ÚLTIMAS
ÚLTIMAS
Arquivo ÚLTIMAS
Johnny Cash vai ter festival em nome próprio
· POR Fernando Gonçalves · 27 Mai 2016 · 16:56 ·


O homem de “Ring Of Fire” não faz, ou melhor, os seus familiares não fazem, a coisa por menos e Johnny Cash terá um festival só dele. “Johnny Cash Heritage Festival” vai, de acordo com a informação avançada pelo seu sítio web, realizar-se entre os dias 19 e 21 de Outubro do próximo ano, pouco tempo depois de se completarem 14 anos sobre a sua morte.

Concebido e organizado pela Arkansas State University em parceria com a família do músico, o “Johnny Cash Heritage Festival” vem no seguimento da renovação da casa de infância do cantor e vai acolher um misto de nomes grandes do cenário musical (palco principal) e um misto de artistas locais (palcos secundários).

Enquanto se aguardam as primeiras confirmações, fiquem com Johnny Cash e o seu “Ring Of Fire”:

ÚLTIMAS
Arquivo ÚLTIMAS
Bat For Lashes: Sunday Love a caminho do altar
· POR Fernando Gonçalves · 27 Mai 2016 · 16:54 ·


The Bride
é o nome da criatura e tem data de nascimento marcado para dia 1 de Julho. Hoje, no entanto, o novo disco conheceu um segundo avanço. Depois de “In God’s House”, chegou a vez de “Sunday Love” se dar a conhecer.

Feito de tragédia, o mote do novo álbum é dado pela morte de um noivo num acidente de automóvel a caminho da igreja, The Bride segue a trajectória de luto, meditação, perda amor e celebração, encetado pela noiva viúva numa lua-de-mel solitária.

Depois de The Haunting Man de 2012, eis The Bride e este novo “Sunday Love” a pender para o supernatural.

DISCOS
Arquivo Discos
Horsepower Productions
Crooks, Crime & Corruption
· POR Rafael Santos · 27 Mai 2016 · 11:26 ·
Vai um álbum de memórias?
Ler artigo
ENTREVISTAS
Arquivo Entrevistas
Fugly
Curar a ressaca
· POR Simão Freitas · 26 Mai 2016 · 20:54 ·
© Hugo Adelino
Vão atuar, entre outros sítios, no Indie Music Fest, em Baltar, Paredes. O EP já saiu: chama-se Morning After e já tem andado a invadir os tímpanos dos mais curiosos e próximos do trabalho da banda, que se apresentou a 5 de março no Maus Hábitos. Com elementos dos The Lazy Faithful (Gil Costa, Tommy Hogg e Rafa Silver), o líder do projeto é Pedro Feio, ou Jimmy, conhecido técnico de som da praça portuense. Ao Bodyspace, detalha o conceito por detrás da sonoridade dos Fugly, aprofunda as origens de um projeto que começa a levantar ondas na cena punk do país. Entre a ressaca, a destruição e a ausência de arrependimento, para o bem e para o mal, há um punk que se autocaracteriza como “proto-pizza e banana-punk, rock-lobster e tartarugas ninja, garage dum miúdo da escola secundária misturado com psicadelismos e a complexidade de quem passou da vida a ouvir tudo o que foi feito nos anos 60 e 70”. Tudo sobre um projeto que vai continuar “dê por onde der”, mesmo com outros trabalhos e a possibilidade de saída de membros.
Ler entrevista
ENTREVISTAS
Arquivo Entrevistas
Hannah Epperson
Um violino de sonhos, uma pauta de Humanidade
· POR Fernando Gonçalves · 26 Mai 2016 · 19:33 ·
© Elissa Crowe
Se não fosse a música seria professora, se não fosse professora seria jogadora profissional de frisbee, se não fosse nenhuma das três não existiria. Ela é Hannah Epperson, cantora e encantadora, músico profissional, geógrafa e jogadora profissional de frisbee. Passou por cá nos molhados idos de Fevereiro munida de um violino e um sorriso nos lábios. Do violino fez suar e ressoar música, como aquela “Story” que deixou escapar num prédio em construção no Porto e que o Bodyspace gravou para a posteridade. Simples, profunda e poderosa, Hannah Epperson e a sua força calma desaguam, agora, numa entrevista que passa os olhos pela sua infância “desértica”, o gosto pelo ensino em jeito de retribuição, Berlim do desencanto encantado, uma tour que a fez voltar a acreditar num futuro para a Humanidade e mais, muito mais em três capítulos para devorar e esperar…esperar que volte a ser feliz por cá.
Ler entrevista
ÚLTIMAS
Arquivo ÚLTIMAS
Fernando Temporão lança single eleito pelos amigos
· POR Matheus Maneschy · 26 Mai 2016 · 13:06 ·
© Rafael Silva

Foi num encontro na sua casa que Fernando mostrou as 11 canções do seu novo disco, e destas, tirou o single "Dança". O álbum tem o nome de Paraíso e foi lançado no dia 23 de maio. O som transborda brasilidade, com aquela vontade clássica de ouvir mais e mais.

No dia 31 deste mês, Fernando Temporão se apresenta no Rio de Janeiro, com participação especial de ninguém menos que Erasmos Carlos.

ENTREVISTAS
Arquivo Entrevistas
Laura Stevenson
Laura, simplesmente Laura
· POR Fernando Gonçalves · 26 Mai 2016 · 13:00 ·
© Shervin Lainez
Laura Stevenson, nova-iorquina, artista, que não de variedades, mas de variada formas de música, como aquela que no dia 29 de Maio trará á Casa Independente – Lisboa. A solo, longe da banda que a acompanha, Laura regressa às origens,local onde a guitarra e um ocasional amigo instrumentista eram a sua companhia. Antes, porém, acedeu, gentilmente, ao nosso apelo e dele se fez entrevista. Discurso que corre e discorre sobre o novo álbum Cocksure sem esquecer o peso, que não o foi, de carregar o sucesso do anterior Wheel às costas. Fala, ainda, sobre um bordel, casa emprestada onde encontrou a paz para criar o rebento em formato disco que a lança para a tournée que passa por Portugal e uma palavra para o avô Harry Simeone, pianista e compositor que a marcou. Eis Laura, simplesmente Laura…
Ler entrevista
ÚLTIMAS
Arquivo ÚLTIMAS
Em tons cósmicos
· POR Paulo Cecílio · 26 Mai 2016 · 12:50 ·


Cosmic Tones For Mental Therapy são o sol e a lua. CTFMT é um acrónimo que podia ser mais giro porque lembra CYHSY. Cosmic Tones etc. são duas moças do Porto que pretendem promover a música que nos faz bem à alma (e possivelmente ao corpo) e que iniciarão esta sexta-feira a sua viagem rumo ao infinito universal com uma noite no Maus Hábitos, no Porto, tendo como DJ convidado o Sr. A Boy Named Sue. Os tons cósmicos têm início pelas 23h30 e a entrada custa 3€. Mais coisas aqui.
ÚLTIMAS
Arquivo ÚLTIMAS
Um domingo com William Burroughs
· POR Paulo Cecílio · 26 Mai 2016 · 12:49 ·


William S. Burroughs, Bill para os amigos, morreu há "apenas" 19 anos, perdurando o seu legado em livros como Cidades Da Noite Vermelha ou Refeição Nua, este último soando muito melhor com o seu título original: Naked Lunch. É precisamente a partir deste que será editado um álbum póstumo com leituras de Burroughs, intitulado Let Me Hang You, e que se apresenta como "spoken word psicadélica". A ideia original de Burroughs era juntar os seus textos à música de Bill Frisell, Wayne Horvitz e Eyvind Kang, uma ideia que deixou na gaveta; hoje, contará com colaborações dos The Frowning Clouds e de M. Lamar, sendo que o disco será editado pela label de King Khan, a Khannibalism. Let Me Hang You será editado a 15 de Julho em vinil, CD e formato digital e salvar-nos-à o verão, destruindo-o.
ÚLTIMAS
Arquivo ÚLTIMAS
Rock Nordeste encerra cartaz
· POR Paulo Cecílio · 26 Mai 2016 · 12:48 ·


O festival de Vila Real anunciou esta semana os últimos nomes que farão parte de um cartaz livre, leve e solto como tem que ser. PAUS, Orelha Negra e DJ Ride juntam-se assim aos nomes anteriormente divulgados, todos eles de raça lusitana, todos eles dispostos a fazer a festa que vai de 1 a 2 de Julho no Parque Corgo e no Auditório Exterior do Teatro de Vila Real. A entrada é, como tem sido até agora, livre.
LER MAIS
DISCOS
Arquivo Discos
Horsepower Productions
Crooks, Crime & Corruption
· POR Rafael Santos ·
Vai um álbum de memórias?
VIDEOTECA
Arquivo Videoteca
180/Hannah Epperson "Story"
MIXTAPES
Arquivo Entrevistas
ENTREVISTAS
Arquivo Entrevistas
CANÇÕES
Arquivo Canções
RETRO MANÍA
Arquivo Retro Manía
AGENDA
Agenda completa
Junho 4
Manuela Azevedo & Hélder Gonçalves
Centro Cultural de Belém, Lisboa
18
Capicua
Teatro Municipal São Luiz, Lisboa
19
Capicua
Teatro Municipal São Luiz, Lisboa

Parceiros

Image 01 Image 02 Image 03 Image 04 Image 05 Image 06