ÚLTIMAS
AO VIVO
Arquivo Ao Vivo
MIL – Lisbon International Music Network
Lisbon
4-6 Abr 2018
· POR João Morais · 25 Abr 2018 · 00:53 ·
Nerve
Ler artigo
ÚLTIMAS
Arquivo ÚLTIMAS
ZigurArtists aterra no Porto e em Lisboa
· POR Paulo Cecílio · 24 Abr 2018 · 17:28 ·


Em semana de Abril, a ZigurArtists desfraldará a bandeira da liberdade com dois happenings especiais no Porto e em Lisboa.

O primeiro acontece já esta noite, no Maus Hábitos, e junta a dupla Tresor&Bosxh às canções de Mathilda, aos Palmiers e a um b2b entre João Carvalho e Terzi (5€). No sábado, será o Damas a acolher a apresentação de O Último Tango Em Mafamude, de David Bruno, juntamente com Dragão Inkomodo e DJ Doraemon (entrada livre). Não faltem.

ÚLTIMAS
Arquivo ÚLTIMAS
Canal 180 celebra-se a 25 de Abril
· POR Fernando Gonçalves · 24 Abr 2018 · 16:00 ·
© Rui Fonseca

O Canal 180 celebra sete anos de existência num dos mais belos dias da portugalidade. Amanhã, entre cravos e vivas a uma liberdade e justiça social que se faz esperar como Godot, o Canal 180 vai levar à Casa das Artes do Porto muita música.

A ajudar no sopro das velas estarão o “nosso” pequeno ditador de estimação André Gomes e o brasileiro Castello Branco e formato Dj-set (das 15h às 20h), os poderosos Sunflowers (16h) e os Bateu Matou (18h). A entrada é livre assim como a saída. Façam presença ou façam ausência, celebrem…

ÚLTIMAS
Arquivo ÚLTIMAS
O que dizem os teus olhos?
· POR Paulo Cecílio · 24 Abr 2018 · 12:00 ·


Faltam poucos dias para que Haley Fohr, mais conhecida como Circuit Des Yeux, regresse a Portugal para apresentar ao vivo as canções presentes em Reaching For Indigo, o seu último álbum, editado em 2017.

A norte-americana irá reencontrar-se com os fãs nacionais no próximo fim-de-semana, primeiro no Auditório de Espinho (7€), no sábado, e depois na Galeria Zé dos Bois, em Lisboa (8€) no domingo. Sendo que Reaching For Indigo já foi descrito como "uma obra-prima", vocês não quererão mesmo perder isto.

ÚLTIMAS
Arquivo ÚLTIMAS
Faltam poucos dias para Barroselas tremer
· POR Paulo Cecílio · 24 Abr 2018 · 11:53 ·


Arranca esta quinta-feira a XXI do SWR Barroselas Metalfest, festival dedicado à música e à cultura metálica que durante quatro dias ocupará a pacata vila minhota, fazendo-a desabar com o peso dos riffs que por ali se escutarão. Ainda que, este ano, uma das atracções principais seja um homem que não é propriamente conhecido por aquilo que faz com uma guitarra, mas com teclados: Mortiis (na foto), um dos últimos verdadeiros do black metal norueguês, homem que sempre seguiu à risca aquele que é (ou deveria ser) o ethos do género: faze o que te apetecer. A expectativa é alta para saber o que é que Mortiis irá ali apresentar: se música para masmorras, se black metal fodido, de rock industrial para agradar a meninas góticas. Seja como for, seremos todos melhores pessoas depois do concerto dele.

Mas não é tudo, e até haverá black metal mais à séria em Barroselas. Nomeadamente pelas mãos dos Carpathian Forest, reunidos em 2017 e com novo álbum, Likskue, a sair este ano, e dos Master's Hammer, banda checa que cavalgou Satanás muito antes dos noruegueses dizerem que isso era fixe. Fora deste contexto mais negro, destaque para os Suffocation, nome cimeiro do death metal dos anos 90, para o regresso dos Church Of Misery a Portugal e para os Exhorder, o groove transformado em peso. A armada lusitana também estará, como sempre, bastante bem representada: Putas Bêbadas, que são são metal mas podiam, Filii Nigrantium Infernalium, Process Of Guilt ou Theriomorphic são só alguns exemplos.

Uma vez mais o SWR dividir-se-à por três palcos, sendo um deles de borla, pelo que mesmo quem não tenha ou não queira comprar bilhete poderá ver uns concertos porreiros e beber umas birras. O tiro de partida será dado esta quinta-feira, pelas 22h, pelos Paisiel, e prossegue até domingo. O preço dos bilhetes varia entre os 38€ (diário) e os 78€ (passe), e poderão comprá-los em todos os locais habituais... Mais alguma dúvida? É só seguir por aqui ou conferir a nossa playlist alusiva ao festival. Até lá. Paguem steels.

ÚLTIMAS
Arquivo ÚLTIMAS
Imploding Stars: Riverine, a vida soa assim
· POR Fernando Gonçalves · 24 Abr 2018 · 11:52 ·
© Gonçalo Delgado

Ou pelo menos é assim que os Imploding Stars acham que a vida devia soar, soar como Riverine. O segundo álbum de estúdio da banda aborda o princípio da compreensão dos diferentes estágios de desenvolvimento da vida humana, desde o momento que nascemos até o momento que morremos, esta abordagem pretende remover os limites da nossa mente e do universo, permitindo-nos criar um envolvimento entre os oitos temas do álbum à história de vida de cada ouvinte.

Desta história, que deverá ser lançada ainda nesta Primavera, acaba de saltar o single “Demise”. Para ouvir aqui em baixo.

ÚLTIMAS
Arquivo ÚLTIMAS
Vodafone Paredes de Coura 2018: mais quatro nomes fresquinhos
· POR Fernando Gonçalves · 24 Abr 2018 · 11:50 ·
© Flavien Prioreau

Depois de Myles Sanko, Ermo, Smartini e X-Wife eis que mais quatro nomes são deitados à fogueira das vaidades deste mundo. Yasmine Hamdan, Dear Telephone, Fugly e Grandfather’s House são as quatro novas aquisições para um plantel que vai ficando cada vez mais repleto e onde se contam, entre outros, os nomes de Arcade Fire, Slowdive ou King Gizzard & The Lizard Wizard.

A 26ª edição do Vodafone Paredes de Coura realiza-se entre os dias 15 e 18 de Agosto e tem o custo de 100 euros (passe geral).

ÚLTIMAS
Arquivo ÚLTIMAS
Flasher anunciam álbum de estreia
· POR Fernando Gonçalves · 24 Abr 2018 · 11:49 ·


O trio proveniente da capital americana acaba de anunciar o lançamento de Constant Image, disco de estreia dos Flasher que será lançado no dia 8 de Junho.

Deste Constant Image produzido por Nicolas Vernhes (Animal Collective, Deerhunter, War On Drugs) acaba de saltar “Pressure”, single de apresentação do novo álbum.

ÚLTIMAS
Arquivo ÚLTIMAS
Kurt Vile & The Violators por cá em Outubro
· POR André Gomes · 24 Abr 2018 · 10:30 ·


É já em Outubro que recebemos mais uma visita de Kurt Vile e os seus Violators. Os concertos em solo português acontecem no Lisboa Ao Vivo, em Lisboa, a 25 de Outubro e no Hard Club, no Porto, no dia seguinte.

Os bilhetes estarão disponíveis a partir das 10h de sexta-feira, dia 27, por 25 euros, em bol.pt e locais habituais (FNAC, CTT, El Corte Inglês,…).

ÚLTIMAS
Arquivo ÚLTIMAS
Nuno “Antonioni” Damião ou a Incomunicabilidade comunicada por Radda
· POR Fernando Gonçalves · 23 Abr 2018 · 14:46 ·


Lidia (Jeanne Moreau): "When I awoke this morning, you were still asleep. As I awoke I heard your gentle breathing. I saw your closed eyes beneath wisps of stray hair and I was deeply moved. I wanted to cry out, to wake you, but you slept so deeply, so soundly. In the half light, your skin glowed with life so warm and sweet. I wanted to kiss it, but I was afraid to wake you. I was afraid of you awake in my arms again. Instead, I wanted something no one could take from me, mine alone…this eternal image of you. Beyond your face I saw a pure, beautiful vision showing us, in the perspective of my whole life…all the years to come, even all the years past. That was the most miraculous thing: to feel for the first time that you had always been mine, that this night would go on forever, united with your warmth, your thought, your will. At that moment I realized how much I loved you, Lidia. I wept with the intensity of the emotion, for I felt that this must never end, we would remain like this forever, not only close, but belonging to each other in a way that nothing would ever destroy, except the apathy of habit, the only threat. Then, you woke, and, smiling, you put your arms around me, kissed me, and I felt there was nothing to fear. We would always be as we were at that moment, bound by stronger ties than time and habit."

Giovanni (Marcello Mastroianni): Who wrote that?

Lidia: You did...

Isto é um excerto do filme “A Noite” pertencente à “Trilogia da Incomunicabilidade” de Antonioni. A par de Alice Coltrane, Bernardo Sassetti e Jakob Bro, Antonioni e esta obra tripartida são as fontes de inspiração do multi-instrumentista Nuno Damião que assina como Radda, nome com que foi baptizado o seu primeiro álbum com que agora vos deixamos:

LER MAIS
DISCOS
Arquivo Discos
Eels
The Deconstruction
· POR Paulo Cecílio ·
Só perdes se desistes de lutar.
VIDEOTECA
Arquivo Videoteca
213/House of Wolves "I'm Here You’re There"
MIXTAPES
Arquivo Entrevistas
ENTREVISTAS
Arquivo Entrevistas
CANÇÕES
Arquivo Canções
RETRO MANÍA
Arquivo Retro Manía
AGENDA
Agenda completa
Maio 11
Sequin
Centro Cultural de Belém, Lisboa
20
Roger Waters
MEO Arena, Lisboa
28
The Jesus and Mary Chain
Coliseu dos Recreios, Lisboa
29
The Jesus and Mary Chain
Casa da Música, Porto
30
Stacey Kent
Centro Cultural de Belém, Lisboa
31
Stacey Kent
Coliseu do Porto, Porto

Parceiros

Image 01 Image 02 Image 03 Image 04 Image 05 Image 06