Novembro 2016
Estão ai os primeiros nomes para o Paredes de Coura 2017
· POR André Gomes · 30 Nov 2016 · 22:18 ·
© Chona Katsinger

O Vodafone Paredes de Coura acaba de anunciar os primeiros nomes para o cartaz da edição de 2017. O festival, que acontece entre os dias 16 e 19 de Agosto, celebra no próximo ano o seu 25º aniversário do festival, e por isso a cisa adivinha-se grande.

Nomes? Benjamin Clementine, Foals, Ty Segall e Car Seat Headrest. A coisa começa bem. O fã pack da FNAC para o festival inclui um passe geral e uma t-shirt já se encontra à venda por 75 euros.

Mount Kimbie e Jessie Lanza no Lisboa Dance Festival
· POR André Gomes · 30 Nov 2016 · 12:03 ·


São mais duas confirmações de peso para o Lisboa Dance Festival: Mount Kimbie e Jessie Lanza. Mas há mais: Mai Kino, Holly Wood, Rui Maia, Corona, Holy Nothing, Stereossauro B2B DJ Kwan e Sam The Kid B2B DJ Big. E ainda mais: BRANKO e Moullinex terão palcos com a sua curadoria. E ainda faltam alguns anomes. 

Marcel Dettmann, Hercules & Love Affair, TOKiMONSTA e Dekmantel Soundsystem já tinham sido confirmados no cartaz do festival que se realizará nos dias 10 e 11 de Março do próximo ano em Lisboa. Preços? 35 euros para o passe de 2 dias até 31 de Dezembro. E depois vai aumentando até ao dia.

Primavera Sound 2017 revela cartaz
· POR André Gomes · 30 Nov 2016 · 11:12 ·


O absurdo é de tal forma que faremos pouco mais do que isto: deixar aqui em baixo uma imagem com o cartaz do Primavera Sound 2017, que acontece em Barcelona entre os dias 31 de Maio e 4 de Junho. A imagem em cima é de Frank Ocean a agradecer pelo banquete.

O resto já vocês sabem: muitos destes nomes farão também parte da versão portuense daquele que é um dos maiores e melhores festivais do mundo. Meninas e meninos, a festa vai ser assim.


Selvagem: o filho rebelde do Tempo
· POR Fernando Gonçalves · 29 Nov 2016 · 21:22 ·


Terceiro na dinastia discográfica do luso-brasileiro, residente em Lisboa, Mariano Marovatto, Selvagem tem estreia marcada para dia 3 de Fevereiro do próximo ano e é mais do que um simples disco de canções.

Para além de um simples álbum, o novo registo de Marovatto é um repositório histórico de canções provenientes do reportório folclórico português e brasileiro que foram recuperadas e repensadas por Marovatto, ele próprio um arquivista e pesquisador, em colaboração com o guitarrista brasileiro Pedro Sá e da artista vocal japonesa Ami Yamasaki.

Deste “filho rebelde do Tempo” de nome Selvagem já é possível ouvri-se o single de avanço “Lampião”, tema com que, por ora, vos deixamos.

Ecce Inês Magalhães
· POR Fernando Gonçalves · 29 Nov 2016 · 17:47 ·


Eis Inês ou AIMthename como passa agora a ser conhecida no mundo da música. Mulher do Magafest e outros ofícios Inês Magalhães decidiu lançar-se no universo musical sob o aliás AIMthename, projecto que já está a dar frutos com o lançamento de “Mountain”, primeiro single retirado ao seu EP de estreia November.

November é, simultaneamente, piano e observatório de frágeis paisagens, cinco no total, encimados pela voz de Inês. Chega em Março. Eis “Mountain” para degustação visual e auditiva.

Tremor 2017: eis o primeiro abalo
· POR Fernando Gonçalves · 29 Nov 2016 · 17:45 ·


Mão Morta, Norberto Lobo com o novo Muxama, Flamingods, Morbid Death e PMDS são os responsáveis pelo primeiro abalo músico-sísmico vindo do carismático e pitoresco Tremor. A edição de 2017, a quarta, realiza-se entre os dias 4 e 8 de Abril do próximo ano, ilha de São Miguel, e estas cinco ondas são as primeiras a fazerem-se anunciar.

Em relação à bilheteira convém frisar que a primeva remessa de bilhetes já está à venda pelo preço de 20 euros (limitada a 100 unidades) e que, uma vez finda, a entrada passa a custar 25. Fiquem com esta “Legionella” benigna retirada ao novo e infeccioso Muxama de Norberto Lobo.

Eis as malhas que Burial não queria que ouvíssemos (já)
· POR Paulo Cecílio · 29 Nov 2016 · 17:40 ·


Na última Black Friday, uma loja de discos de Toronto fez aquilo a que na gíria se chama "uma cagada": colocou à venda um novo 12'' de Burial cujo lançamento não estava ainda previsto. Houve pelo menos cinco compradores, a Hyperdub ficou um bocado chateada, e do músico nada se sabe (como, aliás, nunca se soube).

A única boa notícia no meio disto tudo é que já podemos, sem medos, ouvir os dois primeiros - e provavelmente últimos - temas originais que Burial editou em 2016, um ano após "Temple Sleeper" e três anos após Rival Dealer. "Young Death" e "Nightmarket" estão disponíveis para escuta no Bandcamp. É só clicar ali em baixo.

Vol I: uma divisão em que se soma
· POR Fernando Gonçalves · 29 Nov 2016 · 17:36 ·


Dragão Inkomodo e twistedfreak assinam esta equação, quase matemática, em que o resultado é maior do que a soma das partes. Falamos do novo projecto da portuguesa Zigur que juntou dois nomes do seu cardápio de artistas e os levou a criarem, em parceria, um álbum que carregasse consigo as idiossincrasias de cada um mas num corpo só.

O resultado é Vol I, primeiro disco, exclusivamente digital, de uma série que estará para durar por, pelo menos, mais três capítulos. Composto inteiramente por temas originais,Vol I incorpora, por um lado, De um lado, a imprevisibilidade dançável deDragão Inkomodo e, por outro, a introspecção sónica de twistedfreak. Fiquem com Vol I na integra.

Nadia Reid está de volta aos discos
· POR Fernando Gonçalves · 29 Nov 2016 · 17:32 ·
© Ebony Lamb

Quase dois anos depois de ter lançado Listen To Formation Look For The Signs, LP com que se estreou nestas lides, a neozelandesa Nadia Reid tem disco novo na forja. Preservation é o seu nome e fará a sua debute no próximo dia 3 de Março via Basin Rock.

Tido por Nadia como o resultado de “ter tornado a amar-se”, Preservation é a conclusão de um processo de auto-conhecimento encetado pela cantautora durante o último ano e meio. Tempo em que por entre múltiplas viagens e concertos se questionou acerca do seu lugar e propósito neste mundo. A resposta é este frágil Preservation. Fiquem com o primeiro single a ele extraído denominado “The Arrow and The Aim”.

Mulher e Natureza made In Venus
· POR Fernando Gonçalves · 29 Nov 2016 · 12:21 ·


Nasceram no ano passado em São Paulo e fazem da música a sua arma contra o conformismo e os conturbados tempos sociais políticos brasileiros. Dessa “raiva incontida” nasceu o seu single de estreia “Mother Nature”.

Single que, de acordo com a banda, é um “manifesto feminista a Gaia” e uma ode à Mulher enquanto potência criadora. Dark, noise e pós punk feminista para ouvir a partir de agora.

Identidade e Autenticidade são cartão de visita do novo Sol
· POR Fernando Gonçalves · 29 Nov 2016 · 12:17 ·
© Cat Rain

Celina da Piedade está de volta aos discos. Terceiro da romagem discográfica da cantora, Sol mistura temas de cante alentejano com sonoridades sul-americanas, num corpo essencial e organicamente acústico em que a identidade e autenticidade, de acordo com a editora Sons Vadios, se mantêm.

Assim, às suas próprias composições, Celina da Piedade junta as composições de nomes como o argentino Atahualpa Yupanqui, o brasileiro Gilberto Gil ou o de João Gil, que marca presença como produtor e convidado musical do disco, assinando a autoria do single “Assim Sou Eu” em parceria com António Avelar Pinho na letra. Fiquem com o single “Assim Sou Eu”.

Who Am I: LP de estreia para Sarah P.
· POR Fernando Gonçalves · 29 Nov 2016 · 11:40 ·


Depois da banda Keep Shelly in Athens e de um primeiro extended-play lançado já a solo, Sarah P. entrou numa nova fase, fase que está prestes a atingir o seu zénite quando no dia 12 de Maio do próximo ano estrear-se nos full-length com Who Am I.

Álbum carregado de “medos, angústias, memórias” mas, também, com um olho “nos sonhos e na esperança”, Who Am I é uma espécie de prerrogativa crono-existencialista da grega, entretanto radicada em Berlim, Sarah. “As nossas Éticas e as nossas diferentes Culturas moldam-nos mas aquilo em que nos tornámos é uma escolha completamente nossa. Estou constantemente a perguntar-me quem sou”, afirma Sarah acerca da premissa base deste disco. Quanto ao conteúdo de Who Am I propriamente dito, a cantora e compositora explica que, “mesmo durante as nossas piores horas” a esperança de fazer melhor subsiste e é a ela que se agarra para completar este seu primeiro longa-duração.

O primeiro single deste novo álbum chamar-se-á “Berlin During Winter” estará disponível no dia 6 de Janeiro. Fiquem com um pequeno trailer deste repositório existencialista/musical pela mão de Sarah P..

Motion Trio apresenta novo disco no Teatro Ibérico
· POR Nuno Catarino · 29 Nov 2016 · 11:28 ·
© Vera Marmelo

O Motion Trio, grupo liderado pelo saxofonista Rodrigo Amado com Miguel Mira e Gabriel Ferrandini, acaba de editar um novo disco - Desire & Freedom, edição Not Two. Este é o sexto disco do grupo, que aqui regressa ao formato original de trio, depois de colaborações com os convidados internacionais Peter Evans e Jeb Bishop.

O grupo vai apresentar o novo disco com um concerto no Teatro Ibérico, em Lisboa, no próximo dia 8 de Dezembro. O concerto está marcado para as 21h30 e vai contar ainda com uma primeira parte do pianista Rodrigo Pinheiro (RED Trio), numa rara actuação a solo. O bilhete normal tem o preço de 10€; estudantes, profissionais do espectáculo e maiores de 65 anos pagam apenas 5€.

Angélique Kidjo ao vivo na Gulbenkian
· POR Nuno Catarino · 28 Nov 2016 · 23:02 ·


A cantora Angélique Kidjo vai apresentar-se ao vivo Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa. O concerto terá lugar no Grande Auditório da Gulbenkian no dia 1 de Dezembro às 21h00. A cantora e compositora originária do Benim, também Embaixadora da Boa Vontade da UNICEF, irá apresentar ao vivo o seu disco Eve, editado em 2014, onde presta homenagem à sua mãe e a todas as mulheres de África.

A cantora irá actuar acompanhada por Dominic James (guitarra elétrica), Ben Zwerin (baixo elétrico), Magatte Sow (percussões africanas) e Yayo Serka Mimica (bateria).

“Super Nova” iluminam noites do Maus Hábitos
· POR Fernando Gonçalves · 28 Nov 2016 · 23:00 ·


Da parceria Super Bock-Maus Hábitos (Porto) nasceram as “Super Nova”, noites que se darão à exploração dos novos caminhos da música portuguesa sem, no entanto, esquecer nomes já firmados no panorama sonoro luso.

A primeira destas sessões ocorrerá já no próximo dia 16 de Dezembro, uma noite em que o palco será preenchido com os Ghost Hunt (22h30), seguidos de Killimanjaro (23h30) e Black Bombaim (00h30). Os DJsets ficam primeiro a cargo de Rui Maia (02h00) e, a fechar, XINOBI (04h00). A entrada é livre de custos para o utilizador.

As próximas “Super Nova”, a acontecer em 2017, já têm data marcada: 21 de Janeiro e 17 de Fevereiro. O line-up, esse, ainda se encontra no segredo dos deuses. Fiquem com os Killimanjaro e esta “Hurry, Bury”.

O Natal chega mais cedo no Lux
· POR Paulo Cecílio · 28 Nov 2016 · 22:54 ·
 
O espaço lisboeta apresenta um cardápio de luxo para os dias 8, 9 e 10 de Dezembro, pertinho o suficiente do Natal para o podermos considerar como uma prenda. A 8, quinta-feira, o Lux acolhe Richie Hawtin (na foto), mago do minimal que ocupará a cabine juntamente com Hito e Gusta-vo, este último programador do Indústria (Porto) e um dos "cérebros" do NeoPop.

No dia seguinte, será a vez de Isolée se apresentar em modo live act, acompanhado por Gilb’R, Baikal, Maurice Fulton , The Drifter e Mano Le Tough, e no dia 10 será Kerri Chandler, nome cimeiro do deep, a mostrar o que vale. Mais informações nas páginas dos eventos - são os linkzitos aí em cima.

Ded Rabbit: 2017 começa com novo álbum e tour Ibérica
· POR Fernando Gonçalves · 28 Nov 2016 · 22:53 ·


Quatro irmãos, uma banda. São os Ded Rabbit e vêm da Escócia com um álbum no ventre e uma tour que passará por Portugal no próximo ano.

Mergulhados em influências de contemporâneos como The Libertines, The Kooks ou Catfish and the Bottlemen, o clã prepara a edição de um novo EP, ainda sem nome definido, para o primeiro trimestre de 2017, altura em que embarcarão numa digressão que os levará a Portugal (meados de Março) e Espanha, com o selo da Music For All. Fiquem com a recente “Only Dating” pelos escoceses Ded Rabbit.

Canzana nua e CRUA na Parede
· POR Fernando Gonçalves · 28 Nov 2016 · 22:49 ·


O trio CRUA (André Hencleeday nas percussões, Carlos Carvão nas guitarras e Daniel Neves na electrónica) continua na senda da criação à base da experimentação feita em cima da constante improvisação. Testando os limites uma vez mais, o colectivo entendeu abrir-se a novas colaborações, da qual o concerto de sábado no SMUP com os Canzana (Bruno Silva, na guitarra e Pedro Sousa no saxofone) são o mais acabado exemplo.

Deste concerto nascerá uma cassete que se juntará, no final do ano, a cinco outras, resultantes de outras tantas colaborações, perfazendo um único álbum de colaborações. Os bilhetes para este concerto, organização da Nariz Entupido, estão à venda por cinco euros (4 euros para sócios). Fiquem com os CRUA e esta “Parte I A&.

“Noite Johnny Guitar” aquece Outono algarvio
· POR Fernando Gonçalves · 28 Nov 2016 · 22:24 ·


Novembro está frio e nada melhor para o tornar um pouco mais quente do que noites regadas a rock. Esta é a premissa da “Noite Johnny Guitar”, evento que arrancou no último dia 4 de Novembro no RCA em Lisboa com os concertos de Frankie Chavez e Sam Alone & The Gravediggers e o dj set de Zé Pedro e seguirá, com o mesmo elenco, para o Bafo de Baco em Loulé no dia 30 deste mês.

O espectáculo arranca pelas 22 horas e os bilhetes variam entre os 12 e os 15 euros. Fiquem com Sam Alone & The Gravediggers e esta “Tougher Than Leather”.

A/T/O/S: novo álbum, novo single
· POR Fernando Gonçalves · 28 Nov 2016 · 22:22 ·
© Caroline Lessire

Amos & Truenoys são os A/T/O/S e os A/T/O/S têm Outboxed e Outboxed vem com “Strong Thing” lá dentro. Traduzindo: o duo Amos & Truenoys (A/T/O/S) têm em Outboxed o seu novo álbum de originais, disco que chega aos escaparates no próximo dia 27 de Janeiro via Deep Medi.

Para celebrar o acontecimento, os A/T/O/S acabam de avançar com “Strong Thing”, primeiro avanço para Outboxed que podem ouvir a partir de agora aqui em baixo.

Jesca Hoop: o Futuro é agora
· POR Fernando Gonçalves · 28 Nov 2016 · 22:20 ·


Futuro que se quer Presente transformado em álbum a solo de nome Memories Are Now é a nova premissa da cantautora norte-americana Jesca Hoop.

Com estreia prevista para Fevereiro de 2017 via Sub Pop, Memories Are Now é o novo disco de originais de Jesca Hoop e surge depois de, ainda este ano, a artista ter lançado, em parceria com Sam Beam dos Iron & Wine a “rodela” Love Letter For Fire. Fiquem com “The Lost Sky”, primeiro tema a ver a luz do dia. Alinhamento logo depois.



01 Memories Are Now
02 The Lost Sky
03 Animal Kingdom Chaotic
04 Simon Says
05 Cut Connection
06 Songs Of Old
07 Unsaid
08 Pegasi
09 The Coming
Manu Louis estreia-se com Kermesse Machine
· POR Fernando Gonçalves · 23 Nov 2016 · 16:11 ·
© Merja Hannikainen

Ele, Manu Louis, é belga mas o seu álbum de estreia, Kermesse Machine, é um pouco de todo o lado. Gravado entre Berlim, Bruxlelas e Roma, Kermesse Machine é, para além de quase apátrida, uma mescla de pop pós-moderno (entre Zappa e Air) com “música popular belga” que o artista tudo fez para ignorar ao longo dos anos (Big bands, Eurodance, trance industrial ou bandas de casamentos).

A estreia, propriamente dita, está marcada para dia 13 de Janeiro via Multidisc S.A / Plurimega mas os singles já rodam por aí. Depois de um primeiro ““Tchouang Tseu”, chegou a vez do sugestivo “Music from the Hotdog Stand” tomar o seu lugar.

XAFU navegam pelos quatro cantos do mundo
· POR Fernando Gonçalves · 23 Nov 2016 · 15:51 ·


Viagem que os levou até Além Mar, novo disco do duo Juninho Ibituruna e André Xina que verá a luz do dia no próximo ano. Depois do lançamento do EP de estreia Paredes do Horizonte em 2013, extended-play em que já ficava patente o rumo que os XAFU iriam tomar, em Além Mar essa carta de promessas feita a world music torna-se ainda mais urgente e latente.

Às remisturas de Ravi Shankar, Jorge Ben Jor, Cesária Èvora e Cheny Wa Gune, os XAFU juntaram o universo dos “lusófonos” Ricardo Passos e João Pires (Portugal), Cheny Wa Gune (Moçambique) e Thiakov Davidovich (Brasil) neste ecuménico e inclusivo Além Mar. Fiquem com o primeiro single, tema que dá nome ao disco, “Além Mar”.

Amen Dunes vai andar por cá
· POR Fernando Gonçalves · 23 Nov 2016 · 15:42 ·


Amanhã na Galeria ZDB e na próxima sexta-feira na Black Box da Plataforma das Artes e da Criatividade em Guimarães são os spots em que os portugueses poderão ver e ouvir a música do guitarrista norte-americano Amen Dunes.

Em palco, Amen Dunes, moniker para Damon McMahon, irá apresentar o seu último trabalho de originais Love (2014), álbum feito a um take que contou com a colaboração de nomes como os de Dave Bryant e Efrim Menuck dos Godspeed You! Black Emperor, o saxofonista Colin Stetson ou o Elias Rønnenfelt dos Iceage. Os concertos terão início pelas 22 horas e serão antecedidos pela actuação do irmão de Damon, Xander Duell. Os bilhetes para o concerto da ZDB têm o preço redondo de 10 euros enquanto em Guimarães se ficam pelos 7,5 euros. Fiquem com Amen Dunes e esta “Love”.

Father John Misty tem música nova com Trump à espreita
· POR Fernando Gonçalves · 23 Nov 2016 · 15:28 ·


Trump ganhou mas o mundo não acabou, ainda. Pelo menos é essa a mensagem que Father John Misty tenta passar na nova música que acaba de estrear. “Holly Hell”, inferno sagrado ou vociferação, é o seu nome e carrega a mensagem de que o mundo só acabará se nós assim o quisermos; “There’s no one in control/And it’s our life to choose”, assim o canta Misty.

Terceiro tomo de música libertado este ano, depois de “Real Love” e “This Is America”, a política e os efeitos da vitória de Trump fazem-se sentir na politicamente engajada e nada meiga “Holly Hell” que agora vos damos a degustar.

Noveller com novo álbum
· POR Paulo Cecílio · 23 Nov 2016 · 15:22 ·


A artista norte-americana irá editar aquele que é o seu oitavo álbum de estúdio, A Pink Sunset For No One, no próximo dia 10 de Fevereiro.

O disco sucederá ao óptimo Fantastic Planet, editado em 2015, e terá a edição da Fire Records - tendo sido inspirado, em parte, pela digressão que encetou juntamente com o mestre Iggy Pop. O primeiro single, "Trials And Trials", já pode ser escutado através do Soundcloud.

Atenção: Phil Elverum ressuscita os Microphones
· POR Paulo Cecílio · 23 Nov 2016 · 15:19 ·


...Mas só para uma compilação. O projecto que Phil Elverum teve antes de se mostrar ao mundo enquanto Mount Eerie, e que lhe valeu o reconhecimento por parte dos fãs do rock mais indie, irá regressar no dia 9 de Dezembro.

O motivo? Early Years, 1996-1998, que reúne as primeiríssimas canções que Elverum compõs para os The Microphones, que é como quem diz, muito antes da obra-prima que é The Glow Pt. 2. "Compressor", primeiro single da compilação, está disponível para escuta no Bandcamp.

Bodyspace leva espanhola Le Parody ao Maus Hábitos (Porto)
· POR André Gomes · 22 Nov 2016 · 10:58 ·
© Sofia Miranda

BODYSPACE APRESENTA:
Le Parody
 
Maus Hábitos, Porto
8 de Dezembro, quinta-feira
22h00
 
4 euros

Le Parody é o projecto musical de Sole Parody, cantora e compositora espanhola que combina nas suas canções pop obscuro, folclore e música electrónica. Chamou-lhe techno-flamenco. Sílabas tecnológicas, estruturas melodramáticas. Canções de amor e desamor, de bailes e de revoluções, feitas com instrumentos que cabem numa mala de mão (um ukelele, um sampler cheio de beats, glitches, pedaços de filmes, pedais). Rodeada de cabos, Le Parody avança com os seus loops, constrói ao vivo ambientes e melodias que arrastam o público da audição mais atenta até à dança. Do frio ao fogo, de casa ao desconhecido. Uma viagem alucinante. H O N D O, editado em 2015, é um luxuoso e exótico documento que é ao mesmo tempo cerebral e dançante, verdadeiramente celebratório. Depois de ter actuado em Junho no Serralves em Festa para centenas de viajantes convencidos, e de aparições em Espinho e Bragança, Le Parody regressa a Portugal para acabar de vez com aquela lengalenga do ventos e casamentos que nos chegam do país vizinho.
peixe : avião: a Fénix aproxima-se
· POR Fernando Gonçalves · 21 Nov 2016 · 18:09 ·
© Liliana Mendes e Duarte Costa

Lisboa, Coimbra, Porto e Guimarães são as cidades escolhidas pelos bracarenses peixe : avião para levarem o novo Peso Morto a passear. Intitulada de “Tour Fénix”, a tournée que pretende dar corpo à subversão do formato canção está prestes a sair para a estrada e traz com ela a “aproximação”.

“Aproximação” que se consubstanciará em concertos intimistas (a banda tocará no meio das salas circundada pelo público) e visualmente intensos que começarão no dia 8 de Dezembro com uma visita à Galeria ZDB em Lisboa (8 euros) para daí seguirem a 9 de Dezembro para o Salão Brazil em Coimbra (8 em compra antecipada e 10 através da BOL) continuando a 10 de Dezembro nos Maus Hábitos no Porto (10 euros) e finalizando no dia 11 de Dezembro em plena cidade-berço com um último espectáculo no CAAA (6 euros). Fiquem com “Miragem” retirado a Peso Morto.

Childish Gambino acordou para novo álbum
· POR Fernando Gonçalves · 21 Nov 2016 · 18:06 ·


Awaken, My Love!
é o nome do novo disco do norte-americano Childish Gambino. Depois de “pôr em causa” a Internet em 2013 com Because Internet, o músico, escritor e actor, também conhecido como Donald Glover, lança a 2 de Dezembro o seu terceiro registo de originais.

Álbum, já descrito como “r&b encontra Pink Floyd”, que representa, segundo Gambino, “uma evolução sónica” em que o rap se funde com a soul e o rock construindo um corpo de música “vibrante e luminoso”. Fiquem com o primeiro avanço “Me and Your Mama”.

Inédito de Prince a caminho
· POR Fernando Gonçalves · 21 Nov 2016 · 18:00 ·
© Nandy McClean

Uma faixa inédita, entre quarenta hits que integram a colectânea Prince4ever, que será lançada a 25 de Novembro.

Aos êxitos “When Doves Cry”, “Nothing Compares 2 U” “Kiss”, “Little Red Corvette”, “Purple Rain”, “1999”, “Sign O’ The Times”, “U Got The Look”, a NPG Records e a Warner Bros. juntaram “Moonbeam Levels”, um tema inédito originalmente gravado em 1982 durante as sessões do álbum 1999 e mais tarde incluída em Rave Unto The Joy Fantastic, um disco que nunca chegou a ver a luz do dia.

Para além deste lançamento, está previsto que em Janeiro do próximo ano chegue aos escaparates uma versão remasterizada de “Purple Rain” disponibilizada numa edição deluxe em que será incluído um segundo álbum de inéditos. Até lá fiquem com “Cream”.

O Futuro com um pé no Passado
· POR Fernando Gonçalves · 21 Nov 2016 · 17:58 ·
© Dinis Santos

Antologia Atípica da Música Portuguesa Vol.1 é o primeiro dos “navios” que farão esta viagem-ponte entre o Passado e o Futuro da música portuguesa. Com estreia marcada para o dia 27 de Janeiro este disco pega em temas tradicionais do cancioneiro e reinterpreta-os ao sabor das ondas actuais da cena musical lusa.

Live Low, Negra Branca, Eitr, Gonzo, Luar Domatrix, Tiago Morais Morgado, Filipe Felizardo, Calhau! e Peter Forest são os primeiros marinheiros a entrar nesta aventura que pretende desconstruir clichés e reformular preconcepções abrindo novos horizontes tendo por base o cancioneiro tradicional português. Fiquem com um pequeno “cheirinho” daquilo que poderão esperar no próximo Janeiro.

Tour de Aries e Calvin Johnson chega à Peninsula Ibérica
· POR Alexandra João Martins · 21 Nov 2016 · 17:32 ·


A tournée europeia de Selector Dub Nartocic - novo projecto multi-estilístico de Calvin Johnson - e Aries chega agora a novos países depois de ter passado pela Alemanha, República Checa, Áustria, Hungria, Eslovénia e Itália. Calvin Johnson e Isabel Fernandez vão protagonizar sete concertos em França, antes de concluírem esta aventura na Península Ibérica com actuações em Espanha e Portugal.

O Damas, em Lisboa, acolhe o concerto duplo no dia 26 de Novembro. A digressão está a ser contada na primeira pessoa pela Aries, no site Fantastic Plastic Mag.

Abram alas para o Mexefest
· POR Paulo Cecílio · 21 Nov 2016 · 16:49 ·
© Inês Sousa Vieira

Já falta pouco para nova edição do Vodafone Mexefest, já não falta nada para as piadas costumeiras do "pôr a cidade a mexer", já menos ainda falta para perder uns quilinhos antes que o Natal arruíne a boa imagem que queremos ter no verão. O Mexefest volta à carga na sexta e no sábado, espalhando por vários espaços localizados na Avenida da Liberdade nomes como a gigante Elza Soares (que vem apresentar o não menos gigante A Mulher Do Fim Do Mundo), Meg Baird, Whitney, Talib Kweli, Sunflower Bean e Mallu Magalhães, entre alguns exemplos, completanto a fornada com alguns dos melhores nomes da música portuguesa da actualidade.

Os últimos a serem adicionados ao cartaz foram os Nooj e os Them Flying Monkeys, vencedores da edição deste ano do Vodafone Band Scouting. Os bilhetes estão à venda por 45€ até aos dias do festival e todas as informações úteis estão aqui.

Porque é que não podemos ser os Cure?
· POR Paulo Cecílio · 21 Nov 2016 · 16:33 ·


Prontos para uma maratona de três horas com todas as vossas cantigas preferidas e mesmo aquelas que não o são tanto? Claro que estão; afinal de contas, estamos a falar dos The Cure, a banda que para o Kyle do South Park fez o melhor álbum de sempre - Disintegration - e que para milhares de pessoas por todo o mundo definiram aquilo que é, realmente, o gótico.

Quatro anos depois de terem encantado do Alive, os The Cure pisam esta terça-feira a MEO Arena para um concerto em modo best of (mas não só), que contará com a primeira parte dos The Twilight Sad. Os bilhetes estão à venda a preços entre os 35€ e os 55€, começando tudo por volta das 22h.

Vêm aí reedições dos Grateful Dead
· POR Paulo Cecílio · 21 Nov 2016 · 16:24 ·


Mas não serão reedições quaisquer: serão reedições de tudo, desde o primeiro álbum, até ao último, passando por raridades ao vivo.

Os Grateful Dead, a banda preferida dos hippies que não lavavam o cabelo em 1960 e 1970, irão celebrar o 50º aniversário do lançamento do seu primeiro álbum no próximo mês de Janeiro, com cada pedaço da sua discografia a conhecer nova edição em CD e picture disc. Para além disso, os fãs também poderão encomendar reedições de singles em 7'', por ordem cronológica. Saibam mais aqui.

Demdike Stare editam novo álbum
· POR Paulo Cecílio · 21 Nov 2016 · 16:19 ·


A dupla britânica editou esta semana Wonderland, o seu novo álbum, que sucede assim à série Testpressing, lançada entre 2013 e 2015. O último álbum propriamente dito datava de 2012 (Elemental).

O disco foi editado pela Modern Love em formato duplo LP, sendo que a 3 de dezembro será lançado também em triplo CD, com os Testpressings como bónus. O primeiro single, "Sourcer", foi disponibilizado para escuta. Confiram-no, e ao alinhamento.



01. Curzon
02. Animal Style
03. Hardnoise
04. Blue
05. FullEdge (eMpty-40 Mix)
06. Sourcer
07. Airborne Latency
08. Fridge Challenge
09. Overstaying
As 1001 dimensões de João C. Sousa
· POR Fernando Gonçalves · 21 Nov 2016 · 16:17 ·


Mais de uma milena de dimensões que o portuense João C. Sousa condensou e agora liberta em modo não, completamente, etéreo através de How To Switch Dimensions, disco de estreia que nasceu via Music For All.

A acompanhar o lançamento deste universo de doze faixas, o compositor e experimentalista sonoro do Porto vem o segundo single “Emoto’s Water” (sucede a "How To Switch Dimensions"), tema que tem como inspiração as experiências do Sr. Masaru Emoto, em que este propõe que a água sofre alterações moleculares importantes, dependendo da influência da consciência humana que a rodeia, linha de pensamento prolongada pela narrativa visual da música, composta por alguns takes captados no Japão. Fiquem com “Emoto’s Water”.

Sinkane celebram a vida
· POR Fernando Gonçalves · 21 Nov 2016 · 15:53 ·


“Música boa onda para tempos difíceis”, é assim que o colectivo Sinkane apresenta o seu novo álbum de originais Life & Livin’ It, disco com estreia marcada para dia 10 de Fevereiro via City Slang.

Inspirado pelos simples prazeres da vida, como estar com os amigos ou dançar, mas sem nunca esquecer aquilo que torna a vida difícil, Life & Livin’ It solta esta reflexão enquanto de fundo o funk/soul e as melodias de radicadas na música subsariana marcam o passo da nova obra. Obra que tem em “U'huh”, cantada em árabe, o seu primeiro avanço.

Russian Circles de regresso ao rectângulo
· POR Fernando Gonçalves · 21 Nov 2016 · 15:48 ·


Dia 10 de Março no RCA (Lisboa) e dia 11 no Hard Club serão os portos de abrigo dos norte-americanos Russian Circles quando, no próximo ano, visitarem Portugal pela sétima vez na sua carreira. Depois de, nas passagens anteriores, terem enchido salas e “arrombado” o Amplifest, os Russian Circles regressam a Portugal com Guidance, sexto álbum da banda lançado em Agosto deste ano.

Os bilhetes, para os dois concertos, custam 20 euros (15 euros para as primeiras 100 compras online). As primeiras partes dos concertos serão asseguradas pelos Cloakroom. Fiquem com os Russian Circles e esta “Mota”.

O novo disco de Maya Solovey já está aí
· POR Fernando Gonçalves · 21 Nov 2016 · 15:14 ·


É por estes dias que a artista sediada em Brooklyn lança o seu novo álbum de originais Blue Heart. Sexto disco da sua discografia, Blue Heart é a amálgama de todos os géneros que Maya abraçou ao longo da sua carreira, do indie ao folk passando pela bossa nova, e do qual a cereja no topo do bolo é a faixa que hoje, dia de estreia do álbum, dá a conhecer.

“Blue Heart” é o nome do single que dá nome ao disco e, de acordo com Maya, versa “sobre as coisas que não dizemos”. Para audição a partir de agora.

Afinal, Maio, é mês de José
· POR Fernando Gonçalves · 21 Nov 2016 · 12:52 ·


González de sobrenome e sueco de nacionalidade. Depois de uma passagem pelo Festival para Gente Sentada em Setembro último, o músico sueco irá voltar ao nosso país em Maio do próximo ano para quatro concertos revestidos de um carácter mais intimista. Casa da Música, no dia 2 de Maio, Aula Magna no dia 3, Convento de São Francisco em Coimbra no dia 4 e Teatro Micaelense, nos Açores, no dia 6 são as datas e os locais escolhidos por José González para esta nova tournée por território luso.

Os bilhetes variam entre os 25 e os 35 euros. Fiquem com “Let It Carry You”, tema retirado ao seu último trabalho de originais Vestiges & Claws datado de 2015.

Sterling Roswell em Portugal
· POR Fernando Gonçalves · 21 Nov 2016 · 12:28 ·

Passa e fica para sete concertos - intercalados por três actuações no país vizinho - divididos por Novembro e Dezembro. Porto, Leiria, Lisboa, Barreiro, Barcelos, Bragança e Portalegre são as sete contempladas com os concertos de Sterling Roswell, músico que virá a terras lusas apresentar o seu vindouro novo álbum de originais The Atom Brain (edição Blang Records).

Conhecido pelas suas passagens por bandas como os Spacemen ou The Seeds, a que se junta a fundação dos The Darkside, Sterling Roswell far-se-á acompanhar, nesta tour ibérica, pelos músicos João Pimenta (dos 10 000 Russos) na bateria,de Grahame Painting (Jerico Orchestra e ex-sub editor chefe do The Times) no baixo e de Claire Harrison nos VCO´s (vontage-controlled oscillator). Sterling Roswell e banda que, como referimos anteriormente, estarão na península Ibérica a apresentar o novo The Atom Brain, álbum de onde foi extraído este “Atom Brain Monster”, primeiro single a sair do disco.



22 de Novembro - Maus Hábitos - Porto
23 de Novembro - Texas - Leiria
24 de Novembro - Lounge (Salón Fuzz) - Lisboa
25 de Novembro - Barreiro Rocks warm up - Barreiro
26 de Novembro - Maravillas - Madrid
28 de Novembro - Lata de Zinc - Oviedo
30 de Novembro - A Reixa - Santiago de Compostela
1 de Dezembro - Central pub - Bragança
2 de Dezembro - CCOB – Barcelos
3 de Dezembro - CAEP - Portalegre
Apagaram-se as luzes: Sharon Jones deixou-nos
· POR André Gomes · 19 Nov 2016 · 02:10 ·


Sharon Jones perdeu a sua última batalha. A cantora norte-americana morreu ontem - hoje, nos Estados Unidos - vencida na sua longa batalha contra o cancro do pâncreas. Em vez de flores, na página de Facebook da artista sugere-se doação às associações Cure Pancreatic Cancer - The Lustgarten Foundation, James Brown Family Foundation e Little Kids Rock.

A sua presença esteve anunciada para o Paredes de Coura 2016 mas o concerto acabou ser cancelado devido ao agravar da doença. Fica para sempre a sua música.

Bodyspace leva norte-americano William Tyler à Casa Independente (Lisboa)
· POR André Gomes · 18 Nov 2016 · 10:26 ·
© Sofia Miranda

BODYSPACE EM CASA:
William Tyler
 
Casa Independente, Lisboa
24 de Novembro, quinta-feira
22:00 horas
 
5 euros

O músico de Nashville, habitual nas últimas formações dos Lambchop, com um percurso que inclui passagens pelos Silver Jews ou pela banda de Bonnie ‘Prince’ Billy, entre outros, é um desses guitarristas que conseguem emocionar sem dizer uma única palavra. As suas composições soam belas e evocadoras: música americana de espaços abertos e de estradas secundárias. Este ano chegou o belíssimo Modern Country (Merge), disco em que o norte-americano conta com colaborações de luxo como as de Phil Cook e Glenn Kotche (Wilco) ou Darin Gray (Tweedy, Jim O'Rourke). Nas palavras do próprio William Tyler, Modern Country é uma “carta de amor que narra o que se está a perder nos Estados Unidos da América, e ao mesmo tempo aquilo que já se perdeu”. Em Modern Country respiram-se as auto-estradas americanas e as suas paisagens, as ciudades pequeñas e as estradas secundárias. William Tyler está em estado e de Graça e esta é mesmo a melhor altura para se perceber quão essencial é a música que está a fazer. Um concerto imperdível.
Bloom em stream concreto definido total
· POR Fernando Gonçalves · 17 Nov 2016 · 15:05 ·


Bloom, ou a forma como JP Simões se tornou num outro sem deixar de ser quem é, tem um álbum acabado de nascer. Tremble Like A Flower é o nome do nado-vivo que sucede a um Roma e está aqui para audição na integra. Criado numa outra dimensão de si, Tremble Like A Flower vem carregado de bossa nova e folk descomprometida, aqui e ali pintalgado de jazz, e cantado em inglês.

Disco que contou, ainda, com as participações dos músicos Miguel Nicolau e Marco Franco. Para os interessados ver esta nova pele de JP Simões, Bloom e o seu novo disco estarão ao vivo e a cores hoje no Teatro Municipal de Vila Real (5 euros) e no próximo sábado no Auditório de Espinho (10 euros). Fiquem com Tremble Like A Flower.

Breezeblocks, Taro, Alive, perceberam?
· POR Fernando Gonçalves · 17 Nov 2016 · 15:00 ·


É isso mesmo. Os Alt-J são a mais recente confirmação para o NOS Alive 2017. Depois dos The Kills, Depeche Mode, Foo Fighters e Warpaint, a banda liderada por Joe Newman vai aterrar de armas e bagagens no dia 6 de Julho no Passeio Marítimo de Algés.

Bagagem que vem carregada com os premiados An Awesome Wave (2012) e This Is All Yours (2014) e na qual, de igual modo, se espera que venha algum souvenir surpresa. Assumpção não tão descabida assim, uma vez que, de acordo com o baterista Thom Sonny Green em declarações à revista NME, a banda já se encontra na fase de escrita de novos temas. Até lá, fiquem com esta “Something Good”.

The Staches em Portugal com novo álbum
· POR Fernando Gonçalves · 17 Nov 2016 · 14:58 ·


Muitos portugueses emigraram para a Suíça, agora é altura desse retalhado país nos enviar alguns dos deles. Estes são banda e dão pelo nome de The Staches.

Vão estar por cá a partir de hoje para quatro concertos que servirão de promoção ao seu novíssimo álbum, estreou dia 4 deste mês, Placid Faces. Porto (Maus Hábitos hoje), Lisboa (Damas, dia 18), Bragança (Central Pub, dia 19) e Viana do Castelo (Centro Histórico, dia 20) são os locais e datas em que a banda de Genebra, e o seu punk/post-punk, estará por cá. Fiquem com o tema “Space Is A Lover” retirado a Placid Faces.

A terceira face de Gobi Bear
· POR Fernando Gonçalves · 17 Nov 2016 · 14:54 ·


Depois dos lançamentos de “Sealion” com a participação de Surma e de “Unloved” com a participação de Emmy Curl, Gobi Bear voltou à carga.

“Fall”, com a violinista Helena Silva dos Indignu “metida ao barulho”, é a terceira música retirada ao seu próximo e homónimo EP Gobi Bear com estreia marcada para dia 29 deste mês. Sem mais delongas, fiquem com “Fall ft Helena Silva”.

Há mais no Metalfest
· POR Paulo Cecílio · 17 Nov 2016 · 14:45 ·


Mesmo a tempo de fazer felizes centenas de metaleiros por esse Portugal e mundo fora, o SWR anunciou esta semana mais dez nomes para o cartaz de um festival que podia até só ter Mayhem que já seria o melhor do ano.

Como eles não querem que vos falte nada, meteram também os Oranssi Pazuzu (na foto), uma das bandas que todos me dizem que iria gostar mas que raramente ouvi por qualquer motivo, os Akercocke (de volta após hiato), os grandes Holocausto Canibal e os Pillorian, banda formada das cinzas dos Agalloch (cuja saudade será eterna). Master, Cobalt, Darvaza, Gust, Valborg e Fides Inversa são as demais contratações. O SWR Barroselas Metalfest realiza-se de 28 a 30 de Abril no sítio do costume e os packs de Natal (c/ bilhete, t-shirt, saco, copo e três vales de bebida) já se encontram à venda, porque Jesus era metaleiro. A não perder.

Festa do Outono regressa a Viana
· POR Paulo Cecílio · 17 Nov 2016 · 11:49 ·


A edição de 2016 da Festa do Outono do VIBE arranca já hoje e irá, uma vez mais, espalhar a música por Viana. As honras de abertura estarão a cargo dos Best Youth (na foto), a partir das 22h30, seguindo-se Luís Severo e o Conjunto Cuca Monga na sexta-feira e os Vircator com os Black Wizards, no sábado.

Os bilhetes para cada um dos dias custam 5€ e todos os concertos terão lugar na Capela do Castelo de Santiago da Barra. Saibam mais aqui.

Um mundo em ruínas merece os Borbetomagus
· POR Paulo Cecílio · 17 Nov 2016 · 11:44 ·


Há quase quarenta anos que os Borbetomagus andam a explorar (e a espalhar) ruído. Agora que o mundo parece cada vez mais atolado na merda, a sua música faz ainda mais sentido.

No próximo dia 25 o trio de Don Dietrich, Donald Miller e Jim Sauter irá editar um novo álbum intitulado The Eastcote Studios Session que a press release descreve como a new kind of peak - e nem será preciso traduzir isto. The Eastcote Studios Session terá uma edição limitada a 500 cópias e já é possível ouvir um trecho de um dos temas, "DIS".

Ty Segall está de volta
· POR Paulo Cecílio · 17 Nov 2016 · 11:34 ·


O homem que não pára por um segundo de fazer discos já está a preparar outro. Ty Segall irá lançar um novo álbum, homónimo, em Janeiro, composto por dez faixas e com edição a cargo da Drag City, tendo partilhado já a primeira de dez canções que ali ouviremos.

Falamos de "Orange Color Queen", uma balada em honra da sua namorada, Denée, podendo nós afirmar, sem sombra de dúvidas, que Ty Segall é o maior por gostar de ruivas. Ouçam-na aqui e confiram o alinhamento do disco.



01. Break a Guitar
02. Freedom
03. Warm Hands (Freedom Returned)
04. Talkin’
05. The Only One
06. Thank You Mr. K
07. Orange Color Queen
08. Papers
09. Take Care (To Comb Your Hair)
10. Untitled
Xiu Xiu com novo disco
· POR Paulo Cecílio · 16 Nov 2016 · 17:19 ·


Depois de se atirar à música de Twin Peaks, Jamie Stewart irá lançar, em 2017, um disco novo enquanto Xiu Xiu - terra de música experimental e depressão em quantidades exactas. FORGET sairá em Fevereiro do próximo ano, em que o título «vai de encontro à dualidade da fragilidade humana, e foi produzido por John Congleton, Greg Saunier (Deerhoof) e Angela Seo.

Entre os colaboradores estão, por exemplo, Charlemagne Palestine e Kristof Hahn, dos Swans. FORGET é supostamente o álbum mais "pop" que os Xiu Xiu alguma vez lançaram e já há single disponível para escuta: "Wondering". Ouçam-no em baixo e confiram o alinhamento.



01 The Call
02 Queen Of The Losers
03 Wondering
04 Get Up
05 Hay Choco Bananas
06 Jenny GoGo
07 At Last, At Last
08 Forget
09 Petite
10 Faith, Torn Apart
Julie Byrne: nem a felicidade a salva
· POR Fernando Gonçalves · 16 Nov 2016 · 17:14 ·


Nem a felicidade nem o novo álbum que se apresta para lançar às feras. Not Even Happiness chega dia 13 de Janeiro impregnado de “viagem”, viagem por uma estrada repleta de solidão, flores selvagens, estrelas e amor cantada e contada pela potente voz e escrita de “faca na boca” de Julie Byrne.

Depois da estreia em 2014 com o disco Rooms With Walls and Windows, Julie regressa com este Not Even Happiness cujo nome surgiu ao escrever uma carta a um amigo depois de uma dessas viagens e deparar-se com um “sentimento de emergência”, sentimento que, como ela nos conta, “não trocaria por nada, nem pela felicidade”. Fiquem com o primeiro avanço para este Not Even Happiness, “Natural Blue”.

Fogo Fogo no Plano B
· POR Fernando Gonçalves · 16 Nov 2016 · 17:09 ·


Depois de passagens pelo Andanças e Boom, o projecto de fusão lisboeta Fogo Fogo está, pela primeira vez, a caminho do Porto. Dia 19 de Novembro será o dia e o Plano B o local em que Francisco Rebelo (baixo), João Gomes (teclas), Márcio Silva (bateria) e Danilo Lopes e David Pessoa (vozes/guitarra) atiram com toda a sua “africanidade dançante” ao Norte do país. Funanás, coladeiras e a música de baile de festa africana pelo módico preço de 6 euros até ao dia do festim ou 8 euros à entrada.

Depois desta passagem pelo Porto, os Fogo Fogo derivam para Aveiro no dia 26 (Festival Sons em Trânsito) seguindo, no dia seguinte, para a sua “mãe” Lisboa onde têm concerto marcado para a Casa Independente, numa noite que também contará com a presença de Mayra Andrade. Fiquem com os Fogo Fogo e esta “E Si Propi”.

NBC: streaming integral do novo Toda a Gente Pode Ser Tudo
· POR Fernando Gonçalves · 16 Nov 2016 · 17:06 ·


Depois de ontem ter visto a luz do dia, Toda a Gente Pode Ser Tudo aterrou no nosso colo. Mãos largas como sempre, o Bodyspace passa-vos a pasta, que é como quem diz deixamos-vos na íntegra o stream do novo álbum de NBC.

Gravado ao longo do último ano nos estúdios lisboetas Big Beat, Toda a Gente Pode Ser Tudo apresenta-se, agora, na sua totalidade para vosso deleite. Aqui.

Franz Bargmann em Braga
· POR Paulo Cecílio · 16 Nov 2016 · 15:04 ·
© Santiago Borthwick

O guitarrista e fundador dos alemães Camera, que nos últimos tempos tem feito parte da banda de Michael Rother (Neu!), irá actuar na Livraria Mavy, em Braga, no próximo dia 18 de Novembro.

Será de esperar uma noite dedicada ao kraut num evento que é de entrada livre e começa pelas 22h30. Saibam tudo sobre o concerto através deste link.

Pissed Jeans: novo álbum a caminho
· POR Fernando Gonçalves · 16 Nov 2016 · 14:59 ·


Why Love Now é o nome do quinto álbum de estúdio dos norte-americanos Pissed Jeans, disco que chegará aos escaparates em Fevereiro (dia 24) próximo via Sub Pop. Misto de punk, sludge e noise, Why Love Now passa os olhos e as guitarras pelas desconfortos da vida mundana actual (das fetichistas webcams à mobília de escritório).

Estes e outros ingredientes ajudaram à cozedura de “The Bar Is Low”, primeiro single extraído a este disco e que podem ouvir de imediato.

Soulwax libertam-se de 11 anos de silêncio
· POR Fernando Gonçalves · 16 Nov 2016 · 14:49 ·


Os irmãos David e Stephen Dewaele quebraram o silêncio. Onze anos depois do lançamento do seu último registo de originais, os Soulwax voltaram à carga com o tema “Transient Program for Drums and Machinery”.

A esta novidade junta-se o anúncio de uma tour europeia – sem passagem por Portugal - que verá juntar-se aos irmãos Dewaele o baixista Stefaan Van Leuven (membro original da banda), a cantora Laima Leyton (MIXHELL) e os bateristas Victoria Smith (Jamie T), Iggor Cavalera (Sepultura, MIXHELL) e Blake Davies (Turbowolf). Fiquem com os regressados Soulwx e esta “Transient Program for Drums and Machinery”.

É hoje! É hoje vamos com a brasileira LaBaq ao Café au Lait (Porto)
· POR André Gomes · 16 Nov 2016 · 14:38 ·
© Sofia Miranda
 
BODYSPACE AU LAIT:
Labaq
 
Café au Lait, Porto
16 de Novembro, quarta-feira
22:00 horas
 
Entrada livre

Citamos sem qualquer sentimento de culpa: “houve um tempo em que se encontrou suspensa no ar, olhando ali de cima todos os caminhos musicais que poderia percorrer e já havia percorrido, até chegar na linda – e nada dolorida – posição de mulher compositora, cantora, e instrumentista, sendo a guitarra elétrica o instrumento onde mais encontrou a versatilidade de poder brincar com mil sons, pedais e a adorável certeza de que nada precisa ser igual a nada: a constante mutação é que dita, dia após dia, a regra”. Apesar de ser na terceira pessoa, o texto anterior descreve na perfeição a natureza de Larissa Baq, ou LaBaq, uma das maiores promessas da música brasileira da actualidade. Larissa lançou em 2016 o seu disco de estreia, intitulado voa, e agora parece não haver grandes limitações para aquilo que LaBaq pode ser num futuro próximo. Para além de grande guitarrista, Larissa Baq é uma exímia escritora de canções. “Não precisa de nome” ou “Quiçá” são a prova disso. Chegou a hora de Portugal conhecer a sua grandeza.
Musicbox celebra o 10º aniversário com estilo
· POR Paulo Cecílio · 16 Nov 2016 · 14:15 ·


Valha a verdade, o Musicbox, em Lisboa, tem feito do ano inteiro uma enorme festa de aniversário em honra do 10º, mas é Dezembro que nos reserva uma fatia maior do bolo.

O espaço lisboeta acolherá, entre os dias 1 e 3 do próximo mês, vários concertos e DJ sets em que os destaques vão para a estreia dos Preoccupations (ex-Viet Cong, na foto) em Portugal, juntamente com o regresso do grande Gilles Peterson, havendo ainda Névoa, Samuel Úria e Ikonoklasta + MCK, entre outros. Tudo o que há para saber, incluindo preços de bilhetes, está aqui.

SOHN lança novo álbum em Janeiro
· POR Alexandra João Martins · 15 Nov 2016 · 17:10 ·
© Phil Knott

O produtor e músico britânico SOHN acaba de anunciar o lançamento do seu novo trabalho, Rennen, para o próximo dia 13 de Janeiro. Dois anos depois do álbum de estreia, Tremors, e de uma correria frenética a nível pessoal e profissional, como remete o titulo do disco, SOHN volta à carga e, para já, deixa-nos com o single "Conrad", que pode ser ouvido ali em baixo.

O músico, que trocou recentemente Viena por Los Angeles, anunciou também uma digressão mundial que, na Europa, passará por Londres, Paris, Bruxelas, Berlim, Milão, Viena, entre outras cidades.

Lisboa Dance Festival 2017: novas confirmações
· POR Fernando Gonçalves · 15 Nov 2016 · 14:48 ·


O alemão Marcel Dettmann e os Hercules & Love Affair são as novas confirmações do Lisboa Dance Festival, festival que se realizará nos dias 10 e 11 de Março do próximo ano. Estes dois nomes surgem depois de do anúncio da estreia em Portugal da norte-americana TOKiMONSTA e da presença dos Dekmantel Soundsystem para a edição 2017 deste festival que se quer impor como “a montra” por excelência das novas tendências da música electrónica global.

Em termos de bilhetes, os mesmos já se encontram à venda sob o formato passe geral “Early Bird” por 25 euros (edição limitada). Depois desta “oferta”, os passes passam a custar 35 euros até 31 de Dezembro, 45 euros até 9 de Março e 50 euros nos dois dias de festival. Fiquem com os Hercules & Love Affair e esta “Painted Eyes”.

O Termómetro vai subir
· POR Fernando Gonçalves · 15 Nov 2016 · 14:41 ·


Vinte e dois anos depois o Termómetro continua a dar cartas. O mais antigo festival de música moderna portuguesa está de regresso e, com ele, o desejo de muitas bandas, ainda desconhecidas, de darem o primeiro passo em direcção a uma carreira no mundo da música. Lisboa (Sabotage - dia 18 de Novembro), Leiria (Texas - 19/11), Porto (Rádio – 25/11) e Braga (Convento do Carmo -26/11) vão acolher as quatro eliminatórias do festival que acolherão, no total, 20 bandas (5 por eliminatória).

As cinco melhores apuram-se para a final a realizar-se no Teatro do Bairro em Lisboa. Candidatos a substituírem os leirienses Whales, vencedores da edição de 2015, no quadro de honra do Termómetro. Fiquem ali em baixo com os Whales e esta “Big Pulse Waves”.



Lisboa / Sabotage Club
Madrepaz, Legs and Arms, Bom Marido, TNT.Musik, Yafeni
 
Leiria / Texas Bar Leiria
Les Saint Armand, SWEET NICO, Mr. Gallini, Haēma, Them Flying Monkeys
 
Porto / Radio
Eden Lewis II, Baleia Baleia Baleia, Galo Cant'às Duas, Saloio, Captain Blue
 
Braga / Convento do Carmo
Malaboos, BIÉ - Rafael Fernandes, Jonny Abbey, The Missing Link, Cabeça de Peixe
Novo álbum de A Winged Victory For The Sullen
· POR Alexandra João Martins · 15 Nov 2016 · 11:30 ·
© Nick AndChloé

A Winged Victory For The Sullen, a colaboração única entre Adam Bryanbaum e Dustin O'Halloran, começa o novo ano com o lançamento do terceiro longa-duração, intitulado Iris.

O trabalho, editado pela Erased Tapes, chegará às lojas no dia 13 de Janeiro de 2017 e já pode ser pré-comprado através deste link. O single de avanço, "Galerie", também já está disponível gratuitamente para audição.

Jornalista lança "etnografia musical" de um Brasil contemporâneo
· POR Fernando Gonçalves · 15 Nov 2016 · 09:57 ·


Este camarada sem medo é, no caso, o brasileiro Ruy Sposati. Ruy que, de quando em vez, despe a sua pele de repórter e veste a de Ruspô, projecto de lo-fi tropical que já lhe valeu rasgados elogios por parte da BBC em 2013 (altura em que se estreou nas lides discográficas com Esses Patifes) está aí com o novo Dourados.

O seu segundo “filho” chega dia 15 de Novembro via Um Distante Maestro e vem carregado com as histórias que o jornalista/músico encontrou pelas estradas de nove estados brasileiros, naquilo que se poderá catalogar de “etnografia musical” de um Brasil contemporâneo.

A título de exemplo, Dourados relata ataques de fazendeiros paramilitares contra índios acampados na lona, colegas de escola assassinados pela polícia, uma vizinha na prisão, amores comunistas ou a forma como monges urinam peixes. Deste compêndio jornalístico musical sem medo chamado Dourados já é possível ouvir o single “Dourados State OF Mind”, tema com que vos deixamos por agora.

Jordan Ireland: nova banda, novo álbum
· POR Fernando Gonçalves · 15 Nov 2016 · 09:44 ·


Jordan Ireland with Purple Orchestra é o nome da banda e do álbum que com ela virá no próximo dia 20 de Janeiro. Liderado pelo o ex-guitarrista e letrista dos Middle East Jordan Ireland, este projecto é fruto de dois anos de intensas sessões de escrita e composição realizadas em parceria com Greg Walker (Machine Translations) no estúdio de Ireland em Melbourne.

Dessa “epopeia” nasceu o álbum Jordan Ireland with Purple Orchestra, disco em que sob um diáfano manto psicadélico se guardam sonoridades que vão desde os “ecos” de africanizados até uma pastoral flauta ou uma etérea voz feminina vinda de um hemisfério longínquo. Desta imensa cacofonia que dá pelo nome de Jordan Ireland with Purple Orchestra já se pode ouvir o primeiro single “East Coaster”, uma das nove faixas de que é composto este álbum.

smartini têm novo single
· POR Fernando Gonçalves · 14 Nov 2016 · 20:53 ·


Depois de aqui já termos anunciado o regresso dos smartini aos discos com Liquid Peace, lançamento a 18 de Novembro, e termos feito a première do primeiro single a ele retirado, eis que um novo tema acaba de estrear.

Chama-se “The Pleasure Of Details” e pretende ser um retrato sobre um “profundo estado de desorientação” procurando, simultaneamente, demonstrar a importância dos pormenores na vida quotidiana. Das Taipas para o mundo, “The Pleasure Of Details” pelos regressados smartini.

Elite Athlete com novo EP
· POR Paulo Cecílio · 14 Nov 2016 · 14:34 ·


O produtor João de Almeida, mais conhecido como Elite Athlete - e agora assinando como Aqua Matrix - lançou recentemente um novo EP.

Aqua Matrix é composto por quatro faixas techno que foram favoravelmente comparadas ao som de Detroit e tem edição da Crowdspacer, sendo que o disco pode ser ouvido e adquirido através deste link.

Rui Taipa deu-lhe o “Berro”
· POR Fernando Gonçalves · 11 Nov 2016 · 18:36 ·
© Alberto Almeida

Depois de se iniciar nas lides discográficas com Meis Dúzia de Histórias (2014), extended-play regado a folk com pitadas de funk, Rui Taipa apresta-se para lançar o seu primeiro longa-duração Berro em Abril do próximo ano. Sem destoar do seu lado de cantautor, o novo disco de Rui Taipa trará uma sonoridade mais “à la Feist, Buckley” a que se junta a novidade de se fazer acompanhar por uma banda composta pelos músicos Ricardo Fidalgo (The Acoustic Foundation), Gonçalo Salta (The Acoustic Foundation) e Nuno Machado (The Black Zebra).

Apesar de Berro só ver a luz do dia em Abril do próximo ano, Rui Taipa estará, hoje, pelas 23h30 no Espaço A em Freamunde a fazer a pré-apresentação do disco. Fiquem com o single “Joana”, tema gravado no inicio deste ano para o projecto “Rés Do Chão”.

Heather Woods Broderick em Portugal
· POR Fernando Gonçalves · 11 Nov 2016 · 18:18 ·


Irmã de Peter Broderick e colaboradora dos Efterklang, Heather Woods Broderick estará por terras lusas neste mês de Novembro. Coimbra, Fafe e Lisboa são as cidades escolhidas. Assim, no próximo dia 18 de Novembro, Heather estará no Convento de São Francisco em Coimbra, seguindo-se, no dia seguinte, uma viagem até ao Teatro-Cinema de Fafe culminando esta mini-tour num concerto na Igreja dos Ingleses em Lisboa no domingo dia 20 de Novembro, local onde se juntar-se-lhe-á a synth-folk dos portugueses Folclore Impressionista, banda que cruza sintetizadores com a imagética das tradições populares portuguesas e do universo cinematográfico.

Apesar do “peso” de carregar “Broderick” no nome, Heather, tem logrado encetar um caminho sólido enquanto artista a solo, chegou a colaborar com os Efterklang, que já lhe valeu dois álbuns: From The Ground (2009) e Glider (2015). Fiquem com Heather Woods Broderick e este “Wyoming”.

Warpaint regressam ao Alive
· POR Fernando Gonçalves · 11 Nov 2016 · 16:46 ·


Os quatro anjos californianos estão de volta a Portugal e ao NOS Alive. Depois de terem actuado no festival oeirense nos idos de 2012, as Warpaint regressam no próximo dia 7 de Julho para um concerto com Heads Up na manga, novo álbum do quarteto lançado este ano.

De referir que as Warpaint são o primeiro nome confirmado pela organização no que ao palco Heineken diz respeito. Em termos globais, este nome é já o quarto a ser lançado ao público depois de Depeche Mode, Foo Fighters e The Kills. Fiquem com o fabuloso “Whiteout”, segundo tema a saltar de Heads Up.

LASERS agora (também) é Beaumønt
· POR André Gomes · 11 Nov 2016 · 11:58 ·


O portuense João Lobato, conhecido como LASERS, agora será também conhecido por Beaumønt. O músico avisou nas redes sociais que faz "música quase todos os dias, ou seja, 99% dela não vê a luz do dia" por não se enquadrar com a estética de LASERS. E foi assim que nasceu este novo projecto.

Beaumønt nasce da necessidade que João Lobato (LASERS) sentiu de "ter um outlet para lançar música que não se enquadre propriamente na estética" da sua música habitual. Ou seja, "música à base de sintetizadores e feita sem pensar muito e sem preocupações, para além de simplesmente ser divertida e soar bem". Ouçam "Lights" ali em baixo.

Silêncio, morreu Leonard Cohen
· POR Fernando Gonçalves · 11 Nov 2016 · 11:21 ·


1934-2016.

Ghost Hunt lançam novo single
· POR André Gomes · 11 Nov 2016 · 11:12 ·
© Vera Marmelo

Os Ghost Hunt de Pedro Chau e Pedro Oliveira acabam de mostrar um novo single. O tema faz parte do mini álbum da banda que já se encontra disponível em CD através da editora Lux Records. 

O single em questão chama-se "Games" e continua a explorar aquele krautrock gostoso ao qual a banda lisboeta nos habituou nos últimos tempos. Podem ouvi-lo aqui em baixo, ao mesmo tempo que contemplam as belas e hipnóticas imagens que servem de videoclipe.

KKing Kong da Damaia estreia-se nos discos
· POR Fernando Gonçalves · 10 Nov 2016 · 15:53 ·
© Francisco Gomes

Neste caso não haverá loiras, a não ser o das cervejas, no topo de edifícios nem patrulhas áreas a rondar. É de música que aqui se fala, mais concretamente do primeiro EP, selo Enchufada, do produtor lisboeta KKing Kong. Damaia, homenagem ao bairro onde cresceu e se fez músico, é o resultado de um trabalho de exploração e reflexão sobre os caminhos do kuduro e do kizomba, géneros que acabam por aparecer no EP de estreia de KKing Kong com uma roupagem “nova” em função dessa abordagem alternativa.

O lançamento deste extended-play está marcado para amanhã, via digital, enquanto que os dias 2 e 3 de Dezembro (Lux e Maus Hábitos respectivamente) estão guardados para a apresentação oficial de Damaia ao vivo. Fiquem com o tema que dá nome ao EP, “Damaia”.

Juventude contra o fascismo
· POR Paulo Cecílio · 10 Nov 2016 · 15:47 ·


Em protesto contra a eleição de um filho da puta para presidente dos Estados Unidos, os Wolf Eyes anunciaram que a sua discografia Bandcampiana estará disponível para download pague-o-que-quiser durante 24 horas, ao fim das quais todos os lucros obtidos serão direccionados àqueles que mais precisam - nomeadamente, as minorias que agora serão alvo do filho da puta em questão.

O website dos Wolf Eyes também sofreu uma alteração engraçada, passando a dizer, apenas, fuck the patriarchy. Ide aí ao sítio, ide.

Escreve-se The xx e vão ter álbum novo
· POR Paulo Cecílio · 10 Nov 2016 · 15:32 ·


O primeiro álbum dos The xx é um clássico instantâneo. Ponto, final, parágrafo, e fodam-se se não acreditarem. O segundo é naquela, e continua a haver muito buzz e excitação q.b. em torno do trio para que fiquemos de boca aberta à espera do terceiro.

Depois de andarem a partilhar bocadinhos de canções no Spotify, os britânicos anunciaram hoje o lançamento de I See You, o seu terceiro álbum de estúdio, que chegará até nós no dia 13 de Janeiro via XL. E juntamente com esse anúncio mostraram "On Hold", electrónica dançável ao jeito de Outono que calha mesmo bem agora. Ouçam-na em baixo e confiram também o alinhamento.



01 Dangerous
02 Say Something Loving
03 Lips
04 A Violent Noise
05 Performance
06 Replica
07 Brave For You
08 On Hold
09 I Dare You
10 Test Me
Cave Story apresentam disco
· POR Paulo Cecílio · 10 Nov 2016 · 15:10 ·


A banda das Caldas irá até Lisboa, amanhã, para apresentar ao vivo os temas de West, o seu álbum de estreia, que sucede ao EP que lhes valeu tantas boas críticas e que os levou a tocar quase literalmente por todo o lado.

Os Cave Story estarão pelo Musicbox a partir das 22h30 de amanhã (bilhetes a 8€) e levarão consigo não só West mas também aqueles "velhos clássicos", como esta "Southern Hype". Vemo-nos lá?

A Zigur celebra o S. Martinho
· POR Paulo Cecílio · 10 Nov 2016 · 15:07 ·


A editora/entidade de Lamego irá oferecer castanhas e castanhadas, água-pé e pézinhos de dança num Magusto que terá lugar no próximo dia 11 de Novembro, que é como quem diz já amanhã.

O Maus Hábitos foi o espaço escolhido para a festa, e acolherá nomes como O Manipulador (na foto), Twisted Freak, Dragão Inkomodo e Baleia Baleia Baleia, para além do DJ set necessário para se ali ficar até às tantas. O Magusto da ZigurArtists começa pelas 22h e as entradas custam 4€. Saibam mais aqui.

Ao cuidado dos loucos: os Feelies estão de volta
· POR Paulo Cecílio · 10 Nov 2016 · 15:02 ·
© Gunyup Winter

Se alguma vez dançaram ao som dos Crazy Rhythms dos Feelies, esta notícia é para vós. Um dos maiores nomes da primeira vaga indie, à qual coloquialmente se chamou pós-punk, está de regresso com o seu primeiro álbum em seis anos.

In Between chegará até nós no dia 24 de Fevereiro através da Bar/None, mais de 40 anos após a fundação da banda, e foi produzido de forma caseira pelos guitarristas Glenn Mercer e Bill Million. Não existe ainda single ou alinhamento mas é coisa para prometer e muito.

Quarteto "all star" em disco e ao vivo
· POR Nuno Catarino · 10 Nov 2016 · 14:52 ·
© Vera Marmelo

O quarteto Dikeman / Vicente / Antunes / Ferrandini acaba de editar o disco de estreia. Este quarteto "all star" junta três dos mais afamados e versáteis improvisadores portugueses - Luís Vicente no trompete, Hugo Antunes no contrabaixo e Gabriel Ferrandini na bateria - ao saxofonista americano, actualmente a residir na Holanda, John Dikeman (sax alto e tenor). O grupo reuniu-se em janeiro deste ano de 2016, tendo na altura realizado uma pequena digressão de onde resultou um disco - agora editado pela label lituana No Business.

O quarteto anda agora em digressão pela Europa, apresentando a sua música pela Holanda, Alemanha, Suiça e Rússia. O quarteto apresenta-se em três concertos em Portugal e a Galeria ZDB, em Lisboa, vai acolher a sua actuação no dia 17 de Novembro (os bilhetes valem 6€ e poderão ser reservados através do email reservas@zedosbois.org). No dia 18 actuam no Salão Brazil (Coimbra) e no dia seguinte, 19, actuam em Viseu.


“Sua Majestade” tem álbum novo
· POR Fernando Gonçalves · 10 Nov 2016 · 14:46 ·


Não tem coroa ou ceptro mas tem majestade no nome e, mais importante do que tudo isto, tem um disco novo na forja. Demonstration é o novo longa-duração do californiano Drab Majesty e estará disponível a partir de dia 20 de Janeiro.

Jovens actrizes em ascensão, alcoólicos bem vestidos e velhas prostitutas transsexuais em Hollywood são os ingredientes que Drab Majesty mistura na panela aos quais junta guitarra e electrónica e da qual resulta este Demonstration. Álbum do qual já é possível provar este “Cold Souls”.

Noga Erez "estoira" com o governo
· POR Fernando Gonçalves · 10 Nov 2016 · 14:42 ·
© Ron Kohen

Já comparada a MIA ou fks Twigs a israelita Noga Erez acaba de se estrear com o politicamente engajado “Dance While You Shoot”.

Carregado de synths dominados pela voz hipnótica de Noga, “Dance While You Shoot” versa sob o controlo tentacular que o governo, no caso o israelita, exerce sobre a vida dos cidadãos e os mantêm na ignorância em relação à realidade. Fiquem com o explosivo tema de estreia de Noga Erez.

Novo de Jess Williamson veio do coração
· POR Fernando Gonçalves · 10 Nov 2016 · 14:31 ·


Coração que a fez regressar à sua Austin amada e compor um novo álbum. Heart Song é o resultado do processo introspectivo e revitalizante que a cantautora levou a cabo na sua cidade natal e que estará disponível na próxima sexta-feira.

Como referimos, Heart Song é o fruto colhido da “árvore do regresso” a Austin. Durante esse processo criativo, Jess visitou três casas onde já tinha vivido e, nelas, escreveu a sete canções de que é feito o disco naquilo a que a artista chama de “exorcismo”. Exorcismo que revela, agora, temas como “Heart Song” para ouvir a partir de agora.

Aleste: uma ilha movida a electrónica
· POR Fernando Gonçalves · 10 Nov 2016 · 14:27 ·


O Aleste Ilhatrónica, festival electrónico itinerante, vai voltar a assolar, pela terceira ano consecutivo, a capital da Região Autónoma da Madeira este sábado. O alinhamento deste sábado vai contar com o “sonho electrónico” de Elijah Wood e Zach Cowie denominado Wooden Wisdom, o projecto do produtor Marco Antão aka Switchst(d)ance, o local D-Law e DJ Fitz.

As portas do Mercado dos Lavradores, local onde se realiza o festival, abrem pelas 21 horas e os bilhetes têm o preço único de 10 euros. Fiquem com a performance dos Wooden Wisdom no Monterrey City Fest.

The Kills no Alive 2017
· POR Fernando Gonçalves · 09 Nov 2016 · 16:46 ·


Depois das confirmações dos Foo Fighters e dos Depeche Mode, a organização do festival oeirense acaba de atirar com mais uma acha para a fogueira. Desta feita são os The Kills, banda que acabou de passar por Lisboa e Porto. Com um Ash & Ice a fazer a rodagem, os The Kills sobem ao palco NOS no mesmo dia em que a banda de David Grohl , 7 de Julho.

A edição de 2017 realiza-se nos dias 6, 7 e 8 de Julho do próximo ano com os bilhetes a custarem entre os 59 (bilhete diário) e os 129 euros (passe geral). Fiquem com os The Kills e o primeiro single de Ash & Ice “Doing It To Death”.

"Bendita" Margarida Pinto volta para tirar os pecados do mundo
· POR Fernando Gonçalves · 09 Nov 2016 · 16:43 ·


Ou não. Só volta e pronto. “Bendita Era Eu” é o primeiro tema a ver a luz do dia depois de um período de sete anos em que a ex-vocalista dos Coldfinger não libertou qualquer “original”.

Pertença do seu terceiro registo discográfico, depois de Apontamento de 2005 e A Aprendizagem de 2009, o novo e ainda inominável novo álbum de Margarida chegará com o bafo do novel ano e representará, de acordo a sua assessoria de imprensa, “um recomeço” assente num processo de “transformação pessoal e criativa” de que é prova a o cruzamento da língua portuguesa com uma sonoridade “assumidamente” mais global. Fiquem com “Bendita Era Eu”.

Lambchop ao vivo e a cores em Portugal
· POR Fernando Gonçalves · 09 Nov 2016 · 16:11 ·


A banda norte-americana vai levar o seu novo FLOTUS a passear e Portugal foi um dos destinos escolhidos. Lisboa (Teatro Maria Matos) no dia 17 de Janeiro e Espinho (Auditório) no dia seguinte servirão de palco para os Lambchop.

Os bilhetes, de custo único para os dois concertos, variam entre os 14 euros para Lisboa e os 12 euros para Espinho. Fiquem com “NIV”, segundo single extraído a FLOTUS (qualquer coisa como como “For Love Often Turns Us Still”), disco lançado no passado dia 4 de Novembro.

Blues na Culturgest
· POR Nuno Catarino · 09 Nov 2016 · 09:47 ·


A Culturgest volta a apresentar na próxima semana, entre os dias 19 e 23 de Novembro, mais uma edição do "Hootenanny". O ciclo dedicado ao blues, comissariado por Ruben de Carvalho, abre no sábado, dia 19, com a actuação de Ana Popovic. Na segunda-feira, dia 21, actua o americano Catfish Keith.

E o ciclo encerra na quarta-feira, dia 23, com os portugueses Serushio - duo de Sérgio Silva e José Vieira. O concerto do grupo de Popovic terá lugar no grande auditório, os restantes concertos irão decorrer no pequeno auditório, sempre às 21h30.

Corona, putas e vinho verde
· POR Fernando Gonçalves · 08 Nov 2016 · 17:55 ·


Depois de editarem Lo-Fi Hipster Sheat e Lo-Fi Hipster Trip (2014 e 2015 respectivamente) o Conjunto Corona voltou à carga. Carga pesada passada na Rua Cimo de Vila no Porto, lugar de “karaté rasteiro” e sífilis à descrição que serve de inspiração ao seu terceiro disco Cimo de Vila Velvet Cantina (edição Meifumado).

Depois da ascensão e queda narradas nos álbuns anteriores, este terceiro capítulo gira à volta do estabelecimento que o personagem Corona, influenciado pelo seu novo role model (o reconhecido entrepreneur de Las Vegas Big Daddy Carlos), decide abrir em Cimo de Vila. “Da fusão entre o prestigiado “Velvet Margarita Cantina” e a Rua de Cimo de Vila nasce o “Cimo de Vila Velvet Cantina”, um local que não tem multibanco, mas que lhe pode proporcionar uns bons momentos de lazer na baixa da Cidade Invicta”, assim a assessoria de imprensa do Conjunto o define.

Para além destas fontes de inspiração e explicações, Cimo de Vila Velvet Cantina, álbum que navega entre o hip-hop e o rock psidacélico, contou com as participações de Kron Silva, Alferes M, Mike El Nite, 4400 OG, Fred&Barra, Miguel Azevedo (Plus Ultra) e ainda Alvy Vegas (alter ego de Álvaro Costa). Fiquem com o Conjunto Corona e este Cimo de Vila Velvet Cantina na integra.

Natalie Bouloudis estreia-se com Burning Pier
· POR Fernando Gonçalves · 08 Nov 2016 · 17:52 ·


Depois de servir de “suporte” para Jasmine Rodgers e encarnar o “papel” de guia cultural (o seu trabalho original) Natalie Bouloudis quis mais. Desse querer apresta-se para nascer o seu primeiro single Burning Pier, obra com estreia prevista para o dia 2 de Dezembro.

Inicialmente derivada de uma história que a própria escreveu (ela escrevia poemas e contos para passar o tempo) Burning Pier passa-se num universo ficional em que os cais de Brighton, Hastings e Eastbourne estão em chamas, tentando com isso, meditar sobre como os desastres nos fazem pensar sobre os erros do Passado e questionar o Futuro. Fiquem com a audição deste “Burning Pier”.

Le Ton Mité desafia o silêncio
· POR Fernando Gonçalves · 08 Nov 2016 · 17:45 ·


Um desafio tecido com a música de Passé Composé Futur Conditionnel, álbum de Le Ton Mité que quebra os limites do silêncio em Fevereiro próximo. Ao longo dos últimos dois anos o líder do colectivo, McCloud Zicmuse dedicou o seu tempo a viajar, escrever e tocar e, desse périplo, trouxe uma mão cheia de novas canções. Algumas delas, serão feitas disco em Passé Composé Futur Conditionnel, outras, estão prestes a serem editadas, em jeito de antecipação, sob o nome Mystery Trail to Space Needle.

Este último EP é, de acordo com o próprio, “um microcosmos de aventuras entre o passado e o presente” regado a pop (uma novidade na sonoridade Le Ton Mité). De Passé Composé Futur Conditionnel ainda não há faixas para audição mas há “Space Needle” retirada a Mystery Trail to Space Needle que se chega à frente.

A Planalto faz a festa
· POR Paulo Cecílio · 08 Nov 2016 · 17:41 ·


A editora dará a sua primeira festa no próximo dia 2 de Dezembro, no Sabotage, em Lisboa, no qual apresentarão também três discos novos de três artistas seus: Ana, AWELESS e Gobi Bear (na foto). A entrada custa 6€ e ainda tem direito a uma cópia do novo EP do ursinho, homónimo.

Já agora: o segundo single do mesmo, "Unloved", também já está disponível - e conta com a ajuda de Emmy Curl. Saibam mais aqui.

Nada Surf em Portugal
· POR Paulo Cecílio · 08 Nov 2016 · 15:59 ·


A banda norte-americana está de regresso a Portugal para apresentar o seu último álbum, You Know Who You Are, editado em Março passado. O concerto terá lugar na novíssima Lisboa Ao Vivo, na Av. Infante D. Henrique (pertinho da estação de Braço de Prata), no próximo dia 26 de Novembro.

Os bilhetes estão já à venda: custam 18 euros. A última vez que os Nada Surf por cá estiveram, partilharam o palco com Morphine, Body Count e Pinhead Society... Só para deixar bem clara a dimensão histórica da coisa.

Caribou já trouxe as prendas
· POR Paulo Cecílio · 08 Nov 2016 · 15:56 ·


O Natal já existe nas ruas e na cabeça de Dan Snaith. O senhor canadiano mais conhecido como Caribou não tem ainda quaisquer notícias sobre o sucessor de Our Love, mas foi aos seus arquivos no sentido de dar umas boas prendas aos fãs.

Snaith disponibilizou, no seu Bandcamp, cinco discos para download em modo pague-o-que-quiser, incluindo os que lançou enquanto Caribou Vibration Ensemble (e que são do caraças). Está tudo para escuta e regozijo, aqui mesmo.

Vem aí novo de Surfer Blood
· POR Paulo Cecílio · 08 Nov 2016 · 15:50 ·


Boas notícias: os Surfer Blood estão já a preparar o sucessor do óptimo 1000 Palms, editado no ano passado. O quarto álbum dos norte-americanos terá como título Snowdonia e chegará até nós em 2017, mais concretamente em Fevereiro, no dia 3.

Recorde-se que este será o primeiro disco sem um dos membros fundadores, Thomas Fekete, que perdeu a sua batalha contra o cancro no passado mês de Maio. O primeiro single está já disponível para escuta e tem como título "Six Flags In F Or G".

Toro y Moi junta-se a Mattson 2
· POR Alexandra João Martins · 08 Nov 2016 · 11:11 ·


Chaz Bundick meets Mattson 2 é o título do álbum de estreia da parceria entre Bundick, mais conhecido pelo seu projecto enquanto Toro y Moi, e o duo formado pelos irmãos Jared (guitarra e baixo) e Jonathan Mattson (bateria). O trabalho, composto no total por oito faixas, tem data de lançamento marcada para dia 31 de Março de 2017, pela editora Company Records.

O single de avanço já pode ser ouvido aqui e dá pelo nome "Star Stuff". Um combo intergaláctico com raízes nos universos da música improvisada e psicadélica mas também no jazz, cruzando influências que vão desde Sun Ra, Miles Davis, Serge Gainsbourg, Arthur Verocai ou The Zombies.

Muvi 2016: a Hidra das Artes
· POR Fernando Gonçalves · 08 Nov 2016 · 10:08 ·


Da 1ª, a Música, à 7ª, o Cinema, o Muvi – Festival Internacional de Música no Cinema de Lisboa passa, de forma transversal, os olhos pelas várias Artes. A prova surge com o cartaz para a edição deste ano. Cinema que se mescla com Música, Música que é Cinema e as duas que são exposições numa mostra que se realiza entre 29 de Novembro e 5 de Dezembro nos vários espaços do Cinema São Jorge em Lisboa.

Homenagens a David Bowie (exibição do filme “O Labirinto” de Jim Henson datado de 1986), Lemmy Kilmister (exibição do doc “Lemmy” de Wes Orshoski e Greg Olliver) e Pedro Cláudio (fotógrafo e realizador de vários vídeos de música), os 35 anos dos Heróis do Mar (debates e projecções vídeo) e filmes com os Capitão Fausto e Filho da Mãe a que se juntam exposições e a, óbvia, secção competitiva do festival.

Secção que, este ano, conta com filmes portugueses como "Enterrado na Loucura - Punk em Portugal 82-88", de Hugo Conim e Miguel Newton, “Benjamim: Auto Rádio”, de Gonçalo Pôla, "Capitão Fausto: Pontas Soltas", de Ricardo Oliveira, "The Parkinsons: A long way to nowhere", de Caroline Richards, e "Filho da mãe: Rendufe“, de Miguel Filgueiras a que se adicionam os “estrangeiros” "Hired Gun", de Fran Strine, "I Am The Blues", de Daniel Cross, "Melody of Noise", de Gitta Gsell, ou "Filhos de Bach", de Ansgar Ahlers.

Para além deste caleidoscópio orgiástico de Música e Cinema, quem se deslocar ao São Jorge poderá, ainda, assistir aos concertos de Patrulha do Purgatório, Malaise, Montalvor, Bichos, Viper, Vircator, Urso Bardo e Charlie Mancini - filme concerto "Mar de Sines”, de Diogo Vilhena.

Em relação aos bilhetes, os preços variam entre os 4 euros para a generalidade das sessões de cinema; 3,5 euros para menores de 25 e maiores de 65; 5 euros para 3 concertos de sexta e sábado; 4,5 para menores de 25 e maiores de 65; depois há eventos gratuitos todos os dias na sala 2; e o Mar de Sines - filme + filme-concerto a 5 euros (sala 3 + sala 2, quinta, às 21h15) e o filme + concerto do punk a 9 euros, 8 para menores de 25, maiores de 65 (sala 3 + sala 2, quarta, às 21h15.

Virginia Wing full stream straight ahead
· POR Fernando Gonçalves · 08 Nov 2016 · 09:30 ·


Diz o povo que para a frente é que é caminho. Frase plena de sabedoria empírica que assenta como uma luva no duo britânico Virginia Wing. Já aqui tínhamos noticiado o advento de um novo álbum na discografia da banda, agora, chegou o tempo de lançar no mundo português, com a benção dos próprios, o rebento Forward Constant Motion.

Menos experimental do que o seu antecessor Measures Of Joy (2014), Forward Constant Motion move-se pelos férteis campos do synth-pop e tem estreia marcada aqui e agora em full stream.

Damien Jurado + Richard Swift: em busca das “canções dos outros”
· POR Fernando Gonçalves · 08 Nov 2016 · 09:20 ·


O duo resolveu, depois da colaboração de Richard no álbum de Jurado Saint Bartlett (2010), voltar a dar o nó mas, desta feita, para um disco de covers a que deram o título de Other People’s Songs, Volume 1. Com estreia prevista para dia 2 de Dezembro via Secretly Canadian, o álbum só acaba por ser novidade no “plano físico” uma vez que, o mesmo, já foi lançado digitalmente em 2010.

Dentro, o ouvinte vai encontrar uma digressão sónica pelos anos 60 e 70 norte-americanos, de que John Denver é um dos exemplos. Para ajudar a colorir o lançamento físico deste Other People’s Songs, Volume 1, o duo libertou “Hello Sunshine”, primeiro single do disco que podem ouvir a partir de agora.

Bodyspace leva brasileira LaBaq ao Café au Lait (Porto)
· POR André Gomes · 07 Nov 2016 · 16:25 ·
© Sofia Miranda
 
BODYSPACE AU LAIT:
Labaq
 
Café au Lait, Porto
16 de Novembro, quarta-feira
22:00 horas
 
Entrada livre

Citamos sem qualquer sentimento de culpa: “houve um tempo em que se encontrou suspensa no ar, olhando ali de cima todos os caminhos musicais que poderia percorrer e já havia percorrido, até chegar na linda – e nada dolorida – posição de mulher compositora, cantora, e instrumentista, sendo a guitarra elétrica o instrumento onde mais encontrou a versatilidade de poder brincar com mil sons, pedais e a adorável certeza de que nada precisa ser igual a nada: a constante mutação é que dita, dia após dia, a regra”. Apesar de ser na terceira pessoa, o texto anterior descreve na perfeição a natureza de Larissa Baq, ou LaBaq, uma das maiores promessas da música brasileira da actualidade. Larissa lançou em 2016 o seu disco de estreia, intitulado voa, e agora parece não haver grandes limitações para aquilo que LaBaq pode ser num futuro próximo. Para além de grande guitarrista, Larissa Baq é uma exímia escritora de canções. “Não precisa de nome” ou “Quiçá” são a prova disso. Chegou a hora de Portugal conhecer a sua grandeza.
Nova música de Tundra Fault
· POR Alexandra João Martins · 07 Nov 2016 · 14:43 ·


"Equilibrant". Assim se chama a nova música de Tundra Fault, projecto de música electrónica do português Miguel D, que teve raízes em Londres, em 2015, passou pelo Porto e se sedeis agora no Minho, mais precisamente em Braga.

Depois do EP, Coherent Groundworks, lançado neste verão, Miguel volta à carga com esta faixa de cerca de treze minutos, trilhando o seu caminho no panorama da música electrónica nacional. A música está disponível para download gratuito no bandcamp do projecto.

PAPISA: o Brasil não pára de surpreender
· POR André Gomes · 07 Nov 2016 · 14:29 ·


A brasileira Rita Oliva, que faz parte dos Cabana Café e Parati, prepara-se para lançar um disco a solo assinando como PAPISA. O single que escolheu para apresentar este projecto, "Instinto”, é uma pequena maravilha de psicadelismo e evasão.

O tal disco, do qual ainda se sabe pouco, chega em 2017. O single pode ser ouvido aqui em baixo. O belíssimo videoclipe ajuda a transformar a experiência em algo ainda mais proveitoso. Não cansamos de o dizer: no que toca à música, o Brasil está muito bem e recomenda-se.

Elle Heaven V: Morgan Freeman explicou e desapareceu
· POR Fernando Gonçalves · 07 Nov 2016 · 14:08 ·


Sabemos que são portugueses, apesar do inglês ser a sua ferramenta de trabalho, e sabemos, também, que lançaram um vídeo em que Morgan Freeman (ou alguém muito aparentado) anunciava a sua vinda ao mundo a 5 de Novembro, vídeo entretanto retirado da net. Ao mundo vieram, a 5 como prometido, e trouxeram consigo o vídeo para o tema “Doctor C Will Blow Your Mind”. É tudo o que sabemos.

Bom, não tudo. O clip vídeo foi realizado por Daniel Leal Machado, realizador que nos confidenciou que também pouco sabe, a não ser que o primeiro álbum destes "anonymous” fará revolução lá para Abril e foi gravado numa Junta de Freguesia desactivada ou tomada de assalto. Certezas não as há e este realizador não é PJ. Com tanto mistério só nos resta o poema popular inglês dedicado ao revolucionário Guy Folkes: “Remember, remember! The fifth of November, The Gunpowder treason and plot; I know of no reason Why the Gunpowder treason Should ever be forgot!” Para lembrar ou nunca mais esquecer fiquem com “Doctor C Will Blow Your Mind” pelos Elle Heaven V:

Dropkick Murphys a caminho do nono com dor e glória
· POR Fernando Gonçalves · 07 Nov 2016 · 12:15 ·


Está prestes a estoirar por aí o nono álbum de estúdio dos norte-americanos Dropkick Murphys intitulado 11 Short Stories Of Pain & Glory e que tem estreia marcada para dia 6 de Janeiro. 11 Short Stories Of Pain & Glory (não, não é uma homenagem ao “onze” sportinguista) é uma jornada inspirada pelo trabalho da banda junto da The Claddagh Fund, uma fundação que ajuda toxicodependentes, crianças e veteranos de guerra.

Deste trabalho e das suas dificuldades, os Dropkick Murphy fizeram um disco-revolta contra o, para eles, injusto sistema social e político norte-americano. Fiquem com “Blood”, tema extraído a 11 Short Stories Of Pain & Glory.

Kadypslon atinge maioridade no Refúgio
· POR Fernando Gonçalves · 07 Nov 2016 · 12:13 ·


Depois de ter andado arredado da cena musical durante uma década, o rapper lisboeta, radicado em Peterborough (Inglaterra), voltou ao activo em 2010 com uma demo que acabou por, três mais tarde, lhe valer o primeiro EP Pandemonium. Mais três anos volvidos e chega com “um refúgio” entre braços.

Dezembro é o mês que marca a “ascensão” aos longa-duração por parte de Kadypslon. Refúgio é o nome da sua maioridade e vem com o selo da Music In My Soul. Compêndio de influências e experiências o álbum vem com este “Malta Perdida” lá dentro, primeiro single a brotar do LP.

Bing & Ruth sem abrigos mentais
· POR Fernando Gonçalves · 07 Nov 2016 · 11:59 ·


Pois é, a mente aberta sem desculpas ou esconderijos, assim parece ser o mote do novo disco dos “minimalistas” Bing & Ruth No Home Of The Mind.

Com estreia prevista para o próximo ano (17 de Fevereiro via 4AD), No Home Of The Mind explora as potencialidades da percussão no que ao piano diz respeito juntando-lhe, em simultâneo, linha de baixo a piscar o olho ao transcendente numa obra que o colectivo de David Moore denomina de “música clássica para novos limites”. Fiquem com o primeiro single “Starwood Choker”.

Foxygen têm novo álbum
· POR Fernando Gonçalves · 07 Nov 2016 · 11:57 ·
© Cara Robbins

Hang de seu nome é o terceiro na conta discográfica da banda de Sam France e Jonathan Rado e tem estreia prevista para dia 20 de Janeiro pela mão da Jagjaguwar.

Escrito e produzido pelo duo, Hang conta, ainda, com as colaborações de Steven Drozd dos Flaming Lips, Lemon Twigs, Matthew E. White e de uma orquestra sinfónica de 40 elementos. Toda esta parafernália de operativos construíram um álbum do qual acaba de sair o segundo single “Follow The Leader”, tema que sucede a “America”.

Shampa estreia álbum em Fevereiro
· POR Alexandra João Martins · 07 Nov 2016 · 10:23 ·


Depois dos EPs Sundanza (2010) e Dual (2013), Shampa anuncia o seu álbum de estreia. Process será lançado a 3 de Fevereiro do próximo ano pela reconhecida editora Young Turks. O trabalho já se encontra disponível para pré-venda através deste link. Para já, podem ser escutados os singles de avanço do disco, "Timmy's Prayer" e "Blood on me", bem como os respectivos videoclips.

Além disso, o músico e produtor, que já colaborou com artistas como Drake, Kanye West, Frank Ocean ou Solange, anunciou uma digressão mundial que passará por Tóquio, Nova Iorque, Londres, Toronto, Paris, Berlim, Milão e Amesterdão, entre outras cidades.

Novo disco das islandesas Amiina a caminho
· POR André Gomes · 04 Nov 2016 · 16:43 ·


As islandesas Amiina, colaboradoras de longa data dos também islandeses Sigur Rós, preparam-se para lançar um novo disco. O disco chega no final de Novembro, mais precisamente no dia 25. Chama-se apenas Fantômas.

O primeiro single do disco chama-se "Telegram" e pode ser ouvido ali em baixo. E é bem bonito. O álbum pode ser desde já encomendado nas suas várias versões: digital, CD e vinil.

JFDR: está aí finalmente o primeiro single da islandesa
· POR André Gomes · 04 Nov 2016 · 16:20 ·


A islandesa Jófríður Ákadóttir está em todas. Está em Pascal Pinon, está em Samaris - e mais. E a partir de agora está oficialmente a solo. Acaba de ser mostrado ao mundo o seu primeiro single - e o respectivo vídeo. "White Sun" pode ser ouvido e visto ali em baixo e é uma pequena maravilha.

O disco de estreia de JFDR chegará finalmente, e gloriosamente, algures nos próximos meses. Convém não esquecer que a islandesa foi estrela - brilhante, diga-se - no número 163 da Videoteca Bodyspace.

Arrastão invade Musicbox
· POR Fernando Gonçalves · 04 Nov 2016 · 15:49 ·


Um Arrastão pacífico, espera-se. Arrastão de música pela editora brasileira do mesmo nome que estará, pela primeira vez, em Portugal. Liderada pelo DJ e produtor carioca Omulu, a Arrastão estreia-se por terras lusas no dia 12 deste mês com uma festa no Musicbox em Lisboa.

Tendo por missão mapear e promover novos artistas que “dialogam com a diversidade das sonoridades periféricas do Brasil e do mundo”, a Arrastão, já contou nos seus lançamentos com o suporte de artistas reconhecidos da cena electrónica internacional como Tropkillaz, Diplo, Skrillex, GTA, Flosstradamus, Baauer e Branko. Nesta estreia, as honras da casa serão feitas por KKiNG KONG (produtor lisboeta, Enchufada), IOIA (Arrastão) e, claro está, o líder deste arrastão musical Omulu. Fiquem com Omulu + King Doudou e este “Baile Saboroso”.

Isasa: "novo" primitivismo a caminho
· POR Fernando Gonçalves · 04 Nov 2016 · 15:39 ·
© Maria Eugenia-Serrano Diez

Para Isasa, dias sem a sua guitarra “chorar” primitivismo não são dias. A prova vem com o novo álbum de originais deste espanhol, Los Días, disco em que o clássico "primitivismo americano" encontra trilhos mais "meridionais".

Com lançamento previsto para dia 25 de Novembro, o novo álbum do guitarrista é, de acordo com a sua editora, “um passo, mais, na procura pela sua voz” através de nove faixas forjadas a guitarra (eléctrica e acústica) e banjo que o aproximam da música tradicional sul-americana (uma das suas grandes influências) em detrimento de um som mais “norte-americanizado”. Fiquem com “Aina”, primeiro single retirado a Los Días.

Check Out ou o sonho contemporâneo de Da Vinci
· POR Fernando Gonçalves · 04 Nov 2016 · 15:31 ·


Som, imagem e palavra. Trindade glorificada num projecto em que a sensibilidade e o bom gosto atingem o zénite. Falamos de Check Out, um disco que é livro e livro que se transmuta em fotografia com lançamento marcado para o dia 2 de Dezembro via Hornschaft. Trindade dividida em três secções: excesso, exposição e morte; Check Out é uma obra “davinciana” da autoria do duo Alessandro Incorvaia e Giordano Simoncini, músicos e fotógrafos.

Do excesso que alonga o tempo e o espaço à exposição desmesurada que nos deixa “nus” perante um mundo construído em solidão (morte por não encontrarmos o nosso lugar na Natureza) até à morte devido a essa demasiada e pesada exposição ou à morte por excesso de “presença”, este álbum/foto-livro composto por dezenas de fotografias e 5 músicas avança como a condensação e conclusão natural desta sequência filosófica/artística. Sem qualquer das músicas ainda disponível para audição, fiquem com este pequeno teaser do que podem encontrar dentro deste Check Out:

Avante Black e o dinheiro para a droga
· POR André Gomes · 04 Nov 2016 · 12:09 ·


Avante Black é o projecto liderado por Ottilia Zimmerman Kjulsten, uma jovem sueca de 22 anos que vive em Londres. O single de estreia da banda chama-se "Drug Money" (começam bem) e pode ser ouvido ali em baixo.

O tema em questão foi produzido em Londres por Luke Smith (Foals, Petite Noir, Depeche Mode). E parece ser o primeiro de muitos. Que é como quem diz: há mais novidades a serem preparadas e um EP ou disco deverão chegar até nós muito em breve. 

Um triângulo, um amor, bizarria e dois concertos
· POR Fernando Gonçalves · 04 Nov 2016 · 11:23 ·


Lisboa e Bragança são as cidades escolhidas pelos espanhóis Triângulo de Amor Bizarro no seu regresso a terras lusas. No dia 4 de Novembro a banda galega romperá Valença adentro para, de guitarras em punho, se dirigirem ao Sabotage, Lisboa onde farão o primeiro dos concertos desta mini-tour por Portugal.

Concerto começado, concerto acabado, os Triângulo de Amor Bizarro, recolhem o material e dirigem-se com o seu shoegaze até Bragança para uma actuação inserida na celebração dos nove anos de existência da promotora brigantina Dedos Biónicos. Para Lisboa os bilhetes custam 8 euros enquanto para Bragança se ficam pelos seis. Fiquem com os Triângulo de Amor Bizarro e este “Estrellas Místicas”.

Além das Horas, em disco e ao vivo
· POR Nuno Catarino · 04 Nov 2016 · 10:53 ·
© Márcia Lessa

A versátil cantora Rita Maria prepara-se para editar um novo disco em duo com o guitarrista Afonso Pais. O disco tem por título Além das Horas e terá edição pela editora alemã ENJA Records. A acompanhar a cantora e o guitarrista estão Albert Sanz (piano), António Quintino (contrabaixo) e Luís Candeias (bateria).

Segundo a cantora, este novo disco "reflecte o lado composicional do Afonso, foi tudo feito de raiz... e ele também se revela como letrista neste álbum, o que é uma novidade!" O novo disco será apresentado ao vivo em duas noites, a 16 e 17 Novembro, às 21:30, no Auditório do Liceu Camões, em Lisboa.

Moon Duo: Yin/Yang em álbum
· POR Fernando Gonçalves · 04 Nov 2016 · 10:44 ·
© Antonio Curcetti

A banda de Ripley Johnson e Sanae Yamada têm novo registo na calha. Occult Architecure Vol. 1 é a sua graça e vem, como o próprio nome indica, dividido em volumes, dois para sermos mais precisos. Este, o primeiro, será lançado no próximo dia 3 de Fevereiro via Sacred Bones.

Quarto álbum do duo norte-americano, este Occult Architecture Vol.1 representa, de acordo com a informação recolhida, um ponto de viragem na sonoridade dos Moon Duo, com a inclusão de novas texturas e um apetite renovado por novas paisagens sonoras, ou aquilo que a banda denomina de “Yin/Yang qualities”. Estas e outras características já podem ser tiradas a limpo com o primeiro single retirado a Occult Architecture Vol.1, “Cold Fear”.

Michael Mayer no Lux
· POR Paulo Cecílio · 04 Nov 2016 · 10:38 ·


Um dos gigantes da electrónica está de regresso a Portugal e ao Lux, agora com &, novo álbum, na bagagem; Michael Mayer, produtor extraordinaire e patrão da Kompakt, passará pela discoteca lisboeta para um set que provavelmente será melhor descrito como sentir o pedal, onde o techno traz amor e o amor é techno.

Ou algo assim. Michael Mayer passa pelo Lux no dia 18 de Novembro e tudo o que querem saber está aqui, no evento de Facebook.

Allen Halloween em Cellos, maricón
· POR Paulo Cecílio · 04 Nov 2016 · 10:33 ·


Seria uma confirmação de peso em qualquer festival do mundo, calhou ao Cellos Rock a sorte - Allen Halloween passará pelo Minho no próximo dia 19 de Novembro, encerrando assim o cartaz de um festival que já contava com nomes como HHY & The Macumbas, Alek Rein, Fugly, Tó Trips & João Doce e PISTA.

Os bilhetes estão à venda por 8€, 5€ se só quiserem ir um dia, e todas as informações de que precisam estão aqui.

PZ lança novo single
· POR André Gomes · 04 Nov 2016 · 10:08 ·


"A vida é bela mas a gente caga nela". Quem o diz é PZ, que está de volta com um novo single retirado do seu próximo álbum. O tema chama-se "Caga Nela" e pode ser ouvido e visto (vídeo foi realizado por Alexandre Azinheira) ali em baixo.

O sucessor de Mensagens da Nave-Mãe sairá no primeiro trimestre de 2017 e será o quarto álbum da carreira de PZ. Fica o aviso: PZ apresenta-se ao vivo e de pijama em Lisboa, a 26 de Novembro, no Vodafone Mexefest (Cinema São Jorge / Sala Montepio).

Dance Festival já tem nomes
· POR Paulo Cecílio · 04 Nov 2016 · 10:03 ·


O Lisboa Dance Festival começou este ano e esperará, certamente, firmar-se nos seguintes. Já há datas para a segunda edição do evento, que se realiza a 10 e 11 de Março no LX Factory, e também já há nomes.

Tokimonsta (na foto) estrear-se-à em Portugal um ano após editar Fovere, o seu quarto álbum de estúdio, e os holandeses Dekmantel Soundsystem juntar-se-ão a ela para fazer a festa. Uma edição limitada de bilhetes para "pássaros madrugadores" já se encontra à venda por 25€.

O Mexefest está mesmo a mexer
· POR Fernando Gonçalves · 03 Nov 2016 · 18:50 ·
© Diana de Sá

O Vodafone Mexefest anunciou esta semana o cartaz completo para dois dias de altos e baixos pela Avenida da Liberdade, que para além das salas todas bonitas onde já se desenrolava contará, este ano, também com o Capitólio.

Entre as novas confirmações contam-se Luís Severo (na foto), aka Cão da Morte, Celina da Piedade, Fábia Rebordão ou Golden Slumbers, entre outros, sendo que existirá também espaço para a spoken word - por parte de gente como Mike El Nite - e ainda concertos gratuitos e surpresa de "bandas mais consagradas" (esperamos para ver). O cartaz já contava com gente bonita como Elza Soares e Meg Baird e os bilhetes estão à venda por 45€.

Sons Em Trânsito está de regresso
· POR Fernando Gonçalves · 03 Nov 2016 · 18:45 ·


A sétima edição do Sons Em Trânsito – Festival de Músicas do Mundo de Aveiro já está em marcha. De 23 a 26 de Novembro o Teatro Aveirense servirá de palco a músicos de Angola, Brasil, Cabo Verde, Espanha ou Mali, numa festança de música global que põe fim a um interregno de nove anos desde que, ali, se realizou a última edição do evento. Mayra Andrade (Cabo Verde),Toumani & Sidiki Diabaté (Mali), Vicente Amigo (Espanha), Céu (Brasil), Elza Soares (Brasil), Aline Frazão (Angola), Ed Motta (Brasil) e Amadou & Mariam (Mali) são “o programa” que se estenderá por quatro dias na “Veneza portuguesa”.

Os bilhetes para este regresso já se encontram disponíveis e variam entre 18 e 22 euros. De referir que este festival é organizado pela Sons Em Trânsito em parceria com o Teatro Aveirense e a Câmara Municipal de Aveiro. A programação por dia pode ser consultada ali em baixo.



23/11/2016
Toumani & Sidiki Diabaté (Mali)
Mayra Andrade (Cabo Verde)
 
24/11/2016
Vicente Amigo (Espanha)
Céu (Brasil)
 
25/11/2016
Aline Frazão (Angola)
Elza Soares (Brasil)
 
26/11/2016
Ed Motta (Brasil)
Amadou & Mariam (Mali)
Não é gralha, Joana Guerra soltou os cavalos
· POR Fernando Gonçalves · 03 Nov 2016 · 18:41 ·
© Estelle Valente

Depois de uma Gralha que a lançou no panorama da música feita em Portugal, Joana volta “à guerra” com o novo registo Cavalos Vapor, álbum com estreia marcada para dia 7 de Novembro via Revolve.

Composto em colaboração no formato trio, Cavalos Vapor é o explorar de novos trilhos na arte da composição para a violoncelista, que estende a sua escrita às colaborações com o violinista Gil Dionísio e o percussionista Alix Sarrouy, numa narrativa em que o erudito encontra um folclore “familiarmente” português. Deste Cavalo Vapor de “oito peças” já se pode ouvir o single de avanço “O Cavalo que Penteia a Crina”.

Sarah Neufeld, um senhor dos anéis e uma lâmina no bolso de uma girl band
· POR Fernando Gonçalves · 03 Nov 2016 · 18:38 ·


Tudo isto em Novembro e no mesmo local, Musicbox. A casa lisboeta entra no mês do Verão de São Martinho com a pica toda e a comprová-lo estão os três concertos e a sessão de djing com o Frodo Baggins ao “volante” dos pratos.

Assim sendo, o programa das festas imaginado e concretizado pelo Musicbox levará a Lisboa, Elijah Wood e Zack Cowie aka Wooden Wisdom no dia 11 (10 euros) seguindo-se-lhes, no dia seguinte, Girl Band (10 euros), Sarah Neufeld (violinista dos Arcade Fire) no dia 14 de Novembro (15 euros) e no dia 18 Keep Razors Sharp + Evols (6 euros). Fiquem com Sarah Neufeld e este “We’ve Got A Lot”.

Sabotage aquece Novembro
· POR Paulo Cecílio · 03 Nov 2016 · 15:31 ·


O verão de São Martinho ainda não começou oficialmente (nem o verão propriamente dito parece ter acabado ainda), mas o Sabotage, em Lisboa, já se está a preparar para uma onda de calor. Criada pelo próprio.

Em Novembro, passarão pela sala lisboeta nomes como os Triângulo de Amor Bizarro (na foto), que assim actuarão na capital pela primeira vez (é já esta sexta, 8€), Riding Pânico (sábado, 6€), Xenia Rubinos (dia 9, 7€), Mos Generator (15, 6€), The Parkinsons (24 e 25, 10€) e PBP (26, 6€). Isto só para dar alguns exemplos e para não falar dos muitos DJ sets que se seguirão aos concertos... Saibam tudo - e sigam - aqui.

Aveiro acolhe o MEIA
· POR Paulo Cecílio · 03 Nov 2016 · 14:45 ·
© Nuno Martins

A cidade de Aveiro acolherá, nos próximos dias 4 e 5 de Novembro, a terceira edição do festival MEIA - Música Experimental e Improvisada de Aveiro -, que decorre no Museu da cidade.

O evento contará com actuações do Trio Hugo Antunes, Phantom Trio, Rafael Toral (na foto) & João Pais Filipe e Linden, começando os concertos pelas 21h. Entrada gratuita. Poderão saber mais informações através deste link.

Sepultura no Hard Club, porra!
· POR Paulo Cecílio · 03 Nov 2016 · 10:47 ·


Para todos os efeitos, Max e Igor Cavalera são (foram) os Sepultura. E é precisamente essa parte do seu passado, hoje em dia terrível - fazer música de merda é uma coisa, andar em tour com o fascista Lobão é inaceitável - que irão revisitar ao Hard Club, no Porto, no próximo domingo, após o árbitro dar por terminado o FC Porto x Benfica.

Os irmãos Cavalera irão tocar, na íntegra, o seminal Roots, álbum do qual já por aqui falámos e que iremos caracterizar não como um dos melhores dos Sepultura, para que não venham mostrar-nos o caminho para Arise ou Chaos A.D., mas sim como um dos mais idiossincráticos. O concerto está esgotado mas apostamos que na candonga ainda se arranja alguma coisinha.

Pára tudo: Japandroids com disco novo
· POR Paulo Cecílio · 03 Nov 2016 · 10:34 ·
© Maoya Bassiouni

Se disserem aos Japandroids que o rock morreu, eles provavelmente rir-se-ão na vossa cara. Até porque já estão há alguns anos a lançar malhas inacreditáveis, de arrancar os cabelos e espalhar suor, épicos que ribombeiam forte no coração e nos fazem sentir jovens outra vez, independentemente das nossas idades.

Em 2017, a dupla canadiana voltará a encher-nos os ouvidos com Near To The Wild Heart Of Life, o seu primeiro álbum em cinco anos, que será editado com o selo da Anti- e que deve chegar logo no início do ano. O rock não morreu, não, só tem demorado um bocadinho a chegar.

Serushiô: próxima estação Groove Lee
· POR Fernando Gonçalves · 02 Nov 2016 · 21:46 ·


Aqui, a viagem faz-se a passo de Alfa Pendular, um “rápido” que corre em direcção a Groove Lee, estação em forma de rodela onde Seru e Zé Vieira ou Serushiô, se preferirem, vão fazer desembarcar as suas novas criações, entre elas o primeiro single “Tie My Shoes”. A “hora” exacta de chegada ainda é uma incógnita, mas sabe-se que a estreia deste Groove Lee, que contou com as participações especiais de Fred (Orelha Negra), Zé Nando Pimenta (Paco Hunter), Diogo Ribeiro (Francis Dale) e Mariana Norton, se dará no início do próximo ano. Até lá, porém, o duo não ficará “a ver a banda passar”.

Novembro será altura de Groove Lee entrar em fase de testes em Espanha, França e, naturalmente, Portugal. Integrados no Programa Outonalidades 2016, o duo, visitará a 10 de Novembro o Bar Cultural L'Orge Rouge em Venerand, a 11 a Sala Le Penac em Marciac, a 12 o Bar Le Cantou em Floirac e a 13 a Sala Les Agités du Local em Belvezet. Após estes “concertos franceses”, os Serushiô embarcam rumo à Galiza onde actuarão a 18 de Novembro na Sala Baranda em Barco de Valdeorras (Ourense), a 19 na Sala O Con do Moucho na Illa de Arousa (Pontevedra) e a 20 no Pub Gatos em Melide (A Coruña). O regresso a Portugal celebrar-se-á com um concerto no dia 23 de Novembro no Pequeno Auditório da Culturgest, Lisboa. Fiquem com os Serushiô e o primeiro single retirado a Groove Lee, “Tie My Shoes”. Para ouvir aqui.

Portugal, porque não?
· POR Fernando Gonçalves · 02 Nov 2016 · 17:52 ·


E é exactamente a isto que se propõem a plataforma WHY Portugal, dar a conhecer cá dentro e lá fora, os talentos emergentes da cena musical portuguesa. Neste sentido, a WHY está a organizar dois eventos, dias 9 e 10 de Novembro no Musicbox, em Lisboa, que reunirão seis novos projectos do panorama musical português. We Bless This Mess, Neev e Holy Nothing atuam na primeira noite, a partir das 22:00 horas.

Já no segundo dia desta apresentação WHY Portugal, o evento conta com as actuações de Surma, Glockenwise e DJ Ride. Destes seis, quatro deles vestem o papel de “embaixadores” do Eurosonic Noordeslag, festival que terá, em 2017, Portugal como país de destaque. Os bilhetes, para cada uma das noites, custam 8 euros com o valor a reverter para os artistas e para a promoção da internacionalização de cada um deles. Fiquem com Surma e este “Wanna Be Basquiat” gravado durante as Zebra Sessions.

Bear Me Again…again
· POR Fernando Gonçalves · 02 Nov 2016 · 17:02 ·


O quarteto oriundo de Belo Horizonte está de regresso às lides discográficas, desta feita com um novo EP, Here, I’m Fine, um extended-play que acaba de estrear o single que dá nome ao extended-play. O novo Here, I’m Fine vai ser editado pela Music For All, este mês, e vem substituir o bem-sucedido Analogies And Metaphors. Direccionando os olhos para o single que lhe serve de título, a faixa apresenta-se, de acordo com a editora, como “um tema suculento e poderoso, que vem acrescentar uma vertente mais eléctrica ao quarteto oriundo de Belo Horizonte”.

Um quarteto nascido em 2012 que faz da mescla entre a indie folk/rock mantra em que enrola letras poéticas que envolvem questões antropológicas e teológicas, tanto quanto o quotidiano e o ordinário de forma contemplativa. Fiquem com este, de boa degustação, “Here, I’m Fine”.

Uma “flecha empenada” de amor e claustrofobia
· POR Fernando Gonçalves · 02 Nov 2016 · 16:46 ·


“Tudo é sexo e só / Tudo é um vendaval / Nosso gozo é a vaidade … Nosso caso é feito uma flecha empenada” assim versa parte do novo single “Flecha Empenada”, tema pertencente ao novo disco O Meu Nome É Qualquer Um da dupla brasileira Romulo Fróes e César Lacerda com lançamento marcado para Novembro.

Depois de alcançarem o sucesso com o primeiro disco colaborativo Paralelos & Infinitos (cotado entre os 50 melhores discos brasileiros de 2015), a dupla volta à carga com o novo O Meu Nome É Qualquer Um, performance discográfica que conta com treze faixas impregnadas de “arranjos de guitarras claustrofóbicas” em que os versos e as vozes lentamente se sobrepõem , como é o caso desta “Flecha Empenada” que aqui vos deixamos.

Parceiros