipnótico que, apesar da sua complexidade, se baseia numa abordagem espontânea e instintiva.

De referir que é a primeira vez que Il Tempo Gigante vem a Portugal e logo com quatro concertos (Lisboa, Porto, Fafe e Faro), para além do citado concerto de Coimbra. Como a Primavera acaba em Junho, este ciclo segue-lhe o rasto e fecha no dia 5 de Junho com três concertos acústicos. Primeiro com as paulistas Bárbara Eugénia e Andreia Dias, correndo a cortina com o cantautor argentino Florentino. Os bilhetes já se encontram à venda e têm o preço de 5 euros por concerto ou, se preferirem, levam um passe geral por 13 euros. Todos os concertos terão lugar na Galeria de Santa Clara numa organização Lugar Comum. Fiquem com Il Tempo Gigante e este “Watch It Watch”.

Agar Agar e as virgens mais bonitas
· POR André Gomes · 22 Abr 2016 · 21:19 ·


O título desta notícia tem um motivo. Explicamos: de um lado está a voz de Clara, do outro estão as máquinas de Armand. Como quem diz. Estão ambos do mesmo lado. E fazem música que viajar pelas décadas até chegar aos anos 80 e a um synthpop a cair para o irresistível. "Prettiest Virgin" é o primeiríssimo single desta dupla.

O EP de estreia dos Agar Agar será editado em Setembro deste ano e terá o selo da Cracki Records. Podem ouvir os seis minutos e tal de "Prettiest Virgin" aqui em baixo. Tentem resistir a isto.

The Boxer Rebellion estão com "Big Ideas"
· POR Matheus Maneschy · 22 Abr 2016 · 16:12 ·


É despedido-se de Abril que os The Boxer Rebellion dão as boas-vindas a Ocean by Oceans, o quinto álbum do quarteto. As batidas electrónicas, que não se parecem com o frio britânico, já foram divulgadas no novo single chamado de "Big Ideas".

O lançamento do disco acontecerá a 29 de Abril. Já há uma tour marcada para o próximo mês, a qual tem quatro datas com bilhetes esgotados. Ouçam aqui em baixo "Big Ideas".

De La Soul acabam com a cerveja
· POR Fernando Gonçalves · 22 Abr 2016 · 15:20 ·


Dito de outra forma; os De La Soul fecham o alinhamento do palco Super Bock Super Rock para a edição deste ano do festival. O concerto está marcado para 16 de Julho, dia que dividiram com Kendrick Lamar. Com And The Anonymous Nobody, álbum que marca o fim de um jejum de 11 anos nos registos discográficos a sair a 29 deste mês, os De La Soul trazem uma mistura de funk, bossa nova e soul, misturada com o sempre e incontornável hip-hop, a que se juntam convidados de luxo como Damon Albarn, Usher ou David Byrne.

Somente com um teaser que já publicamos em ocasião anterior, fiquem com os De La Soul e este “histórico” “Me, Myself and I”.

The Twist Connection com “caras de mau” ameaçam e concretizam
· POR Fernando Gonçalves · 22 Abr 2016 · 15:18 ·


Provenientes de paragens tão diversas, e conhecidas, como Wray Gunn, Tédio Boys ou Speeding Bullets, os The Twist Connection deram um twist nas suas vidas musicais e transformaram-se/recriaram-se numa originalidade. Originalidade que, agora, carrega no ventre “They Are Coming”, single com que se cosem as linhas da sua estreia discográfica.

“Rock'n'roll, groove, abanão de anca e lábios que inconscientemente se curvam em cara de mau”, assim se definem estes The Twist Connection que, o esperam, trilham o caminho aberto por Elvis. Em estreia e jeito de ameaça concretizada, eis “They Are Coming”.

Os Quasi reeditam os seus clássicos dos anos 90
· POR Matheus Maneschy · 22 Abr 2016 · 15:01 ·


Resgatar o passado e dar-lhe uma cara nova é a missão dos Quasi de Sam Coomes e Janet Weiss para o próximo mês de Junho. O duo vai reeditar os três primeiros álbuns. São eles R&B Transmogrification (1997), Featuring “Birds” (1998) e Field Studies (1999).

O último álbum de inéditos foi o extenso Mole City (2013), com 24 faixas. Estes três clássicos serão lançados a 10 de Junho, via Domino. Esperemos novas misturas e releituras interessantes para o que já era bom. Aqui em baixo podem ouvir "In the First Place", um dos temas de R&B Transmogrification.

Anohni a caminho de Portugal
· POR Fernando Gonçalves · 22 Abr 2016 · 14:25 ·


Antony Hegarty Anohni está a caminho de Portugal para dois concertos com o seu novo alter-ego, Anohni. Primeiro a 21 de Junho no Coliseu do Porto e, no dia seguinte, no Coliseu dos Recreios em Lisboa.

Na sua maleta traz o novo Hopelessness, disco que abre portas à sua identidade artística feminina e que será editado no próximo dia 6 de Maio. Bilhetes a variarem entre os 25 e os 45 euros para a cidade invicta e entre os 25 e 55 para Lisboa. Enquanto elx, não aterra em por cá, fiquem com “Drone Bomb Me”, um dos temas deste Hopelessness e que conta, no vídeo, com a participação de Naomi Campbell.

Damien Rice passa por Portugal em Julho
· POR André Gomes · 22 Abr 2016 · 11:22 ·


Damien Rice vai passar por Portugal para dois concertos em Julho. A 12 na Casa da Música, no Porto e no dia seguinte, 13, no Coliseu de Lisboa. Na bagagem Damien Rice trará o seu mais recente disco de originais, My Favourite Faded Fantasy. Depois de muitas viagens, o irlandês encontrou inspiração para este novo disco na Islândia. 

Os bilhetes para os concertos em Lisboa e Porto vão estar disponíveis para compra nos locais habituais a partir das 10h00 de sábado, 23 de abril. Custam 40 euros no Porto e entre 18 a 50 em Lisboa. 

OY? Sim, “um novo planeta” nasceu
· POR Fernando Gonçalves · 21 Abr 2016 · 17:34 ·


“Ói galera, tudo jóia?” A quem nunca este “ói” tirou do sério? Agora, na esperança de vos tirar do sério como o “ói” da introdução, chegam estes OY, dupla suíço-ganesa com base em Berlim, e o seu primeiro álbum Space Diaspora (lançamento em Setembro deste ano), do qual já se pode ouvir “A New Planet Is Born”, extracto primevo retirado do disco.

Desenvolvido a partir de histórias e fragmentos de sabedoria popular, Space Diaspora apresenta características de avant-garde jazz fundidos com sons afro-futurísticos de cariz, no mínimo, galácticos. Galácticos como este “A New Planet Is Born”. OY, “A New Planet Is Born”.

Dragão Inkomodo abrem a lata do 1º álbum com “O Verso chegou…
· POR Fernando Gonçalves · 21 Abr 2016 · 17:32 ·


"…Enlatado à sala das Máquinas mas Ninguém Trouxe o Abre-Latas”, single de estreia do, também ele, estreante Da Máquina Se Fez o Homem e Vice-Versa, disco com lançamento previsto para 26 de Abril pela Zigur Artists.

Dragão Inkomodo é Nuno Vicente e Nuno Vicente é um compêndio de influências que vão desde o big beat, techno lo-fi, pop vaporizada, como o arroz, ou ao noise e as derrama sobre este seu disco de estreia. Como nós trouxemos o abre-latas e não somos invejosos, fiquem com este quilométrico “com “O Verso Chegou Enlatado à sala das Máquinas mas Ninguém Trouxe o Abre-Latas”.

Avistar-se-á “leoa do mar” em Bragança
· POR Fernando Gonçalves · 21 Abr 2016 · 17:30 ·
© Beatrice Tornros

Mais concretamente no próximo dia 5 de Maio no Praça 16. Virá de avião e no seu bilhete constará o nome de Linn Osterberg, mais conhecida no mundo da música como Sea Lion. Esta sueca de melodias delico-dilacerais estará em Portugal pela primeira vez e para um concerto único inserido na sua mini-tour pela Península Ibérica.

Alinhada musicalmente com artistas como Mazzy Star, Jessica Pratt e, sobretudo, Cat Power, Sea Lion trará a Trás-os-Montes o seu Desolate Stars, álbum com que se estreou nas lides discográficas. Com lotação limitada a 60 lugares e bilhetes a 6 euros, o concerto terá o seu inicio pelas 22h30 minutos. Fiquem com a lindíssima “If My Baby”, retirado de Desolate Stars pela mão de Sea Lion.

Laura Mvula tira “Phenomenal Woman” da sua nova caixa dos sonhos
· POR Fernando Gonçalves · 21 Abr 2016 · 17:19 ·


A britânica tem uma nova “Phenomenal Woman”. Na verdade não é de relações amorosas que falamos, mas sim, novo single de Laura Mvula, extraído do seu segundo álbum de estúdio The Dreaming Room, rodela de música física e digitalmente a ser lançada no próximo dia 17 de Junho pela Columbia Records. De forte cariz soul, mas sempre com o seu pathos jazzístico como pano de fundo, Laura Mvula mistura ainda tendências gospel e funk, como se pode comprovar pelo novo “Phenomenal Woman”, num álbum que a própria cataloga como “o trabalho mais difícil que já realizei”.

“Cresci – levo a Música mais a sério. Quando ouço esta música sinto-me completa, em casa, confortável”, refere Laura a respeito do álbum e do novo single, canção que vai buscar o nome a um poema de Maya Angelou. Laura Mvula e o seu “Phenomenal Woman”.



1. Who I Am
2. Overcome ft. Nile rogers
3. Bread
4. Lucky Man
5. Let Me Fall
6. Kiss My Feet
7. Show Me Love
8. Renaissance Moon
9. Angel
10. People ft. Wretch 32
11. Nan
12. Phenomenal Woman
Urso Bardo, para ouvir
· POR Paulo Cecílio · 21 Abr 2016 · 17:16 ·


O álbum de estreia do quarteto lisboeta, cuja sonoridade se encontra pegada ao pós-rock - eles chamam-lhe "música instrumental", faz sentido - foi lançado no passado dia 19 de Março e está disponível para escuta no Bandcamp. Urso Bardo tem edição da Raging Planet e é, nas suas próprias palavras, «banda sonora para uma road trip sem mapa, através de um território novo e estranhamente muito familiar».

Os Urso Bardo foram recentemente confirmados na edição deste ano do Out Jazz, subindo ao palco no dia 26 de Junho. Piquem aqui o disco.

A Xita vai fazer a festa
· POR Paulo Cecílio · 21 Abr 2016 · 17:14 ·
© Diogo Rodrigues

Uma colaboração entre a nova Xita Records e o Sabotage irá resultar em festa rija neste espaço do Cais do Sodré, em Lisboa. A primeira noite Pano de Xita (bom trollcadilho) realizar-se-à no próximo dia 28 de Abril e contará com concertos de João Raposo, Grand Sun e Ninaz (a nossa nova banda favorita).

Contará ainda com um DJ set de João Peste (o Vaiapraia dos anos 80). A entrada custa 5€ e poderão obter mais informações no sítio do costume.

MADA TREKU e um disco
· POR Paulo Cecílio · 21 Abr 2016 · 17:09 ·


O produtor, que na vida real responde por Nuno Loureiro, acaba de lançar o seu disco de estreia - Learning Exercises On How To Move On - pela Favela Discos, sendo este um conjunto de cinco malhas em torno do techno mais negro e opressivo, coisa para cortar os pulsos enquanto se mete merdas.

«Nascido da intenção de interpretar a personagem principal do Millenium Mambo, filme de Hou Hsiao Hsien, o artista deixa o coração do álbum a cargo da faixa batizada pelo nome da atriz», e sim, acabo de citar a press release. O disco pode ser ouvido e sacado aí em baixo e terá igualmente uma edição em cassete.

Noise decadente no Estrela, em Lisboa
· POR Paulo Cecílio · 21 Abr 2016 · 17:07 ·


Daqui a uma semana, quando estivermos todos (ou quase) a ressacar de Barroselas, o menino Aires irá apresentar-se no Estrela, na Graça, em Lisboanaquela que é uma noite há muito aguardada cá no burgo (porque nunca o apanhámos ao vivo).

E será uma noite propriedade, essencialmente, da Casa Amarela: Aires sobe ao palco com AVOIDANT e depois cedê-lo-à a Rui P. Andrade, estando ainda planeados DJ sets do Xico da Ladra e do Amigo da Penha. Saibam tudo (e confirmem a ida) aqui.

Vem aí álbum de EGBO
· POR Paulo Cecílio · 21 Abr 2016 · 16:14 ·


O novo disco do menino EGBO, que quando não está ocupado a aumentar o volume da música dos outros dedica-se a compor a sua própria, sai já amanhã numa edição limitadíssima de 50 cópias em cassete com o selo da Revolve.

Yesterday You Said Tomorrow é composto por dez faixas e o primeiro single, "Silley Beamz", está já disponível para escuta através do Bandcamp (onde poderão, igualmente, comprar a cassete). Confiram-no aí em baixo.

Tudo a postos para Barroselas
· POR Paulo Cecílio · 21 Abr 2016 · 16:11 ·


É já hoje que se inicia a XIX edição do festival de Barroselas - o chamado dia zero - que contará com actuações de Kapitalistas Podridão, Speedemon, Monolyth, Mindtaker e Plus Ultra. Mas Barroselas não se fará só deste aquecimento: ao longo do fim-de-semana, o Minho irá ceder com o peso dos riffs de gente tão díspar quanto bonita como Naðra e Misþyrming (black metal da terra do gelo), Taake (rock out with your cock out), Doom, Vaee Solis, Decayed, Marduk, Spasm, Serrabulho, Jucifer... entre muitos, muitos outros.

O festival dividir-se-à por três palcos e por milhares de cervejas, e ainda há bilhetes: 35€ o diário, 75€ o passe. O Bodyspace vai estar por lá - o que significa que nos podem pagar steels. Podendo.

Supergrupo Minor Victories tem novo single
· POR Fernando Gonçalves · 21 Abr 2016 · 10:26 ·
© Sally Lockey

Dá pelo nome de “Scattered Ashes (Song For Richard)” e pertence ao alinhamento do homónimo e álbum de estreia Minor Victories que chegará na antecâmara do Verão (3 de Junho). Constituído por Stuart Braithwaite dos Mogwai, Rachel Goswell dos Slowdive, Justin Lockey dos Editors e o irmão deste James, os Minor Victories construíram este disco de estreia através da combinação/recombinação do largo e diferenciado espectro “ideológico” dos quatro via web.

Factor web que, de acordo com a informação que nos foi avançada, foi fundamental na criação da base filosófica e musical de Minor Victories. Depois dos singles “A Hundred Ropes” e “Folk Arp” chegou a vez de “de “Scattered Ashes (Song For Richard)” entrar em acção aqui.

Garbage: um voo sobre o vazio
· POR Fernando Gonçalves · 21 Abr 2016 · 10:18 ·


Vazio, uma prédica sobre o vazio, assim é definido “Empty”, primeiro avanço para o aguardado 6º álbum de originais dos Garbage, de seu nome Strange Little Birds e que tem no dia 10 de Junho a sua première pela editora STUNVOLUME, pertença da banda. “Empty é exactamente o que diz ser. Uma música sobre o vazio”, começa por explicar a “estranha ave” de Shirley Manson.

Se nada mais há a dizer sobre o novo single, o que poderá esperar o público deste sexto LP dos Garbage? Uma vez mais, passamos a palavra a Shirley. “De alguma forma, o novo álbum é, em determinado sentido, um disco romântico. Não sinto que algum dos nossos álbuns, até agora, o tenham sido – não penso em termos de romance, nunca, mas este é, provavelmente, aquele que mais se aproxima do género”. Sem perder mais tempo, eis “Empty” e nada mais…

Death From Above 1979, Mick Jagger, Jack White e bowling, resultado: novo registo a caminho
· POR Fernando Gonçalves · 20 Abr 2016 · 16:58 ·


Num dia perdido algures no último Julho, os Death From Above 1979 estiveram a dar uma live session no estúdio Third Man Records em Nashville, Tennessee, pertença de Jack White. Esse live foi gravado e chega aos escaparates na próxima sexta-feira. Com o “original” nome de Death From Above 1979 Live From Third Man Records o álbum, gravado directo, ou seja, sem direito a segundo take, contou no estúdio, para além de Jack White, com um espectador muito especial: Mick Jagger.

O que se segue é puro fait divers para justificar o título. Ele, Jack e os Death From Above, foram jantar da gravação e acabaram a noite a jogar bowling até às três da manhã. Confidencia a banda que Mick ganhou por larga margem e sem utilizar a boca. Fim aos fait divers e inicio à música. Fiquem com “Right On Frankenstein”, primeiro single do novo álbum.

Um Festim de música, com Tinariwen à mistura, prepara-se para invadir o distrito de Aveiro
· POR Fernando Gonçalves · 20 Abr 2016 · 16:56 ·


Falamos da 8ª edição do Festival Intermunicipal de Músicas do Mundo, Festim 2016 em modo económico, cuja organização acaba de confirmar os primeiros nomes do alinhamento. Tinariwen (Mali), Sextet à Claques (França), Tomás de Perrate (Espanha) e Trilok Gurtu Band (Índia) são parte das músicalidades que de 9 de Junho a 21 de Julho tomarão conta de seis municípios do distrito de Aveiro (Águeda, Albergaria-a-Velha, Sever do Vouga, Ovar, Estarreja e Oliveira do Bairro).

Organizado pela d’Orfeu AC em parceria com os seis municípios supracitados, o Festim abre as suas portas na cidade de Estarreja com os franceses Sextet à Claques, “coqueluche” da cena trad-folk internacional ligado às danças tradicionais. Ainda falando dos nomes já confirmados, uma nota apenas para os malianos Tinariwen. Tuaregues que entraram neste festim nos dias 30 de Junho (Albergaria-a-Velha) e dia 1 de Julho (Ovar). E é com eles e a sua belíssima “Lulla” que fechamos esta notícia.

Sean Riley & The Slowriders chegam ao NOS Alive montados no novo álbum
· POR Fernando Gonçalves · 20 Abr 2016 · 16:55 ·


Dia 7 de Julho a data, Passeio Marítimo de Algés o local. Sean Riley & The Slowriders são a mais recente confirmação para o Palco Heineken do NOS Alive 2016. Em cima do palco estará o mais recente Sean Riley & The Slowriders, a fazer furor nas playlists das mais variadas rádios nacionais e com dois singles já cá fora, o último dos quais, “Greetings”, acabado de nascer.

A banda faz com este registo uma espécie de homenagem ao espírito impulsionador das primeiras gravações. “Greetings” que, aqui, vos deixamos.

The Monkees prometem “Good Times!” 20 anos depois
· POR Fernando Gonçalves · 20 Abr 2016 · 16:10 ·


Duas décadas separam Justus de Good Times!, que é como quem diz, 20 anos medeiam entre o último registo discográfico da banda e o seu regresso aos álbuns no próximo dia 27 de Maio. Sob o pretexto do 50º aniversário da banda, os membros sobreviventes (Micky Dolenz, Michael Nesmith ePeter Tork) limparam o pó aos instrumentos e lançaram-se na criação e execução de um novo disco de originais, em que se inclui, uma “Love To Love” de Neil Diamond com voz do malogrado Davy Jones.

Para além desta referência e, de igual modo, todas as canções de foram escritas por nomes já consagrados do mundo da música como Rivers Cuomo dos Weezer (“She Makes Me Laugh”), Ben Gibbard dos Death Cab For Cutie (“Me & Magdalena”), Andy Partridge dos XTC (“You Bring The Summer”) ou a dupla Noel Gallagher e Paul Weller (“Birth Of An Accidental Hipster”). Em paralelo ao lançamento deste disco, os The Monkees vão tirar, ainda, a barriga de misérias com o regresso à estrada, contando já com quase 50 datas marcadas, no entanto, todas na América do Norte. Ainda sem single que se mostre, fiquem com uns, bem mais novos, The Monkees e esta “Pleasant Valley Sunday”.



1. Good Times (Harry Nilsson)
2. You Bring The Summer (Andy Partridge)
3. She Makes Me Laugh (Rivers Cuomo)
4. Our Own World (Adam Schlesinger)
5. Gotta Give It Time (Jeff Barry/Joey Levine)
6. Me & Magdalena (Ben Gibbard)
7. Whatever’s Right (Tommy Boyce/Bobby Hart)
8. Love To Love (Neil Diamond)
9. Little Girl (Peter Tork)
10. Birth Of An Accidental Hipster (Noel Gallagher/Paul Weller)
11. I Wasn’t Born To Follow (Carole King/Gerry Goffin)
12. I Know What I Know (Michael Nesmith)
13. I Was There (And I’m Told I Had A Good Time) (Micky Dolenz/Adam Schlesinger)
Festival Desvio leva "jazzes" à Parede
· POR Nuno Catarino · 20 Abr 2016 · 15:45 ·
João Hasselberg © Márcia Lessa

A histórica SMUP - Sociedade Musical União Paredense, nos arredores de Lisboa, vai acolher nos dias 2, 3 e 4 de Junho a primeira edição do festival "Desvio - Mostra de Jazzes na Parede". O evento realiza-se em paralelo com o "board meeting" da Europe Jazz Network e, numa iniciativa pouco habitual, vai apresentar uma representação vasta dos melhores "jazzes" nacionais, onde se incluem as músicas improvisadas com afinidades estéticas com o jazz, mostrando a diversidade da cena contemporânea portuguesa.

Durante três dias serão apresentados treze concertos e três jam sessions. Aqui fica em baixo o programa completo.

2 de Junho, Quinta-feira
20:00 - Filipe Felizardo (solo)
20:45 - Hugo Carvalhais Nebulosa
22:00 - Pedro Sousa / Miguel Mira / Afonso Simões
23:00 - Gabriel Ferrandini Trio
24:00 - Jam Session
 
3 de Junho, Sexta-Feira
20:00 - Pedro Lopes (solo)
20:45 - Bruno Parrinha / Luís Lopes / Ricardo Jacinto
22:00 - João Hasselberg
23:00 - Rodrigo Amado Motion Trio
24:00 - Jam Session
 
4 de Junho, Sábado
17:00 - Vicente/Marjamäki
18:00 - LAMA
19:00 - RED Trio
22:00 - Sei Miguel (solo)
23:00 - Ricardo Toscano Quarteto
24:00 - Jam Session
BODYSPACE EM CASA: canadiana Ora Cogan apresenta o seu mais recente disco na Casa Independente (Lisboa) em Maio
· POR André Gomes · 20 Abr 2016 · 15:42 ·
© Sofia Miranda
 
BODYSPACE EM CASA:
Ora Cogan
 
Casa Independente, Lisboa
14 de Maio, sábado
22:30 horas
 
5 euros

O exotismo do nome da canadiana Ora Cogan tem uma correspondência perfeita com a sua voz mágica e hipnótica. Ao longo dos últimos anos, um disco após o outro, a canadiana tem vindo a construir um percurso de encantamento e beleza. As suas canções partem da música folk para se tornarem algo universal, íntimo e profundamente humano. Os seus concertos são a soma disso tudo e muito mais. Depois de no ano passado ter actuado no Serralves em Festa, no Porto, para centenas de pessoas, naquele que foi um dos concertos mais celebrados do festival, Ora Cogan apresenta-se na Casa Independente, em Lisboa, com o seu novo disco, Shadowland, um registo que torna ainda mais urgente a sua descoberta. 
Circadia na Culturgest
· POR Nuno Catarino · 20 Abr 2016 · 15:34 ·
Ⓒ Micke Keysendal

Em mais uma edição do Ciclo "Isto é Jazz?", comissariado por Pedro Costa (Clean Feed), a Culturgest, em Lisboa, vai acolher uma actuação ao vivo do quarteto Circadia, no dia 6 de Maio. O grupo reúne quatro nomes ligados ao jazz e à música improvisada: David Stackenäs (guitarra), Kim Myhr (guitarra), Joe Williamson (contrabaixo) e Tony Buck (bateria, também membro dos The Necks).

Como habitualmente acontece neste ciclo, os concertos terão lugar no Pequeno Auditório, arrancam às 21h30 e têm o preço único de 5€. "Imagine os sons de uma colmeia construída pelas abelhas dentro de um recipiente de lata", diz o press release. Agora pensem.

4ª edição do Canecas Fest tem Killimanjaro como porta-estandarte
· POR Fernando Gonçalves · 19 Abr 2016 · 16:36 ·


De 22 a 24 de Abril, o rock (e suas variações) encontrará o seu ninho em Paços de Ferreira na 4ª edição do Canecas Fest, Canecas Bar. Com os barcelenses Killimanjaro à cabeça, o alinhamento contará ainda com nomes como Hills Have Eyes, HochiminH, Miss Lava, Astrodome, Stone Dead, Catacombe ou The Black Zebra. O certame abre na próxima sexta com o concerto de Granada pelas 21h30 e terminará no domingo com Killimanjaro por volta da meia-noite e 35 minutos.

Quanto a bilhetes, os mesmos já se encontram em pré-venda, com os preços a variarem entre os 20 euros (passe geral) e os 8 euros (diários). Quem optar por comprar apenas no dia, os valores sofrerão um acréscimo de 5 euros no passe geral (passa a 25) e de dois euros no bilhete diário (passa a 10 euros). Para já, fiquem com Killimanjaro e este “Hook”.

Muzik vem em forma de faixa e de disco
· POR Matheus Maneschy · 19 Abr 2016 · 15:38 ·


Os Delorean libertaram a sua nova canção, "Muzik", que também dá o título ao novo álbum que está a caminho. Entre a mistura de sintetizadores e estalar de dedos, a faixa tem uma atmosfera deliciosa, que deve antecipar o que está por vir.

Muzik, sucessor de Apar (2013), tem lançamento previsto para 22 de Junho, pelo selo PHLEX. Os espanhóis tem alguns concertos marcados para os próximos meses. Um deles é cá em Portugal, no Vera Pop, em Junho. Ouçam "Muzik" aqui em baixo.

Róisin Murphy “(e)leva-se” até Monto: vem aí novo álbum
· POR Fernando Gonçalves · 19 Abr 2016 · 15:04 ·


Brevíssima síntese do que será o novo álbum da cantora irlandesa. Take Her Up To Monto, nome retirado a uma antiga música folk irlandesa que o seu pai de lhe cantava enquanto criança, tem data de estreia marcada para 8 de Julho. Toques de disco sound e dark cabaret apimentados pela house clássica de que Murphy é fiel depositária, Take Her Up To Monto leva no corpo as angústias e alegrias da mais pura pop que Róisin carrega e descarrega de forma renovada e “mais pujante”.

Para além de uma “powerfull Murphy”, o novo disco traz, de igual modo, uma irlandesa em formato realizadora. Todos os singles transformados em vídeo retirados deste Take Her Up To Monto serão realizados por Rósin Murphy. Para abrir o apetite, embora ainda sem vídeo, já se encontra disponível para audição “Mastermind”, primeira música extraída do novo álbum e que pode ser auscultada desde já.


Yorkston/Thorne/Khan lançam registo ao vivo
· POR Fernando Gonçalves · 19 Abr 2016 · 14:53 ·
© Pulkit Sharma

Jogar na tripla é garantir prémio. Se assim o pensaram, melhor o executaram James Yorkston, Jon Thorne e Suhail Yusuf Khan, o trio que acaba de lançar o EP Broken Waves Live, gravação, ao vivo, que incidiu sobre três dos temas do seu aclamado álbum de estreia Everything Sacred.

A abrir o pacote deste extended play chega “Broken Wave (A Blues For Doogie)”, música tributo a Doogie Paul, baixista e amigo do trio que aqui deixamos para visualização.

Jacqui Naylor em tour nacional
· POR Nuno Catarino · 19 Abr 2016 · 13:02 ·


A cantora Jacqui Naylor vai apresentar-se ao vivo na próxima semana numa pequena tour em Portugal, nesta que é a sua primeira passagem pelo nosso país. Jacqui Naylor actua no dia 26 de Abril em Évora (Teatro Garcia Resende); a 27 apresenta-se ao vivo em Sintra (Centro Cultural Olga Cadaval); no dia 29 vai a Ponte de Lima (Teatro Diogo Bernardes).

A tour fecha no dia 30 de Abril em Coimbra (Teatro Académico Gil Vicente). Aqui fica uma amostra do "smooth jazz" que aí vem.

Meatbodies e Filho da Mãe cruzam-se no Porto com Hey Colossus à espreita
· POR Fernando Gonçalves · 19 Abr 2016 · 10:47 ·


Bom, quase se cruzam, uma vez que os punk-rockers californianos Meatbodies tocam no Maus Hábitos amanhã, enquanto Filho da Mãe sobe ao palco do Teatro Helena Sá e Costa com o novíssimo Mergulho debaixo do braço na quinta. Enquanto isso, os britânicos Hey Colossus, do alto da sua fleuma, vão olhando para a semana seguinte, mais concretamente para a noite de 27 de Abril, altura em que o espaço Cave45, também no Porto, os receberá.

Três concertos que se inserem no ciclo “Abril, Concertos Mil”, levados a cabo pela editora Lovers & Lollypops. Em termos de bilhetes e seu respectivo preçário podemos adiantar que os mesmos variam entre os 8 euros (Meatbodies e Hey Colossus) e os 9,99, com direito a CD para Filho da Mãe. As notícias não se ficam por aqui, uma vez que, Hey Colossus, em jeito de celebração por esta passagem pela Ibéria, lançaram, propositadamente, um single novo. De seu nome “All The Humans (Are Losing Control)”, a música já pode ser ouvida aqui.

DarkSunn mostra novo "The Ropes"
· POR Fernando Gonçalves · 19 Abr 2016 · 10:42 ·


Continuando na senda do equilíbrio perfeito entre hip-hop e electrónica, o português DarkSunn propõe, agora, algo um pouco mais rápido, algo esse que se materializa em “The Ropes”, single me debute. Depois de “Arrow”, de que demos notícia em Fevereiro, eis que, a densa bruma que cobre um potencial disco deste “margem sul”, se começa a dissipar.

Parafraseando o meu camarada André Gomes em Fevereiro último: “para quando, DarkSunn, para quando?”. Fiquem com “The Ropes”, por DarkSunn.

Os The Kills vão ao Coliseu de Lisboa
· POR André Gomes · 18 Abr 2016 · 16:38 ·


TheÉ a confirmação do dia: os The Kills apresentam-se em Lisboa no próximo dia 3 de Novembro para um concerto no Coliseu dos Recreios. Virão até cá apresentar Ash & Ice, um disco que será editado no próximo dia 3 de Junho.

Os bilhetes estarão à venda nos locais habituais a partir da próxima sexta-feira, dia 22 de abril, às 10h00. Custam 25 euros. Não se despachem, não. Aqui em baixo podem ver o vídeo de “Heart Of A Dog”, acabadinho de sair.

Spinning Coin lançam música nova
· POR Fernando Gonçalves · 18 Abr 2016 · 16:17 ·


Albany, o novo registo discográfico dos escoceses Spinning Coin chega dia 22 deste mês pela Geographic Music mas, já hoje, há música nova. Chama-se “Sides” e vem substitur a “Albany”, faixa com que a banda abriu as portas do, homónimo, Albany.

Influenciados pelo movimento underground de Glasgow, com particular destaque para bandas como os The Pastels ou os Orange Juice, os Spinning Coin trazem consigo a marca contestatária da proletária cidade escocesa, marca que imprimem às suas criações e, em particular, à nova “Sides”. “Sides” para ouvir aqui.

Buck Curran volta a solo (mas não sozinho)
· POR Fernando Gonçalves · 18 Abr 2016 · 16:11 ·


Cara metade de Shanti Curran no projecto de psych folk Arborea, Buck Curran, está aí com novo projecto a solo e um álbum de tributo a Robbie Basho que se encontra na fase final de produção. Sem nome que se lhe chame, o novo projecto a solo de Buck já tem, no entanto, música que se ouça. “New Moontide” é a mais recente faixa libertada pelo artista e conta com a colaboração de Shanti. Música que poderão ouvir mais abaixo.

Em relação ao álbum de tributo, as notícias são um pouco mais concisas. A começar pelo nome. Basket Full of Dragons: A tribute to Robbie Basho Vol. II de seu nome, o disco contará com a participação de Glenn Jones, Richard Osborn, Chuck Johnson, Jesse Sheppard and Eva Sheppard, Adele H & Buck Curran, Laboule, Yair Yona, Henry Kaiser & Michael Gulezian, Steffen Basho Junghans, Twelve Hides, Mike Tamburo, Mariano Rodriguez e Tammam Saeed & April Centrone. “New Moontide” por Buck Curran.

Trio de luxo leva o melhor da guitarra a Bragança
· POR Fernando Gonçalves · 18 Abr 2016 · 12:30 ·
© Vera Marmelo

Glenn Jones, mestre do “primitivismo americano”, Filho da Mãe, virtuoso em ascensão no panorama da guitarra lusa e Norberto Lobo, por muitos considerado o melhor guitarrista português da actualidade, são “O Cartaz” da primeira edição do Festival de Guitarra “Poeta de Cordas” que se irá realizar em Bragança no dia 7 de Maio.

Nascido com o objectivo de realçar e promover as potencialidades da guitarra junto do grande público, o festival acolherá estes três magos das cordas no Centro de Arte Contemporânea Graça Morais e no Domus Municipalis (Filho da Mãe), com o bilhete, único, a custar a módica quantia de 6 euros. O primeiro a entrar em cena será Filho da Mãe pelas 16h30, enquanto Norberto Lobo “mudará de bina” pelas 22h.

A fechar o certame estará Glenn Jones num concerto marcado para as 23 horas. Entre acordes, o festival proporcionará, a partir das 18 horas, uma sessão de cinema documental com a projecção de In Search of Blind Joe Death - The Saga of John Fahey, documentário sobre o “pai” do estilo “primitivismo americano”. Fiquem com Norberto Lobo e este fabuloso “Mudar de Bina”.

Hot Clube desvenda programação de Maio
· POR Nuno Catarino · 18 Abr 2016 · 12:28 ·
Carlos Bica © Vera Marmelo

O Hot Clube de Portugal acaba de desvendar a programação para o mês de Maio de 2016. Da programação anunciada pelo histórico clube de jazz lisboeta, será justo destacar algumas propostas: o trio do pianista finlandês Kari Ikonen; Spinifex, o grupo internacional do baixista Gonçalo Almeida, aqui com o convidado Luís Vicente; e o duo de dois históricos da cena jazz nacional, Carlos Bica (contrabaixo) e João Paulo Esteves da Silva (piano).

Os concertos incluem dois "sets", o primeiro arranca às 22h30, o segundo arranca à meia noite; os bilhetes para os concertos têm o préço médio de 7,5€, às quartas-feiras há jam sessions e nesses dias a entrada é gratuita. Aqui fica ao programa completo do clube da Praça da Alegria.

3 Maio: Barros Veloso convida Bruno Santos (entrada livre)
5, 6 e 7 Maio: Afonso Pais Quarteto (c/ Perico Sambeat) 
8 Maio (18h): Dixie Gang - Festa do 15º Aniversário (entrada livre)
12, 13 e 14 Maio: Kari Ikonen Trio
25 Maio: Septeto do Hot Clube de Portugal
26 e 27 Maio: Spinifex
28 Maio: Carlos Bica & João Paulo Esteves da Silva
31 Maio e 1 Junho: Big Band Escola de Jazz Luiz Villas-Boas / HCP (entrada livre)
Quartas-feiras 4, 11 e 18 de Maio: Jam sessions com Bernardo "Binau" Moreira (entrada livre)
Indie By Night fechado: The Parkinsons nas catacumbas do Camões
· POR Nuno Catarino · 18 Abr 2016 · 12:27 ·


A programação da secção "Indie By Night" - concertos, festas e DJ sets do festival IndieLisboa - acaba de ser fechada. Entre as várias festas e concertos anunciados, há uma importante alteração de última hora: o concerto dos The Parkinsons já não terá lugar na Taberna das Almas, conforme previamente divulgado pelo festival; este concerto terá lugar nas catacumbas do Liceu Camões, no dia 22 de Abril - após a exibição do filme A Long Way to Nowhere, de Caroline Richards. Aqui fica a programação "Indie By Night" completa.

21 Abril, 23h: Mãe Dela (DJ set) – Casa Independente (entrada livre)
 
22 Abril, 23h: The Parkinsons + CVLT (DJ set) - Catacumbas do Liceu Camões (8€)
 
23 Abril, 23h: Vaiapraia e as Rainhas do Baile + Bro-X - Casa Independente (5€)
 
24 Abril, 23h: "Retarded 2" - Lucas Doméjean (DJ set) + Camille Delvecchio (DJ set) + Mata Leões (DJ set) - Casa Independente (entrada livre)
 
24 Abril, 00h: Festa "Boca do Inferno" - Mário Lopes (DJ set) + Programadores IndieMusic (DJ set) - Metropolis Club (5€)
 
25 Abril, 23h: "25 de Abril, Sempre!" - Junta de Animação Nacional (DJ Set) - Casa Independente (entrada livre)
 
25 Abril, 23h: Festa "Portugal Film" - Leonor Teles (DJ set) - Casa Independente (entrada livre)
 
27 Abril, 23h: Filho da Mãe + Tá muito alto (DJ set) - Casa Independente (5€)
 
28 Abril, 23h: Festa Equipa IndieLisboa - Casa Independente (entrada livre)
 
29 Abril, 23h: Pista + Vincent Macaigne (DJ set) - Casa Independente (5€)
 
30 Abril, 00h: Festa de Encerramento / Tecla Tónica After-Party - Ghost Hunt + W.A.S.T.E. CLUB (Nunchuck DJ set + Lena Huracán VJ set) + Rui Miguel Abreu (DJ set) - Garagem da Culturgest (entrada: convite ou bilhete das últimas sessões do dia, limitada à lotação do espaço)
Dose dupla na SMUP
· POR Nuno Catarino · 18 Abr 2016 · 12:26 ·


A SMUP, na Parede, vai acolher na próxima sexta-feira, dia 22 de Abril, dois concertos com uma boa dose de improvisação. A dupla Gil Dionísio & Joana Guerra vai apresentar ao vivo a sua música original, que a partir de uma base de cordofones (violino e violoncelo) e voz, transforma canções mutantes pela improvisação. Na mesma noite actua ainda o contrabaixista Hugo Antunes, que desta vez se apresenta a solo.

O versátil contrabaixista e improvisador (Malus, trio com Carlos Zíngaro e Miguel Mira, Velkro Trio, Roll Call, etc.) apresenta-se na SMUP sem rede, sozinho em palco, apenas guiado pela imaginação.

Sara Serpa e André Matos apresentam novo single
· POR Nuno Catarino · 18 Abr 2016 · 12:02 ·


Sara Serpa e André Matos acabam de apresentar uma nova canção, chamada "Espelho". A dupla portuguesa, que colabora desde 2005 e actualmente a residir em Nova Iorque, apresenta nesta canção uma primeira amostra de um próximo disco que será editado em Setembro, All The Dreams - edição da americana Sunnyside Records.

Este será o segundo registo de originais do duo, sucedendo a Primavera, publicado em 2014. A nova canção já está disponível aqui em baixo para escuta online.

Julia Kent e Joana Guerra no Carpe Diem
· POR Nuno Catarino · 18 Abr 2016 · 11:59 ·


No dia 3 de Março o Carpe Diem (Palácio Pombal, em Lisboa) vai apresentar ao vivo duas originais violoncelistas: Julia Kent e Joana Guerra. Além de acumular diversas colaborações (Swans, Anthony and the Johnsons, Devendra Banhart, etc.), a canadiana Julia Kent traz na bagagem o seu mais recente disco Asperities (edição Leaf Label), onde apresenta emotivas paisagens ambientais.

A portuguesa Joana Guerra tem desenvolvido um original trabalho em torno da canção, juntando ao violoncelo a loopstation e a voz, aproximando-se também do campo da improvisação (ouça-se o trio Bande à Part e o seu duo com Gil Dionísio). A música arranca às 21h30, os bilhetes custas 8€ e as reservas podem ser efectuadas por email - geral@narizentupido.com.

Mais duas notas do novo grito dos Little Scream
· POR Matheus Maneschy · 15 Abr 2016 · 18:58 ·


O novo disco dos Little Scream está a aproximar-se do fim da contagem regressiva para o seu lançamento. Prova disto é “Someone Will Notice” libertada, com os arranjos feitos por Richard Reed Perry, dos Arcade Fire. E a mais recente que também é mais dançante, "The Kissing".

Cult Following tem data de estreia marcada para 6 de Maio, pelo selo Merge. Outra boa notícia é que os Little Scream tem passagem certa por Portugal; será no NOS Alive, em Julho. Ouçam as duas canções aqui em baixo.



Quatro novas confirmações para o Monte Verde 2016
· POR Fernando Gonçalves · 15 Abr 2016 · 17:03 ·


A organização do festival açoriano acabou de garantir a presença de mais quatro nomes. São eles os portugueses Linda Martini (13 de Agosto) e Bispo (11 de Agosto) a que se juntam os holandeses Yellow Claw e o polaco Tom Swoon (ambos dia 14 de Agosto).

Realizado na Ribeira Gande, ilha de São Miguel, com um enquadramento paisagístico de tirar o fôlego, o festival Monte Verde já tinha, anteriormente confirmado a presença de Guano Apes, Sub Focus, Throes+The Shine e Mundo Segundo ft Sam the Kid para aquela que será a sua 5ª edição. As portas deste insular festival está marcado para dia 11 de Agosto com os últimos foguetes de festa a rebentarem a 15 do mesmo mês.

Os bilhetes variam entre os 16 (diário) e os 41 (com campismo e sujeito a fases: 1ª até 5 de Junho, 500 bilhetes a 26 euros; 2ª até 7 de Agosto, 1000 bilhetes a 36 euros e daí em diante a 41 euros) ou 31 euros (sem campismo e sujeito a fases: 1ª até 5 de Junho, 500 bilhetes a 21 euros; 2ª até 7 de Agosto, 1000 bilhetes a 26 euros e, daí em diante 31 euros). Sem mais delongas, fiquem com os Linda Martini e este “Unicórnio de Sta. Engrácia”, single de avanço para o novo Sirumba.

First Breath After Coma abrem as hostilidades com Salty Eyes
· POR Fernando Gonçalves · 15 Abr 2016 · 15:56 ·


Aí está o tão aguardado regresso dos leirienses First Breath After Coma. “Salty Eyes” é o nome da música que andará nos ouvidos de todos nesta sexta-feira chuvosa de Abril e está inserido naquele que é o segundo álbum da banda intitulado Drifter com lançamento oficial previsto para dia 6 de Maio.

Depois do estrondoso The Misadventures of Anthony Knivet, álbum que “conta” a história musical desse famoso explorador britânico, os post-rockers leirienses regressam com um álbum que marca um expressivo corte na carne da sua discografia, como explica ao Bodyspace o guitarrista e vocalista Roberto Caetano. “O que está por trás do disco é apenas música, não é um disco conceptual como o primeiro. Não há uma história para contar, há uma mistura de sentimentos transmitidos, passíveis da interpretação de cada um. Drifter foi como nos sentimos a fazer este álbum. Uma procura constante de sonoridades, dos sons que nos rodeavam”.

Este Drifter, com a chancela da, também leiriense, Omnichord Records, acompanhará os First Breath After Coma numa série de quatro concertos. O primeiro dos quais, amanhã na sua Leiria natal (Museu de Leiria - concerto de pré-apresentação do álbum), o segundo no Hard Club – Porto no dia 29 de Abril, seguindo-se Coimbra e o Festival Santos da Casa da RUC no dia seguinte, para acabarem a 7 de Maio no CCB, Lisboa. “O álbum é uma mistura de sons e sentimentos captados durante essa viagem...acho que vamos ser sempre drifters”, complementa Roberto. A belíssima “Salty Eyes”, com vídeo de Vasco Mendes, dos First Breath After Coma em estreia aqui.

Twin Transistors com novo single
· POR Paulo Cecílio · 15 Abr 2016 · 14:50 ·


Os leirienses Twin Transistors irão editar no próximo dia 6 de Maio aquele que será o seu disco de estreia, Sun Of Wolves, a cargo da Omnichord Records. Para já, é possível escutar o primeiro single, "All In", que teve direito a vídeo - realizado por Kid Richards - entretanto disponibilizado no YouTube.

Os Twin Transistors apresentar-se-ão no Lisbon Psych Fest este fim-de-semana, actuando já amanhã. Barulhinho bom para ir picando aqui em baixo.

Rez Abbasi & Junction mandam a pureza às urtigas em Behind the Vibration
· POR Fernando Gonçalves · 15 Abr 2016 · 11:44 ·


A pureza tem o condão de, quando mal aplicada, subtrair ao invés de acrescentar. Se as ideias que defendem a subtracção vingassem de vez, não teríamos Rez Abbasi e, muito menos, Behind the Vibration. Por partes. Rez Abbasi, americano-paquistanês, uma soma portanto, faz do jazz ganha-pão e da mistura de estilos e influências a sua arte.

Neste acrescento de sumo à vida, levou a sua música a conhecer o jazz sul-asiático do alto-saxofonista indo-paquistanês Rudresh Mahanthappa que, por sua vez, acomodou, nos seus largos aposentos, as vocalizações de um indo-tuareg Kiran Ahluwalia. Mais somas. Estas e um par de outras colaborações mais, resultaram no disco de jazz-rock clássico Intents and Purposes, lançado em 2015 sob a capa do seu quarteto acústico Rez Abbasi Acoustic Quartet’s (RAAQ). Não contente, Rez Abbasi lançou-se na procura de uma outra e mais somatória forma de dar vida às suas criações.

Aí, aparecem os Junction. Projecto “eléctrico” criado por Rez e que, dia 20 de Maio, dá à luz esta soma total chamada Behind the Vibration. Criatura que sobrevoa os campos do rock e do post-bop, Behind the Vibration é, de acordo com Rez, “a convergência de tudo aquilo que me interessa”, aqui incluindo os músicos, as influências e a tecnologia que os Junction trazem acopladas como a seguir explica: “Os músicos que escolhi, são suficientemente versáteis para levarem isto avante. Não são só as influências que fui colhendo até este ponto, é também o processo de misturar tudo com a tecnologia actual. Isto é música que só poderia ter acontecido agora”. Para primeira amostra deste Behind the Vibration, Rez Abbasi & Junction e o Bodyspace deixam-vos com “Self-Brewing”.

Bob Dylan está de regresso
· POR Fernando Gonçalves · 15 Abr 2016 · 11:40 ·


O novo álbum de um dos maiores vultos da Música, assim, com M maiúsculo, está de regresso aos álbuns. Fallen Angels de seu nome, a criatura nascerá a 20 de Maio pela Columbia Records. Neste trabalho, composto por 12 faixas, Bob Dylan revisita através da sua guitarra e voz temas clássicos norte-americanos compostos por nomes como Johnny Mercer, Harold Arlen, Sammy Cahn ou Carolyn Leigh que, para além de autores das composições, acompanharam, de igual modo, o “rolling stone man”e a sua banda de digressão em todo o processo de gravação do disco.

Como aperitivo para o que está por vir, Bob Dylan já colocou à disposição “Melancholy Mood”, primeiro avanço deste Fallen Angels e que podem ouvir desde já.

Nasceu um micro-festival movido a hip-hop e elctrónica no Porto
· POR Fernando Gonçalves · 15 Abr 2016 · 11:37 ·


O clube Pitch, na baixa portuense, acaba de anunciar a realização daquele que será uma espécie de micro-festival de electrónica e hip-hop no próximo dia 22 de Abril. Tomando conta dos três pisos do espaço, este festival em formato micro nasce da parceria entre a Biruta Records, a Meifumado Fonogramas, Mano A Mano, a Op // Amp, a 1980 e a Omega 3 RUM e trará à Invicta nomes como Blasph&BewareJack, Kap, DJ Spot (na Cave; local consagrado ao hip-hop), Mike Bek, Klipar, JEPE,Nave Mãe,King Fu (todos no piso 0) e I-gore b2b SIMºNE (piso 1) na onda electrónica.

De referir que, os concertos na Cave, terão o seu inicio à meia-noite e trinta minutos e os bilhetes, com acesso a todas as áreas, custam entre 6 e 9 euros consumíveis. Como não vou explicar que o preço dos bilhetes está sujeito aquela coisa foleira de "guestlist", fiquem com Blasph & Beware Jack e esta “Vindima” colhida do último álbum desta parceria OProcesso.

Neopop 2016 bombeia 25 nomes para fecho de cartaz
· POR Fernando Gonçalves · 14 Abr 2016 · 17:30 ·


São mais vinte e cinco nomes confirmados no alinhamento do “eléctrico” festival de Viana. Alfredo Mazzilli, Antigone, Ben Ufo, Benjamin Damage, Birth Of Frequency, Donato Dozzy, Etienne Jaumet, Fatima Al Qadiri, Sensible Soccers, Peter van Hoesen, Richie Hawtin, são apenas 11 dos nomes que seguem nesta leva imensa de confirmações e que se juntam aos já, previamente, confirmados Ben Sims B2B James Ruskin, Carl Cox, John Digweed, John Talabot, Matador.live, Nina Kraviz, Solar, Sunil Sharpe e Unforseen Alliance.

De referir que, a Red Bull Academy se volta a juntar ao festival e será “curadora” do palco Neo Stage, cujo alinhamento será divulgado brevemente. Com inicio a 4 e termino a 6 de Agosto, o Neopop, que já vai para a sua 11ª edição, já tem bilhetes à venda. Estes, variam entre os 75 (até 31 de Maio) e os 150 euros (passe 3 dias+6 bebidas+kit do festival). Quanto ao bilhete diário, este cifra-se nos 35 euros.

Fiquem com um cheirinho do que podem encontrar no próximo Agosto com este “No Way Back (From My Mind To Yours)” de Richie Hawtin. Todos os nomes confirmados logo depois.



Alfredo Mazzilli, Antígone, Ben Ufo, Benjamin Damage, Birth Of Frequency, Donato Dozzy, Etienne Jaumet, Fatima Al Qadiri, Sensible Soccers, Peter van Hoesen, Richie Hawtin, Ben Sims B2B James Ruskin, Carl Cox, John Digweed, John Talabot, Matador.live, Nina Kraviz, Solar, Sunil Sharpe, Unforseen Alliance, Gonçalo, HHY& The Macumbas, Inigo Kennedy, Lewis Fautzi, Maceo Plex, Maya Jane Coles,Oscar Mulero, Pan-Pot, Jonas Kopp B2B Pfirter, Polar Inertia, Switchst(D)ance, Xosar, Zadig, Zenker Brothers
Milhões de Festa confirma quadratura do círculo
· POR Fernando Gonçalves · 14 Abr 2016 · 16:29 ·


Acalmem-se, não vem aí um Pacheco Pereira formato hipster de cigarro de enrolar na mão, não. A quadratura angulosa de que falamos são, tão somente, as quatro novas confirmações para a edição deste ano do festival barcelense. Jibóia e os seus ácidos, Sun Araw Band – filhos do experimentalismo multi-dimensional, Goth Money Records e o seu rap/trap que vai beber influências ao século passado e as mistura num copo cheio de actualidade e os Disco Extendes, compêndio tripartido que faz da electrónica e do house ponto de honra, são as quatro confirmações para o festival que abre portas no dia 21 de Julho e só as fecha no dia 24 do mesmo mês.

Bilhetes a 50 euros até 10 de Maio e, daí em diante, a 60 para o passe geral. Fiquem com os Sun Araw Band e este “Huff”.

The Moles têm novo single na manga
· POR Fernando Gonçalves · 14 Abr 2016 · 15:01 ·


Chama-se “Damian Lovelock”, uma homenagem a um antigo vocalista de uma banda rock australiana e agora comentador desportivo, e faz parte do alinhamento do novo álbum da banda aussie Tonight’s Music, registo com estreia marcada para o final deste ano.

Depois de um ano de 2014 marcado pela apresentação de Flashbacks and Dream Sequences: The Story Of The Moles, álbum que, de acordo com a crítica, “estoirou com Glastonbury”, os The Moles carregaram na criatividade e, após gravações entre Boston, Nova-Iorque e a parte ocidental dos Massachusetts, voltam com Tonight’s Music. Fiquem com este “rockeiro/desportivo” “Damian Lovelock”.

Capitão Fausto: o álbum só chega amanhã, mas já o podem ouvir aqui
· POR Fernando Gonçalves · 14 Abr 2016 · 14:55 ·


Amanhã é lançado o terceiro álbum de originais dos Capitão Fausto. Capitão Fausto Têm Os Dias Contados é o seu nome, não se preocupem que é só de nome, e o seu lançamento será celebrado com um concerto de apresentação na Casa da Música (Sala 2), Porto, também amanhã.

Este concerto dá inicio a uma tour que passará, de igual modo, pelo Lux Frágil a 28 de Abril - e ainda os locais e datas que podem consultar ali em baixo. Apesar de faltarem menos de 24 horas para a efeméride, os Capitão Fausto têm dedo nervoso e decidiram premir o botão. Botão que dá acesso à audição de Capitão Fausto Têm Os Dias Contados na integra em streaming em 3,2, 1… Pumba.

22.04 / Montijo / Time Out Bar 
23.04 / São João da Madeira / Party Sleep Repeat
24.04 / Viseu / Carmo 81
30.04 / Leiria / Texas Bar
05.05 / Évora
06.05 / Pinhal Novo / Auditório AJCOI
13.05 / Viana do Castelo / Castelo Santiago da Barra
14.05 / Braga / GNRation
15.05 / Coimbra / Aqui Base Tango
Orchestra Of Spheres: o “rockumentário” chinês
· POR Fernando Gonçalves · 14 Abr 2016 · 14:49 ·


Depois de, ontem, termos lançado em Portugal o novo single “Anklung Song” pertencente ao próximo disco de originais da banda neozelandesa intitulado Brothers and Sisters of the Black Lagoon, eis que surge a notícia de um documentário. Mais concretamente um “rockumentário” de seu nome Te China Rockumentary, série documental em cinco partes que se debruça sobre a tour que a banda realizou em Outubro por terras chinesas.

Produzido pela Kiwese, esta série percorre os nove concertos dos Orchestra Of Spheres pelo Império do Meio e, para além da música e filmagens das actuações, o documento imagético passa pelos encontros que a banda teve com os fãs, editoras, bandas nativas e um pouco da rotina diária destes neozelandeses pela potência asiática. Let’s look at the trailer, here.

Orchestra Of Spheres escolhem Bodyspace: première portuguesa do novo single
· POR Fernando Gonçalves · 13 Abr 2016 · 14:48 ·


Seremos parciais ao afirmá-lo, mas os neozelandeses Orchestra Of Spheres têm bom gosto e classe. Prova disso é a escolha do Bodyspace para fazerem a première portuguesa do seu novo single “Anklung Song”, música que faz parte do alinhamento de Brothers and Sisters of the Black, disco com estreia mundial no dia 13 de Maio.

Afirmam-se como não políticos, mas os tempos conturbados que o nosso mundo vive não lhes passa ao lado. Brothers and Sisters of the Black vive da análise a estes estranhos tempos e atacam em força e jeito sátiro-trágico.

Para além da estreia do novo single aqui no Bodyspace, os Orchestra Of Spheres estarão por terras lusas em Junho para dois concertos de apresentação do novo álbum. Primeiro em Lisboa, dia 2 no Damas, e no dia seguinte no Teatro Rivoli no Porto. Sem mais delongas o Bodyspace tem a honra de dar a Portugal inteiro “Anklung Song”.

Pantha Du Prince: The Triad chega em Maio mas já há surpresas
· POR Fernando Gonçalves · 13 Abr 2016 · 14:31 ·


Seis anos depois de Black Noise, Pantha Du Prince está de volta aos discos com The Triad, álbum com lançamento marcado para dia 20 de Maio através da editora Rough Trade mas, para os fãs e menos fãs, o artista reservou uma surpresa.

Aparte o single “The Winter Hymn”, entretanto já estreado, Pantha Du Prince não faz a coisa por menos e, hoje, abre as portas de um website onde os internautas podem experienciar aqui clips de som do novo The Triad. Para quem ainda não ouviu, fiquem com o single “The Winter Hymn”. Alinhamento logo depois.



1. The Winter Hymn (feat. Queens)
2. You What? Euphoria!
3. Frau imMond, Sterne Laufen
4. In An Open Space (feat. Queens)
5. Chasing Vapour Trails (feaet. Joachim Schultz &Kassian von Troyer)
6. Lichterschmaus
7. Dream Yourself Awake
8. Lions Love (feat. Joachim)
9. Islands In The Sky
10. Wallflower for Pale Saints
The Felice Brothers lançam “tóxico” Aerosol
· POR Fernando Gonçalves · 13 Abr 2016 · 14:28 ·
© Austin Nelson Photography

Mais concretamente “Aerosol Ball”, primeiro single extraído do novo álbum da banda nova-iorquina, Life In The Dark, compêndio de folk mesclado com o rock e o blues que chega aos escaparates dia 24 de Junho via Yep Roc Records.

Produzido pelos The Felice Brothers e gravado numa garagem alugada convertida em estúdio, Life In The Dark explora as divisões e contradições de uma América em constante convulsão social em nove faixas carregadas de cinismo. Uma delas, esta “Aerosol Ball”, acaba por ser a primeira amostra, espécimen que aqui deixamos.

Prince Rama actuam em Guimarães em Maio
· POR André Gomes · 13 Abr 2016 · 12:37 ·


É em Maio, mais precisamente no dia 20, que as excêntricas manas Prince Rama actuam em Guimarães, naquele que será a sua única actuação em território português durante esta digressão. O concerto acontece no Centro para os Assuntos da Arte e Arquitectura. Ainda não são conhecidos detalhes acerca do preço dos bilhetes e horários.

As Prince Rama virão a Portugal para mostrar as canções do seu mais recente disco, Xtreme Now, editado com o selo da Carpark Records no passado mês de Fevereiro. Uma das canções desse disco chama-se "Now Is The Time Of Emotion" e pode ser ouvida - e vista - aqui em baixo.

FKA Twigs com Oneohtrix Point Never
· POR Paulo Cecílio · 13 Abr 2016 · 12:22 ·


Esta é a parte em que vocês lançam um "uish" colectivo (e derrubam umas quantas árvores com a força desse sopro). De um lado, a mulher que fez um álbum bastante bom e que deu um concerto de merda no Primavera do Porto; do outro, o tipo que faz discos maravilhosos e que deu um concerto de merda no Maria Matos (há aqui um padrão, ó se há).

Juntos, poderão não chegar a dar um concerto de merda, mas pode sair daqui algo de excelente, a julgar por aquilo que nos diz o Instagram: FKA Twigs e Oneohtrix Point Never estarão a trabalhar juntos em música nova, após um curto vídeo ter aparecido nas contas pessoais de um e outro nessa rede social. Para já não há muito mais a dizer, mas o que há é suficiente para começarmos a salivar.

 
The Avalanches reúnem-se para Barcelona (e mais)
· POR Paulo Cecílio · 13 Abr 2016 · 12:17 ·


Partiram o coração do mundo ao meio em 2001, pela força da magnífica "Since I Left You"; encheram-no de ácidos logo a seguir, através de "Frontier Psychiatrist"; pasmaram os críticos, os fãs, os melómanos com o seu álbum de estreia - e depois desapareceram, esfumaram-se, voltaram para o seu pequeno grande mundo de samples.

Quinze anos depois, os Avalanches estão de regresso - e terão encontro marcado com o público bem pertinho de nós, actuando no Primavera Sound de Barcelona no início de Junho. Para além do festival catalão, os Avalanches irão até Londres (Field Day, 12 de Junho) e tocarão na nativa Austrália (Splendour In The Grass, finais de Julho). Sobre o segundo disco, que anda a ser planeado há um ano, é que nada. Mas quem esperou 15 anos pode esperar um bocado mais.

Urban Ensemble na APAV
· POR Paulo Cecílio · 13 Abr 2016 · 12:14 ·
© Ângelo Silva

O trio Urban Ensemble, composto por Pedro Santos (acordeão), João Pedro Silva (saxofones) e Sofia Neide (contrabaixo), estará pela APAV, em Lisboa, no próximo dia 28 de Abril (19h30) para um concerto onde «promete revisitar algumas das mais relevantes "paisagens sonoras" do folclore urbano do mundo», partindo da música de câmara.

A entrada é, como é costume na APAV, livre. Fiquem com um vídeo que explicará o que podem esperar no final do mês.

As nove canções de Lourenço Crespo
· POR Paulo Cecílio · 13 Abr 2016 · 11:46 ·


Lourenço Crespo, gajo que não gosta do trabalho do Sambado, vai editar o seu disco de estreia no próximo dia 29 de Abril pela Cafetra - o registo chama-se Nove Canções - e já é possível ouvir o seu primeiro single, "Só aparece"

O disco será apresentado ao vivo nesse mesmo dia no salão Fernando Maurício do Grupo Desportivo da Mouraria, no Palácio dos Távoras, pelas 21h30, na companhia de Kridinhux. Bilhetes a 5 euros.

Kaytranada em Portugal
· POR Paulo Cecílio · 13 Abr 2016 · 11:40 ·
© Martin C. Pariseau

A 99.9% tour de Kaytranada, que eu nunca ouvi mas dizem que é fixe, irá passar por Lisboa em Junho. Louis Celestin virá mostrar os seus beats à capital no dia 17, actuando no Village Underground, não havendo - e para já - mais informações em concreto, tendo o anúncio sido feito através do próprio, na sua página do Facebook.

Enquanto aguardamos pela confirmação dos bilhetes e assuntos do género, fiquem com este tema com o Anderson .Paak aqui em baixo.

Pai Nosso que estais no céu
· POR Paulo Cecílio · 13 Abr 2016 · 11:38 ·


Dean Blunt está de regresso a Portugal. Mas não enquanto Dean Blunt, e sim enquanto Babyfather, o moniker que arranjou para o seu "novo projecto" e que lançou este ano um enormíssimo disco, BBF Hosted by DJ Escrow, pela Hyperdub.

O britânico irá apresentá-lo em Lisboa no dia 17 de Junho, no Musicbox, naquela que será mais uma noite de celebração dos dez anos do mítico espaço - e que, para além de Blunt, ou Babyfather, contará igualmente com os préstimos de Hipster Pimba e Caveira e com DJ sets de Svengalisghost e da Filho Único, que ajudará a organizar o evento. Os bilhetes já se encontram disponíveis ao preço de 15 euros.

Kristin McClement e a guitarra viajam até Portugal este mês
· POR Fernando Gonçalves · 12 Abr 2016 · 22:51 ·


A cantora e compositora da terra do trip-hop, Brighton, está de malas aviadas para Portugal. Chega dentro de duas semanas para uma série de cinco concertos no Centro/Norte do país, numa pausa nas gravações do seu novo álbum de originais a ser lançado ainda este ano. Começa na véspera da revolução de Abril na cidade do Porto (O Meu Mercedes), faz uma pausa para pôr o cravo na lapela e regressa à estrada para no dia 26 estar em Vila Real, a que se segue Bragança no dia 27, Fafe a 28 e para terminar dia 30 estará nas margens do Mondego para um concerto em Coimbra.

Se o segundo álbum ainda tardará, o primeiro, de seu nome The Wild Grips lançado em Fevereiro de 2015 ainda anda por aí. Lançamos a rede e saiu-nos o homonimo “The Wild Grips”. Para ver e ouvir enquanto Kristin e a sua guitarra não aterram no Sá Carneiro.

Ratere voltam com “Spicy Lagareted Octopus”
· POR Fernando Gonçalves · 12 Abr 2016 · 15:28 ·


“Spicy Lagareted Octopus” é a partir de hoje o primeiro single do novo álbum dos barcelenses Ratere intitulado Pota com lançamento oficial previsto para dia 23 de Abril. Gravado entre o CCOB, a C-house e a Cazagrande com a produção a caber a José Arantes, Pota é composto por cinco faixas e conta, ainda, com a colaboração de André Simão e Graciela Coelho nas vozes.

Sucessor de Super Power Satellite (2014), o novo álbum assume o post-rock como influência principal e será lançado pela Honeysound. De referir que, para além de poderem ouvir esta nova “Spicy Lagareted Octopus”, a música está, de igual modo, disponível para download aqui em baixo.

Kimi Djabaté: Musicbox serve de aperitivo a novo álbum
· POR Fernando Gonçalves · 12 Abr 2016 · 15:24 ·


O músico e compositor guineense radicado em Lisboa Kimi Djabaté, estará ao vivo e cores no Musicbox no próximo dia 15 de Abril. Um concerto que marca o countdown para o novo álbum do artista a sair em Junho.

Do afro-beat ao blues, Kimi prepara, assim, terreno para o seu terceiro álbum de originais Kanamalu, edição Red Orange Records, disco que sucede ao premiado Karam de 2009 e que lhe granjeou um prestigiante segundo lugar no World Music Charts Europe. Enquanto não chegam os singles, deliciem-se com este “Kodé (Love) do álbum Karam. O alinhamento do novo disco vem logo depois.



1. Daly Manhe
2. Anhonté
3. Kanamalu
4. Ululalu
5. Saia
6. Democraci Bunha
7. Kanu
8. Djanfá Manhe
9. Nho Sabá Sabá
10. Tonha Fó
11. Samá
12. Djaraby-lé
Marc Ribot, Ava Mendoza e Paal Nilssen-Love no Jazz em Agosto 2016
· POR Hélder Gomes · 12 Abr 2016 · 14:49 ·


11 concertos no Anfiteatro ao Ar Livre, três concertos solo, três documentários, duas conversas sobre música e a apresentação de um livro. Será assim o Jazz em Agosto 2016, que decorre de 4 a 14 de Agosto na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa. A 33ª edição do festival acolherá projectos da América do Norte e da Europa, com três formações vindas de França: a pianista Eve Risser com a White Desert Orchestra, o violista e violinista Théo Ceccaldi a encabeçar o quarteto Petite Moutarde (numa actuação acompanhada por filmes do surrealismo dos anos 1920, realizados por René Clair, Marcel Duchamp e Man Ray) e o saxofonista Thomas de Pourquery com o sexteto Supersonic, que o músico formou para homenagear o visionário Sun Ra.

Do eixo Alemanha-Finlândia-Sérvia vem o quinteto Z-Country Paradise e da Noruega chega a Large Unit de Paal Nilssen-Love. Do outro lado do Atlântico, Marc Ribot traz The Young Philadelphians, que se juntam ao Lisbon String Trio, o quinteto Snakeoil de Tim Berne e ainda os trios Pulverize the Sound (com Peter Evans) e Unnatural Ways (de Ava Mendoza).

O Tuba and Drums Double Duo (com Sérgio Carolino na tuba e Mário Costa e Alexandre Frazão nas baterias) e o quarteto Tetterapadequ, que integra o baterista João Lobo e o contrabaixista Gonçalo Almeida, cumprem a quota portuguesa do Jazz em Agosto deste ano.

As borlas do festival incluem dois concertos a solo de Frank Gratkowski e Paal Nilssen-Love, duas sessões de Sharpen Your Needles (um projecto com Evan Parker e David Toop), três documentários evocativos de Peter Kowald e do projecto Electric Ascension do Rova Saxophone Quartet e ainda o lançamento de “The Sound of the North”, um livro do jornalista italiano Luca Vitali sobre o jazz norueguês. A parceria com a Clean Feed mantém-se na edição 2016 do Jazz em Agosto e a RogueArt é a editora convidada deste ano. Para mais informações, é seguir o link.

Paolo Fresu & Omar Sosa dão a conhecer os desejos de Zeus
· POR Fernando Gonçalves · 12 Abr 2016 · 12:08 ·


E se lerem tudo até ao fim, também vocês poderão ficar a par deles. Mitologia aparte, Paolo Fesu & Omar Sosa estão aí com disco novo, aí, que é como quem diz 29 de Abril. Chama-se Eros e já tem um filho a deambular pelo mundo, de seu nome “Zeus’ Desires”. Com Paolo Fresu no trompete, efeitos, percussão e flugelhorn (espécie de corneta); Omar Sosa no piano acústico, samplers, percussão, vozes, MicroKorg, programação e sintetizador; Natacha Atlas nas vozes; Jacques Morelenbaum no violoncelo; e o Quartetto Alborada a acompanhar, saiu esta polifonia de jeito e som chamado Eros com a chancela Tuk Music, editora de Paolo Fresu.

Como prometido, ouçam este “Zeus’ Desires” e digam-nos quais são, afinal, os desejos do pai dos deuses do Olimpo.

Islândia: Onde a música ainda é uma arma de pontaria
· POR Fernando Gonçalves · 12 Abr 2016 · 12:06 ·


Hildur Guðnadóttir e uma música com gente dentro. Aliás, muita gente. A história segue simples, como simples não é o que a origina. Em Dezembro de 2015, um grupo de crianças albanesas com doenças terminais foram deportadas juntamente com os seus pais, a quem foram negados vistos de permanência, da fria Islândia. A isto juntam-se os milhares de refugiados que nos últimos anos acorreram à Europa e todas as atrocidades de foram vítimas durante o trajecto. Juntemos, ainda, os “pequenos Hitler” que habitam milhões de europeus e a sua falsa pureza. Se a caravana vai longa, mais longa pode ficar. A tropa fandanga que nos rouba e a quem damos sorrisos amarelos na esperança de nos cair uma migalha no bucho enriquece à conta do nosso sangue e lágrimas. Temos então os “Panama Papers” e uma sociedade doente e doentia.

Não totalmente. Alguns ainda lutam, alguns dizem não. Esse é o caso de Hildur Guðnadóttir e a sua música/projecto “Fólk fær andlit // People get Faces” que nascem como forma de luta contra a morte do Humanismo. Sem mais palavras, deixamos-vos a sós com a vossa consciência com “Fólk fær andlit // People get Faces”.

Young Magic ordenam “Sleep Now”
· POR Fernando Gonçalves · 12 Abr 2016 · 12:02 ·


Still Life, terceiro álbum de originais da dupla Young Magic, chega no próximo mês de Maio via Carpark Records, mas o novo single “Sleep Now” já está em rodagem. Gravado em Lembongan, Indonésia, a banda originária de Nova Iorque mas com raízes em Jakarta, no caso especifico de Melati Malay, inspirou-se nas caminhadas matinais por aquele local ainda não acometido pelas dores do desenvolvimento e gizou uma canção que pensa filosoficamente sobre um futuro onde o trafego pós-contemporâneo tome conta dessas paisagens.

E assim nasceu “Sleep Now”, canção pop electrónica de tons orgânicos. Fiquem com “Sleep Now” aqui em baixo.

A força do hip-hop sueco, por Sir Was
· POR Matheus Maneschy · 11 Abr 2016 · 15:12 ·


Joel Wästberg, que é o nome de baptismo de Sir Was, anunciou o seu primeiro EP e junto disto, libertou a segunda canção do registo, "Falcon". O som tem o hip-hop como base de influências de Sir Was, mas claro não é só isto, há até um pouco de Beatles na essência do projecto.

Says Hi demorou 15 anos para sair da gaveta de Joel, mas o dia finalmente está a chegar. O lançamento está marcado para o dia 3 de Junho, pelo selo City Slang. E para as lojas de Gotemburgo e do mundo a partir de 19 de Agosto.

IndieLisboa ressuscita The Parkinsons na Taberna das Almas
· POR Nuno Catarino · 11 Abr 2016 · 14:33 ·


Já tínhamos desvendado que o IndieLisboa vai dar um grande destaque aos The Parkinsons, fenómeno punk que saiu de Coimbra para incendiar Londres. Ficámos agora a saber que no dia 22 de Abril, após a exibição do documentário A Long Way to Nowhere (às 21h15, no São Jorge), a banda vai regressar à vida para um concerto de celebração, que terá lugar na Taberna das Almas (Regueirão dos Anjos 68-70, Lisboa).

O concerto, o âmbito do IndiebyNight, tem início marcado às 23h00 e após o concerto segue-se um dj set de CVLT. A entrada vale 8 euros.

Compositor Nuno Dario galardoado com dois prémios Global Music Awards
· POR Nuno Catarino · 11 Abr 2016 · 14:23 ·


O compositor Nuno Dario foi galardoado nos Global Music Awards, arrecadando duas "Silver Medal" nas categorias "Originalidade/Criatividade" e "Clássica-Avante-Garde/Cross Genre". Os prémios foram atribuídos à sua obra Four Poems in Search of a Music Play, que cruza diferentes géneros musicais a partir de textos de Harold Pinter. Os Global Music Awards são prémios abertos à participação de músicos de todo o mundo, de diferentes estilos e universos musicais.

Dario é licendiado em composição pela Escola Superior de Música de Lisboa, especializado em composição para cinema na UCLA (Los Angeles) e doutorado pela Royal Holloway, da Universidade de Londres. Em 2012 recebeu a bolsa BMI/Jerry Goldsmith Scholarship Award, em Los Angeles.

Canada Day em dose dupla na SMUP
· POR Nuno Catarino · 11 Abr 2016 · 14:20 ·


O grupo Canada Day, liderado pelo baterista canadiano Harris Eisenstadt, vai apresentar-se ao vivo na SMUP, na Parede. O grupo americano actua nos dias 30 de Abril e 1 de Maio, em mais uma edição "Combat Jazz" promovida pela Clean Feed, que vai gravar os concertos para futura edição.

A acompanhar a bateria de Eisenstadt estarão Nate Wooley (trompete), Matt Bauder (saxofone tenor) e Pascal Niggenkemper (contrabaixo). Os concertos arrancam às 22h00, a entrada vale 5€, 4€ para sócios SMUP.

DJ Shadow volta à carga com The Mountain Will Fall
· POR Fernando Gonçalves · 08 Abr 2016 · 15:17 ·


Pai do projecto UNKLE, DJ Shadow está prestes a voltar às gravações com The Mountain Will Fall, álbum que contará com a participação de diversos convidados, entre os quais, Run The Jewells e o portentoso Nils Frahm. Com saída prevista para dia 24 de Junho, o novo registo marca o fim de um jejum de cinco anos, no que a discos novos diz respeito, por parte de DJ Shadow.

Inspirado pela paisagem do local de gravações, The Mountain Will Fall, título do álbum e do primeiro single dele extraído, é uma espécie de ode à acção como explica DJ Shadow: “É como estar num campo base e olhar para uma montanha inconquistável; não podes pensar na dificuldade, só tens que começar a escalar. Um passo a seguir ao outro que, por sua vez, te leva ao próximo. Existiram passos falhados mas, desde que, a visão se mantenha no objectivo, a montanha cairá”, finaliza o músico. Relembre-se que, DJ Shadow, estará em Portugal no próximo dia 14 de Julho para um concerto no festival Super Bock Super Rock. Deixamos-vos com The Mountain Will Fall e o se homonimo single de estreia.



01 The Mountain Will Fall
02 Nobody Speak [ft. Run the Jewels]
03 Three Ralphs
04 Bergschrund [ft. Nils Frahm]
05 The Sideshow [ft. Ernie Fresh]
06 Depth Charge
07 Mambo
08 Ashes to Oceans [ft. Matthew Halsall]
09 Pitter Patter [ft. G Jones & Bleep Bloop]
10 California
11 Ghost Town
12 Suicide Pact
13 Swerve (iTunes Bonus Track)
@c lançam novo álbum
· POR Paulo Cecílio · 08 Abr 2016 · 15:09 ·


O projecto @c, de Pedro Tudela e Miguel Carvalhais, irá editar no próximo dia 24 de Maio aquele que será o seu 16º álbum, Three-Body Problem. O disco conta com participações de Angelica Salvi (harpa), Susana Santos Silva (trompete), Ricardo Jacinto (violoncelo e electrónica) e João Pais Filipe (percussão) e será apresentado no Passos Manuel, no Porto, no dia 19 e na SMUP, Parede, no dia 28 do mesmo mês.

Para já está disponível o vídeo de "115 (Transcendence)", o qual poderão ver aí em baixo. O disco em si pode ser pré-encomendado através do Bandcamp.

Vem aí uma box set de Allen Ginsberg
· POR Paulo Cecílio · 08 Abr 2016 · 11:45 ·


As canções que o poeta gravou em 1971, na companhia de, entre outros, Bob Dylan e Arthur Russell, serão reeditadas no próximo dia 20 de Maio pela Omnivore Recordings. First Blues foi originalmente lançado em 1983 em formato duplo LP, e contém 24 faixas com temáticas que vão desde a guerra do Vietname até aos direitos humanos. Conhecerá agora uma edição de luxo; para além da tracklist original ser-lhe-ão juntadas mais 11 faixas raras, maquetas e bónus diversos.

Não só isso, como a box set ainda virá com um livro de 28 páginas contendo fotografias, textos e ilustrações do poeta. Vejam aqui as maiores mentes de outra geração num trailer de apoio ao álbum.

“Arquelogia” dá à luz novo álbum de The Lines
· POR Fernando Gonçalves · 08 Abr 2016 · 11:32 ·


Existiram entre 1978 e 1983, cinco curtos anos que deram origem a cinco singles, um EP e dois LP. Sucintamente, é esta a entrada relativa a The Lines, banda britânica que fazia do post-punk o seu ganha pão no século passado.

Agora, e depois de aturadas “escavações arqueológicas” no seu material, Rico Conning, vocalista e guitarrista dos The Lines, redescobriu gravações que estariam, então, a ser pensadas para um terceiro álbum que, no entanto, nunca chegou a ver a luz do dia, até agora. Hull Down é o nome da relíquia e Maio o mês em que o mundo a ouvirá pela primeira vez. Até lá, chega-se à frente o primeiro single dele extraído. Dá-se por “Single Engine Duster” e estreia já aqui em baixo.

SØren Juul dá, com Dear Child, um cheirinho do novo álbum
· POR Fernando Gonçalves · 08 Abr 2016 · 11:23 ·


Este dinamarquês, que nos obriga a ir sacar uma vogal escandinava ao editor para escrever o seu nome, está aí com álbum novo. This Moment é o seu nome e “Dear Child” o primeiro single que dele sai.

Com estreia marcada para dia 17 de Junho, este primeiro trabalho sob a égide Juul, é referenciado como sendo extremamente intimista mas, simultaneamente, elevatório e redentor, uma vez que se segue a três anos tumultuosos na vida do músico. De uma só vez e sem nos engasgarmos, fiquem com SØren Juul e este “Dear Child”.



1. Ambitions
2. Dear Child
3. Greenpoint
4. Don’t Want To Fool You
5. Epic Moon
6. Manly Beach
7. Soulseeker
8. Pushing Me Away
9. Seventeen
10. This Moment
Teeth Of Sea em noite psicadélica portuense com piscar de olho a Lisboa
· POR Fernando Gonçalves · 08 Abr 2016 · 11:20 ·


Os londrinos Teeth Of The Sea estão de regresso a Portugal para dois concertos nas duas maiores cidades do país. Primeiro já hoje no Musicbox, Lisboa, amanhã no Teatro Rivoli no Porto, uma actuação inserida nas noites do psicadelismo patrocinadas pela editora Lovers & Lollypops em conjunto com o Teatro Municipal do Porto.

Na bagagem, os Teeth Of The Sea, trazem o seu mais recente álbum de originais Highly Dead Black Tarantula, disco considerado como o mais “sombrio e pervertido” da banda até à data. Para confirmar hoje e amanhã. Para já, fiquem com “Animal Manservant”, música retirada de Highly Dead Black Tarantula.

Paul Simon regressa aos discos em Junho
· POR Fernando Gonçalves · 08 Abr 2016 · 10:58 ·


Depois de So Beautiful Or So What,lançado em 2011, foram cinco, como os dedos de uma mão, os anos que Paul Simon passou fora dos radares discográficos. Agora, esse longo hiato acabou. O 13º álbum a solo do cantor chegará em Junho e já foi baptizado. Cghamar-se-á Stranger To Stranger e foi produzido pelo próprio Simon e pelo seu colaborador de longa data Roy Halee. Inspirado, em parte, pelo compositor norte-americano Harry Partch que inventou e construiu uma série de instrumentos microtonais que Paul Simon foi buscar.

Buscar, aqui, assume uma forma literal, uma vez que, Simon dirigiu-se ao laboratório da Montclair State University, local onde estão expostos os tais instrumentos, para os utilizar nas composições do novo álbum. Aos instrumentos como o cromelodion, Paul Simon juntou a percussão de um grupo de flamenco e assim nasceram várias das canções deste Stranger To Stranger. Uma delas, “Wristband”, acabou de tornar-se o primeiro single extraído do novo registo. Canção com que vos deixamos agora.



01 The Werewolf
02 Wristband
03 The Clock
04 Street Angel
05 Stranger To Stranger
06 In A Parade
07 Proof Of Love
08 In the Garden Of Edie
09 The Riverbank
10 Cool Papa Bell
11 Insomniac’s Lullaby
Laura Stevenson vai estar ao vivo e a cores na Casa Independente
· POR Fernando Gonçalves · 07 Abr 2016 · 15:33 ·
© Christopher Hainey

No próximo dia 29 de Maio uma norte-americana de guitarra em punho vai estar na Casa Independente, em Lisboa, para um concerto único. Falamos de Laura Stevenson e da sua estreia em formato acústico por terras lusas.

O concerto desta singer-sonwriter vinda do parque de diversões de Cristovão Colombo insere-se na sua tour europeia de promoção ao álbum Cocksure, quarto registo de originais da artista que foi lançado em Outubro do ano passado pela Don Giovanni Records. Eis Laura Stevenson e este “Torch Song” retirada de Cocksure.

Amplifest, dia 4 de confirmações
· POR Paulo Cecílio · 07 Abr 2016 · 15:31 ·


O dia três não foi noticiado pelo Bodyspace, tendo tal acontecido devido a um caso muito forte de estou a trabalhar e não me apetece. Mas olhem só o que a Amplificasom confirmou hoje! Dominick Fernow, a.k.a. Prurient, marcará presença no festival trazendo consigo o noise depressivo de Frozen Niagara Falls, o álbum que editou o ano passado pela Profound Lore. E isso não é tudo.

Também os Altarage, Hope Drone e Downfall Of Gaia estarão pelo Porto em Agosto, para fazer daquela cidade um local ainda melhor do que o que já é. Já têm bilhete?

Surma, Capicua, The Parrots e Pàs de Problème fecham palco EDP
· POR Fernando Gonçalves · 07 Abr 2016 · 15:28 ·


E com estes quatro nomes está fechada a programação do palco EDP para o festival Super Bock Super Rock 2016. Ao galardoado hip-hop vindo da tripeira Capicua (16 de Julho) junta-se a electrónica de filigrana da estreante Surma (recomendação da Tradiio para o dia 14 de Julho), The Parrots (16 de Julho) e os Pàs de Problème (15 de Julho), nomes que se juntam aos confirmados Jamie XX, GNR – Psicopátria, Kurt Vile e Mac DeMarco, Fidlar, Kelele, KWABS, Lucius, Rhye, Petite Noir e Villagers.

Relembre-se que o festival Super Bock Super Rock começa a 14 de Julho e estende-se até 16 do mesmo mês. Enquanto bebem um fino bem tirado, fiquem com Surma e o seu belíssimo single de estreia, “Maasai”.

Eis o cartaz do Entremuralhas (até agora)
· POR Paulo Cecílio · 07 Abr 2016 · 15:23 ·


O Entremuralhas regressa ao Castelo de Leiria, no próximo mês de Agosto, celebrando uma vez mais o negrume e o charme góticos. E o cartaz começa a ficar muito, muito bem composto: desde logo, destacam-se os nomes dos Sex Gang Children, gigantes do rock gótico que em Leiria se apresentarão com a formação original, e dos Die Krupps, que virão apresentar V - Metal Machine Music, o seu último álbum, editado em 2015.

Para além destes há vários por descobrir, como Kite, Frustration ou King Dude, sendo que ainda há muita coisa por anunciar. O festival realiza-se de 25 a 27 de Agosto e o bilhete custa 60€ até ao dia 8 de Maio. Confiram o cartaz anunciado até agora.



25 Agosto
 
Karin Park
Silent Runners
 
26 Agosto
 
Die Krupps
Frustration
Sex Gang Children
King Dude
Dark Door
Angelic Foe
 
27 Agosto
 
Kite
Corpo-Mente
Ianva
Geometric Vision
Har Belex
Favela revela programação de Abril
· POR Paulo Cecílio · 07 Abr 2016 · 15:19 ·
© Gonçalo Delgado | Low Light Press

A editora, que tem ocupado as noites de quinta-feira no Café Au Lait, no Porto, anunciou esta semana a programação de Abril - que arranca já hoje, com concertos de Bruma, Diogo Jesus Big Band e Innit Bruvv. Ao longo do mês, passarão pelo Au Lait nomes como Bezbog, Coiso, Sputnik Monk e Rodrigo Amado Motion Trio, entre outros.

Conforme diz a Favela, a entrada é gratuita e a bebida é melhor [confirmo]. Vejam a programação completa, em baixo.



7/04 - Bruma / Diogo Jesus Big Band / Innit Bruvv
14/04 - Bezbog + Panelas Depressão / Coconut Sound System / Instituto Fonográfico Tropical
21/04 - H.O.M.O. + T.I.T.O. / Coiso / Phantasma
28/04 - Sputnik Monk / Rodrigo Amado Motion Trio / Favela Riscos Soundsystem
David Lynch sonhou e a obra nasceu
· POR Fernando Gonçalves · 07 Abr 2016 · 15:14 ·


Se Twin Peaks passou há pouco pelas nossas páginas, agora é a vez do “patrão” da coisa fazer-se ouvir. A história é simples e conta-se em poucas linhas. A Fundação David Lynch realizou, no ano passado, um concerto que serviu de celebração do seu 10º aniversário. Nele couberam artistas como Sky Ferreira, Moby, Lykke Li, Twin Peaks, Wayne Coyne e Steven Drozd dos Flaming Lips e, claro está, Angelo Badalamenti, colaborador de longa data e responsável pela banda sonora da série “Twin Peaks” que levaram ao palco do Ace Hotel, lugar onde decorreu a cerimónia/festival, músicas do catalogo de bandas sonoras incluídas em filmes e séries do realizador.

Agora, chegou a vez de toda esta gente e as músicas tocadas caberem num disco duplo. The Music Of David Lynch assim se chama a coisa musical, estará cá fora no dia 15 de Abril e terá a chancela da Communion. Ainda sob o tema David Lynch, chamamos a vossa atenção para o álbum de covers sobre a base da banda sonora de “Twin Peaks” a ser lançado no dia 16 deste mês pelos Xiu Xiu e que terá o surpreendente nome de…Xiu Xiu Plays The Music Of Twin Peaks. Fiquem com Sky Ferreira e a sua performance de “Blue Velvet”. E depois com “Falling” do novo disco de covers Xiu Xiu Plays The Music Of Twin Peaks pela mão dos Xiu Xiu. Alinhamento no fim.
 


 
LP 1
 
01 Angelo Badalamenti: Laura Palmer's Theme
02 Donovan: Love Me Tender
03 Chrysta Bell: Swing With Me
04 Tennis / Twin Peaks: In Dreams
05 Rebekah Del Rio: Llorando
06 Sky Ferreira: Blue Velvet
07 Jim James: Sycamore Trees
08 Karen O: Pinky's Dream
 
LP 2
 
01 Angelo Badalamenti: Dance of the Dream Man
02 Moby: Go [ft. Mindy Jones]
03 Duran Duran: The Chauffeur
04 Lykke Li: Wicked Game
05 Zola Jesus: In Heaven
06 Wayne Coyne and Steven Drozd: Soundscape From Eraserhead and The Elephant Man
07 Angelo Badalamenti: Twin Peaks Theme
08 David Lynch: A Poem of Unknown Origin
BODYSPACE APRESENTA: Em trânsito
· POR André Gomes · 07 Abr 2016 · 15:06 ·
© Raquel Magalhães Mendes
 
 
BODYSPACE APRESENTA:
Em Trânsito
 
Fotos de Rui Oliveira
Produção de André Gomes/Bodyspace.net
 
De 14 de Maio a 30 de Junho
Salão Nobre do Maus Hábitos, Porto
 
16h00 inauguração
17h30 concerto de Mbye Ebrima
(entrada livre)
 
23h30 DJs Bodyspace
03h00 WHITE HAUS (DJ Set)
(3,5 euros)
 
Chegam quase sempre com hora de chegada e saída marcadas. Por vezes com horários apertados. Muitas vezes ficam durante uma dúzia de horas, fazem aquilo que melhor sabem fazer, dormem meia dúzia de horas e seguem o seu caminho. No dia seguinte estão noutra cidade. Estão sempre em trânsito. É sempre tudo muito rápido. Chega a ser tudo muito intenso, chega a ser tudo muito ingrato. Alguns voltam passado uns meses, outros passado uns anos. Outros não voltam. Alguns fazem juras de amor nas redes sociais, escrevem canções influenciadas por determinada paragem e fazem amigos. Chega a ser tudo muito bonito. Nesse confluir de sensações muitas vezes contraditórias, Rui Oliveira propôs-se a registar o momento de passagem pela cidade do Porto de quinze artistas de nacionalidades diferentes: Canadá, Brasil, Estados Unidos da América, Gâmbia, França, Líbano, Reino Unido, Austrália, Itália, Alemanha, Islândia, Finlândia, Holanda, Espanha e, claro, Portugal. Quinze retratos de quinze artistas que chegaram, viram, foram vistos e partiram.
Twin Peaks acertam o passo a Down In Heaven
· POR Fernando Gonçalves · 07 Abr 2016 · 12:26 ·
© Daniel Topete

David Lynch não tem nada a ver com isto, ou terá, não o sabemos com toda a certeza. O nome vem da série de culto do mestre Lynch mas o som vem dos norte-americanos Twin Peaks, mais concretamente, do seu novo single “Butterfly”, música que antecipa a chegada, sem pastorinhos à mistura, do seu terceiro registo de originais Down In Heaven a 13 de Maio.

Se o álbum trás uns Twin Peaks cheios de energia e garage rock renovado, esta “Butterfly” é uma montagem idiomática que junta sexo, morte e zombies tudo numa única faixa, como nos explica Clay Frankel, guitarrista dos Twin Peaks e um dos culpados, no bom sentido do termo, por esta canção: “Esta música foi escrita no Texas, no ano passado, num estado absolutamente doentio depois de ter dado doze espectáculos em apenas cinco dias. Por isso, a letra, é uma mistura de negatividade e euforia. Euforia porque estava a fazer aquilo de que mais gostava e negatividade porque me estava a esgotar, tanto mental como fisicamente. A morte estava na minha cabeça. O sexo também. E os zombies…(o quarto estava forrado a posters de zombies)”.

Desta panóplia desordenada de pensamentos nasceu, então, “Butterfly”. “Veio-me à mente a gentil ideia de uma borboleta a dançar ao que, depois, adicionei um grupo de cordas e uns quantos gritos para perfazer uma espécie de dança que poderá ser sintetizada na frase: Bora fazer sexo que acabaremos todos por morrer”, finaliza Clay. Assim, de crisálida a lepidoptera pronta a voar, fiquem com “Butterfly”.

Daniela Savoldi: estreia, a solo, com Transformazioni
· POR Fernando Gonçalves · 07 Abr 2016 · 12:24 ·


Mulher do mundo, ou não fosse ela ítalo-brasileira, Daniela Savoldi está prestes a estrear Transformazioni, álbum que marca a sua debute enquanto artista a solo. Artilhada com o seu violoncelo, Daniela faz com este álbum, de acordo com a sua assessoria de imprensa, a síntese entre as suas influências clássicas, a pop e o jazz, a que não falta a mistura fina entre música contemporânea e oriental. Isto é Transformazioni.

Repositório de luz, cor e sonhos, este disco contou com a colaboração de produtor Lorenzo Caperchi que ajudou Daniela a dar corpo à sua miscelânea de géneros e ideias musicais. De referir que Daniela não é propriamente uma estreante. A artista já colaborou com bandas como os Muse, Le Man Avec Les Lunettes, Le Luci Della Centrale Electric, Paola Turci, entre outros. Transformazioni, edição de autor, chega aos escaparates no dia 3 de Junho. Enquanto não sai o primeiro single deste Transformazioni deixamos-vos com a bela “Occhi d’oro”, remix da música de Meg pelos dedos e cordas de Daniela Savoldi.

Soulwax confirmados no NOS Alive
· POR Fernando Gonçalves · 07 Abr 2016 · 12:19 ·
© Rob Walbers

A capacidade hoteleira do concelho de Oeiras está cada vez mais diminuta. Desta feita, os responsáveis são os belgas Soulwax que já marcaram reserva para dia 7 de Julho no palco Heineken. Referência da cena electrónica actual, Stephen Dewaele, David Dewaele, Stefaan Van Leuven e Steve Slingeneyer ou os Soulwax se preferirem, trarão ao Passeio Marítimo de Algés, entre outros, o seu último trabalho composto por 16 faixas criado exclusivamente para o filme de Felix Van Groeningen Bélgica, banda sonora que viaja entre a pop, o rock e a electrónica.

Para além do concerto com os Soulwax, os irmãos Stephen e David Dewaele aproveitam a viagem até Oeiras para, no mesmo dia do concerto da banda mãe, actuarem como 2ManyDJs em formato DJ Set. Para já, enquanto os Soulwax não sobem ao palco Heineken, podem ouvi-los aqui com este “NY Excuse”.

Mais um pedaço revelado do Paradise dos White Lung
· POR Matheus Maneschy · 07 Abr 2016 · 11:14 ·
© Wilson Lee

Depois de uma passagem com excelência pelo SXSW, os White Lung deram-nos mais um single quentinho: "Kiss Me When I Bleed". E assim como em "Hungry", mais uma vez temos aquele punk rock prometido.

Mas é neste mais recente single que a banda declara não ter sintetizadores: é tudo obra da guitarra de Kenny William. O novo álbum tem o nome de Paradise, e será lançado a 6 de Maio. O selo Domino Records é quem assina o projecto. Para além disto, os canadianos anunciaram as datas para a próxima tour.

Os Psychic Ills regressam após 3 anos de escrita
· POR Matheus Maneschy · 06 Abr 2016 · 15:03 ·
© Kenny Jossick

Há uma nota de country de volta às vozes dos Psychic Ills. E assim foi anunciado o novo single da banda: "I Don’t Mind", com a participação mais que especial de Hope Sandoval. Para dar mais corpo à mistura de Blues, Jazz e até Gospel, a banda traz, em 14 faixas, o novíssimo Inner Journey.

O lançamento do novo álbum está marcado para o dia 3 de Junho, pelo selo Sacred Bones. A nossa sorte em poder ouvir o single já é grande, mas há 11 cidades que já até têm confirmações de concertos para Junho.

Esta é a Jackie Lynn
· POR Rita Neves · 06 Abr 2016 · 12:22 ·


Circuit des Yeux, ou Haley Fohr para os amigos, renasce agora como Jackie Lynn, com a ajuda de roupas western, de uma máscara e uma história de vida mais do que elaborada. Jackie Lynn, segundo nos consta, nasceu numa cidade algures no Tennessee e fugiu, mais tarde, para a cidade de Chicago, onde conheceu Tom Strong.

Juntos traficaram cocaína durante quatro anos na zona de Chicago, sem que as autoridades arranjassem provas para os deter. No dia 18 de Fevereiro do ano passado, as autoridades foram informadas de que se passava alguma coisa no apartamento que Jackie partilhava com Tom. Apenas foi encontrado o LP intitulado de Jackie Lynn, com vestígios de cocaína e tracklist que partilhamos ali em baixo: O disco tem saída a 10 de Junho e podem ver o trailer também aqui.

Vira Pop com novidades
· POR Paulo Cecílio · 06 Abr 2016 · 12:07 ·


O VamosTãoABragaFest anunciou ontem uma confirmação de peso: os Delorean regressarão ao país cinco anos depois (actuaram no Milhões de Festa, lembram-se?) para apresentar, no Parque das Termas de Caldelas, o seu novo álbum - que sairá em Junho.

Os espanhóis juntar-se-ão assim aos já confirmados DJ Firmeza e Holy Nothing, decorrendo a festa no dia 18 de Junho. E a entrada, pasme-se, é livre. Sigam todas as informações aqui.

Adult Jazz saem da toca com Earrings Off
· POR Fernando Gonçalves · 06 Abr 2016 · 11:53 ·


Depois de um aclamado EP de estreia, Gist Is de seu nome, a banda britânica está de volta com Earrings Off, extended-play com a marca da Tri Angle. Deste novo EP acabou de escapar um irrequieto “Eggshell”, single que marca o arranque da promoção do disco que estreará a 20 de Maio. Mais focalizado na electrónica, entrevisto nos beats mais poderosos, e na utilização de vocalizações mais agrestes acoplados a cordas e trompas, este novo Earrings Off mostra, de acordo com a editora, uns Adult Jazz mais maduros, mais confiantes em si mesmos e mais másculos.

O vocalista Henry Burgess explica: “Este álbum é sobre masculinidade – personificação, luxúria, idealização, privilégio, legitimidade e limitação. É sobre fardos com vista para a libertação do passado. É sobre escolher o teu corpo ideal e brincar com a linguagem corporal para atingir a autenticidade”. Sem mais delongas, fiquem com “Eggshell” e tirem as dúvidas.

Quelle Dead Gazelle debutam em Maus Lençóis com Pedra-Pomes
· POR Fernando Gonçalves · 06 Abr 2016 · 11:42 ·


Indicada para a remoção de pele seca, “Pedra-Pomes” é, também, nome do single de estreia do primeiro LP dos portugueses Quelle Dead Gazelle intitulado Maus Lençóis. Com data de lançamento a 13 de Maio, Maus Lençóis, marca o regresso às edições da dupla Pedro Ferreira e Miguel Abelaira depois do single Afrobrita, lançado em 2012, e que viria integrar o primeiro EP da banda, estreado em 2013, baptizado de Quelle Dead Gazelle e que os levaria aos palcos do NOS Alive, Paredes de Coura ou Serralves em Festa.

Para além do regresso aos discos, a dupla regressa com Maus Lenlóis, de igual modo, ao “regaço” dos produtores Makoto Yagyo e Fábio Jevelim, dupla com quem os Quelle já tinham trabalhado em Quelle Dead Gazelle. Fazendo da mistura entre os ritmos de raiz africana e a desconstrução saída do pós-rock a razão de ser da sua música e a matriz do novo álbum, como não poderia deixar de ser, os Quelle Dead Gazelle deixam-nos com este novo “Pedra-Pomes”.

Paredes de Coura junta mais três nomes ao cardápio
· POR André Gomes · 05 Abr 2016 · 23:14 ·
© Elba Fernández

Mais novidades no mundo sempre divertido dos festivais de Verão. King Gizzard & The Lizard Wizard, a catalã Joana Serrat e os portugueses Filho da Mãe & Ricardo Martins. São os nomes mais recentes confirmados no festival Vodafone Paredes de Coura.

Estes três nomes juntam-se a um cartaz onde estão já nomes como Cigarettes After Sex, Lust For Youth, Orelha Negra, Cage The Elephant, Kevin Morby, The Tallest Man On Earth, LCD Soundsystem, entre muitos outros. Os passes gerais para a 24ª edição do Vodafone Paredes de Coura podem ser adquiridos no site oficial do festival e ainda em BOL.pt, Ticketscript, Seetickets e locais habituais (FNAC, CTT, El Corte Inglés, Worten,...) pelo preço de 90 euros. Como estamos a nível de escolhas este ano?
 
Mourn mostram boas novas em "Storyteller"
· POR Matheus Maneschy · 05 Abr 2016 · 18:22 ·


O quarteto catalão Mourn anunciou o seu segundo single para o novo álbum, "Storyteller". Este é só o começo da história que será revelada mais tarde com o álbum Ha, Ha, He. O que disto já conhecemos são as guitarras inconfundíveis que marcaram o antigo disco.

E ainda bem que estão de volta. Entre poemas e experiências passadas, as canções prometem ser muito actuais para quem anda pelos seus vinte anos. Ha, Ha, He vem a público no dia 3 de Junho e será lançado pelo selo Carpark Records.

Cave Story mostram músicas novas à procura de álbum
· POR Fernando Gonçalves · 05 Abr 2016 · 18:19 ·
© Manuel Simões

Um EP, Spider Tracks, lançado em 2015; presenças nos festivais Vodafone Mexefest, NOS Alive, Milhões de Festa e Barreiro Rocks, os caldenses Cave Story lançaram no seu espaço na plataforma Bandcamp uma série de três músicas novas que, a fazer fé, na informação, farão parte do novo álbum da banda que estreará em breve.

Ainda sem nome ou data de lançamento, como referimos anteriormente, o novo álbum dos Cave Story têm, no entanto, de acordo com a sua assessoria de imprensa, uma estrutura bem definida. Estrutura onde “Garden Exit”, “Prime Time” e “Foreign Faith” deverão encaixar. De referir, ainda, que estes caldenses têm presença confirmada no Belém Art Fest e no Quintanilha Rock deste ano. Sem mais delongas, fiquem com estes novos temas.

Yumi Zouma preparam novo disco
· POR Paulo Cecílio · 05 Abr 2016 · 17:31 ·


A banda neozelandesa, responsável por algumas das melhores cantilenas indie pop de 2015 (e, se não acreditam, confiram o magnífico EP Collection que, como o nome indica, reúne os dois EPs que o grupo lançou até agora), encontra-se neste momento a preparar o lançamento do seu álbum de estreia, alheia ao facto de o Sérgio ainda não os ter trazido à Zé Dos Bois.

Yoncalla tem data de saída marcada para o próximo dia 27 de Maio, mês em que os Yumi Zouma iniciarão uma tour que os levará até aos EUA e à Europa. O primeiro single, "Keep It Close To Me", está já disponível para escuta no Soundcloud. Fiquem também com a tracklist.



01 Barricade (Matter Of Fact)
02 Text From Sweden
03 Keep It Close To Me
04 Haji Awali
05 Remember You At All
06 Yesterday
07 Better When I’m By Your Side
08 Short Truth
09 Hermisphere
10 Drachma
Aproxima-se o fim dos Swans
· POR Paulo Cecílio · 05 Abr 2016 · 17:29 ·


Enquanto o mundo ainda tenta decifrar o que raio se terá passado entre Michael Gira e Larkin Grimm, os Swans acabam de anunciar a data de lançamento daquele que será o seu último álbum com esta encarnação da banda.

The Glowing Man já está disponível para pré-encomenda - sai a 17 de Junho - e todas as cópias compradas através da Young God serão assinadas por Michael Gira himself. Um excerto do tema-título está já disponível para escuta.

Caspian confirmados no Amplifest 2016
· POR Fernando Gonçalves · 05 Abr 2016 · 16:17 ·
© Stefano Calgaro

Domingo, 21 de Agosto de 2016. A data marca o regresso dos norte-americanos Caspian a Portugal pela mão do festival Amplifest. Com Dust & Disquiet, o mais recente álbum da banda de Massachusets, lançado em 2015, em velocidade de cruzeiro, os Caspian e o seu post-rock refinado e poderoso estão de a terras lusas para um concerto, até à data, único.

Porém, esta confirmação não vem só. Aos Caspian, a organização juntou, hoje, o nome dos israelitas Tiny Fingers. Artilhados de electrónica, dub e rock instrumental progressivo, a banda, já com quatro álbuns editados, vem a Portugal integrada numa tour europeia que os levará a alguns dos mais importantes festivais do velho continente. Concertos a terem lugar no portuense Hard Club com os bilhetes a custarem 75 euros. Fiquem com “Arcs Of Command” retirado de Dust & Disquiet.

Groove Armada, nostálgicos das mix-tapes, de volta com novo Fabriclive 87
· POR Fernando Gonçalves · 05 Abr 2016 · 16:14 ·


Após meses de trabalho a banda de Tom Findlay e Andy Cato está aí com álbum novo. Fabriclive 87 de seu nome, o disco, acabado de anunciar, promete incendiar as pistas de dança um pouco por todo o mundo a partir de dia 20 de Maio.

Partindo dos live set realizados ao longo das últimas duas décadas no famoso Fabric londrino, os Groove Armada foram incitados pelo clube a juntarem e misturarem uma série de músicas do breviário house e, sobretudo, party music a que, agora, dão o nome de álbum. “A mistura aconteceu entre uma cave em Newington e um celeiro em Toulouse.

Como sempre acontece com as mix, a preparação foi extremamente apurada. Aqui, residem restos das famosas mix-tapes. Mix-tapes que nos serviram para arranjar concertos, namoradas ou, simplesmente, dar a amigos apenas pelo amor de o fazer”, explica Andy Cato. Fiquem com um cheirinho do poderemos esperar das 26 músicas do álbum. Alinhamento aqui em baixo.

01. Craig Smith & The Revenge - The Soul Part II [Delusions Of Grandeur] 
02. Flashmob - Don’t Leave (Instrumental Dub) [Flashmob] 
03. Kolja Gerstenberg - Sand (Move D Remix) [Smile For A While] 
04. Reset Robot - On Your Knees [Danse Club] 
05. Essence - Moments In House (Full Effect Mix - DJ T. Edit) [Strictly Rhythm] 
06. Doc Daneeka - One For Pidge [2020 Vision] 
07. Hexxy - Edging [Mr. Intl] 
08. Julien Sandre & Los Pastores - One More Time (Onno Remix) [Roush] 
09. Chez Damier - Untitled A1 [KMS] 
10. Burnski - Your Love (Steve O’Sullivan Remix) [Constant Sound] 
11. The Revenge - Incredible Shellsuit [Roar Groove] 
12. Nicole Moudaber - Can I Get Some [Drumcode] 
13. Tiga - Plush (Dixon Re-Rub) [Different] 
14. The Black 80s - Move On (Hollis P Monroe & Wrong Jeremy Mix) [Freerange] 
15. Josh Wink - 516 Acid (Chicken Lips Acido Ze Boogie Mix) [Ovum] 
16. Brassfoot - We Made It Out The Hood Ma [UTTU] 
17. Skudge - Convolution [Skudge] 
18. Anek & Medeew & Chicks Luv Us - Shake [Get Physical] 
19. Ross Evans - Let it Go [Saved] 
20. Pezzner - Prey (Fred Everything Re-Beat) [Systematic] 
21. Digitaria feat. Clarian - Favourite Addiction (Groove Armada’s Dub Creation) [Hot Creations]
+ Acid Mondays - Interstellar Cake (Richy Ahmed Remix) [Circus] 
22. Aster - Cielo (Bicep Remix II) [Hivern Discs] 
23. Rick (Poppa) Howard - Can Your Love Find Its Way [Beautiful Granville] 
24. Groove Armada - Stevie Latenight [Hypercolour] 
25. Moon B - Starfight [People’s Potential Unlimited] 
26. Khan - On The Run (DJ Kaos &Me Remix) [I’m Single]
Mike El Nite: um Justiceiro à moda T.U.G.A.
· POR Fernando Gonçalves · 05 Abr 2016 · 12:03 ·


Vamos por partes. Este Mike El Nite não vai salvar o mundo, pelo menos para já, e o seu kit não engloba um Pontiac Trans am. Trás consigo música, não a dos Kraftwerk, mas a sua “T.UG.A.” que poderá ser encontrada com as restantes músicas que compõem o seu novo álbum Justiceiro que será editado no dia 22 deste mês pela mão da NOS Discos. Infiltrado de um beat, segundo a editora, “mais pesado do que as dívidas da banca nacional”, o primeiro single “T.U.G.A.” mostra uma faceta negra e densa do rapper Mike El Nite que, com a colaboração da Dwarf, a coloca no campo da mais contemporânea música electrónica de intervenção.

Paralelamente ao lançamento deste “T.U.G.A.” e do álbum Justiceiro, Mike El Nite irá propagar justiça social em verso pela Casa da Música no dia 9 e no Musicbox no dia 30, tudo este mês. Entregamos o “paleio”, salvo seja, a Mike El Nite e ao seu “T.U.G.A.”.

Emily Rodgers: primeira chamada vinda do novo álbum
· POR Fernando Gonçalves · 05 Abr 2016 · 12:02 ·


O novo álbum da norte-americana está prestes a estourar. Chama-se Two Years e tem data de lançamento marcada para dia 10 de Junho com o selo da Misra Records. Se Junho ainda tarda em se anunciar, o mesmo não se pode dizer do primeiro single do disco “No Last Call”.

Marcando o tom para aquilo que é Two Years, “No Last Call” é feito de minimalismos literários e melodias indie-folk surgindo como uma canção a respirar confiança e entrega de acordo com a assessoria de imprensa da cantora. Comparada a Cat Power e Mazzy Star, Emily Rodgers, à semelhança de anteriores registos, faz-se acompanhar neste novo álbum pelo “lendário” produtor Kramer, responsável, entre outros, de nomes como Galaxy 500 e Low. Uma parceria que marca, indelevelmente, todo o percurso sonoro de Two Years. “No Last Call” para ouvir.

Children: primeira presa do novo álbum de The Black Zebra
· POR Fernando Gonçalves · 04 Abr 2016 · 20:06 ·


Os irmãos Machado ou, se preferirem, The Black Zebra estão de volta. Depois de um bem sucedido EP de estreia lançado no ano passado, a banda portuense de post-rock regressa com Nonsquare, primeiro LP da sua, ainda, curta existência. De Nonsquare, edição de autor, sabemos que o seu lançamento está para breve, no entanto ainda sem data oficial registada, mas “Children”, single de avanço para o novo álbum já está aí.

A respeito de Nonsquare, gravado nos Blacksheepstudios, Nuno Machado, guitarrista e irmão mais velho afiança-nos que nasceu “depois de um longo período de concertos e apresentações que se seguiram ao lançamento de The Worst Shit Demo, a nossa primeira aventura em estúdio. A vontade de dar o próximo passo, a nível sonoro e estético, mostrando algo mais cru e com uma identidade mais definida e coesa levou-nos à construção deste LP”. Quanto a “Children”, single hoje em première, o guitarrista explica que se trata de uma prova de vida: “Não tem uma história ou motivo, marca apenas uma fase da banda, que evolui e avança no tempo, no meio de tanta música feita em Portugal. Tentamos mostrar que estamos cá, bem vivos, para continuar a dar música ao público”. De base post-rock, este LP, à beira do rasganço para a cena musical portuguesa, mostra uns The Black Zebra mais maduros e definidos. Definição que não cabe, contudo, na descrição do trabalho de arte do disco ou no vídeo que o acompanha. Nos domínios da arte, os The Black Zebra apostaram em João Diogo Costa, designer de Coimbra que criou uma proposta “não linear” que pretende fazer o exercício de mostrar como seriam as letras das 13 músicas que compõem Nonsquare se ilustradas.

No vídeo, a desconstrução não vai tão longe, mas os, também irmãos, Daniel e Dinis Machado, jovens realizadores portugueses, montaram uma trama onde os momentos e sensações de que se constrói uma vida. Como isto já vai longo e ainda não ouviram e viram “Children”, fiquem lá com este post-rock nacional.

Reverence Festival Valada 2016 confirma The Sisters Of Mercy
· POR Fernando Gonçalves · 04 Abr 2016 · 16:07 ·


A organização do Reverence Festival Valada, que decorrerá em Setembro no Cartaxo, acaba de confirmar a presença de The Sisters Of Mercy para o seu line-up deste ano. Depois de uma passagem por Portugal em 2009, os The Sisters Of Mercy regressam para um concerto único, fora do âmbito da sua digressão, em que serão revisitados todos os grandes hits da banda.

Para além de Sisters, a organização confirmou, de igual modo, as presenças de The Brian Jonestown Massacre, The Raveonettes, Fat White Family, A Place To Bury Strangers, The Japanese Girl e The Black Wizards para o dia 9 de Setembro, enquanto a 10, o festival contará com Mars Red Sky, Steak e Earth Drive, para além dos supracitados The Sisters Of Mercy. Os bilhetes já se encontram á venda e variam entre os 55 e os 80 euros (passe de 3 dias) e os 20 e 45 euros para single day. O Reverence começa a 8 de Setembro e fecha portas a 10. Fiquem com os The Sisters Of Mercy e este “Temple Of Love”.

Amplifest, dia um de confirmações
· POR Paulo Cecílio · 04 Abr 2016 · 16:00 ·


A Amplificasom prometeu, para esta semana, revelar todos os dias novos nomes para o cartaz do Amplifest. Eis os dois primeiros: Minsk e Kowloon Walled City foram hoje confirmados no festival, que se realiza a 20 e 21 de Agosto.

Os Minsk trarão até ao Porto The Crash And The Draw, álbum que editaram o ano passado pela Relapse, ao passo que os Kowloon Walled City virão mostrar os temas de Grievances, também de 2015. Tanto uns como os outros tocarão no dia 20, sábado. Os bilhetes estão à venda por 75€.

Pássaro de regresso
· POR Paulo Cecílio · 04 Abr 2016 · 15:54 ·


O ciclo de música Pássaro voltará a Vila Real para mais três meses de concertos únicos, tanto por serem para escassas pessoas (não mais de cem) como por serem em locais que, regra geral, não estão habituados a receber espectáculos. Em Abril, será Josephine Foster a fazer as honras da casa, apoiada no belo No More Lamps In The Morning: a cantora actuará no dia 10 de Abril, ela que andará numa espécie de mini-digressão por Portugal, passando também por Braga (9), Lisboa (12) e Coimbra (16). O concerto realiza-se na biblioteca da UTAD.

No mês seguinte, será de Filho da Mãe a honra de actuar no Pássaro, tocando no dia 6 de Maio na Torre de Quintela. Finalmente, o guineense Kimi Djabaté passará pelo jardim do Arquivo Municipal de Vila Real, a 5 de Junho. Os bilhetes para cada qual destes concertos estão à venda na loja Traga Mundos e custam 7€, 5€ para estudantes.

RODELLUS anuncia mais um nome
· POR Paulo Cecílio · 04 Abr 2016 · 15:50 ·


O festival para quem não tem medo do campo, e que vai continuar a ser para quem não tem medo do campo (na sexta-feira passada foi anunciado que se iria mudar para a cidade; era brincadeirinha de 1 de Abril, pessoas), anunciou hoje outro dos nomes que passará por Ruílhe, Braga, nos dias 29 e 30 de Julho.

Os Cave Story farão assim companhia aos anteriormente anunciados Holy Nothing e Savanna, uma armada portuguesa à qual ainda se juntarão ainda mais nomes. Estejam atentos à página do festival.

De Paris a Lisboa
· POR Paulo Cecílio · 04 Abr 2016 · 15:43 ·


O produtor e DJ Dimitri From Paris será o artista convidado da 50ª edição do Conga Club, que se realiza no próximo sábado no Lust, em Lisboa (Terreiro do Paço). Dimitri, que apesar de ser de Paris nasceu na Turquia, é um dos nomes mais sonantes a ter saído do house da década de 90 e responsável por uma das compilações mais cool de sempre, A Night At The Playboy Mansion.

Em Lisboa, a festa far-se-à em tons disco/funk/house/inserir aqui coisas que nos fazem dançar - e, para além de Dimitri, também Mário Valente e TROL2000 estarão encarregues dos pratos para fazer desta uma noite memorável. A festa começa pelas 23h30 e os bilhetes custam 15€.

Ensemble Super Moderne no CCB
· POR Nuno Catarino · 04 Abr 2016 · 15:40 ·


O Ensemble Super Moderne vai apresentar-se ao vivo no Centro Cultural de Belém, em Lisboa. O grupo portuense, que editou um belíssimo disco de estreia pelo Carimbo Porta-Jazz, actuará no Pequeno Auditório do CCB no dia 14 de Abril.

O ensemble reúne alguns dos mais interessantes valores da nova geração do jazz nacional: José Pedro Coelho (saxofone tenor, soprano e clarinete), Rui Teixeira (saxofone barítono, clarinete baixo), José Soares (saxofone alto), Paulo Perfeito (trombone), Eurico Costa (guitarra), Carlos Azevedo (piano e sintetizadores), Miguel Ângelo (contrabaixo e baixo elétrico) e Mário Costa (bateria).

William Wilson fugiu de Edgar Allan Poe com “Whispers: A Scar Is Born” na mão
· POR Fernando Gonçalves · 04 Abr 2016 · 15:38 ·


Artista italiano multifacetado, William Wilson, nome retirado a um conto de Edgar Allan Poe, decidiu, numa fria noite de Outono lá para os idos de 2009, dedicar-se à reinterpretação de poemas de Edgar Allan Poe, Boris Vian, Charles Baudelaire, entre outros, e dar-lhes uma existência musical.

Dessa escapatória nasceram dois álbuns e, agora, o terceiro rebento Whispers: A Scar Is Born que sairá a 14 de Abril em formato digital e no dia 10 de Junho em formato físico. Dreamy, melancólico, surreal, irónico e transcendente no duplo sentido músico-ouvinte, assim é definido este Whispers: A Scar Is Born pela editora SeaHorse Recordings. Ainda sem single para apresentar, fiquem com a recriação musical de “Dream Whitin A Dream”, poema de Edgar Allan Poe a que William Wilson, deu forma musical há sete meses.

Xenia Rubinos e o seu gato preto chegam em Junho
· POR Fernando Gonçalves · 04 Abr 2016 · 14:42 ·


Mais propriamente no dia 3 do sexto mês do ano. Cantora e compositora tida como “visionária”, Xenia Rubinos está em vias de lançar Black Terry Cat, novo registo da nova-iorquina que atravessa o r&b, o hip-hop, o jazz e o punk-funk. “Black Terry Cat é uma espécie de tapete voador conduzido por uma mulata impulsionado por fortes batidas de fundo e ritmos de baixo tirados da manga”, explica Rubinos.

Nome que, de acordo com a própria, advém de um encontro com um “grande e assustador gato preto” que encontrou numa noite pelas ruas de Brooklyn. Primeira canção a ser acabada e primeiro single a ser lançado “Lonely Lover” já pode ser ouvido aqui.

Glenn Jones em Portugal
· POR Paulo Cecílio · 04 Abr 2016 · 12:34 ·


O guitarrista fundador dos Cul de Sac irá fazer uma mini-digressão por Portugal no próximo mês de Maio. Glenn Jones percorrerá o país naquela que será a apresentação de Fleeting, o álbum que editou este ano pela Thrill Jockey.

Ao longo de quatro dias, o músico passará por Portalegre (CAE, 4 de Maio), Lisboa (Galeria Zé dos Bois, 5), Espinho (Auditório, 6) e Bragança (Centro de Arte Contemporânea, 7). Enquanto não chega, recordem a sua passagem pela ZdB há uns anos.

Hoje: Sylvie Lewis apresenta-se no Café au Lait (Porto)
· POR André Gomes · 03 Abr 2016 · 10:43 ·
© Sofia Miranda

BODYSPACE AU LAIT:
Sylvie Lewis
 
Café au Lait, Porto
3 de Abril, domingo
19 horas
 
Entrada livre

Nasceu em Londres, mudou-se para os Estados Unidos da América para estudar na Berklee School of Music, passou algum tempo em Espanha, e vive actualmente em Roma. Deu inclusive aulas de inglês a actores emergentes de Hollywood. O seu pai é pivô de noticiário da BBC, a sua mãe ex-modelo e o seu avô actor e explorador polar. Com uma história assim é natural que alguém queira passar a vida a escrever canções. A sua carreira já vai longa. O seu quarto e mais recente álbum, Night Flowers, foi gravado nos New Monkey Studios (que pertenceu a Elliott Smith) em Los Angeles, com o produtor Elijah Thompson (Father John Misty) e contou com a colaboração de James MacAlister (Sufjan Stevens), o pianista Bo Koster (My Morning Jacket), Richard Swift (The Black Keys, The Shins), Eric Johnson (The Fruit Bats), o senegalês Kaw Sissoko, Jaymay, Josephine Foster ou Victor Herrero. Uma verdadeira constelação de estrelas, portanto. Sylvie Lewis apresenta todo este seu universo no Porto num concerto que promete ser mais do que intimista.
Ben Watt tem álbum novo e está todo no Bodyspace
· POR Fernando Gonçalves · 01 Abr 2016 · 16:43 ·


Dia 8 de Abril é data de Ben Watt, mais concretamente, do seu novo álbum a solo Fever Dream. Se ainda falta, precisamente, uma semana até ao lançamento, nós imbuídos de um forte sentido de partilha damos-vos, já hoje, a oportunidade de ouvir o álbum em streaming.

Produzido pelo próprio em Londres, Fever Dream incorpora elementos de folk-jazz, rock, misturados e remisturados na panela muito própria de Ben Watt. Álbum que conta, de igual modo, com várias colaborações. Entre elas, contando-se as vozes de Marissa Hadler e MC Taylor, num registo que se centra “nas relações profundas”. Como prometido, fiquem com Fever Dream na integra e não digam que vão daqui, até porque nós já o dissemos.

Alive a dar tudo na electrónica
· POR Paulo Cecílio · 01 Abr 2016 · 15:00 ·


O NOS Alive anunciou hoje a programação para o último dia de festival, 9 de Julho, no que à tenda electrónica diz respeito. Destaca-se sobretudo o regresso de Boys Noize, mas há mais.

Mirror People, Club Cheval, Isaura, Francis Dale e Whales também estarão presentes do evento de Algés, que este ano apresenta um bruto de cartaz (o que já levou a que o dia dos Radiohead esgotasse, bem como os passes gerais). Ainda há, contudo, bilhetes para os dias 7 e 9: custam 56 euros.

Mais confirmações para Moledo
· POR Paulo Cecílio · 01 Abr 2016 · 14:55 ·


O Sonicblast aproveitou o dia das mentiras para anunciar mais uma leva de nomes, e nenhum deles é o de Björk. Mas isto é verdade: os All Them Witches, Stoned Jesus, Sacri Monti, Killimanjaro, Cachemira, Bala, Brain Pyramid e Jay foram hoje revelados para o cartaz do festival de Moledo, que leva até ao Minho o que de melhor se tem feito no campo do riff e que decorrerá nos dias 12 e 13 de Agosto.

Os bilhetes já se encontram à venda, variando entre os 25€ (diário) e os 38€ (passe). Para mais informações, ide até ao website do festival.

Lisbon Psych Fest a postos
· POR Paulo Cecílio · 01 Abr 2016 · 14:53 ·


A segunda edição do festival dedicado ao lado mais psicadélico do rock realiza-se nos próximos dias 15 e 16 de Abril, no Teatro do Bairro, em Lisboa. No cartaz estão alguns dos melhores novos nomes deste revival: 10 000 Russos, The Underground Youth, Chicos de Nazca, Gnod ou Alek Rein são só alguns, sendo que para além do festival também irá haver um warm-up na Galeria Zé dos Bois, na véspera, com o regresso de Jacco Gardner, que se fará acompanhar da cada vez mais nossa Helena Espvall.

Os bilhetes estão já à venda e variam entre os 16€ (diário) e os 25€ (passe), sendo que à porta serão mais caros. Para mais informações basta clicarem aqui.

18+ com novo álbum
· POR Paulo Cecílio · 01 Abr 2016 · 14:42 ·


Uma das duplas mais interessantes do indi&b vai voltar aos discos no próximo mês de Maio. Os 18+ vão editar Collect, álbum que sucede a Trust (casa de um dos grandes malhões desta vida, "Midnight Lucy") e que é, de acordo com a Houndstooth - que se encarregará de o lançar - «a product of their physical geographical distance and autobiographical individual growth: the fragmented meeting of displaced minds, reflecting on the way we now interact in a variety of contexts, from platonic, to professional, to economic» (não me apeteceu traduzir).

O disco sai a 20 de Maio e o primeiro single, "Drama", está já disponível para escuta no Soundcloud. Ei-lo, e à tracklist.



01. Descent
02. Leaf
03. Wet Blunt
04. Drama
05. Space
06. Sense
07. Down
08. Robbery
09. Glow
10. Gliders
11. Soup
12. Agents
13. Slow
Intercéltico de Sendim encerra programa das festas
· POR Fernando Gonçalves · 01 Abr 2016 · 14:36 ·
© Tim Murray

Um dos mais identitários festivais portugueses, dedicado ao folk apresentou o programa das festas para a sua 17ª edição. Com inicio a 4 de Agosto e prolongando-se até ao dia 7 de Agosto, o Intercéltico de Sendim apresenta uma programação diversificada que começa com os castelhanos Almez seguidos dos portugueses Andarilho 2.0, ambas a tocarem em Miranda do Douro.

Segue-se no dia 5 , já em Sendim, os galegos Pepe Vaamonde Grupo, a reincidência dos Almez e a terminar a noite a Orquestra de Foles. Sendim que também faz as honras dos concertos no dia seguinte com os irlandeses Full Set, os cantábricos Naheba e os Trasga, banda natural das terras de Miranda. O fecho do festival, igualmente em Sendim, estará entregue aos Pauliteiros de Sendim e a actividades paralelas. Bilhetes a 12 euros e meio para os dias 5 e 6, enquanto, por sua vez, os dias 4 e 7 serão totalmente gratuitos. Fiquem com os irlandeses Full Set e o seu “The Glen Road to Carrick”.

Musicbox será Rei em Noite Príncipe
· POR Fernando Gonçalves · 01 Abr 2016 · 14:27 ·


Dez anos de vida Musicbox. Redonda idade que estará em celebração no próximo dia 9 de Abril a partir das 23 horas (bilhetes a 12 euros) com as noites Príncipe, nocturna festa com o patrocínio da editora com nome de realeza.

Festa que é festa tem convidados e, neste caso, a lista é longa e recheada: Puto Anderson e os seus sócios da Firma da Txiga (álbum novo este ano), os londrinos AJ Tracey e Elf Kid, acompanhados de General Courts nos CDJ's a lançar os instrumentais, Nidia Minaj (com álbum novo na esteira), a norte-americana Jlin e para terminar a noite, ou melhor dizendo, dia, porque o padeiro já vai distribuindo o pão, sobe ao palco DJ Firmeza. Enquanto as portas do Musicbox não se abrem, abrimos nós a caixa musical com Jlin e o seu “Erotic Heat”.

Vem aí o disco de estreia dos holandeses The Tibbs
· POR André Gomes · 01 Abr 2016 · 12:09 ·
© Pieter Hulleman

Os Holandeses The Tibbs preparam-se para lançar o seu disco de estreia com o selo da Record Kicks. Considerados como um dos nomes mais quentes da cena retro soul, o grupo de Amesterdão mostrou recentemente o primeiro single retirado de Takin' Over. A canção chama-se "Next time" e pode ser ouvida - e vista, porque vale a pena - ali em baixo.

O grupo nasceu em 2012 e dois anos depois lançou uma demo que chamou a atenção dos mais atentos. Depois de um 45 rotações com o selo da Tramp Records, lançam-se agora aos discos. Vamos ver - e ouvir - o que vem aí.

Björk em Portugal - e com novo disco
· POR Paulo Cecílio · 01 Abr 2016 · 12:02 ·


Após ter cancelado o concerto que tinha agendado para o NOS Primavera Sound em 2012, a islandesa regressará finalmente a Portugal em novembro. Björk vai dar dois concertos por cá, nos Coliseus de Lisboa e Porto, naquele que será o arranque da digressão europeia em torno do novo disco que está a preparar, e cuja data de lançamento está prevista para o dia 31 de Setembro: Borgamérbjór terá o selo da Warp e conta com colaborações de gente tão díspar como Death Grips, Stephen O' Malley e Nuno Canavarro, sendo um disco que, segundo a press release, é o "sucessor espiritual" de The Eye, editado com os KUKL em 1984, e que é descrito como "um cruzamento entre a pop, arte pós-moderna, punk anarquista e o euro-disco de Björk", o primeiro álbum da cantora.

Os concertos estão marcados para os dias 28 e 29 de Novembro e os bilhetes estão já à venda, com preços que variam entre os 30€ e os 74€.

PolarTropica: já se pode ouvir o EP de estreia
· POR André Gomes · 01 Abr 2016 · 11:49 ·


O EP de estreia de PolarTropica, intitulado Astrodreams, acaba de aterrar. E a palavra aterrar é aqui bastante legítima. Ouçam as canções que a norte-americana colocou no seu Soundcloud e depois digam-nos alguma coisa. O disco tem o selo da Lolipop Records.

Tags possíveis para partilhar este disco com os vossos entes queridos: "heart emoticon", "baby kittens", "adventure in the fantastical", "dreamy, symphonic electronic", epic glitter-cloud", "experimental indie synth-magic". Assim já ficam com uma ideia.

Parceiros